terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Exercícios sobre as Guerras Púnicas - com gabarito

Questão 01 - Mackenzie 1997 - As Guerras Púnicas, conflitos entre Roma e Cartago, no século II a.C., foram motivadas:
a) pela disputa e controle do comércio no mar Negro e posse das colônias gregas.
b) pelo controle das regiões da Trácia e Macedônia e o monopólio do comércio no Mediterrâneo.
c) pelo domínio da Sicília e disputa pelo controle do comércio no mar Mediterrâneo. 
d) pela divisão do Império Romano entre os generais romanos e a submissão de Siracusa a Cartago. e) pelo conflito entre o mundo romano em expansão e o mundo bárbaro persa.

Questão 02 - FEI 1995 - A colônia fenícia de Cartago, localizada onde hoje se encontra a cidade de Túnis, ao norte da África, havia se desenvolvido consideravelmente, a ponto de se constituir em poderosa rival dos interesses romanos no Mediterrâneo. Por mais de um século, os romanos lutaram para destruir Cartago, acabando por arrasá-la (146 a.C.). Esses acontecimentos são conhecidos como:
a) Guerras Médicas.
b) Revolução Cartaginesa.
c) Guerras Púnicas.
d) Guerra de Tróia.
e) Guerra da Reconquista.

Questão 03 - PUC-SP 2012 -  As Guerras Púnicas, entre romanos e cartagineses, duraram de 264 a 146 a.C. Entre seus resultados finais, podemos considerar que elas
a) contiveram a expansão romana em direção ao mar Mediterrâneo, pois as ilhas ao sul da península itálica passaram ao controle cartaginês.
b) fortaleceram a presença romana na região do mar Mediterrâneo, com o estabelecimento de províncias nas terras conquistadas.
c) eliminaram os gastos militares do Império Romano, pois impediram o surgimento de revoltas e tensões sociais.
d) permitiram a expansão comercial de Roma por toda a península itálica e em direção ao ocidente, com a decorrente conquista da Gália.
e) reduziram consideravelmente o número de escravos no Império Romano, pois a maioria deles foi alistada nas tropas e morreu em combate.

Questão 04 - MACKENZIE 2004/2 - 2º dia - “No século II a.C., coube a Catão, o censor, personificar obsessivamente uma campanha pela destruição completa de Cartago. Nos seus discursos, no Senado romano, Catão sempre os encerrava com a frase Delenda est Carthago (Cartago seja destruída). O sucesso de suas pregações selou o destino da cidade: Cartago foi invadida, completamente arrasada, e os poucos sobreviventes transformados em escravos”. Cláudio Vicentino
O fragmento acima relaciona-se às:
a) Guerras Médicas.
b) Guerras Gálicas.
 c) Guerras Púnicas.
d) Guerras Bárbaras.
e) Guerras Germânicas.

Questão 05 - UTFPR 2007 - Verão - “As três Guerras Púnicas constituíram um processo impactante ainda na Antigüidade e sempre impressionaram muito. Para que se tenha uma idéia das proporções alcançadas, basta pensarmos que, em 146 a. C., ao final dos conflitos, Roma havia conquistado a Sicília, a Córsega, a Hispania e o norte da África. Além da anexação desses territórios, conseqüência direta da derrota de Cartago, os romanos também já haviam conquistado a Macedônia, algumas regiões da Ásia e Gália Transalpina, exercendo influência política, econômica, social e cultural em imensa diversidade de territórios.”
GARRAFFONI, Renata S. “Guerras Púnicas”. In: MAGNOLI, Demétrio (org). História das Guerras. São Paulo: Contexto, 2006, p. 73)
Tendo como base o texto acima, podemos assinalar como uma das principais transformações do mundo romano nesse período:
A) o avanço político da plebe, por meio da luta dos irmãos Graco.
B) o fim da república e o estabelecimento da monarquia.
C) a igualdade jurídica entre patrícios e plebeus.
D) a generalização do trabalho assalariado, estimulada pela expansão mercantil.
E) a introdução do latifúndio cultivado por escravos em larga escala.

GABARITO
01 - C
02 - C
03 - B
04 - C
05 - E

Nenhum comentário: