quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Exercícios sobre o governo de Mikhail Gorbatchev - com gabarito

Questão 01 - FUVEST 2019 - 1ª Fase - Em 1985, Mikhail Gorbachev assumiu o cargo de secretário geral do Partido Comunista da União Soviética. Logo que assumiu o poder propôs a perestroika, que, entre outros encaminhamentos, visava
a) a reformas profundas no sistema políticoadministrativo para pôr fim à ditadura de Josef Stalin e implantar uma economia estatizada e planificada com o objetivo central de frear a corrida armamentista.
b) a reformas voltadas para a modernização da economia soviética, à introdução de processos produtivos para modernizar as empresas estatais, e à diminuição da corrida armamentista. 
c) à definição de “planos quinquenais” que priorizavam as fazendas coletivas e levaram os agricultores a aderirem ao novo modelo que impulsionou a indústria soviética e introduziu modernos processos produtivos.
d) à recuperação da economia e à reconstrução das fábricas e das obras de infraestrutura, priorizando o setor industrial de base e o bélico para, assim, participar da segunda revolução industrial.
e) à implantação de reformas políticas e econômicas com o objetivo claro de restringir a corrida armamentista e introduzir a revolução industrial que propôs o “quarto plano quinquenal”.

Questão 02 - FGV-SP 2008 - Economia - 1ª fase - O novo secretário-geral do PC soviético, Mikhail Gorbachev, de 54 anos, assumiu o poder (...). Gorbachev é o mais jovem líder soviético desde Josef Stalin (...). (Jayme Brener, Jornal do século XX) Sobre esse governo, é correto afirmar que foi caracterizado
a) pela ampliação do arsenal atômico da União Soviética e dos aliados no leste europeu, como decorrência direta do Programa Guerra nas Estrelas do presidente Ronald Reagan.
b) pelo projeto e execução de profundas reformas econômicas e políticas, que superassem a estagnação econômica e garantissem o desenvolvimento da democracia.
c) pelo aumento constante da produtividade soviética na indústria e na agricultura, com o conseqüente aumento do PIB, que superou o dos Estados Unidos em 1990.
d) pela realimentação da Guerra Fria com a acusação formal contra espiões norte-americanos e ingleses, além do rompimento das relações diplomáticas com a China.
e) pela recuperação de vários princípios da era stalinista, como os planos quinquenais, a coletivização da terra e a obrigatoriedade de salários iguais para os operários industriais.

Questão 03 - TJ-SC - 2011 - TJ-SC - Técnico Judiciário - Auxiliar - Em 1985, com a morte de Konstantin Tchernenko, Mikhail Gorbatchov assumiu a secretaria geral do Partido Comunista. Começava a ser implementado um amplo plano de reformas na URSS com a Perestróica e a Glasnost. Os termos em destaque significam, respectivamente:
a) Estado de direito/Democracia.
b) Democracia/Reconstrução da economia.
c) Reconstrução da economia/Transparência na política.
d) Transparência na política/Reconstrução da economia.
e) Nova ordem mundial/Democracia de direito.

Questão 04 - UEMG 2009 -  Observe atentamente a charge, a seguir, sobre o colapso do regime soviético:

No ano de 1985, Mikhail Gorbatchev assumiu a direção da Ex-URSS. Para corrigir os rumos do regime comunista no campo econômico, Gorbatchev prometeu uma política de abertura e transparência, que ficou conhecida como Perestroika. Todas as alternativas, abaixo, representam as principais dificuldades econômicas da sociedade soviética nos anos 80, EXCETO:
A) Economia pouco dinâmica engessada pelo rígido planejamento central do Estado.
B) Crises de abastecimento e baixa oferta de produtos de consumo popular.
C) Processos decisórios lentos e inadequados às dimensões continentais do país e sua diversidade.
D) Baixa escolaridade da população russa e infra-estrutura reduzida.


Questão 05 - UFPR 2007 - 1ª fase - “É exatamente esta relação de interdependência entre o aparelho partidário e o aparelho de Estado, no controle da economia e da sociedade, que explica a necessidade de uma transformação global, envolvendo as instituições políticas e o próprio Estado, a fim de assegurar a reconstrução da economia. E é isto que diferencia a perestroika das reformas econômicas que a precederam. A perestroika, mais que uma reforma econômica, pretende reconstruir todo o sistema, promovendo ao mesmo tempo uma reforma política e social. O processo foi deslanchado concomitantemente com uma abertura democrática (glasnost) que, como a própria perestroika, foi se ampliando de modo gradativo ao longo destes anos; e por uma redefinição da política exterior da URSS.”
(POMERANZ, Lenina. Perestroika: desafios da transformação social na URSS. São Paulo: Edusp, 1990, p. 14.)

A chegada ao poder de Mikhail Gorbatchev na extinta União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), em 1985, propiciou um forte abalo no regime socialista inaugurado com a Revolução Russa de 1917. Sobre o tema, é correto afirmar: 
a) Um exemplo marcante das contradições que existiam na URSS foi o acidente nuclear de Chernobyl, ocorrido em 1986, e que explicitou os problemas do modelo de desenvolvimento soviético. 
b) A perestroika foi uma reformulação da economia soviética sem grandes repercussões na estrutura social da URSS. 
c) A primazia da indústria soviética na área tecnológica, em relação aos seus rivais capitalistas, foi responsável pelo fracasso da reestruturação econômica proposta por Gorbatchev. 
d) A eficiência do modelo descentralizado de gestão que vigorava na República Soviética constituiu-se no principal obstáculo para as transformações preconizadas pela glasnost. 
e) A principal contribuição das transformações lideradas por Gorbatchev foi a sobrevivência do chamado “socialismo real”.

Questão 06 - UTFPR 2010-2 - Inverno - No ano de 1985, o estadista Mikhail Gorbatchev assumiu o controle do Partido Comunista Soviético com ideias inovadoras. Entre suas maiores metas governamentais, Gorbatchev empreendeu duas medidas: a “reestruturação” e a “transparência”. A primeira visava modernizar a economia soviética com a adoção de medidas que diminuía a participação do Estado na economia. A segunda tinha como objetivo abrandar o poder de intromissão do governo nas questões civis. Essas medidas ficaram conhecidas por:
A) Sovkhoz e Kolkhoz.
B) Perestroika e Glasnost.
C) Komintern e Konsomol.
D) Sputnik e Vostok.
E) Bolchevik e Menchevik.

Questão 07 - FGV-SP 2000 - 1ª fase - Em dezembro de 1987, após décadas de impasses nas relações entre soviéticos e norte-americanos, foi assinado em Washington, entre Ronald Reagan e Mikhail Gorbatchev, um acordo que estipulava:
a) o desenvolvimento mútuo de um complexo sistema tecnológico avançado em defesa de mísseis nucleares;
b) a retirada dos conselheiros soviéticos da Nicarágua;
c) a ajuda econômica norte-americana no campo tecnológico e da biotecnologia à URSS;
d) a desaceleração da corrida armamentista, por prever a destruição dos mísseis atômicos;
e) a retirada do contingente militar norte-americano do Afeganistão.

Questão 08 - Albert Einstein (Medicina) - 2016 - Mikhail Gorbachev realizou, na União Soviética da década de 1980, um conjunto de reformas, que se tornaram conhecidas como “perestroika” e “glasnost”. Elas visavam, entre outros fatores,
a) o controle político-militar do Leste europeu e a reforma do sistema educacional.
b) a reestruturação econômica do país e o processo de democratização do Estado.
c) o controle político pelo Partido Comunista e a transição pacífica para o socialismo.
d) o investimento maciço no programa nuclear e a adoção de uma economia de mercado.

Questão 09 - EAD / UFPR 2009/2010 -  A queda do Muro de Berlim em 1989 pode ser considerada como um símbolo do desmoronamento do socialismo real na Europa Oriental e do fim da Guerra Fria. Sobre esse momento histórico, é correto afirmar:
a) O fim do socialismo real foi concomitante e pacífico nos diversos países que formavam o Pacto de Varsóvia.
b) A glasnost (transparência) foi um dos elementos-chave da política de Mikhail Gorbatchev.
c) A unificação da Alemanha constituiu um entrave ao processo de superação das rivalidades nacionais.
d) O fim da Guerra Fria não diminuiu os gastos militares, que continuaram consumindo 6% do PIB norte-americano.
e) No início dos anos 1990, fracassaram os esforços para a formação da União Europeia.

Questão 10 - UERJ - 2017  - 2º Exame de Qualificação -
No dia 25 de dezembro de 1991, Mikhail Gorbachov vivia suas últimas horas no Kremlin. Aquele foi um dia de esperança para milhões de pessoas na Rússia, que viam o futuro com otimismo. Também foi um momento de luto para outros milhões, agora ex-cidadãos soviéticos. O novo mapa significou para muitos ter de abandonar o lugar em que haviam nascido, deixar lá familiares e relíquias. “Quando foi arriada a bandeira vermelha fiquei em estado de choque”, lembra Serguei Kosarev, que tinha então 37 anos. “Eu, nascido em Sochi, tinha terminado o ensino médio no Cazaquistão. De repente, meus amigos, minha juventude, ficaram para trás em outros países. Pensei que tudo isso fosse para o mal, e no começo foi duro. Mas o pior não foi o primeiro ano da reforma econômica, e sim mais tarde, quando na Rússia deixaram de pagar em dia os salários, e havia atrasos de seis meses ou mais”, conta. “No final, no meu caso tudo foi para o bem, recuperei a religião dos meus antepassados, como outros milhões de ortodoxos, e vi meio mundo; nem uma coisa nem outra teriam sido possíveis na U.R.S.S.”, conclui.
Adaptado de brasil.elpais.com, 23/12/2016.

De acordo com a reportagem, o fim da U.R.S.S. trouxe as seguintes mudanças significativas para alguns de seus ex-cidadãos:
(A) recuperação da liberdade sindical e perda da ideologia comunista
(B) liberalização da iniciativa industrial e abandono da unidade comercial
(C) ampliação do direito trabalhista e enfraquecimento do poderio militar
(D) fragmentação do território nacional e redimensionamento da identidade cultural

GABARITO
01 - B
02 - B
03 - C
04 - D
05 - A
06 - B
07 - D
08 - B
09 - B
10 - D

Nenhum comentário: