terça-feira, 25 de setembro de 2018

Exercícios de Geografia sobre a Coreia do Norte - com gabarito

Questão 01 - FUNCAB - 2014 - PC-RO - No mundo, hoje, há cinco países que se declaram oficialmente comunistas: China, Coréia do Norte, Vietnã, Laos e Cuba. Dentre esses, o país que atualmente preocupa as potências capitalistas por ameaçar aberta mente usar armas atômicas, que vem desenvolvendo e testando, é:
A) o Laos.
B) o Vietnã.
C) a ilha de Cuba.
D) a Coreia do Norte. 
E) a China

Questão 02 - CESPE - 2016 - CPRM - Nos últimos tempos, a Coreia do Norte tem chamado a atenção da comunidade internacional e merecido manchetes dos meios de comunicação mundiais. O interesse suscitado por esse pequeno país asiático deve-se, entre outras razões, ao fato de ele
A) ter substituído o rígido modelo comunista pela economia de mercado.
B) anunciar testes militares com artefatos poderosos e de grande alcance. 
C) ter-se decidido a atacar a vizinha Coreia do Sul com armas nucleares.
D) ter, recentemente, enviado tropas para o Oriente Médio em apoio à Rússia.
E) ser um país democrático cercado por vizinhos submetidos a regimes ditatoriais

Questão 03 - Quadrix - 2015 - CRP - MG - Recentemente, uma polêmica em torno do lançamento de um filme gerou grande repercussão no noticiário internacional. Produzido pela Sony Pictures, o filme "A entrevista" traz uma sátira ao líder de um país totalitário asiático. Segundo autoridades norte-americanas, um grupo de hackers patrocinados por esse país teria interceptado dados pertencentes ao estúdio produtor do filme, gerando inclusive o adiamento da estreia. O país envolvido na polêmica em questão é a:
(A) Rússia.
(B) China.
(C) Malásia.
(D) índia.
(E) Coreia do Norte.

Questão 04 - Unisinos -  2018/1 - A Coreia do Norte é, hoje, um grande ponto de interrogação sobre a capacidade que possui, de fato, de produzir armas atômicas, ou mesmo de iniciar uma guerra. Sobre seu contexto histórico, é correto afirmar:
a) a Coreia do Norte sempre contou com muito apoio dos EUA, como recursos financeiros massivos e transferência de tecnologia nuclear, para que pudesse fazer frente a uma nova invasão do Japão e da China.
b) a península coreana foi uma vítima na Segunda Guerra Mundial, especialmente do Japão, mas, nos tratados de paz, os aliados lhe impuseram uma divisão de território, no paralelo 38, ficando o norte sob influência da URSS e o sul sob influência dos EUA. Em julho de 1950, sob o pretexto da violação dos limites territoriais da Coreia do Sul, a República Popular Democrática da Coreia (Coreia do Norte) inicia uma guerra, tentando a reunificação via socialismo. 
c) mesmo no contexto da Guerra Fria, EUA e URSS não se envolveram no que ficou conhecido como a Guerra da Coreia (1950-1953).
d) A partir da eleição do presidente Donald Trump, nos EUA, a situação da política internacional relativa à Coreia do Norte passa por uma evidente distensão política. O presidente Trump se dispôs a negociar uma acordo bilateral sob tutela da ONU.
e) A Coreia do Norte e a Coreia do Sul, influenciadas pela política de boa vontade iniciada pelo presidente norte-americano Donald Trump, já estão em tratativas para a reunificação das duas Coreias em um só país socialista.

Questão 05 - FAUEL - 2017 - Prev São José - PR - Leia a seguinte notícia sobre uma recente tensão internacional e assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas: “A grande preocupação dos Estados Unidos e países vizinhos à ___________, como Coreia do Sul e Japão, é com o poderio nuclear e militar do país comunista, que segue realizando testes de mísseis, apesar de ameaças de sanções. O governo americano diz que ativará um sistema de defesa antimísseis na Coreia do Sul. A _____________, por sua vez, ameaçou afundar o porta-aviões americano deslocado para a região e prometeu realizar mais testes de mísseis”. (BBC Brasil, 02/05/17, com adaptações).
a) China.
b) Coreia do Norte. 
c) Índia.
d) Rússia.
e) Síria.

Questão 06 - CESPE - 2013 - TJ-BA - É um dos mais isolados países da atualidade. Extremamente pobre, mas dono de arsenal atômico, divide a península em que está localizado com o vizinho próspero e democrático. Sua capital é Pyongyang, e o poder ditatorial, que passa de pai para filho, é hoje exercido por Kim Jong-um. Esse país chama-se
A) Coreia do Norte. 
B) Indonésia.
C) Coreia do Sul.
D) Vietnam.
E) Laos

Questão 07 - VUNESP - 2014 - FUNDUNESP - Os líderes mundiais são importantes, entre outros aspectos, pelas suas contribuições para o desenvolvimento de seus países e para a integração e paz entre os povos. Todavia, atualmente o líder de um país tem tomado decisões negativas e até estranhas como, por exemplo, a de determinar a execução do seu tio e estabelecer que todos os homens do seu país, especialmente os estudantes, cortem o cabelo seguindo o mesmo estilo desse líder que governa a
(A) Rússia.
(B) Coreia do Norte. 
(C) Venezuela.
(D) Ucrânia.
(E) Armênia.

Questão 08 - O atual líder da Coreia do Norte:
a) foi eleito em pleito democrático, em que apenas homens puderam votar.
b) foi eleito por um parlamento composto por representantes de todas as províncias.
c) ascendeu ao poder por ser filho do antigo líder do país, Kim-Il Sung.
d) ascendeu ao poder após liderar uma revolução que derrubou e assassinou o então líder Kim-Il Sung.
e) foi escolhido por liderar as tropas norte-coreanos durante a Guerra da Coreia.

Questão 09 - Prova Aprender - SC - 2016 - Prefeitura de Luzerna - SC - Recentemente, divulgado nos principais meios de comunicação, o pais em questão, conduziu com sucesso um teste com uma bomba de hidrogênio, cuja poder de destruição pode ser considerado até mil vezes mais potente do que a bomba atômica. Tal pais protagonista do fato é:
a) Japão.
b) China.
c) Coréia do Sul.
d) Coréia do Norte.

Questão 10 - VUNESP - 2017 - Prefeitura de Itanhaém - SP - Em uma nova ação de seu programa balístico, a Coreia do Norte lançou na manhã da terça-feira, 29 de agosto, um míssil que sobrevoou o território de outro país e ampliou as tensões no Leste da Ásia. O projétil se desmanchou em três partes antes de cair no Oceano Pacífico. (www.estadao.com.br/noticias. 29.08.2017. Adaptado)
O míssil sobrevoou o território
(A) chinês.
(B) japonês. 
(C) sul-coreano.
(D) russo.
(E) filipino.

Questão 11 - VUNESP - 2018 - Câmara de Dois Córregos - SP - O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou nesta segunda-feira (20 de novembro) que um certo país foi recolocado na lista de Estados patrocinadores de terrorismo. Segundo Trump, os EUA anunciarão novas sanções contra esse país, que havia sido retirado da lista de países patrocinadores de terrorismo pelo ex-presidente republicano George W. Bush em 2008, em uma tentativa de salvar as negociações para um acordo nuclear. Trump considerava a inclusão do país no grupo por conta de suas ambições nucleares e de seus ataques cibernéticos contra os EUA e outros países. (UOL, 20 nov. 17. Disponível em: . Adaptado) 
A notícia trata de uma decisão dos EUA em relação
(A) ao Afeganistão.
(B) a Cuba.
(C) à China.
(D) à Índia.
(E) à Coreia do Norte.

Questão 12 - UNIVESP 2018/1 - Analise a charge a seguir.
A charge ironiza o seguinte aspecto das relações internacionais na atualidade:
(A) as ameaças militares mútuas entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte. 
(B) as falhas nos sistemas de telecomunicações entre os continentes americano e asiático.
(C) o monopólio dos Tigres Asiáticos e dos Estados Unidos na produção de jogos eletrônicos.
(D) o retorno da regionalização do mundo entre ocidente socialista e oriente capitalista.
(E) a ausência de relações comerciais entre a China e os Estados Unidos.

GABARITO
01 - D
02 - B
03 - E
04 - B
05 - B
06 - A
07 - B
08 - C
09 - D
10 - B
11 - E
12 - A

Datafolha (2017): 92% acreditam que Justiça trata melhor os ricos do que os pobres

A maior parcela dos brasileiros adultos (93%) tem opinião que a Justiça brasileira não age de forma igual para todos. Para 92%, a Justiça brasileira trata melhor os mais ricos do que os mais pobres, para 1%, a Justiça do país trata melhor os mais pobres do que os mais ricos, para 6%, a Justiça brasileira trata ricos e pobres de forma igual e 1% não opinou. A percepção de que a Justiça brasileira trata melhor os mais ricos do que os mais pobres é majoritária em todas as variáveis sociodemográficas.

Ampla maioria dos brasileiros acredita que Justiça trata melhor ricos do que pobres.
Baixe esta pesquisa no site do Datafolha / Folha de S. Paulo :

Quem nasce em Ascurra é...?

Quem é natural de Ascurra é chamado de ascurrense. Ascurra é um município brasileiro do estado de Santa Catarina - SC, na Região Sul do país.

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Papa Francisco alerta contra volta do totalitarismo

Em visita à Lituânia, pontífice lembra vítimas do nazismo e do regime soviético e adverte contra o revisionismo histórico. Ele clama ainda por discernimento para que políticas perigosas possam ser detectadas a tempo.
Francisco rezou uma missa a 100 mil fiéis reunidos em parque na cidade de Kaunas.

O papa Francisco fez um alerta neste domingo (23/09) contra o revisionismo histórico e um possível avanço de ideologias totalitárias. Em viagem à Lituânia, ele lembrou o extermínio dos judeus pelos nazistas no país báltico, advertindo contra o ressurgimento de sentimentos antissemitas.

A visita do pontífice coincide com os 75 anos da destruição do gueto de Vilnius, estabelecido pela Alemanha nazista na capital da Lituânia. Milhares de pessoas morreram de fome, doenças e maus-tratos no local ou foram deportadas dali para campos de concentração.

"Há 75 anos, esta nação presenciava a destruição definitiva do gueto de Vilnius. Assim, tinha fim a aniquilação de milhares de judeus que começara dois anos antes", afirmou o papa a 100 mil fiéis reunidos para uma missa na cidade de Kaunas, a segunda maior do país.

Segundo historiadores, cerca de 195 mil pessoas – o que representa quase toda a população judia da época – morreram nas mãos dos nazistas durante a ocupação alemã na Lituânia, de 1941 a 1944. Hoje vivem cerca de 3 mil judeus no país, que conta com uma população 80% católica.

Francisco pediu então "o dom do discernimento para detectar a tempo qualquer reaparecimento dessa atitude perniciosa, qualquer sopro daquilo que pode manchar os corações de gerações que não viveram aqueles tempos e podem ser enganados por cantos de sereia".

Após a missa, o papa alertou ainda contra aqueles que querem "submeter os mais frágeis, usar a força em qualquer de suas formas, impor um modo de pensar, uma ideologia, um discurso dominante, usar a violência ou repressão para oprimir".

"Quantas vezes aconteceu de um povo acreditar ser superior, com mais direitos adquiridos, com mais privilégios a preservar ou conquistar?", questionou.

Ele se despediu dos fiéis em Kaunas clamando por uma "atenção delicada aos excluídos e às minorias" e pedindo para que "se afaste das culturas a possibilidade de aniquilar o outro, de colocar o outro de lado, de continuar descartando quem nos incomoda e ameaça nosso conforto".

Seu alerta vem num momento em que movimentos políticos de extrema direita, xenófobos e neofascistas ganham força em várias partes da Europa, incluindo a Alemanha, a própria Lituânia e, mais perto do papa, a Itália.

A Lituânia é o único país báltico de maioria católica, com 80% da população seguindo a religião.
Além de lembrar as vítimas do nazismo, o pontífice lamentou também os horrores cometidos durante a ocupação soviética. Estima-se que mais de 50 mil lituanos morreram em campos, prisões e durante deportações.

De volta a Vilnius, Francisco visitou o museu que um dia abrigou um prédio do extinto serviço secreto soviético, a KGB, onde opositores do regime foram presos, torturados e mortos. Ele visitou celas e a sala das execuções, enquanto o bispo de Vilnius, Gintaras Linas Grusas, contava algumas das terríveis histórias ali registradas.

"Neste lugar lembramos as pessoas que sofreram como resultado da violência e do ódio e as que sacrificaram suas vidas pelo bem da liberdade e da justiça. Rezei a Deus todo poderoso para dar à Lituânia o dom da paz e da reconciliação", escreveu o papa no livro do museu.

Francisco chegou no sábado à Lituânia para uma viagem que incluirá ainda a Estônia e a Letônia, em homenagem ao aniversário de 100 anos de independência dos países bálticos. As três nações se declararam independentes da Rússia ao fim da Primeira Guerra Mundial, mas acabaram sofrendo com ocupações nazistas e soviéticas nas décadas seguintes.

Fonte: DW Brasil.

Quem nasce em Arvoredo é...?

Quem é natural de Arvoredo é chamado de arvoredense. Arvoredo é um município brasileiro do estado de Santa Catarina - SC, na Região Sul do país.