PESQUISAR ESTE BLOG

quinta-feira, 30 de dezembro de 2021

Questão de História - FUVEST 2020 - Leia o poema e responda ao que se pede. Mas a taba cresceu... Tigueras

FUVEST 2020 - Leia o poema e responda ao que se pede. 
Mas a taba cresceu... Tigueras* agressivas, 
Para trás! Agora o asfalto anda em Tabatinguera. 
Mal se esgueira um pajé entre locomotivas 
E o forde assusta os manes** lentos do Anhanguera. 
[...] 
Segue pra forca da Tabatinguera. Lento 
O cortejo acompanha a rubra cadeirinha 
Pro Ipiranga. Será que em tão pequeno assento 
A marquesa botou sua imperial bundinha!... 
Mário de Andrade, “Tabatinguera”, Losango Cáqui (1924). In: Poesias completas v.1. São Paulo: Martins Fontes, 1979. * área plantada onde já se fez a colheita. ** alma dos mortos, restos mortais. 

a) Identifique um aspecto mencionado no poema que justifique a expressão “a taba cresceu”. 
b) Destaque um argumento histórico e outro de caráter estético para o emprego de expressões indígenas no poema. 
c) Explique as condições históricas que favoreceram a citação do “asfalto”, das “locomotivas” e do “forde”.

RESPOSTA:
a) “As tigueras agressivas, para trás” : referência ao abandono de áreas até então ocupadas pela agricultura de subsistência, diante do avanço resultante da expansão urbana. “ Lento, o cortejo acompanha a rubra cadeirinha pro Ipiranga”: incorporação do Ipiranga (um bairro até então distante) ao conjunto urbano de São Paulo. 
b) Argumento histórico: influência da toponímia indígena na formação cultural brasileira desde o período colonial. Argumento de caráter estético: influência do modernismo, que valorizava a utilização de elementos nacionais nas composições artísticas. 
c) As referências citadas relacionam-se com a crescente prosperidade de São Paulo, decorrente da expansão cafeeira e do processo de industrialização, tendo como característica complementar o acelerado crescimento demográfico da cidade.

Nenhum comentário:

Qualquer valor...

Faça Uma Doação para o Blog de Geografia

Você gosta das postagens do blog e gostaria de ajudar: Ajude o blog "Blog  de Geografia" a manter seu trabalho. Para isso conto co...