quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Exercícios de História sobre a a Primeira República no Brasil - com gabarito

Questão 01 - IFS 2014.1 - Graduação - Sobre a crise econômica da Primeira República é incorreto afirmar que:
a) As reformas político-administrativas do Estado foram seguidas por medidas econômicas também necessárias ao funcionamento da República;
b) Em 1890, Rui Barbosa, então ministro da Fazenda, tomou uma das primeiras decisões de incentivo à criação de empresas industriais e comerciais no país;
c) O clima de especulação criado pela abundância de novos negócios e empresas ficou conhecido como congelamento econômico; 
d) O clima de especulação criado pela abundância de novos negócios e empresas ficou conhecido como Encilhamento;
e) O resultado final da política econômica de Rui Barbosa foi uma grande crise: a moeda perdeu valor, as importações cresceram, empresas e bancos faliram e os cofres públicos ficaram vazios.

Questão 02 -  UFT 2017 - Transferência - Foi um período marcado pela busca de construções de regras disciplinares que normatizavam as fábricas, os lares, os espaços coletivos e, principalmente, os operários de orientações anarquistas. É CORRETO afirmar que esse período se refere:
(A) Ao Período Regencial.
(B) Às Revoluções Nativistas.
(C) Aos anos iniciais do Período Joanino.
(D) Aos anos finais do Período Pombalino.
(E) Aos anos iniciais da Primeira República.

Questão 03 - CEFET-MG - 2017 - Técnico Integrado - “Análises recentes das sucessões presidenciais na Primeira República (1889-1930) mostram que a famosa aliança entre Minas Gerais e São Paulo, chamada de política do ‘café com leite’, não controlou de forma exclusiva o poder republicano. Havia outros quatro estados, pelo menos, com acentuada importância no cenário político: Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Bahia e Pernambuco.”
(VISCARDI, Cláudia. Além do café com leite. In: FIGUEIREDO, Luciano. (Org.). História do Brasil para ocupados. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2013, p. 165.)
No referido período, a organização política da República
a) controlou o resultado das eleições por meio do pacto estabelecido entre diferentes estados.
b) incentivou práticas sociais de mobilização dos trabalhadores em torno das revoltas urbanas.
c) revelou a livre participação dos cidadãos brasileiros na escolha de seus representantes na presidência.
d) apresentou características democráticas com a divisão igualitária do poder entre as elites regionais.

Questão 04 - FUVEST 2009 - 1ª Fase - Em um balanço sobre a Primeira República no Brasil, Júlio de Mesquita Filho escreveu: “... a política se orienta não mais pela vontade popular livremente manifesta, mas pelos caprichos de um número limitado de indivíduos sob cuja proteção se acolhem todos quantos pretendem um lugar nas assembleias estaduais e federais”. A crise nacional, 1925. De acordo com o texto, o autor
a) critica a autonomia excessiva do poder legislativo.
b) propõe limites ao federalismo.
c) defende o regime parlamentarista.
d) critica o poder oligárquico. 
e) defende a supremacia política do sul do país.

Questão 05 - CEFET-MG - 2015 - Técnico Integrado - Sobre a economia na Primeira República, assinale (V) para as verdadeiras ou (F) para as falsas.
( ) As medidas econômicas priorizaram a valorização do café.
( ) Os primeiros governos republicanos estimularam a indústria de base.
( ) Os lucros do café impulsionaram a industrialização brasileira.
( ) Os governos adotaram a política de valorização cambial.
A sequência correta encontrada é
a) V V F V.
b) V F F V.
c) V F V F.
d) F V V F.

Questão 06 - MPE-GO - 2018 - MPE-GO - Secretário Auxiliar - Santa Helena -
“Os jagunços controlavam os votos através da coerção física. Dessa maneira, os eleitores que fossem contra a aspiração do coronel, eram punidos, com perda de trabalho ou até mesmo sendo vítimas de homicídio. Para controlar os votos, os coronéis também fraudavam as votações, alterando votos, sumindo com as urnas e até mesmo patrocinavam a prática do voto fantasma. Essa prática consistia em falsificar documentos para que os eleitores pudessem votar várias vezes e até mesmo utilizar nomes de falecidos nas eleições. Entre trocas de alguns favores políticos, os coronéis garantiam a eleição de certos representantes que controlavam o cenário político nacional. Sem dificuldades, o resultado das eleições poderiam ser forjados para favorecer a pequena elite de proprietários”. O texto acima refere-se a fatos ocorridos em qual período da História do Brasil?
a) Era Vargas
b) Brasil Colônia
c) Ditadura Militar de 1964
d) Brasil Império
e) Primeira República 

Questão 07 - CEFET-MG - 2013 - Técnico Integrado - São características marcantes do cenário sociopolítico da Primeira República no Brasil (1889-1930), EXCETO a 
a) existência de organizações de trabalhadores rurais, que se agrupavam em partidos nacionais. 
b) constituição de partidos republicanos regionais, que decidiam os destinos da política brasileira. 
c) concentração de poder nos chefes políticos locais, que controlavam os eleitores em sua área de influência. 
d) presença de um pacto entre governos federal e estaduais, que foi denominado política dos governadores.

Questão 08 - PUCRS 2007.1 - INSTRUÇÃO: Para responder à questão 08, leia as informações a seguir e relacione os movimentos sociais (Coluna 1) e as respectivas características (Coluna 2), numerando os parênteses. A Primeira República (1889-1930) foi marcada pela instabilidade política e econômica. Com práticas autoritárias, esse novo regime político propunha uma modernização conservadora, sem participação popular. Nesse contexto, eclodiram conflitos em diferentes pontos do território nacional, como os referidos a seguir.
Coluna 1
1. Revolta da Armada
2. Guerra de Canudos
3. Revolta da Vacina
4. Revolta da Chibata
5. Guerra do Contestado

Coluna 2
(  ) Levante dos marinheiros contra castigos físicos e baixos soldos.
(  ) Levante contra o autoritarismo da polícia sanitária e o despejo da população pobre dos cortiços do centro do Rio de Janeiro.
(  ) Luta dos camponeses pobres pela posse de terras na fronteira entre Santa Catarina e Paraná, liderado pelo monge João Maria.
(  ) Levante da Marinha contra o autoritarismo de Floriano Peixoto e contra a forte presença do Exército no governo.
(  ) Luta dos camponeses pobres do sertão da Bahia, liderados por Antonio Conselheiro, contra o autoritarismo republicano e contra os interesses dos grande proprietários de terra.
28) A numeração correta, de cima para baixo, é
A) 1, 3, 2, 4, 5
B) 1, 2, 5, 1, 3
C) 2, 3, 1, 5, 4
D) 3, 5, 1, 2, 4
E) 4, 3, 5, 1, 2

Questão 09 - CEFET-MG - 2013 - Técnico Integrado - São características marcantes do cenário sociopolítico da Primeira República no Brasil (1889-1930), EXCETO a
a) existência de organizações de trabalhadores rurais, que se agrupavam em partidos nacionais.
b) constituição de partidos republicanos regionais, que decidiam os destinos da política brasileira.
c) concentração de poder nos chefes políticos locais, que controlavam os eleitores em sua área de influência.
d) presença de um pacto entre governos federal e estaduais, que foi denominado política dos governadores.

Questão 10 - FUVEST 2016 - Transferência – Seria muito difícil prever, no início de 1929, que, após a presidência relativamente tranquila de Washington Luís, surgiria uma forte cisão entre as elites dos grandes Estados. Mais ainda, que essa cisão acabaria por levar ao fim da Primeira República.
Boris Fausto. História do Brasil. São Paulo: Edusp, 1994.
Dentre os motivos que levaram ao fim da Primeira República, é correto citar
a) o triunfo do movimento tenentista liderado por Luís Carlos Prestes, que, ao propor uma reforma agrária em todo o país, chocouͲse com os interesses fundiários dos proprietários do Rio Grande do Sul, que acabaram por apoiar o golpe de Getúlio Vargas.
b) os interesses imperialistas dos Estados Unidos, país que estava em grandes dificuldades em decorrência da crise econômica de 1929, e que via, no Brasil, um potencial mercado consumidor para suas manufaturas.
c) as desavenças políticas entre oligarquias de Minas Gerais e do Rio Grande do Sul, de um lado, e o presidente Washington Luís, paulista, de outro, que insistiu na candidatura à sua sucessão de outro paulista, Júlio Prestes.
d) uma sucessão de golpes contra governadores provinciais e de assassinatos de candidatos presidenciais comunistas e socialistas, o que criou um temor entre oligarquias regionais de uma intervenção soviética no Brasil.
e) a instabilidade social ocasionada pela transição do trabalho escravo ao trabalho assalariado, que criou em várias das principais cidades do país um persistente clima de insegurança que cada vez mais levava a motins e rebeliões populares.

Questão 11 - CEDAF – UFV 2019 - “A república foi proclamada. Mas, não bastava a força para sustentar o novo regime. Era preciso persuadir a sociedade. Para isso, os republicanos tiveram que formular símbolos, imagens, rituais que mostrassem à sociedade a legitimidade do novo regime político. Estes símbolos deveriam marcar também as diferenças entre a república e a monarquia, comprovando as vantagens da primeira sobre a segunda.”
(CARVALHO, José Murilo de. A formação das almas: o imaginário da república no Brasil. São Paulo: Cia das Letras, 1990, p. 135.)
A nova bandeira, o hino nacional e a imagem de Tiradentes como herói nos livros de História da Primeira República brasileira foram símbolos que tinham como objetivo:
a) fazer propaganda em favor do retorno da escravidão e da forma de governo monárquica.
b) inventar um ambiente de guerra no país para posteriormente entregar o poder aos militares.
c) convencer a sociedade sobre a necessidade de uma mentalidade comunista para o progresso.
d) criar um sentimento coletivo de identificação com uma nação moderna frente ao antigo modelo.

Questão 12 - ENEM 2016 - O coronelismo era fruto de alteração na relação de forças entre os proprietários rurais e o governo, e significava o fortalecimento do poder do Estado antes que o predomínio do coronel. Nessa concepção, o coronelismo é, então, um sistema político nacional, com base em barganhas entre o governo e os coronéis. O coronel tem o controle dos cargos públicos, desde o delegado de polícia até a professora primária. O coronel hipoteca seu apoio ao governo, sobretudo na forma de voto.
CARVALHO, J. M. Pontos e bordados: escritos de história política. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1998 (adaptado). 
No contexto da Primeira República no Brasil, as relações políticas descritas baseavam-se na 
A) coação das milícias locais.
B) estagnação da dinâmica urbana.
C) valorização do proselitismo partidário.
D) disseminação de práticas clientelistas.
E) centralização de decisões administrativas.

Questão 13 - PUC-RIO- 2006 - Durante a Primeira República (1889-1930), houve, na sociedade brasileira, revoltas que, a despeito das diferenças, expressaram a insatisfação e a crítica de grupos populares quanto aos mecanismos de exclusão social e política e às estratégias de expansão dos interesses oligárquicos, então vigentes.
Assinale a afirmativa que identifica CORRETAMENTE revoltas dessa natureza:
a) Guerra de Canudos e Revolta da Vacina;
b) Revolta Federalista e Guerra do Contestado;
c) Revolta da Vacina e Revolta da Armada;
d) Revolta da Chibata e Revolta Federalista;
e) Guerra do Contestado e Revolta da Armada.

GABARITO
01 - C
02 - E
03 - A
04 - D
05 - C
06 - E
07 - A
08 - E
09 - A
10 - C
11  - D
12 - D
13 - A

Nenhum comentário: