sábado, 12 de janeiro de 2019

Exercícios sobre o Império Romano - com gabarito

Questão 01 - UTFPR 2010-2 - Inverno - A história política de Roma foi marcada por vários momentos de mudanças. Otávio, após ter exercido o governo com poderes excepcionais desde a guerra contra Marco Antônio, executou, em 27 a.C., uma manobra bem-sucedida: renunciou aos seus poderes numa sessão do Senado. Nessa mesma reunião, o Senado não apenas reafirmou seus poderes, como concedeu-lhe novos títulos. Esse episódio marcou o início do(a):
A) democracia.
B) república.
C) ditadura.
D) monarquia.
E) império.

Questão 02 - UECE-CEV - 2018 - SEDUC-CE - Professor - História - A atuação político-religiosa de Teodósio I, após o Edito de Tessalônica, de 27 de fevereiro de 380, procura criar normas práticas para o cumprimento da nova lei. Como imperador, Todósio I
A) se converteu ao Cristianismo e condenou a doutrina ariana no Concílio de Niceia.
B) concedeu liberdade ampla e irrestrita de culto aos cristãos.
C) procurou restaurar o paganismo, sem usar de violência contra os cristãos.
D) fez do Cristianismo a única religião oficial do império e perseguiu os pagãos.

Questão 03 - FUVEST 2016 - 1ª Fase - Os impérios do mundo antigo tinham ampla abrangência territorial e estruturas politicamente complexas, o que implicava custos crescentes de administração. No caso do Império Romano da Antiguidade, são exemplos desses custos:
a) as expropriações de terras dos patrícios e a geração de empregos para os plebeus.
b) os investimentos na melhoria dos serviços de assistência e da previdência social.
c) as reduções de impostos, que tinham a finalidade de evitar revoltas provinciais e rebeliões populares.
d) os gastos cotidianos das famílias pobres com alimentação, moradia, educação e saúde.
e) as despesas militares, a realização de obras públicas e a manutenção de estradas

Questão 04 - UNIFOR  - 2001.1 - Durante o Império, Roma atingiu o apogeu e a pax romana se estendeu do Ocidente ao Oriente. Esta foi a época
(A) da expansão externa e da conquista do Mediterrâneo, responsáveis pelo conflito entre a nova realidade socioeconômica e as velhas instituições políticas.
(B) do surgimento e da difusão do Cristianismo, que, após sangrentas perseguições, transformou-se em religião do estado, na fase final do Baixo Império.
(C) do declínio do Império Romano do Oriente que começou com a crise do século III e culminou com a sua destruição pelas invasões germânicas.
(D) da construção do mais poderoso império do Mundo Antigo e da criação do mais perfeito Código de Leis conhecido pela humanidade.
(E) da transformação de Roma no berço da cultura e da civilização Ocidental através do desenvolvimento da filosofia e da democracia.

Questão 05 - UVA 2010.1 - O desaparecimento do Império Romano, no século V, um dos mais colossais que a História já presenciou, suscita uma série de debates e dúvidas. Muitas razões contribuíram para o esfacelamento do Império Romano. Entre elas podemos citar
A. o enfraquecimento do governo, provocado pelas lutas pelo poder.
B. a concentração em mãos dos patrícios dos direitos religiosos, políticos e jurídicos.
C. a ideia de autoridade absoluta de Estado.
D. a aplicação do jus civile a todas as populações do império.

Questão 06 - UTFPR 2006-1 - Integrado - Durante um milênio, a Bacia Mediterrânea sofreu forte dominação de Roma, através da hegemonia política e cultural na vasta área que a circunda. No entanto, a partir do século III d.C., o Império Romano entrou em um contínuo processo de enfraquecimento. Qual das seguintes alternativas justifica sua decadência?
A) Corrupção na máquina administrativa e enfraquecimento do exército.
B) Crise na mineração e as guerras contra os gregos.
C) Impostos reduzidos e a difusão da doutrina cristã.
D) Revoltas escravas e enfraquecimento do exército.
E) Os ideais de liberdade entre os povos conquistados e a Política do Pão e Circo.

Questão 07 - UFT 2018.1 - Transferência - A historiografia sobre o processo de decadência do Império Romano indica que a expressão “povos bárbaros” foi concebida pelos romanos para tratar os povos que não tinham se romanizado e que não falavam latim ou grego. Entre os bárbaros europeus encontravam-se os:
(A) francos, visigodos, saxões e ostrogodos.
(B) sumérios, acádios, amoritas, caldeus.
(C) fenícios, persas, egípcios, caldeus.
(D) kushitas, xiitas, islamitas, sumérios.
(E) astecas, maias, incas, amoritas.

Questão 08 - UVA 2007.1 - Roma foi a sede de um poderoso império. Mas decaiu com o correr do tempo. No ano de 476, um povo estrangeiro, a quem os romanos chamavam de bárbaro, a conquistou. Este acontecimento marcou o:
A. início da Idade Antiga
B. início da Idade Média
C. fim da Idade Média
D. fim da Idade Moderna

Questão 09 - UFPR 2019 - Leia o trecho abaixo, escrito por Agostinho de Hipona (354-430) em 410, sobre a devastação de Roma:
Não, irmãos, não nego o que ocorreu em Roma. Coisas horríveis nos são anunciadas: devastação, incêndios, rapinas, mortes e tormentos de homens. É verdade. Ouvimos muitos relatos, gememos e muito choramos por tudo isso, não podemos consolarnos ante tantas desgraças que se abateram sobre a cidade.
(Santo Agostinho. Sermão sobre a devastação de Roma. Tradução de Jean Lauand. Disponível em: . Acesso em 11 de agosto de 2018.) 

Considerando os conhecimentos sobre a história do Império Romano (27 a.C. – 476 d.C.) e as informações do trecho acima, assinale a alternativa que situa o contexto histórico em que ocorreram os problemas relatados sobre Roma e a sua consequência para o Império, entre os séculos IV e V. 
a) Trata-se do contexto das invasões dos povos visigodos, sendo uma das causas do final do Império Romano do Oriente. 
b) Trata-se do contexto dos saques de povos vândalos, sendo uma das causas do final do Sacro Império Romano-Germânico. 
c) Trata-se do contexto das pilhagens de povos ostrogodos, sendo uma das causas do final do Império Bizantino. 
d) Trata-se do contexto das incorporações de povos vikings, sendo uma das causas do final do Sacro Império Romano do Oriente. 
e) Trata-se do contexto das invasões de povos bárbaros, sendo uma das causas do final do Império Romano do Ocidente.

Questão 10 - Mackenzie 2014 - 1º dia - O Mar Mediterrâneo foi a maior de todas as vias de circulação romanas e dele resultou a formação do Império Romano (27 a.C. a 476 d.C.). A respeito dessa importante conquista para a civilização romana, assinale a alternativa correta. 
a) A eliminação da hegemonia cartaginesa sobre a região além de permitir que Roma passasse a dominar o comércio mediterrâneo, possibilitou aumentar o dinamismo próprio da estrutura escravista, que necessitava de mão de obra decorrentes das conquistas. 
b) Após a derrota romana nas Guerras Púnicas, quando fenícios e cartagineses ocuparam o estreito de Gibraltar, a única saída para dar continuidade ao processo de expansão foi a conquista do mar Mediterrâneo. 
c) A explosão demográfica e os conflitos internos com a plebe urbana exigiram medidas expansionistas por parte do governo, para que se estabelecessem colônias romanas fora da península itálica a fim de minimizar as tensões sociais. 
d) A necessidade de expansão do cristianismo, que a partir do século IV, tornou-se a religião oficial do império romano, implicou na divulgação dos princípios dessa nova doutrina para os povos bárbaros. 
e) A crescente produção de cereais, durante o império romano, especialmente, o trigo, levou à expansão de suas fronteiras, uma vez que era necessário ser escoado e vendido para as demais províncias romanas.

GABARITO
01 - E
02 - D
03 - E
04 - B
05 - A
06 - A
07 - A
08 - B
09 - E
10 - A

Nenhum comentário: