sábado, 5 de janeiro de 2019

Exercícios de História sobre o Estado Novo (1937-1945) - com gabarito

Questão 01 - FUVEST 2004 - Transferência – Na Proclamação ao Povo Brasileiro, datada de 10 de novembro de 1937 (criação do Estado Novo), Getúlio Vargas afirmou: nos períodos de crise, (...) a democracia de partidos (...) subverte a hierarquia, ameaça a unidade da pátria e põe em risco a existência da Nação.
O texto permite depreender que
a) as medidas implementadas pelo governo foram uma resposta ao fortalecimento do Partido Comunista, liderado por Luis Carlos Prestes, figura carismática que atraía parcelas crescentes do eleitorado.
b) o regime inspirava-se no pensamento autoritário, não prezava as liberdades civis, os partidos políticos e o sufrágio universal, devendo ser caracterizado como uma ditadura.
c) os efeitos da prolongada crise da cafeicultura obrigaram o governo de Vargas a impor medidas de exceção, que foram flexibilizadas tão logo se iniciou a recuperação econômica.
d) a unidade nacional estava seriamente ameaçada desde a Revolução Constitucionalista de 1932, ocorrida em São Paulo, Estado que não reconhecia a autoridade de Vargas.
e) as constantes revoltas tenentistas colocavam em risco a hierarquia das forças armadas, o que obrigou o governo a adotar medidas visando garantir a ordem pública.

Questão 02 - UTFPR 2006-1 - Integrado - O período da história brasileira conhecido como “Estado Novo” (1937-1945), pode ser caracterizado:
A) por um período de plena democracia no Brasil com base na Constituição de 1937.
B) por uma ditadura instaurada por Getúlio Vargas.
C) pelo governo de Juscelino Kubitschek, pautado no slogan “50 anos de realizações em 5 anos de governo”.
D) pela ditadura militar, justificada por uma intensa disputa pelo poder entre capitalistas e socialistas. E) pelo retorno à democracia após muitos anos de governos militares.

Questão 03 - CEFET-MG - 2013 - Técnico Integrado - Entre 1937-1945, o Brasil viveu um período político, conhecido como Estado Novo. O governo da época adotou estratégias, dentre as quais destaca-se a
a) utilização de medidas econômicas para bloquear o ritmo do crescimento industrial.
b) expansão dos meios de comunicação de massa para estimular os ideais democráticos.
c) promoção de festas cívicas para construir a identidade entre Estado e classe trabalhadora.
d) manutenção de partidos socialistas para garantir a eficácia das instituições da Sociedade Civil.

Questão 04 - MPE-GO - 2017 - MPE-GO - Secretário Auxiliar - “No dia 10 de novembro de 1937, tropas da polícia militar cercavam o Congresso Nacional e impediram a entrada dos congressistas. O ministro da Guerra – general Dutra – se opusera a que a operação fosse realizada por foças do Exército. À noite, Getúlio anunciou uma nova fase política e a entrada em vigor de uma Carta constitucional, elaborada por Francisco Campos” (trecho extraído do livro História do Brasil, de Boris Fausto). O período histórico brasileiro narrado acima descreve o início:
a) da Ditadura Militar
b) da Política do Café com Leite
c) do Tenentismo
d) do Estado Novo
e) da Revolta da Armada

Questão 05 - UERJ 1997 - 1ª Fase - História - Quem estiver com o rádio ligado, de segunda a sexta-feira das 19 às 20 horas, ouvirá acordes da famosa ópera de Carlos Gomes, O Guarani. É a abertura do programa oficial A Voz do Brasil, presente obrigatoriamente nas rádios brasileiras desde 1934 – obrigatoriedade que hoje é questionada por vários segmentos da sociedade. Este programa simbolizou uma determinada época da república no Brasil, o Estado Novo (1937-45). A afirmativa que melhor explica a importância da Voz do Brasil durante o Estado Novo é:
(A) exaltação das ações do presidente da República
(B) expansão do ensino básico para as camadas populares
(C) conscientização do povo para o exercício da cidadania
(D) elevação da cultura popular estigmatizada na República Velha

Questão 06 - UNIOESTE 2007 - Sobre o período da História do Brasil conhecido como Estado Novo (1937-1945), é correto afirmar: 
(A) O regime instaurado abarcou uma série de mudanças no eixo político brasileiro, em particular transferindo o poder central do Nordeste para o Rio Grande do Sul, terra do então presidente Vargas. 
(B) Mediante o apoio do PCB (Partido Comunista Brasileiro) e de seu principal líder, Luiz Carlos Prestes, o Governo Vargas implantou uma ferrenha ditadura, apesar do oposição dos trabalhadores descontentes com a criação da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). 
(C) Apesar de seu cunho autoritário, o regime de Vargas apoiou, desde o início da Segunda Guerra Mundial, a luta dos Aliados (Alemanha, Itália e Japão) contra os países do Eixo (França, Inglaterra, Rússia e EUA).
(D) Este período foi caracterizado por uma visível transição de uma economia de base industrial para uma economia agrário-exportadora. 
(E) Com a intenção de barrar as críticas ao regime e de veicular propaganda a favor do Governo de Getúlio Vargas, em 1939, foi criado o DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda).

Questão 07 - PUCRS 2002.1 - Em 1939, o Estado Novo criou um Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP) que estava encarregado de realizar a censura às idéias contrárias ao regime e difundir a propaganda política do governo. O DIP lançou mãos de vários meios de comunicação para atingir o maior número de cidadãos com a ideologia do Estado Novo, visando mobilizar a sociedade em torno de seu programa político. Entre esses meios de comunicação e propaganda, podemos destacar um novo meio, que, em especial, permitiu às idéias estadonovistas atingirem as classes médias urbanas e o operariado. Estamos nos referindo
A) à imprensa operária.
B) ao rádio.
C) à televisão.
D) ao cinema.
E) às revistas quinzenais. 

Questão 08 - FDF 2017 - “Uma das justificativas para o golpe de 1937 era a necessidade de mudanças capazes de colocar o país num patamar de desenvolvimento que pudesse equipará-lo às nações mais desenvolvidas do mundo. A meta do progresso indicava a ordem como sua parceira: a racionalização do trabalho e o controle social constituíam parte essencial da política estadonovista.” Maria Helena Capelato. Multidões em cena. Campinas: Papirus, 1998, p. 283.
Durante o Estado Novo, a busca dos objetivos mencionados no texto incluiu, entre outros fatores,
(A) a implantação de um regime democrático e a criação de mecanismos de participação popular nas decisões do Estado.
(B) o controle do câmbio para ampliar os lucros nas exportações e o estímulo à produção cafeeira no Vale do Paraíba.
(C) a montagem de infraestrutura que facilitasse a expansão industrial e o controle governamental sobre as atividades sindicais.
(D) o fim dos blocos comerciais que uniam o Brasil aos países latino-americanos e uma intensa política de reforma agrária.

Questão 09 - FATEC - 2016 - Observe atentamente a imagem.

A charge refere-se ao período
(A) do Império (1822-1889), governado por D. Pedro II, que tinha grande interesse por inovações tecnológicas e utilizou o rádio como instrumento de propaganda.
(B) da Primeira República (1889-1930), cuja principal marca foi a censura a artistas, intelectuais e jornalistas contrários ao governo.
(C) do Estado Novo (1937-1945), sob o comando de Getúlio Vargas, que utilizou o rádio para enaltecer os feitos de seu governo.
(D) do desenvolvimentismo (1955-1961), liderado por Juscelino Kubitschek, que introduziu os meios de comunicação de massa no Brasil.
(E) da ditadura civil-militar (1964-1985), no qual artistas e jornalistas podiam expressar-se livremente nas rádios, porém eram censurados nas redações dos jornais e emissoras de TV.

Questão 10 - MPE-GO - 2017 - MPE-GO - Secretário Auxiliar - Cachoeira Dourada - Sobre o Estado Novo de Getúlio Vargas, é incorreto afirmar:
a) que foi implantado por Getúlio Vargas sob a justificativa de conter uma nova ameaça de golpe comunista no Brasil.
b) que tomado por uma orientação socialista, o governo preocupava-se em obter o favor dos trabalhadores por meio de concessões e leis de amparo ao trabalhador.
c) financiava o amplo desenvolvimento do setor industrial brasileiro, ao realizar uma política de industrialização por substituição de importações e com criação das indústrias de base.
d) para dar ao novo regime uma aparência legal, Francisco Campos redigiu uma nova Constituição inspirada nas constituições fascistas italiana e polonesa.
e) adotou o chamado “Estado de Compromisso”, onde foram criados mecanismos de controle e vias de negociação política responsáveis pelo surgimento de uma ampla frente de apoio a Getúlio Vargas.

Questão 11 - PUCRS 2004.1 - Entre as características da nova ordem política brasileira implantada com o Estado Novo estava
A) a formação de um governo democrático que fizesse frente à escalada da Ação Integralista Brasileira.
B) a mobilização política do campesinato, para fortalecer as bases de apoio das oligarquias tradicionais.
C) a participação do Estado na economia, para assegurar a industrialização no contexto internacional, caracterizado pela ascensão de regimes fortes.
D) a formação de uma aliança da esquerda com os liberais, numa frente única nacionalista.
E) a retirada do apoio brasileiro aos sistemas de acordos interamericanos.

Questão 12 - UFPR 2011 - Com relação ao Estado Novo, de 1937 a 1945, é correto afirmar:
a) Foi um período de desenvolvimento do liberalismo democrático no país, permitindo com isso a consolidação da liderança política de Getúlio Vargas.
b) Ampliou os conflitos oligárquicos e a pressão do capital internacional, culminando com o suicídio de Vargas.
c) A política desenvolvimentista de abertura ao capital estrangeiro permitiu o crescimento das alianças políticas e comerciais entre Brasil e Estados Unidos.
d) A proximidade política de Vargas com os regimes totalitários nazi-fascistas levou o Brasil a apoiar militarmente os países do Eixo na Segunda Guerra Mundial.
e) Foi marcado pela crítica à democracia liberal e pela organização de um estado autoritário, encarregado de promover o progresso dentro da ordem.

Questão 13 - IFRR 2015.2 - A expressão “Estado Novo” ficou conhecida por identificar qual período da História do Brasil?
(A) O que teve início em 1937, com o golpe de Estado desfechado por Getúlio Vargas, com apoio da cúpula militar, e se estendeu até 1945, quando o próprio Vargas, por um Ato Adicional, convocou eleições diretas para presidente e anunciou a convocação de uma Assembleia Constituinte.
(B) O que teve início em 1930, com apoio da cúpula militar, e se estendeu até 1945, quando o próprio Vargas, por um Ato Institucional, destituiu o Congresso Nacional.
(C) O que teve início em 1937, quando Vargas anunciou a “nova ordem” que consistiu na convocação de eleições diretas para presidente, e se estendeu até 1945, quando Vargas desfechou um novo golpe de Estado.
(D)O que teve início em 1945, com a deposição de Getúlio Vargas pelos oficiais generais, e que terminou com a vitória de Eurico Dutra para presidente da República, eleito pelo PTB.
(E) O que teve inicio em 1930 quando da subida de Vargas ao poder e se estendeu até 1934, quando se iniciou o governo constitucional do próprio Vargas.

Questão 14 - CEFET-MG - 2017 - Técnico Concomitância Externa e Subsequente -
Aquarela do Brasil, Ary Barroso, ano de 1939.
“Brasil, meu Brasil brasileiro
Meu mulato inzoneiro*
Vou cantar-te nos meus versos
O Brasil, samba que dá
Bamboleio que faz gingar
O Brasil do meu amor
Terra de Nosso Senhor
Brasil! Brasil!
Pra mim... pra mim...”
(In: GOMES, Ângela de Castro. (Coord.). História do Brasil-Nação (1808-2010): Olhando para dentro (1930-1964). Rio de Janeiro: Ed. Objetiva, 2013, p. 23. v. 4.)
*Inzoneiro: esperto, manhoso.
Durante o Estado Novo, foi desenvolvido um projeto cultural, voltado para o
a) reforço da identidade nacional, por meio do rádio, da literatura e do cinema.
b) aumento do número de museus, pela incorporação dos teatros e das editoras.
 c) reconhecimento do patrimônio artístico, mediante censura às escolas de samba.
d) avanço da educação local, mediante a proibição de temas históricos nas salas de aula.

Questão 15 - CEFET-MG - 2005-2 - Técnico Subsequente - No Brasil, o projeto do Estado Novo (1937-1945) para sociedade brasileira foi marcado pela implementação de uma ideologia de contornos corporativistas que visava
a) ao fortalecimento do federalismo, cabendo às milícias estaduais conter os extremismos de direita e de esquerda.
b) à arregimentação das massas populares em um partido único, organizado a fim de oferecer apoio político ao governo.
c) ao apaziguamento das tensões sociais internas, o que implicava maior controle das atividades políticas dos trabalhadores.
d) à transformação da atividade agrícola em estratégia vital de desenvolvimento econômico, com o aproveitamento de culturas já existentes.

Questão 16 - CEFET-MG - 2014 - Técnico Integrado - A política de Getúlio Vargas instituída durante o Estado Novo
a) aumentou o preço do minério de ferro para dificultar sua exportação.
b) priorizou acordos econômicos para criar um parque siderúrgico nacional.
c) adotou a neutralidade na guerra para impedir perdas de vidas humanas.
d) impediu a instalação de bases militares para evitar a presença estrangeira.

Questão 17 - IFS 2013.2 - Vestibular - “Imediatamente após o golpe, Vargas dissolveu o Congresso e outorgou uma nova Constituição centralizadora, que concentrava amplos poderes nas mãos do Executivo. Sua proposta de organização do Estado tinha pontos em comum com os modelos fascistas europeus em voga nesse período.” BRAICK, Patrícia Ramos e MOTA, Myriam Becho. História: das cavernas ao terceiro milênio. 2º ed., São Paulo: Moderna, 2010, volume 3. p. 99.
Considerando-se o Governo Vargas durante o Estado Novo (1937/1945), é correto afirmar que:
 a) concedeu liberdades individuais e aboliu a pena de morte no Brasil.
b) consolidou uma política agroexportadora da soja para combater a inflação.
c) Reprimiu, violentamente, a Revolução Constitucionalista de São Paulo.
d) instalou no Brasil a Companhia Siderúrgica Nacional e a Companhia Vale do Rio Doce.
e) criou a Petrobrás estabelecendo o monopólio estatal sobre a exploração do petróleo brasileiro.

Questão 18 - MPE-GO - 2016 - MPE-GO - Secretário Auxiliar - Em 1945 chega ao fim o Estado Novo implantado pelo presidente Getúlio Vargas. Entre as causas tivemos a(s)
a) Revolução de 1945 realizada pelos sindicatos e apoiado pelo Partido Trabalhista Brasileiro daquela época.
b) Atuação do movimento estudantil, liderado pela UNE, que assumiu o poder apoiando o partido da União Democrática Nacional.
c) Pressões norte-americanas obrigando Getúlio Vargas a extinguir o Estado Novo e tornar o país uma democracia.
d) Adesão de Getúlio ao Fascismo, propiciando que ele implante no Brasil um regime semelhante após 1945.
e) Participação do Brasil na 2ª Guerra Mundial ao lado das democracias, criando uma situação interna contraditória, pois o país vivia, até aquele ano, uma ditadura.

Questão 19 - EAD / UFPR 2009/2010 - Em 1945 o Estado Novo chegava ao fim. Sobre a derrocada da ditadura Vargas, é correto afirmar:
a) Devido ao prolongado exercício do poder, a popularidade de Getúlio Vargas estava em baixa, levando a enormes manifestações de populares e de trabalhadores que pediam sua saída do governo.
b) A crise econômica decorrente da Segunda Guerra Mundial havia legado enorme desemprego, fechamento de fábricas e estabelecimentos comerciais, bem como a quase interrupção do comércio exterior, ajudando a erodir a popularidade de Vargas.
c) Os ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB), após terem combatido o nazi-fascismo na Europa durante a Segunda Guerra Mundial, se mobilizaram maciçamente para exigir o fim da ditadura Vargas.
d) O processo de destituição de Vargas permitiu que ele e seus aliados formassem novos partidos políticos que, por sua vez, dominaram a cena política nacional durante quase todo o período de 1945 a 1964.
e) O anseio popular pelas liberdades democráticas e civis inviabilizou a manutenção da legislação trabalhista e sindical imposta à nação por Vargas.

Questão 20 - UFPR 2016 - Segundo a historiadora Regina da Luz Moreira, “o retorno dos contingentes da FEB precipitou (...) a queda de Vargas em 1945” (CPDOC. Disponível em: ). 
Assinale a alternativa que justifica a declaração acima, relacionando a atuação do Brasil, por meio da Força Expedicionária Brasileira (FEB), na Segunda Guerra Mundial com o primeiro governo de Getúlio Vargas (1930-1945). 
a) Ao lutar pela democracia e contra os fascismos na Europa com a FEB, o governo de Vargas perdeu apoio interno ao manter regime autoritário. 
b) Ao lutar pela democracia e derrotar os fascismos na Europa, os pracinhas conquistaram apoio popular para derrubar a ditadura de Vargas. 
c) Ao derrubar o regime franquista na Espanha, os soldados brasileiros inspiraram a população a lutar por eleições, após 15 anos de Estado Novo. 
d) Ao derrotar os fascistas na Batalha de Monte Castelo na Itália, a FEB conquistou o apoio norte-americano para derrubar a ditadura de Vargas. 
e) Ao lutar pela libertação dos povos europeus, o governo brasileiro esgotou seus recursos financeiros no Exército, precipitando a queda de Vargas.

Questão 21 - VUNESP - 2011 - PM-SP - Soldado da Polícia Militar
Na economia, a Era Vargas, principalmente durante o Estado Novo, foi marcada 
(A) pelo sucesso da reforma agrária e fiscal. 
(B) pela ampla abertura às importações. 
(C) pela prioridade à agricultura de subsistência. 
(D) por medidas nacionalistas e intervencionistas. 
(E) pelo abandono do setor urbano-industrial.

Questão 22 - CEFET-MG - 2013 - Técnico Integrado - Entre 1937-1945, o Brasil viveu um período político, conhecido como Estado Novo. O governo da época adotou estratégias, dentre as quais destaca-se a
a) utilização de medidas econômicas para bloquear o ritmo do crescimento industrial.
b) expansão dos meios de comunicação de massa para estimular os ideais democráticos.
c) promoção de festas cívicas para construir a identidade entre Estado e classe trabalhadora.
d) manutenção de partidos socialistas para garantir a eficácia das instituições da Sociedade Civil.

Questão 23 - UVA 2011.1 - CG - Getúlio Vargas foi o presidente brasileiro que mais tempo permaneceu no poder. Ao todo foram 18 anos de governo. O primeiro governo de Getúlio Vargas (1930 – 1945) pode ser dividido em três períodos distintos: governo provisório, governo constitucional e Estado Novo: a ditadura Varguista. O golpe de estado de Getúlio Vargas, que instituiu o Estado Novo (1937 a 1945) usou, como pretexto para a sua realização:
A. - o perigo que representava para a Nação a penetração da direita nas forças Armadas.
B. - o desejo de conter a ideologia da direita representada pela Ação integralista Brasileira.
C. - a inquietação que existia no Nordeste em virtude da alta do custo de vida.
D. - a possibilidade de uma revolução comunista, conforme constava de um documento em poder do governo - o Plano Cohen.

Questão 24 - MACKENZIE 2003 - 2º dia - Em 10 de novembro de 1937, Getúlio Vargas, em discurso pelo rádio, afirmava: “A disputa presidencial estava levando o país à desordem. Os comunistas infiltram-se dia a dia nas instituições nacionais. A nação corre perigo de uma luta de classes e os partidos inquietam nosso povo.“ As afirmações de Vargas serviram de pretexto para:
a) o Plano Cohen e a implantação do Estado Novo.
b) a eclosão da Revolução Constitucionalista de São Paulo.
c) a Intentona Comunista, liderada por Luís Carlos Prestes.
d) o Queremismo e as pretensões continuístas de Vargas.
e) o golpe militar que depôs Vargas e elegeu o General Dutra.

GABARITO
01 - B
02 - B
03 - C
04 - D
05 - A
06 - E
07 - B
08 - C
09 - C
10 - B
11 - C
12 - E
13 - A
14 - A
15 - C
16 - B
17 - D
18 - E
19 - D
20 - A
21 - D
22 - C
23 - D
24 - A

Nenhum comentário: