PETS

RESPOSTAS DO ENEM 2021

domingo, 28 de novembro de 2021

Questão de História - ACAFE 2022 - A Revolução Francesa configura-se como um marco na história

ACAFE 2022 - A Revolução Francesa configura-se como um marco na história, pois ajudou a dar forma ao mundo ocidental contemporâneo, conferindo um modelo às instituições, e os objetivos que perseguimos como sociedade e que compreendemos serem universais. Considerando este contexto, configuram-se como características associadas à Revolução Francesa as alternativas abaixo, EXCETO a alternativa. 
A) Um dos motivos de descontentamento era a ausência de privilégios entre as camadas sociais francesas, onde mesmo os nobres e os membros do clero tinham, por exemplo, a obrigação de pagar impostos e taxas ao governo monárquico. 
B) A insatisfação com o Antigo Regime e a centralização do poder nas mãos do rei que controlava a política e a economia do Estado. 
C) A sociedade francesa estava dividida em três grupos: o Primeiro Estado, composto pelo clero; o Segundo Estado, composto pela nobreza; e o Terceiro Estado, formado pela burguesia, trabalhadores rurais e urbanos, sendo estes a maior parte da população. 
D) Insatisfeitos com o governo de Luís XVI, os membros do Terceiro Estado se mobilizaram e passaram a exigir mudanças na política e na economia da França.

RESPOSTA:
Letra A.

Questão de História - ACAFE 2022 - Em 2021, completaram-se 150 anos da promulgação da Lei nº 2.040, conhecida como Lei do Ventre Livre

ACAFE 2022 - Em 2021, completaram-se 150 anos da promulgação da Lei nº 2.040, conhecida como Lei do Ventre Livre, em que estabelecia a alforria às crianças nascidas de mulheres escravizadas, no Império do Brasil a partir da data de 28 de setembro de 1871. Tendo em vista o contexto de escravidão, no Brasil do século XIX, e, em especial, os debates que tiveram lugar na década de 1870, as alternativas abaixo estão corretas, EXCETO a alternativa. 
A) Além disso, a Lei do Ventre Livre estabelecia a obrigatoriedade para todo proprietário realizar a matrícula de seu escravo em um registro nacional. Aqueles escravos que não estivessem, devidamente, matriculados seriam considerados livres. 
B) Na segunda metade do século XIX, as tensões sociais ganham força, especialmente no que diz respeito às relações de trabalho. Portanto, leis como a Eusébio de Queirós (1850), a Lei do Ventre Livre (1871) e a Lei dos Sexagenários (1885) deixam claro os anseios e as inquietações acerca do trabalho escravo, praticado no Império do Brasil. 
C) Soma-se a isso o fato de a Inglaterra exercer forte pressão no governo brasileiro para a adoção de medidas para extinguir a escravidão, pois pregava-se a necessidade de aumento do mercado consumidor, com trabalhadores assalariados, atendendo aos interesses dos investimentos ingleses no Brasil. 
D) Com a promulgação da lei nº 2.040, as crianças nascidas a partir daquela data tornavam-se, prontamente, livres, podendo assim exercer funções remuneradas, o que garantia a transição do regime escravocrata para a mão de obra livre, embora provocassem perda material aos proprietários de escravos.

RESPOSTA:
Letra D.

Questão de História - ACAFE 2022 - Especialmente no vale mesopotâmico, floresceram inúmeras civilizações que consolidaram instituições

ACAFE 2022 - “Especialmente no vale mesopotâmico, floresceram inúmeras civilizações que consolidaram instituições sociais, políticas e culturais por meio do domínio sobre as águas dos rios Tigre e Eufrates. As populações, que se desenvolveram na região, encontraram os mecanismos necessários para a prática sistemática da produção agrícola, o que permitiu, a longo prazo, o surgimento de cidades e reinos com estruturas sociais diversificadas.” (CORRÊA, Maria Isabelle P. G., 2003) 
Acerca das informações contidas no texto acima e dos conhecimentos relacionados ao tema, marque V para verdadeira e F para falsa. 
( ) Os Sumérios estabeleceram-se no sul da Mesopotâmia e formaram importantes cidades, como Ur, Uruk e Eridu. Cada uma das cidades possuía um governo próprio e independente, por isso são chamadas de cidades-Estado. 
( ) Os assírios dominaram a Mesopotâmia e fizeram da cidade de Nínive sua capital. Criaram táticas de guerra e possuíam um exército poderoso e, deste modo, conquistaram terras e povos formando um grande império. 
( ) Sob o comando do rei Hamurabi, os caldeus constituíram um estado unificado e fundaram o Primeiro Império Caldeu. Além disso, criaram um dos primeiros códigos de leis escritas da história: o Código de Hamurabi. 
( ) Sobre a sociedade mesopotâmica, sacerdotes, nobres e chefes militares ocupavam os cargos mais altos do governo, exercendo forte influência na política e na economia. 
( ) Os povos da Mesopotâmia dedicavam-se à agricultura, à pecuária e ao artesanato, mas o comércio com outras regiões era escasso. 
Assinale a alternativa que contém a resposta CORRETA, observando a sequência de cima para baixo. 
A) V - F - F - F - V. 
B) V - V - F - V - F. 
C) F - F - V - V - F. 
D) F - V - V - F - F.

RESPOSTA:
Letra B.

Questão de História - ACAFE 2022 - Nas transformações ocorridas no Ocidente europeu durante a Baixa Idade Média (século XI ao XV)

ACAFE 2022 - Nas transformações ocorridas no Ocidente europeu durante a Baixa Idade Média (século XI ao XV), podese situar as origens do mundo moderno. E, apesar de não alcançarem plenamente os seus objetivos, as Cruzadas contribuíram para acelerar as mudanças socioeconômicas que já estavam ocorrendo na Europa neste período. 
Sobre o movimento das Cruzadas, é CORRETO afirmar: 
A) Também chamadas de “Guerra Santa”, as Cruzadas provocaram mudanças importantes, entre elas o fortalecimento da nobreza guerreira que enriqueceu devido ao aumento significativo do comércio entre Ocidente e Oriente. 
B) As Cruzadas tinham apenas objetivo de cunho religioso: retomar a cidade de Jerusalém, considerada sagrada pelos cristãos e que fora dominada pelos turcos muçulmanos em 1071. 
C) A reabertura do Mediterrâneo ao comércio foi consolidada na Quarta Cruzada, a qual, motivada principalmente por interesses econômicos, começou a transformar a economia feudal. 
D) As Cruzadas foram uma série de expedições militares e religiosas, ocorridas entre os séculos XI e XIII, comandadas por camponeses e classes pobres que atenderam ao chamado do Papa Urbano II em 1096.

RESPOSTA:
Letra C.

Questão de História - ACAFE 2022 - Com o fim da Segunda Guerra Mundial, a atual capital alemã teve seu território dividido entre os países

ACAFE 2022 - Com o fim da Segunda Guerra Mundial, a atual capital alemã teve seu território dividido entre os países aliados. A divisão física, que marcava a polarização política do pós-guerra, foi feita pelo Muro de Berlim, construído em agosto de 1961, e que se tornou um dos grandes símbolos da Guerra Fria. Considerando o contexto mencionado, é CORRETO afirmar: 
A) Na Conferência de Potsdam, em 1945, os países aliados decidiram sobre os territórios ocupados pelos nazistas, sendo a Alemanha dividida entre essas potências e dando origem a República Democrática Alemã e a República Federal da Alemanha. 
B) Ao término da Segunda Guerra Mundial, os principais vencedores possuíam o mesmo alinhamento político, ou seja, o socialismo e buscaram aproximação com o bloco capitalista. 
C) A Guerra Fria se caracterizou pela polarização política entre os Estados Unidos e a Alemanha, e definiu uma situação em que houve intensos conflitos armados que envolveram várias nações ao longo de décadas. 
D) A queda do muro de Berlim marca o fortalecimento do comunismo e o proeminente colapso dos países aliados, situação que veio a se concretizar em 1991 com a Reunificação Alemã.

RESPOSTA:
Letra A.

Questão de História - ACAFE 2022 - O antigo Mali foi criado por diversos povos aparentados que viviam na região situada entre o rio Senegal

ACAFE 2022 - “O antigo Mali foi criado por diversos povos aparentados que viviam na região situada entre o rio Senegal e o rio Níger. Os mais importantes deles eram conhecidos como mandingas (ou malinquês, ou manden). [...] Sundjata Keita (1230-1255) estendeu a influência do Mali às unidades políticas menores da vizinhança, lançando as bases de um Estado unificado que se manteria hegemônico até a metade do século XV.” 
(MACEDO, José Rivair. História da África. São Paulo: Contexto, 2015. p.55) 
Considerando o contexto abordado, no excerto, e os conhecimentos relacionados ao tema, assinale a alternativa CORRETA. 
A) Grande parte do que se conhece da história do Mali chegou até nossos dias graças aos sábios e viajantes europeus, que circulavam pela região, registrando por escrito suas observações, além de terem recuperado antigos escritos na cidade de Timbuktu, datados do século X. 
B) Sundjata Keita se converteu ao cristianismo para ampliar sua participação no comércio aurífero com os europeus e, ignorando os costumes e as tradições de seu povo, obrigou que todos aderissem à religião monoteísta cristã. 
C) As conquistas territoriais do Mali foram favorecidas pelo processo de islamização pelo qual esse reino passou a partir do século XIII, além de sua significativa participação nas rotas comerciais transaarianas. 
D) Mesmo sendo um importante reino, o fato de o Mali se localizar, geograficamente, próximo ao deserto do Saara impossibilitou sua relação com outros povos e limitou sua participação no comércio da África Ocidental.

RESPOSTA:
Letra C.

Questão de História - ACAFE 2022 - A ditadura civil-militar, no Brasil, instaurada pelo golpe de Estado de 31 de março de 1964

ACAFE 2022 - A ditadura civil-militar, no Brasil, instaurada pelo golpe de Estado de 31 de março de 1964, durou 21 anos e foi marcada pela ruptura do regime democrático, por forte centralismo e autoritarismo, pela cassação dos direitos políticos de opositores e pela violação das liberdades individuais. Com base nos conhecimentos relacionados ao tema, analise as afirmações a seguir: 
I. O Ato Institucional nº 2 (AI-2) estabeleceu a extinção de todos os partidos políticos, eleições indiretas para presidente e permitiu ao Executivo a cassação de mandatos. 
II. Conhecido como “anos de chumbo”, o mandato do General João Figueiredo foi caracterizado pelo crescimento das acusações de tortura e desaparecimento de opositores. 
III. Durante este período, a União Nacional dos Estudantes (UNE) organizou uma manifestação em apoio ao regime ditatorial, que ficou conhecida como “Marcha da Família com Deus pela Liberdade”. 
IV. Em 1965 foi instituído, no Brasil, o bipartidarismo, com a consequente formação da Aliança Renovadora Nacional (Arena) e do Movimento Democrático Brasileiro (MDB). 
Todas as afirmações estão CORRETAS em: 
A) II e III. 
B) I e IV. 
C) I e III. 
D) II e IV.

RESPOSTA:
Letra B.

Questão de Geografia - ACAFE 2022 - Em comparação com outros estados brasileiros, Santa Catarina possui uma rede urbana

ACAFE 2022 - Em comparação com outros estados brasileiros, Santa Catarina possui uma rede urbana menos concentrada, o que não significa que seja desarticulada. A respeito da economia catarinense e da produção relacionada a sua rede urbana, assinale a alternativa CORRETA. 
A) A BR-282, importante via de circulação no litoral catarinense, cruza o estado de Norte a Sul, dando acesso aos principais portos, entre os quais pode-se destacar: Itajaí, Navegantes e São Francisco do Sul, que é o maior em movimentação de cargas e está próximo à Mesorregião da Grande Florianópolis. 
B) O Porto de Imbituba, considerado um porto novo e o mais moderno entre os cinco principais portos catarinenses, está diretamente relacionado à circulação de produtos utilizados no setor metalmecânico, que é o mais destacado na indústria da Mesorregião do Sul Catarinense, a qual o Porto de Imbituba serve. 
C) A Mesorregião do Oeste Catarinense, onde teve início um importante polo agroindustrial brasileiro, voltado à produção de carnes suína e de aves, além de outros produtos, possui Chapecó como um importante centro, não apenas na agroindústria, mas também no setor de serviços, polarizando áreas no interior dos três estados do Sul do Brasil. 
D) Criciúma, importante polo da Mesorregião do Sul Catarinense, concentra a produção carbonífera, indústrias têxteis e de turismo. A partir da tradição das migrações alemãs e contando com a maior Oktoberfest fora da Alemanha, a cidade tem se destacado como um grande polo irradiador da produção cervejeira, sendo a maior no estado e com destaque nacional.

RESPOSTA:
Letra C.

Na Mesorregião do Oeste Catarinense há um importante polo de agroindústrias que lá se originaram, entre as quais, podemos citar a Sadia, a Perdigão e a cooperativa Aurora. Chapecó, importante centro regional, abriga universidades, feiras ligadas ao setor agropecuário, bem como o fornecimento de serviços ligados ou não ao agronegócio. Pode-se destacar também o aeroporto de Chapecó com importante função regional.

Questão de Geografia - ACAFE 2022 - A respeito das Regiões Brasileiras, propostas oficialmente pelo IBGE, observe as afirmações abaixo

ACAFE 2022 - A respeito das Regiões Brasileiras, propostas oficialmente pelo IBGE, observe as afirmações abaixo: 
I. De acordo com a regionalização do IBGE, o Nordeste é a região mais extensa, bem como a com o maior número de unidades da federação. 
II. Apesar de a Região Sul ser a menos extensa, ela não é a que concentra menor população e menor densidade demográfica. 
III. A Região Sudeste é a que possui a maior população absoluta, além de uma alta concentração econômica. Possui três estados e o Distrito Federal. 
IV. A Região Norte do Brasil é a mais extensa entre as cinco, composta por sete unidades da federação, entre as quais estão os estados de Roraima, Amapá e Tocantins. 
V. No Nordeste brasileiro, o Ceará é o estado mais extenso, seguido de Pernambuco e Bahia. 
As afirmações CORRETAS são: 
A) II e IV
B) I e II 
C) I, III e IV 
D) II, IV e V

RESPOSTA:
Letra A.

Questão de Geografia - ACAFE 2022 - O cultivo de espécie vegetal única (soja, trigo, algodão, milho, entre outros) em grandes extensões de terras

ACAFE 2022 - “O cultivo de espécie vegetal única (soja, trigo, algodão, milho, entre outros) em grandes extensões de terras favorece o desenvolvimento de grande quantidade de pequenas espécies animais invasoras, as pragas que se alimentam desses produtos. É o caso da lagarta da soja, do besouro bicudo do algodão e de bactérias como o ácaro dos mamoeiros, o cancro-cítrico dos laranjais e as diversas pragas dos cafezais, dos fungos que atacam o trigo e o milho e das pragas que infestam os canaviais. Já o cultivo de várias espécies, ou seja, a policultura, implica competitividade entre elas e elimina a possibilidade da disseminação de pragas. Nas monoculturas as pragas proliferam rapidamente, e em dois ou três dias uma plantação de soja ou de algodão pode ser totalmente dizimada. Para evitar isso, utilizam-se cada vez mais inseticidas e fungicidas químicos, que podem ser altamente prejudiciais à saúde do homem”. 
Fonte: ROSS, Jurandyr L. Sanches (Org.). Geografia do Brasil. 6.ed. São Paulo: Edusp, 2009. p. 226. (Didática 3). 

A respeito do tema apresentado, bem como sobre a situação na produção agropecuária, no Brasil e no Mundo, assinale a alternativa INCORRETA. 
A) No Brasil, as modificações pela chamada Revolução Verde contribuíram com a modernização da agropecuária, com o crescimento das exportações e também com uma crescente concentração de renda no campo, além do êxodo rural, nas últimas décadas. 
B) O conjunto de mudanças técnicas que após a Segunda Guerra Mundial ficou conhecido como Revolução Verde inseriu, além dos produtos químicos citados no texto acima, a mecanização agrícola completada posteriormente com a biotecnologia e o uso de transgênicos. As mudanças técnicas na agropecuária não resolveram problemas socioambientais no campo em diversas partes do mundo. 
C) O uso indiscriminado de produtos químicos, como pesticidas e fungicidas, não prejudica apenas os solos das áreas em que são aplicados. Além da contaminação de alimentos, o uso excessivo de produtos químicos na agricultura pode afetar o ciclo da água, contaminando rios e riachos, entre outras consequências. 
D) A monocultura é uma tendência geral da agropecuária brasileira, desde os tempos coloniais. A estrutura da agropecuária brasileira, que permitiu a prevalência das monoculturas, é responsável pelo atraso no campo brasileiro do ponto de vista tecnológico, bem como a manutenção de sistemas de produção agrícolas insuficientes e improdutivos, responsáveis pela ocorrência de fome e inflação dos alimentos no país.

RESPOSTA:
Letra D.

As monoculturas determinaram alguns ciclos econômicos ao longo da história brasileira, como o da cana-de-açúcar e o do café. Porém, uma estrutura agrária concentradora não impediu que a agropecuária brasileira ao longo do século XX e do atual século, tenha se tornado uma das mais produtivas do Mundo, mesmo com a prevalência de problemas no campo. 

Questão de Geografia - ACAFE 2022 - No último período chuvoso, de setembro do ano passado até maio deste ano, os rios brasileiros

ACAFE 2022 - “No último período chuvoso, de setembro do ano passado até maio deste ano, os rios brasileiros registraram o menor volume médio de água dos últimos 91 anos. Esse foi o alerta que o ONS, Operador Nacional do Sistema Elétrico, fez ao Ministério de Minas e Energia. [...] Uma nota informativa do ONS detalhou as previsões para o segundo semestre deste ano. Entre elas, o risco de que a seca prevista na bacia do Rio Paraná para esse período resulte em problemas no fornecimento de energia para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A expectativa é que em novembro seja necessário acionar a reserva técnica dos reservatórios, o volume morto. E a geração de energia elétrica deve reduzir, mas não parar. [...] De acordo com o ONS, três bacias hidrográficas estavam em situação crítica. Na bacia do Rio Paraná, o volume está na pior situação de todos os tempos, com metade da média histórica. A do Rio Grande, também passa pelo pior momento, com 38% do volume de água esperado. E na bacia do Rio Paranaíba, o volume de 50% da média histórica é o segundo pior já registrado”. 
Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/radioagencia-nacional/geral/audio/2021-06/rios-brasileiros-registrampior-volume-medio-de-agua-em-91-anos 

Os excertos acima apontam aspectos relacionados à chamada crise hídrica atual no Brasil. A respeito de aspectos climáticos brasileiros, bem como as consequências da atual crise hídrica, assinale a alternativa CORRETA. 
A) Nesse contexto, a produção de energia elétrica, no Brasil, se torna um problema, na medida em que não há aplicação de outras formas de produção de energia que não a hidrelétrica em território nacional. 
B) Os efeitos negativos da estiagem, apontados no trecho com consequências para a produção de energia e abastecimento de água, ficam restritos à região Nordeste, onde ocorre o clima semiárido. 
C) Além do abastecimento de água, a falta de chuvas prejudica a produção de energia elétrica, na medida em que parte considerável da matriz energética brasileira é proveniente de hidrelétricas. 
D) Uma esperança para a resolução da crise hídrica nos próximos meses é a chegada do verão, em que além das maiores chuvas, o consumo de água e energia elétrica diminui substancialmente em comparação com o inverno e a primavera.

RESPOSTA:
Letra C.

Na medida em que a falta de chuvas prejudica tanto o abastecimento de água quanto a geração de energia elétrica em algumas regiões brasileiras, sendo que uma parte considerável da matriz energética nacional é proveniente de hidroelétricas.

Questão de Geografia - ACAFE 2022 - Observe a imagem a seguir:

ACAFE 2022 -  Observe a imagem a seguir:
Assinale a alternativa CORRETA que apresenta o tipo de técnica cartográfica empregada no mapa acima. 
A) Gráfico populacional 
B) Anamorfose geográfica 
C) Exagero vertical 
D) Mapa-múndi físico

RESPOSTA:
Letra B.

Anamorfose geográfica é uma técnica em que cada território é redesenhado de forma que seu polígono sofre uma deformação proporcional a um tema de interesse (população, PIB ou outra variável de interesse). Com esta técnica, consegue-se visualizar o tema de forma mais direta. 

Questão de Geografia - ACAFE 2022 - As rochas são agregados de um ou mais minerais solidificados.

ACAFE 2022 - As rochas são agregados de um ou mais minerais solidificados. A crosta terrestre é formada predominantemente por rochas, como o granito, o mármore, o arenito e inúmeras outras, com origens e composição mineral diferenciados. Quanto à origem das rochas e ao seu uso econômico, assinale a alternativa INCORRETA. 
A) As rochas metamórficas têm sua origem na consolidação de material proveniente do manto em estado de fusão. Pelas suas características mineralógicas, não é possível sua utilização econômica e não possuem valor comercial relevante. 
B) As rochas magmáticas ou ígneas classificam-se em dois tipos principais: intrusivas ou plutônicas, que se formaram internamente, como o granito e o diabásio; e extrusivas ou vulcânicas, que se formaram na superfície, como o basalto. Algumas dessas rochas magmáticas são utilizadas como rochas ornamentais ou na construção civil, como o granito, por exemplo. 
C) As rochas sedimentares resultam da deposição, compactação e cimentação de sedimentos rochosos ou orgânicos, ocorrendo em camadas. Quanto à origem dos sedimentos, as rochas sedimentares são classificadas em: detríticas, orgânicas ou químicas. Várias rochas sedimentares têm valor econômico, como por exemplo: o varvito, de origem glácio-lacustre, presente em Santa Catarina e empregado como revestimento de pisos, calçadas, como tijolos, tampo de mesas, entre outros. 
D) A decomposição do basalto, geralmente, dá origem a solos férteis, como a chamada terra roxa, encontrada, principalmente, nos estados da porção centro-sul do Brasil, importante para o desenvolvimento da atividade agrícola.

RESPOSTA:
Letra A.
As rochas metamórficas resultam da metamorfização, transformação em condições de pressão e temperatura elevadas, de rochas preexistentes. Essas rochas têm muita importância econômica em virtude de sua ampla utilização na construção civil e na fabricação de objetos ornamentais e materiais de revestimento.

Questões Resolvidas - ACAFE 2022 - Verão

Questões Resolvidas de Geografia: 


Questões Resolvidas de Literatura: 


Questões Resolvidas de Biologia: 


Questões Resolvidas de História: 

Questão de Geografia - ACAFE 2022 - Após a saída do núcleo duro da delegação diplomática nesta segunda-feira, os Estados Unidos

ACAFE 2022 - “Após a saída do núcleo duro da delegação diplomática nesta segunda-feira, os Estados Unidos se despediram do Afeganistão após duas décadas de presença militar, à frente de uma coalizão internacional cujas tropas estavam algumas horas à frente dos norte-americanos. O epílogo da dupla operação — repatriação e retirada militar ao mesmo tempo — foi tão convulsivo quanto o Pentágono havia alertado, com o lançamento de seis foguetes pelo Estado Islâmico, cinco interceptados pelo sistema antimísseis norteamericano, um dia após o bombardeio preventivo que supostamente custou a vida a vários civis em Cabul no domingo…” 
Fonte: https://brasil.elpais.com/internacional/2021-08-30/retirada-de-tropas-do-afeganistao-encerra-aguerra-mais-longa-dos-estados-unidos.html.

Esse fragmento trata de um dos períodos mais marcantes, relacionados à geopolítica do Século XXI, envolvendo diretamente países do Ocidente e do Oriente Médio. Assinale a alternativa CORRETA que apresenta o nome da campanha militar dos EUA, deflagrada em 2001, logo após os ataques de 11 de setembro. 
A) Guerra do Ópio. 
B) Guerra Fria. 
C) Guerra do Golfo.
D) Guerra ao Terror. 

RESPOSTA:
Letra D.

A Guerra ao Terror ou Guerra ao Terrorismo, foi declarada em 2001, pelo então presidente dos EUA, George W. Bush, utilizando forte apelo religioso, como parte da estratégia de combate ao terrorismo. Como desdobramento, a coalizão liderada pelas forças armadas estadunidenses invadiu o Afeganistão, acusado de dar guarida a Osama Bin Laden. Esse conflito, seguido da invasão do Iraque, gerou enorme controvérsia entre as nações que compõem o Conselho de Segurança da ONU e entre a comunidade internacional. A ocupação do Afeganistão se estendeu até a atualidade, com a saída das tropas estadunidenses e retomada do poder pelos talibãs.

Questão de Sociologia - UECE 2022.1 - Atente para o seguinte trecho a respeito de estado democrático e estado liberal

UECE 2022.1 - Atente para o seguinte trecho a respeito de estado democrático e estado liberal:

“...o estado liberal é o pressuposto não só histórico, mas jurídico do estado democrático. Estado liberal e estado democrático são interdependentes em dois modos: na direção que vai do liberalismo à democracia, no sentido de que são necessárias certas liberdades para o exercício correto do poder democrático, e na direção oposta que vai da democracia ao liberalismo, no sentido de que é necessário o poder democrático para garantir a existência e a persistência das liberdades fundamentais. Em outras palavras: é pouco provável que um estado não liberal possa assegurar um correto funcionamento da democracia, e de outra parte é pouco provável que um estado não democrático seja capaz de garantir as liberdades fundamentais. A prova histórica desta interdependência está no fato de que um estado liberal e um estado democrático, quando caem, caem juntos”. 
BOBBIO, Norberto. O Futuro da Democracia: uma defesa das regras do jogo. 6ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986. 
Considerando o que diz Bobbio sobre a interdependência entre o “estado democrático” e o “estado liberal”, é correto dizer que 
A) a defesa da democracia é a demanda mais importante para as sociedades no mundo, portanto, os direitos individuais não podem se contrapor a esta máxima. 
B) as liberdades individuais devem ser prioridade máxima para qualquer estado de direito e devem ser preservadas mesmo com medidas não democráticas. 
C) o liberalismo político defende as liberdades individuais para a democracia e, para isso, é imprescindível o poder do Estado na garantia de direitos civis. 
D) o estado social democrata tem a perspectiva de garantir a soberania nacional de forma eficaz e, para isto, pode suspender quaisquer outros tipos de direitos.

RESPOSTA:
Letra C.

O entendimento sobre as relações de Estado Liberal e Democrático segundo Bobbio demonstra que são intimamente ligadas. Os estados liberais e suas condições de direitos e liberdades levam a um caminho democrático quando pensados em abrangência de direitos. Não se consegue pensar em democracia contemporânea sem levarmos os direitos e as liberdades sociais construídas pela ideologia dos estudos liberais, pois é no processo Democrático que as liberdades encontram terreno fértil de suas condições reais de aplicação.

Questão de Sociologia - UECE 2022.1 - O tema gênero e sexualidade, atualmente, é mote de muitos debates acalorados e polêmicos

UECE 2022.1 - O tema gênero e sexualidade, atualmente, é mote de muitos debates acalorados e polêmicos na sociedade brasileira. Porém, é forçoso reconhecer a pertinência desses debates a favor de mais inclusão social para o convívio em uma sociedade que deve prezar por valores democráticos como os das liberdades individuais. Em tempo, partindo de uma compreensão geral das ciências sociais, gênero e sexualidade são produtos da relação entre a subjetividade individual (algo que é de cada pessoa) e a cultura (questão coletiva). Assim, o “ser homem”, o “ser mulher” e as orientações sexuais passam pelo crivo intrincado de decisões pessoais e socioculturais. E essa perspectiva das ciências sociais em torno do tema aponta para o melhor convívio nas democracias contemporâneas. Assim, considerando o tema gênero e sexualidade nas ciências sociais, avalie as proposições a seguir: 
I. A sigla LGBTQIA+ procura representar, da forma mais inclusiva possível, os diferentes modos de ser e de se orientar pelo gênero e sexualidade. 
II. As livres expressões da sexualidade causam prejuízos para a liberdade sexual de todos aqueles que não se enquadram nessas formas indefinidas de gênero. 
III. Nem a cultura nem questões psicológicas conseguem mudar o fato biológico natural que distingue o que significa ser do sexo masculino ou do sexo feminino. 
IV. A sociodiversidade de gêneros e de orientações sexuais ainda hoje enfrenta os males dos preconceitos que julgam como anormais as pessoas não heterossexuais. 
Está correto o que se afirma somente em 
A) II e III. 
B) II e IV. 
C) I e IV. 
D) I e III.

RESPOSTA:
Letra C.

Questão de Sociologia - UECE 2022.1 - A globalização é um fenômeno impulsionado e intensificado pela expansão da economia capitalista

UECE 2022.1 - A globalização é um fenômeno impulsionado e intensificado pela expansão da economia capitalista pelo mundo nas últimas décadas do século XX. Este fenômeno teve e tem muitas consequências, como a abertura das fronteiras nacionais para a economia mundial, e coloca em pauta o papel da rede de proteção social dos Estados para as suas populações. O Fundo Monetário Internacional (FMI), nos anos 1990, por exemplo, recomendou, como medidas para que um país fosse atrativo para a economia mundial, que fossem adotadas políticas de austeridade fiscal no balanço das contas públicas e isto fez com que ocorressem muitas privatizações de setores econômicos estratégicos, como os de fornecimento de água e esgoto, energia elétrica e telecomunicações. Mas, sabe-se que existem outras consequências promovidas pelo fenômeno da globalização econômica. 
Considerando outras consequências da globalização econômica, assinale a afirmação verdadeira. 
A) A reforma trabalhista de 2017 e a esperada reforma tributária do Estado brasileiro figuram como consequências da globalização. 
B) Uma consequência direta da globalização mundial ocorre no Brasil quando o Estado impõe restrições burocráticas e fiscais às empresas estrangeiras. 
C) Os Estados que acatam as orientações de entidades como o FMI conseguem proporcionar a sua população mais investimentos na saúde e educação públicas. 
D) A entrada na economia global acarreta a introdução da não competição em diversos setores de comércio e serviços graças à formação de oligopólios.

RESPOSTA:
Letra A.

Questão de Sociologia - UECE 2022.1 - Thomas Hobbes (1588-1679) é considerado, ao lado de John Locke (1632-1704) e Jean-Jacques

UECE 2022.1 - Thomas Hobbes (1588-1679) é considerado, ao lado de John Locke (1632-1704) e Jean-Jacques Rousseau (1712-1778), como um “contratualista”. O contratualismo é uma teoria social e política desenvolvida por esses pensadores e que aponta, de forma geral, o nascimento das sociedades ou do convívio social humano a partir da passagem de um “estado de natureza” para o “mundo social”. Em síntese, os primeiros grupos humanos, para poderem conviver, tiveram que reprimir sua “animalidade” ou “natureza humana” fazendo “pactos” ou “contratos” a fim de se preservarem mutuamente e conviverem. Para Hobbes, especificamente, essa “natureza humana” faz com que os seres humanos vivam em constante guerra de uns contra os outros. E, para findar tal estado de “conflito natural”, é preciso que exista um “poder soberano” que mantenha todos em respeito mútuo. No que diz respeito à perspectiva contratualista de Thomas Hobbes, assinale a afirmação verdadeira. 
A) O ser humano vive na desconfiança em relação aos outros e, para preservar sua vida, deve antecipar o perigo e atacar primeiro. 
B) Como o homem é sempre alvo de algum malfeito, deve, de imediato, se acautelar e esconder-se em algum lugar seguro para não ser vitimado. 
C) As três razões da natureza humana que podem impedir a guerra generalizada entre os homens são a competição, a desconfiança e a busca pela glória. 
D) O Estado é o poder soberano que impede a guerra generalizada entre os seres humanos e serve para controlar as naturais tendências destruidoras.

RESPOSTA:
Letra D.

Questão de Sociologia - UECE 2022.1 - Karl Marx (1818-1883), em sua obra, explica as lógicas históricas e sociais que fundamentam

UECE 2022.1 - Karl Marx (1818-1883), em sua obra, explica as lógicas históricas e sociais que fundamentam o sistema da economia capitalista. E, para ele, dentre as razões lógicas que servem para a manutenção deste sistema econômico está o fato de que as relações sociais de produção são alienadas para a classe trabalhadora. Mas o que isto significa, mesmo? O certo é que, para Marx, a alienação no modo de produção capitalista possui um significado bem preciso. Partindo da perspectiva marxiana sobre a alienação no capitalismo, assinale a afirmação verdadeira. 
A) No processo produtivo das relações sociais capitalistas, as classes donas dos meios de produção estão submetidas, de forma consciente, a todo o processo de alienação que determina o sistema econômico. 
B) O trabalhador, que é dono da força produtiva, mas não é dono dos resultados do que produz, é alienado do seu trabalho e dos frutos deste, justamente, porque a classe capitalista se apropria do que é produzido. 
C) A alienação no sistema capitalista diz respeito a um conjunto de ideias falsas que estão a serviço da dominação da classe capitalista sobre todo o resto da estrutura social e não só sobre a classe trabalhadora. 
D) O trabalhador apenas deixa de ser alienado quando possui consciência de todo o processo produtivo de que faz parte ou, de outro modo, quando participa de forma ativa e colaborativa no ambiente de trabalho.

RESPOSTA:
Letra B.

Questão de Filosofia - UECE 2022.1 - Neste ano, comemoramos o centenário de nascimento do Patrono da Educação Brasileira

UECE 2022.1 - Neste ano, comemoramos o centenário de nascimento do Patrono da Educação Brasileira, o Professor Paulo Freire (1921-1997). Atente para a seguinte passagem de sua autoria: “[...] a educação é uma forma de intervenção no mundo [...], que além do conhecimento dos conteúdos bem ou mal ensinados e/ou aprendidos implica tanto o esforço de reprodução da ideologia dominante quanto seu desmascaramento. [...] não poderia ser a educação só uma ou só outra dessas coisas. [...] É um erro decretá-la como tarefa apenas reprodutora da ideologia dominante como erro tomá-la como uma força de desocultação da realidade, a atuar livremente, sem obstáculos e duras dificuldades”. 
FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996, p. 98-99. – Adaptado.
No texto acima, o fato de a educação ser concebida como uma prática que une em si reprodução e desmascaramento da ideologia dominante, filosoficamente, manifesta uma 
A) incoerência, que desobedece ao princípio lógico de não contradição. 
B) posição dialética, que concebe os processos sociais como contraditórios. 
C) concepção mecanicista, em que forças exteriores se opõem e se chocam. 
D) ideação moral subjetiva, que atua no sentido contrário à realidade dada.

RESPOSTA:
Letra B. 

Questão de Filosofia - UECE 2022.1 - Entre 16 e 18 de setembro de 1982, ocorreu um massacre de palestinos e libaneses em dois

UECE 2022.1 - Entre 16 e 18 de setembro de 1982, ocorreu um massacre de palestinos e libaneses em dois campos de refugiados situados a Oeste de Beirute (capital do Líbano), chamados Sabra e Chatila. Na época, o Líbano estava sob ocupação israelense. Em 22 de setembro do mesmo ano, o filósofo judeu brasileiro Maurício Tragtenberg (1929-1998) publicou um artigo de opinião em que afirma: 
“Deu-se o massacre dos palestinos dos campos de Sabra e Chatila por obra dos assassinos chefiados por Cel. Haddad, com conivência e participação [do Exército de Israel], isso após a morte do traficante de haxixe [Bashir] Gemayel, novo ‘Quisling’ [traidor] imposto pelas tropas de ocupação. Por tudo isso, ser fiel à tradição judaica é condenar mais este genocídio praticado contra o povo palestino. É necessário acabar de vez com o etnocentrismo que toma a forma de judeu-centrismo, onde o massacre de judeus brancos por brancos europeus tem um status diferente do massacre dos armênios pelos turcos, dos negros africanos pelos traficantes de escravos, dos chineses na Indonésia. Assim, Auschwitz é elevado a potência metafísica. Sou um dos últimos a minimizar as atrocidades cometidas em Auschwitz, porém, as lágrimas de outros povos não contam?” 
TRAGTENBERG, M. Menachem Begin visto por Einstein, H. Arendt e N. Goldman. Folha de São Paulo, 22/09/1982. 
Acerca do conceito moderno dos direitos humanos, é implícito à concepção de M. Tragtenberg que 
A) há uma universalidade nos direitos humanos, independentemente de etnia e cultura. 
B) o massacre de brancos europeus tem um status diferente de outros massacres. 
C) a tradição judaica tem uma concepção etnocêntrica sobre os direitos humanos. 
D) o genocídio de judeus pelos nazistas em Auschwitz tem um significado metafísico.

RESPOSTA:
Letra A.

Questão de Filosofia - UECE 2022.1 - Leia com atenção o seguinte diálogo entre Galileu e o garoto Andrea, personagens da peça Vida de Galileu

UECE 2022.1 - Leia com atenção o seguinte diálogo entre Galileu e o garoto Andrea, personagens da peça Vida de Galileu (1938-39), do dramaturgo alemão Bertolt Brecht (1898-1956): 
“GALILEU – Você entendeu o que eu lhe expliquei ontem? 
ANDREA – O quê? Aquela história de Copérnico e da rotação da Terra? 
GALILEU – É. 
ANDREA – Por que o senhor quer que eu entenda? É muito difícil, e eu ainda não fiz onze anos, vou fazer em outubro. 
GALILEU – Mas eu quero que você entenda. É para que se entendam essas coisas que eu trabalho e compro livros caros em vez de pagar o leiteiro. 
ANDREA – Mas eu vejo que o Sol de noite não está onde estava de manhã. Quer dizer que ele não pode ficar parado! Nunca, jamais... 
GALILEU – Você vê?! O que você vê? Você não vê nada! Você arregala os olhos, mas arregalar os olhos não é ver. Galileu põe a bacia de ferro no centro do quarto e diz: 
GALILEU – Bem, isto é o Sol (aponta para a bacia). Sente-se aí (aponta para a cadeira). Andrea se senta na única cadeira, tendo a bacia à sua esquerda; Galileu fica de pé, atrás dele, e pergunta: 
GALILEU – Onde está o Sol, à direita ou à esquerda? 
ANDREA – À esquerda. 
GALILEU – Como fazer para ele passar para a direita? 
ANDREA – O senhor carrega a bacia para a direita, claro. 
GALILEU – E não tem outro jeito? Galileu levanta Andrea e a cadeira do chão, coloca-os do outro lado da bacia e pergunta: 
GALILEU – Agora, onde está o Sol? 
ANDREA – À direita. 
GALILEU – E ele se moveu? 
ANDREA – Ele, não. 
GALILEU – O que é que se moveu? 
ANDREA – Eu. 
GALILEU (gritando) – Errado, seu desatencioso! A cadeira! A cadeira se moveu! 
ANDREA – Mas eu com ela! 
GALILEU – Claro, a cadeira é a Terra. Você está em cima dela.” 
BRECHT, B. A vida de Galileu. Trad. Roberto Schwartz. In: Bertolt Brecht. Teatro completo, vol. 6.– 3ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991. Adaptado. 
Com base no diálogo acima, é correto afirmar que, para o personagem Galileu, para compreender os fenômenos astronômicos acima discutidos, 
A) não é necessário observá-los, pois é suficiente raciocinar sobre eles. 
B) não é necessário raciocinar sobre eles, basta melhor observá-los. 
C) é necessário observá-los, com base em raciocínios e cálculos corretos. 
D) é necessário ler criticamente o que sobre eles diz a tradição filosófica.

RESPOSTA:
Letra C.

Questão de Filosofia - UECE 2022.1 - A teologia, para mim, é uma grandeza cultural na história da cultura do Ocidente.

UECE 2022.1 - “A teologia, para mim, é uma grandeza cultural na história da cultura do Ocidente. Creio que é uma grandeza constitutiva da tradição, sobretudo, filosófica: o termo ‘teologia’ nasceu da filosofia, é um termo criado por Platão. [...] Quando a filosofia ultrapassa o domínio daquilo que, de alguma maneira, é diretamente acessível à experiência e controlado por ela, entra neste domínio que Platão chama de ‘suprassensível’, inteligível, ou como quer que seja. Este é, para mim, um domínio no qual o problema teológico se apresenta inevitavelmente, porque se apresenta o problema da ordem das realidades e toda ordem supõe um princípio ordenador, tornando-se então, de alguma maneira, uma teologia.” VAZ, Henrique Claudio de Lima. Filosofia e forma da ação. Entrevista a Cadernos de filosofia alemã, 2, p. 77-102, 1997. 
Na passagem acima citada, o filósofo brasileiro H. C. de Lima Vaz (1921-2002) apresenta uma interpretação do pensamento filosófico como uma teologia. Recorrendo à filosofia de Platão para explicar essa sua interpretação, ele termina por nos oferecer uma interpretação da própria teoria platônica das ideias, que seria uma espécie de teologia, porque 
A) mostra como os deuses gregos não são corpóreos, mas espirituais. 
B) é a base da posterior teologia revelada dos pais da Igreja cristã. 
C) apresenta os princípios inteligíveis ordenadores da realidade natural e ética. 
D) afirma que não existe realidade sensível, mas apenas a suprassensível.

RESPOSTA:
Letra C.

Questão de Filosofia - UECE 2022.1 - Os grandes cientistas de Tales a Demócrito e Anaxágoras costumam ser descritos nos livros de história

UECE 2022.1 - “Os grandes cientistas de Tales a Demócrito e Anaxágoras costumam ser descritos nos livros de história ou de filosofia como ‘pré-socráticos’, como se sua principal função fosse sustentar a fortaleza filosófica até o advento de Sócrates, Platão e Aristóteles, e talvez influenciá-los um pouco. Na verdade, os antigos jônios representam uma tradição diferente e bastante questionadora, muito mais compatível com a ciência moderna.” SAGAN, Carl. A espinha dorsal da noite. In: Cosmos. Trad. bras. Paulo Seiger. São Paulo: Companhia das Letras, 2017. É implícita a essa passagem de Carl Sagan (1934- 1996) acerca do surgimento e da história da filosofia grega a visão de que 
A) depois de Sócrates os filósofos não estudaram a natureza. 
B) Sócrates rompeu com os métodos dos filósofos jônicos. 
C) os pensadores anteriores a Sócrates não eram filósofos. 
D) Platão e Aristóteles não conheceram teses présocráticas.

RESPOSTA:
Letra B.

"Milton Santos renovou a maneira como a geografia deve estudar e ensinar”, afirma geógrafo

Milton foi uma das personalidades citadas no Estação Livre, da TV Cultura, desta semana, que falou sobre negros que não foram valorizados como deveriam

Milton Santos foi um dos grandes responsáveis pela renovação da geografia brasileira. Além de geógrafo, Milton era um dos maiores intelectuais do século passado, atuando como advogado, jornalista e professor.

A edição do Estação Livre desta semana contou histórias de grandes personalidades negras que nunca tiveram o reconhecimento merecido, como foi o caso de Milton.

O geógrafo Billy Malaquias contou que o pensador possuía um grande conhecimento, com artigos publicados em diversos países, e ainda assim não é uma leitura conhecida pelas pessoas. Ele escreveu mais de 40 livros ao todo.

Para Billy, o legado de Milton é imensurável. “Um intelectual do século 20 que já descrevia o século 21 e boa parte dessa descrição é correta”, comentou.

Murilo Vogt, também geógrafo, explica as ideias de Milton para a área. “Ele buscava que a geografia se consolidasse como uma ciência, buscando um objeto de estudo, que é o espaço geográfico”.

Billy complementou dizendo que esse processo partia de colocar o humano no centro dessa discussão, trazendo as particularidades de cada ser. “O Milton renovou a maneira como a geografia deve estudar e ensinar”, afirmou.

A apresentadora Cris Guterres pontuou a dificuldade de associar o negro com a inteligência e o pensamento crítico, problema citado por Yolanda Frutuoso anteriormente no programa.

A criadora de conteúdo, dona do canal “Afrobetizando”, explicou a importância de se resgatar essas personalidades negras, principalmente pela representatividade.

“Eu lembro na época de escola, quando o meu professor falou sobre o Milton na aula de geografia, eu fiquei encantada. Eu não esperava, porque sempre vi o negro em condições de escravidão. Então, é muito importante trazer à tona esses nomes”, contou Yolanda.

Veja a reportagem completa:


Fonte: TV Cultura.

sábado, 27 de novembro de 2021

Questão de História - UECE 2022.1 - “Derrama” e “Capitação” eram denominações de

UECE 2022.1 - “Derrama” e “Capitação” eram denominações de 
A) naus portuguesas comandadas por Cristóvão Jacques durante a Segunda Expedição Guardacostas enviada ao litoral brasileiro em 1516. 
B) sistemas de trabalho impostos aos indígenas, no Brasil, similares aos sistemas conhecidos como Encomienda e Mita praticados nas colônias hispânicas. 
C) tributos aplicados pela coroa portuguesa sobre a atividade mineradora realizada no Brasil durante o período colonial. 
D) crimes cometidos contra a coroa portuguesa que resultavam, respectivamente, na perda total dos bens ou na execução do condenado.

RESPOSTA:
Letra C.

Questão de História - UECE 2022.1 - A noite de 12 de novembro de 1823 ficou conhecida como a Noite da Agonia

UECE 2022.1 - A noite de 12 de novembro de 1823 ficou conhecida como a Noite da Agonia, marcada pela invasão, ordenada por D. Pedro I, do plenário da Assembleia Constituinte, provocando sua dissolução. No dia seguinte, o Imperador impôs medidas de vigilância sobre reuniões políticas e até prisão para quem se envolvesse em polêmicas públicas. Pouco mais de 4 meses depois, no dia 25 de março do ano seguinte, era outorgada a Constituição Política do Império do Brasil. Como consequência dessas atitudes de D. Pedro I, 
A) ocorreu um movimento revolucionário, republicano e separatista em algumas províncias do Nordeste brasileiro, denominado Confederação do Equador. 
B) explodiu, em Salvador, a Conjuração baiana, ou revolta dos Alfaiates, que pretendia a separação da província da Bahia do restante do Brasil. 
C) em julho de 1824, os estancieiros gaúchos rebelaram-se contra o império, proclamando a autonomia política da província e a criação da República Juliana. 
D) eclodiu a Revolução Pernambucana, ou Revolução dos Padres, motivada pelos ideais iluministas, com apoio internacional dos Estados Unidos.

RESPOSTA:
Letra A.

Questão de História - UECE 2022.1 - Em plena Ditadura do Estado Novo, no dia 15 de setembro de 1941, os jangadeiros Manuel Olímpio Meira (Manuel Jacaré)

UECE 2022.1 - Em plena Ditadura do Estado Novo, no dia 15 de setembro de 1941, os jangadeiros Manuel Olímpio Meira (Manuel Jacaré), Jerônimo André de Souza (Mestre Jerônimo), Raimundo Correia Lima (Tatá) e Manuel Pereira da Silva (Manuel Preto) empreenderam uma épica viagem de 61 dias, partindo da Praia de Iracema, em Fortaleza, até chegar na cidade do Rio de Janeiro, em uma jangada de seis paus cujo nome era São Pedro. O objetivo dos pescadores era serem recebidos pelo presidente Getúlio Vargas para apresentar-lhe algumas demandas. O fato foi veiculado pela mídia, a ponto de o renomado cineasta estadunidense Orson Welles ter realizado um filme não concluído sobre o evento em 1942. Suas filmagens foram descobertas em 1985 e montadas em um curta metragem intitulado Four men on a Raft (Quatro homens em uma jangada), de 1986, que compõe o documentário É tudo verdade – um filme inacabado de Orson Welles, de 1993. 
A finalidade deste notável feito, que teve repercussão nacional e internacional, foi 
A) levar uma mensagem de apoio dos pescadores nordestinos ao Presidente Vargas, que enfrentava forte oposição da UDN durante o período de seu governo eleito. 
B) expor a exploração dos pescadores pelos proprietários das jangadas e pedir o acesso da categoria ao Instituto de Aposentadoria e Pensão dos Marítimos e aos demais direitos sociais e trabalhistas. 
C) solicitar que o Ditador pusesse fim ao regime do Estado Novo, estabelecendo um regime democrático que concedesse direitos trabalhistas a todas as categorias de trabalhadores. 
D) promover a política nacionalista de Vargas, no sentido de apoiar a adesão do Estado Novo ao modelo nazifascista adotado na Europa.

RESPOSTA:
Letra B.

Questão de História - UECE 2022.1 - Atente para o seguinte excerto sobre a reorganização da economia brasileira no período da ditadura

UECE 2022.1 - Atente para o seguinte excerto sobre a reorganização da economia brasileira no período da ditadura cívico-militar: 
“O governo militar instituído em 1964 reorganizou a economia do país impondo um modelo em que preponderava o capitalismo selvagem e concentrador de renda, sem os mecanismos da democracia dos países desenvolvidos”. 
Antonio Pedro; Lizânias de Souza Lima. História sempre presente, 1. ed. São Paulo: FTD, 2010, p.285. v. 3. Essa reorganização da economia brasileira ocorreu por meio do 
A) Plano Cruzado que, na tentativa de conter a alta inflacionária, alterou a moeda do país, mas não conseguiu reduzir o grande aumento do custo de vida. 
B) Programa Estratégico de Desenvolvimento – PED – que, articulado com o chamado milagre econômico brasileiro, elevou o PIB à custa do aumento da concentração de renda e da desigualdade social. 
C) Plano de Metas, que promoveu a industrialização e a modernização do país, levando-o a um crescimento econômico acelerado através de grande endividamento público. 
D) Plano Trienal de Desenvolvimento Econômico e Social, que pretendia fazer crescer o PIB, reduzir a taxa da inflação e aumentar o acesso da população à renda e ao consumo.

RESPOSTA:
Letra B.

Questão de História - UECE 2022.1 - No século V depois de Cristo, o Império Romano do Ocidente entrou em colapso em meio

UECE 2022.1 - No século V depois de Cristo, o Império Romano do Ocidente entrou em colapso em meio às grandes invasões bárbaras. No território do Império Romano no Ocidente surgiu a Sociedade Feudal. Sobre essa sociedade, é correto afirmar que 
A) o medo das guerras provocou um crescente fortalecimento do poder central nos reinos que se formavam. 
B) a herança legal do Império Romano foi amplamente utilizada nos novos reinos. 
C) as relações de vassalagem se estabeleceram entre os proprietários da terra e seus servos. 
D) o sistema de colonato que se estabeleceu significou uma melhora em relação à escravidão e uma piora em relação ao trabalho livre.

RESPOSTA:
Letra D.

Questão de História - UECE 2022.1 - Na transição do Feudalismo para o Capitalismo, a Europa foi palco de uma série de movimentos

UECE 2022.1 - Na transição do Feudalismo para o Capitalismo, a Europa foi palco de uma série de movimentos que assinalaram o surgimento da nova sociedade, dentre os quais destacava-se o Renascimento. No que diz respeito ao movimento renascentista, assinale a afirmação verdadeira. 
A) Uma das características do movimento renascentista foi sua inspiração na cultura clássica da antiguidade. 
B) A rica nobreza feudal foi uma das patrocinadoras do movimento renascentista, e esses patrocinadores eram conhecidos como mecenas. 
C) A excelente qualidade das artes plásticas do movimento renascentista devia-se à especialização das técnicas artesanais herdadas da idade média. 
D) A produção dos intelectuais renascentistas valorizou ainda mais o uso do latim como a língua mais usada em suas produções.

RESPOSTA:
Letra A.

Questões Resolvidas - UECE 2022.1

Questões Resolvidas de Geografia:


Questões Resolvidas de História:


Questões Resolvidas de Biologia: 


Questões Resolvidas de Filosofia: 

Questão 68 - Questão 69 - Questão 70 - Questão 71 - Questão 72 - (1ª Fase- Gabarito 1)

Questões Resolvidas de Sociologia: 

Questão 73 - Questão 74 - Questão 75 - Questão 76 - Questão 77 - (1ª Fase- Gabarito 1)


Questões Resolvidas de Educação Física: 

Questão 63 - Questão 64 - Questão 65 - Questão 66 - Questão 67 - (1ª Fase- Gabarito 1)

Questão de História - UECE 2022.1 - No dia primeiro de setembro de 1939, a Alemanha invadiu a Polônia dando início à Segunda Guerra Mundial

UECE 2022.1 - No dia primeiro de setembro de 1939, a Alemanha invadiu a Polônia dando início à Segunda Guerra Mundial. A guerra durou 6 anos e custou a vida de mais ou menos 50 milhões de pessoas. Sobre a Segunda Guerra Mundial, é correto dizer que 
A) a política de apaziguamento praticada pela França e pela Inglaterra ajudaram a impedir o conflito por vários anos. 
B) o apoio da França e da Inglaterra ao General Franco durante a Guerra Civil Espanhola irritou profundamente os nazistas. 
C) a conquista do espaço vital, defendido pelos nazistas em seu programa, foi o que levou à eclosão do conflito. 
D) o Tratado de Munique, apoiado por Churchill e pelos Franceses, não foi bem aceito pelos nazistas.

RESPOSTA:
Letra C.

Questão de História - UECE 2022.1 - Na segunda metade do século XIX, a Europa iniciou um espetacular processo de expansão territorial

UECE 2022.1 - Na segunda metade do século XIX, a Europa iniciou um espetacular processo de expansão territorial que levou à anexação do continente africano e de grandes porções do continente asiático, desencadeando o que o historiador Eric Hobsbawm denominou de a Era dos Impérios. Atente para as seguintes afirmações sobre esse período da História Europeia: 
I. A expansão imperialista foi um fenômeno político e econômico que não atingiu a cultura dos países dominados. 
II. As ideias de racismo e Darwinismo social que circulavam na Europa no período em questão contribuíram como base ideológica do movimento. 
III. A cultura dos países dominados, como Índia e China, fez com que os europeus reconhecessem que esses países orientais tinham uma cultura muito mais antiga e refinada do que a cultura europeia. 
IV. Dentre os países da Europa com maior número de colônias encontravam-se a Alemanha, a Inglaterra e a França. 
Está correto o que se afirma somente em 
A) I, III e IV. 
B) II. 
C) I, II e IV. 
D) III.

RESPOSTA:
Letra B.

Questão de Geografia - UECE 2022.1 - No que diz respeito às redes de circulação rodoferroviárias na América do Sul

UECE 2022.1 - No que diz respeito às redes de circulação rodoferroviárias na América do Sul, assinale a afirmação correta. 
A) Os constrangimentos físico-geográficos, como as florestas, os rios, a cordilheira e o deserto, determinaram as ligações rodoferroviárias na porção meridional da América, impedindo o desenvolvimento das trocas comerciais entre as nações ao longo dos séculos. 
B) No atual cenário de agravamento da crise econômica e redução do papel do Estado enquanto agente financiador das grandes obras de engenharia de circulação, as iniciativas de integração sul-americanas perdem como um todo, uma vez que algumas regiões mais periféricas não despertam interesse imediato do setor privado, sem a necessária intermediação estatal. 
C) A histórica ausência de diálogo multilateral entre as nações da porção meridional do continente impediu a elaboração e proposição de políticas de transporte comuns, fundamentais a qualquer iniciativa de política regional comum de integração econômica. 
D) As diferenças culturais, ideológicas e políticas estão na raiz da falta de diálogo e integração econômica entre os povos e nações da América do Sul. Tais diferenças se interpuseram ao pleno desenvolvimento de estratégias comuns no que diz respeito à integração econômica e às redes de circulação continental.

RESPOSTA:
Letra B.

Questão de Geografia - UECE 2022.1 - Considerando os limites conceituais da cidade para a compreensão do processo de urbanização

UECE 2022.1 - Considerando os limites conceituais da cidade para a compreensão do processo de urbanização contemporâneo, assinale a afirmação verdadeira. 
A) A urbanização da sociedade global tem colocado a cidade em um lugar cada vez mais secundário, haja vista o processo de urbanização ocorrer indistintamente, tanto em áreas urbanas como em áreas rurais, sem restringir-se aos limites físico e político-territoriais, suplantando aquilo que outrora a cidade conteve em seus limites. 
B) As cidades globais tornaram-se os verdadeiros epicentros do processo de urbanização da sociedade. São consideradas cidades globais aquelas aglomerações humanas com mais de 10 milhões de habitantes, independentemente de seu papel e hierarquia na rede urbana. 
C) Simultaneamente com a evolução da urbanização da sociedade no contexto da globalização, as cidades constituem-se em escalas fundacionais e essenciais aos sistemas de interações locais densas e imbricadas em movimentos complexos de curta, média e longa distância de pessoas, bens, serviços e informações. 
D) A cidade, apesar de sua expansão territorial dispersa, ainda continua sendo um objeto técnico bem definido na paisagem, apresentando um limite rígido e absoluto entre o ambiente construído e seu entorno rural.

RESPOSTA:
Letra C.

Questão de Geografia - UECE 2022.1 - No que concerne às atuais dinâmicas territoriais e econômicas que estruturam a rede urbana brasileira

UECE 2022.1 - No que concerne às atuais dinâmicas territoriais e econômicas que estruturam a rede urbana brasileira, é correto afirmar que 
A) algumas regiões ainda não foram integradas aos novos padrões modernos da produção agropecuária, em especial as regiões Nordeste e Norte, onde prevalecem a agricultura campesina tradicional e o extrativismo, apesar do desenvolvimento tecnológico da agropecuária no país. 
B) as rodadas de neoliberalização das últimas décadas garantiram a plena integração geoeconômica do território brasileiro, transformando-o em um mercado plenamente unificado. 
C) as articulações que estruturam a rede urbana brasileira na atualidade e a integração entre as suas cidades se estabelecem cada vez mais em função de interesses e ordens externas a elas, tecendo uma nova divisão interurbana do trabalho, que é complexa, multiescalar e heterárquica. 
D) a reduzida complexidade funcional da rede urbana brasileira associa-se a um padrão macrocefálico de interações espaciais de escala regional, pois as dinâmicas econômicas territoriais estão estruturadas em torno de metrópoles que articulam relações contíguas de limitada abrangência espacial.

RESPOSTA:
Letra C.

Questão de Geografia - UECE 2022.1 - Considerando o cenário geoeconômico contemporâneo no que diz respeito ao neoliberalismo

UECE 2022.1 - Considerando o cenário geoeconômico contemporâneo no que diz respeito ao neoliberalismo e sua influência na dinâmica econômica e financeira global das últimas décadas, é correto dizer que 
A) a economia política do neodesenvolvimentismo de base nacional e industrial vem sendo capaz de dar respostas à conjuntura crítica macroeconômica global e, por essa razão, não se abstém de participar da economia global, sendo positivamente recepcionada pelos defensores da agenda neoliberal. 
B) a corrente de pensamento neoliberal que surgiu logo depois da Segunda Guerra Mundial na Europa e nos Estados Unidos, onde o capitalismo era hegemônico, e teve como primeira experiência neoliberal sistemática o Chile, nos anos 1970, sob a ditadura de Pinochet, desloca as possibilidades de soberania para as organizações, corporações transnacionais e outras entidades de âmbito global. 
C) o neoliberalismo dos tempos da globalização do capitalismo retoma e desenvolve os princípios que haviam sido formulados e colocados em prática com o liberalismo, ou a doutrina da mão invisível, a partir do século XVIII. Mas, o que distingue o neoliberalismo é o fato de ele dizer respeito à vigência e generalização das forças estatais capitalistas em âmbito global. 
D) O pensamento ultraconservador que vem ganhando terreno no discurso político contemporâneo penetrou as fissuras das elites neoliberais cosmopolitas e progressistas dos países desenvolvidos que, até então, controlavam a economia, as finanças globais e as estratégias territoriais de escopo internacional. Em seu lugar, propõe uma política identitária pluralista e de fraternidade, para o convívio entre as nações com diferentes graus de desenvolvimento econômico e social.

RESPOSTA:
Letra B.

Questão de Geografia - UECE 2022.1 - Durante a construção de uma estrada, utilizou-se uma representação cartográfica cuja escala era

UECE 2022.1 - Durante a construção de uma estrada, utilizou-se uma representação cartográfica cuja escala era de 1:25 000. Nesse mapa, a estrada foi representada por uma linha com 12,7 cm de comprimento. Assim, é correto afirmar que o comprimento real dessa estrada no terreno é 
A) 3.175 m. 
B) 1.968 m. 
C) 2,51 km. 
D) 4,27 km.

RESPOSTA:
Letra A.

Questão de Geografia - UECE 2022.1 - Uma rápida e discreta perda da tropicalidade, sobretudo no que diz respeito às temperaturas médias

UECE 2022.1 - “Uma rápida e discreta perda da tropicalidade, sobretudo no que diz respeito às temperaturas médias, é a principal característica física do Brasil meridional. Trata-se de uma condicionante climática que tornou possível a ampla e contínua instalação de um domínio de natureza extratropical [...].” 
Ab’ Saber, A. N. Os domínios de natureza no Brasil: potencialidades paisagísticas. São Paulo. Ateliê Editorial, 2003. p.101. 
O excerto acima faz referência ao domínio morfoclimático brasileiro conhecido como 
A) Amazônico. 
B) Caatinga. 
C) Campos de inselbergs. 
D) Planalto de araucárias.

RESPOSTA:
Letra D.

Questão de Geografia - UECE 2022.1 - Leia com atenção o seguinte texto:

UECE 2022.1 - Leia com atenção o seguinte texto:

“As projeções indicam diferenças robustas nas características climáticas regionais, e incluem os seguintes incrementos: na temperatura mínima e máxima do ar próximo à superfície para todas as regiões do País; nos extremos de calor, em particular no norte do País, na ocorrência de chuva intensa no Sul e Sudeste do Brasil; e na probabilidade de secas e déficits de chuva em algumas regiões da Amazônia e Nordeste”. Marengo, J. A., Rodrigues-Filho, S., & Santos, D. V. (2021). Impacts, Vulnerability and Adaptation to Climate change in Brazil. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/sust/article/view/35624

Considerando os fatores políticos e socioeconômicos, além dos fatores ambientais como clima, vegetação, solo e recursos hídricos, são apontadas como entraves as relações de vulnerabilidade e adaptação às mudanças climáticas no Brasil. Dentre esses entraves, verifica(m)-se 
A) a dificuldade de articulação entre diferentes instituições e políticas públicas, assim como a interferência da incerteza climática nas ações de planejamento na gestão dos recursos hídricos. 
B) o aumento anual dos volumes de chuva têm provocado escassez hídrica e redução dos volumes nos reservatórios responsáveis pela geração de energia. 
C) a ausência de uma política nacional de recursos hídricos que possa ser utilizada como um instrumento de gestão a fim de orientar o uso correto dos recursos hídricos através de metas e programas. 
D) a falta de mecanismos, instrumentos e instituições que possam prever com antecedência eventos extremos como secas e ondas de calor.

RESPOSTA:
Letra A.

Questão de Geografia - UECE 2022.1 - A erosão costeira no estado do Ceará é um fenômeno preocupante que tem afetado algumas áreas

UECE 2022.1 - A erosão costeira no estado do Ceará é um fenômeno preocupante que tem afetado algumas áreas ao longo do tempo, como se observa nos municípios de Caucaia e Fortaleza. Este processo tem provocando diversos prejuízos ambientais e socioeconômicos. Dentre as causas desse fenômeno encontram-se 
A) a redução do turismo e o excesso de chuvas nas áreas oceânicas. 
B) a redução da temperatura dos oceanos e o trânsito de embarcações pesqueiras na zona costeira. 
C) o excesso de sedimentos arenosos e os processos de progradação. 
D) a construção de barragens e a retirada de areia para atividades antrópicas.

RESPOSTA:
Letra D.

sexta-feira, 26 de novembro de 2021

Geografia - ENEM 1998 - Em uma disputa por terras, em Mato Grosso do Sul, dois depoimentos são colhidos

ENEM 1998 - Em uma disputa por terras, em Mato Grosso do Sul, dois depoimentos são colhidos: o do proprietário de uma fazenda e o de um integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terras: 
Depoimento 1 
“A minha propriedade foi conseguida com muito sacrifício pelos meus antepassados. Não admito invasão. Essa gente não sabe de nada. Estão sendo manipulados pelos comunistas. Minha resposta será à bala. Esse povo tem que saber que a Constituição do Brasil garante a propriedade privada. Além disso, se esse governo quiser as minhas terras para a Reforma Agrária terá que pagar, em dinheiro, o valor que eu quero.” proprietário de uma fazenda no Mato Grosso do Sul. 

Depoimento 2 
“Sempre lutei muito. Minha família veio para a cidade porque fui despedido quando as máquinas chegaram lá na Usina. Seu moço, acontece que eu sou um homem da terra. Olho pro céu, sei quando é tempo de plantar e de colher. Na cidade não fico mais. Eu quero um pedaço de terra, custe o que custar. Hoje eu sei que não estou sozinho. Aprendi que a terra tem um valor social. Ela é feita para produzir alimento. O que o homem come vem da terra. O que é duro é ver que aqueles que possuem muita terra e não dependem dela para sobreviver, pouco se preocupam em produzir nela.”– integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), de Corumbá – MS. 

Questão 55  - A partir da leitura do depoimento 1, os argumentos utilizados para defender a posição do proprietário de terras são: 
I. A Constituição do país garante o direito à propriedade privada, portanto, invadir terras é crime. 
II. O MST é um movimento político controlado por partidos políticos. 
III. As terras são o fruto do árduo trabalho das famílias que as possuem. 
IV. Este é um problema político e depende unicamente da decisão da justiça. 
Estão corretas as proposições: 
(A) I, apenas. 
(B) I e IV, apenas. 
(C) II e IV, apenas. 
(D) I , II e III, apenas. 
(E) I, III e IV, apenas.

Questão 56  - A partir da leitura do depoimento 1, os argumentos utilizados para defender a posição do proprietário de terras são: 
I. A Constituição do país garante o direito à propriedade privada, portanto, invadir terras é crime. 
II. O MST é um movimento político controlado por partidos políticos. 
III. As terras são o fruto do árduo trabalho das famílias que as possuem. 
IV. Este é um problema político e depende unicamente da decisão da justiça. Estão corretas as proposições: 
(A) I, apenas. 
(B) I e IV, apenas. 
(C) II e IV, apenas. 
(D) I , II e III, apenas. 
(E) I, III e IV, apenas.

RESPOSTAS:
55 - Letra D.
56 - Letra A.

Geografia - ENEM 1998 - Você está fazendo uma pesquisa sobre a globalização e lê a seguinte passagem, em um livro

ENEM 2008 - Você está fazendo uma pesquisa sobre a globalização e lê a seguinte passagem, em um livro: 

A SOCIEDADE GLOBAL 
As pessoas se alimentam, se vestem, moram, se comunicam, se divertem, por meio de bens e serviços mundiais, utilizando mercadorias produzidas pelo capitalismo mundial, globalizado. 
Suponhamos que você vá com seus amigos comer Big Mac e tomar Coca-Cola no Mc Donald’s. Em seguida, assiste a um filme de Steven Spielberg e volta para casa num ônibus de marca Mercedes. 
Ao chegar em casa, liga seu aparelho de TV Philips para ver o videoclip de Michael Jackson e, em seguida, deve ouvir um CD do grupo Simply Red, gravado pela BMG Ariola Discos em seu equipamento AIWA. 
Veja quantas empresas transnacionais estiveram presentes nesse seu curto programa de algumas horas. 
Adap. Praxedes et alli, 1997. O MERCOSUL. SP, Ed. Ática, 1997. 

Questão 45 -  Com base no texto e em seus conhecimentos de Geografia e História, marque a resposta correta. 
(A) O capitalismo globalizado está eliminando as particularidades culturais dos povos da terra. 
(B) A cultura, transmitida por empresas transnacionais, tornou-se um fenômeno criador das novas nações. 
(C) A globalização do capitalismo neutralizou o surgimento de movimentos nacionalistas de forte cunho cultural e divisionista.
(D) O capitalismo globalizado atinge apenas a Europa e a América do Norte. 
(E) Empresas transnacionais pertencem a países de uma mesma cultura.

Questão 46 - A leitura do texto ajuda você a compreender que: I. a globalização é um processo ideal para garantir o acesso a bens e serviços para toda a população. II. a globalização é um fenômeno econômico e, ao mesmo tempo, cultural. III. a globalização favorece a manutenção da diversidade de costumes. IV. filmes, programas de TV e música são mercadorias como quaisquer outras. V. as sedes das empresas transnacionais mencionadas são os EUA, Europa Ocidental e Japão. Destas afirmativas estão corretas: (A) I, II e IV, apenas. (B) II,IV e V, apenas. (C) II, III e IV, apenas. (D) I, III e IV, apenas. (E) III, IV e V, apenas.

RESPOSTAS:
45 - Letra A.
46 - Letra B


Questão de Geografia - ENEM 1998 - As diferentes formas em que as sociedades se organizam socioeconomicamente visam a atender

ENEM 2008 - As diferentes formas em que as sociedades se organizam socioeconomicamente visam a atender suas necessidades para a época. O liberalismo, atualmente, assume papel crescente, com os Estados diminuindo sua atuação em várias áreas, inclusive vendendo empresas estatais. Da ideia de interferência estatal na economia, do “Estado de Bem-Estar”, da assistência social ampla e emprego garantido por lei, e, às vezes, à custa de subsídios (na Europa defendido pela Social-Democracia), caminha-se para um Estado enxuto e ágil, onde a manutenção do progresso econômico e uma maior liberdade na conquista do mercado são as formas de assegurar ao cidadão o acesso ao bem-estar. Nem sempre a população concorda. Neste contexto, as eleições gerais na Alemanha, em 1998, poderão levar Helmuth Kohl, com longa e frutuosa carreira à frente daquele país, a entregar o posto ao social-democrata Gerhard Schroeder. O desemprego na Alemanha atinge seu ponto máximo. A moeda única europeia será o fim do Marco Alemão. A imagem de Helmuth Kohl começa a desvanecer-se. Conseguirá vencer este ano? Seja como for, ele luta. Mas recebeu um novo e tremendo golpe: o Partido Liberal (FDP) deixou Kohl. O secretário Geral do FDP, Guido Westerwelle declarou: Começou o fim da era Kohl! 

A Alemanha ajuda a concretizar o bloco econômico da União Europeia. A participação neste bloco implica a adoção de um sistema socioeconômico que: 
(A) dificulta a livre iniciativa econômica, inclusive das grandes empresas na Alemanha. 
(B) ofereça mercado europeu mais restrito aos produtos e serviços alemães. 
(C) diminua as oportunidades de iniciativa econômica para os alemães em outros países e vice-versa. 
(D) garanta o emprego, na Alemanha, pelo afastamento da concorrência de outros países da própria União Europeia. 
(E) por meio da união de esforços com os o países da União Europeia, permita à economia alemã concorrer em melhores condições com países de fora da União Europeia.

RESPOSTA:
Letra E.

Questão de Geografia - ENEM 1998 - A América Latina dos últimos anos insere-se num processo de democratização

ENEM 1998 -  A América Latina dos últimos anos insere-se num processo de democratização, oferecendo algumas oportunidades de crescimento econômico-social num contexto de liberdade e dependência econômica internacional. Cuba continua caracterizada por uma organização própria com restrições à liberdade econômica e política, crescimento em alguns aspectos sociais e um embargo econômico americano datado de 1962. Em 1998, o Papa João Paulo II visitou Cuba e depois disse ao cardeal Jaime Ortega, arcebispo de Havana, e a 13 bispos em visita ao Vaticano que apreciou as mudanças realizadas em Cuba após sua visita à ilha e espera que sejam criados novos espaços legais e sociais, para que a sociedade civil de Cuba possa crescer em autonomia e participação. A resposta internacional ao intercâmbio com Cuba foi boa, mas as autoridades locais mostraram pouco entusiasmo, não estando dispostas a abandonar o sistema socialista monopartidário. 
A maioria dos países latino-americanos tem se envolvido, nos últimos anos, em processos de formação socioeconômicos caracterizados por: 
(A) um processo de democratização à semelhança de Cuba. 
(B) restrições legais generalizadas à ação da Igreja no continente. 
(C) um processo de desenvolvimento econômico com restrições generalizadas à liberdade política. 
(D) excelentes níveis de crescimento econômico. 
(E) democratização e oferecimento de algumas oportunidades de crescimento econômico.

RESPOSTA:
Letra E.

Questão de Sociologia - ENEM 2008 - Um jornal de circulação nacional publicou a seguinte notícia:

ENEM 2008 - Um jornal de circulação nacional publicou a seguinte notícia: 
Choveu torrencialmente na madrugada de ontem em Roraima, horas depois de os pajés caiapós Mantii e Kucrit, levados de Mato Grosso pela Funai, terem participado do ritual da dança da chuva, em Boa Vista. A chuva durou três horas em todo o estado e as previsões indicam que continuará pelo menos até amanhã. Com isso, será possível acabar de vez com o incêndio que ontem completou 63 dias e devastou parte das florestas do estado. Jornal do Brasil, abr./1998 (com adaptações). Considerando a situação descrita, avalie as afirmativas seguintes. I - No ritual indígena, a dança da chuva, mais que constituir uma manifestação artística, tem a função de intervir no ciclo da água. 
II - A existência da dança da chuva em algumas culturas está relacionada à importância do ciclo da água para a vida. 
III - Uma das informações do texto pode ser expressa em linguagem científica da seguinte forma: a dança da chuva seria efetiva se provocasse a precipitação das gotículas de água das nuvens. 
É correto o que se afirma em 
a) I, apenas. 
b) III, apenas. 
c) I e II, apenas. 
d) II e III, apenas. 
e) I, II e III.

RESPOSTA:
Letra E.

As três afirmações estão corretas. A dança da chuva tem função de intervir no ciclo da água. A existência da água da chuva está relacionada à importância do ciclo da água para a vida.