quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

“Se Bebianno me cobrar [honorários], estou f...”, afirma Bolsonaro em áudio vazado

O jornal O Globo divulgou na quarta-feira (20) áudio de uma conversa entre o presidente Jair Bolsonaro e o Ministro Chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Nele, o presidente afirma que está “f*dido” caso Bebianno, que era seu advogado, cobre os honorários.

De acordo com O Globo, a conversa foi registrada no que o jornal carioca afirma ter sido uma “ligação aparentemente acidental do ministro da Casa Civil para um jornalista do GLOBO”.

Veja as conversas:

Onyx : A Folha deu uma nota e o Antagonista acabou de reproduzir e ele (Bebianno) acabou de ligar e pediu para tirar. Que é o seguinte… Que ele estava preparando documentos e não sei o quê para atacar. Ele disse ao Jorge (possivelmente Jorge Oliveira, subchefe de Assuntos Jurídicos do Planalto): “o que eu tinha para fazer, eu fiz ontem. Eu não dou mais nenhuma palavra, acabou tudo ontem. Eu to te dando a minha palavra. Ok?” Então, agora, no fim da tarde, para tu saber, eu vou lá dar uma conversada com ele.

Bolsonaro : Você vai conversar com ele sobre as ações?

Onyx : Vou conversar com ele sobre as ações.

Bolsonaro : Se ele me cobrar individualmente o mínimo, eu to f… Tem que vender uma casa minha para poder pagar.

Ouça os áudio aqui.
‘Não me deve nada’, diz Bebianno

O ex-ministro da Secretaria-Geral Gustavo Bebianno afirmou que o presidente Jair Bolsonaro não deve a ele nada pelos trabalhos efetuados como advogado.

“O presidente não me deve nada de honorários advocatícios. Nem a mim, nem aos colegas que engajei nas causas. Trabalhamos por acreditar na causa”, afirmou Bebianno à Folha de S.Paulo.

A fala do ex-ministro é uma resposta a um diálogo entre Bolsonaro e o chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, na qual o presidente diz que se Bebianno cobrar pelo trabalhado ele terá de vender um imóvel para pagar.

Com Folhapress / Yahoo

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Escudo do FC Cascavel - Desenho para Imprimir e Colorir

Escudo do FC Cascavel - Desenho para Imprimir e Colorir.

Brasão do município de Ponta Grossa - Desenho para Imprimir e Colorir

Brasão do município de Ponta Grossa - Desenho para Imprimir e Colorir.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Proposta quer que militares entrem no setor público sem realizar concursos

Uma ideia incluída na proposta de reforma da Previdência pode aumentar o número de militares no governo de Jair Bolsonaro. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a ideia é aproveitar integrantes da reserva para ocupar posições no setor público sem que eles precisem realizar qualquer tipo de concurso. Para isso, os profissionais – que atuariam em áreas que variam conforme sua especialidade – receberiam uma gratificação ou abono.
A ideia é aproveitar militares da reserva para ocupar posições no setor público sem que eles precisem realizar concursos públicos;(Igor Mota/Futura Press).
Como funciona?

Os militares brasileiros passam para a chamada reserva depois de 30 anos de contribuição. Na prática, isso significa que é possível se aposentar com menos de 50 anos de idade. Os militares ficam disponíveis para a convocação em caso de guerra ou ameaça até os 65 anos.

Atualmente, um militar “aposentado” pode trabalhar apenas nas chamadas Tarefas por Tempo Certo (TTC), que possuem um tempo definido e incluem apenas atividades militares. A proposta que estabelece as novas regras sugere que os reservistas possam atuar em qualquer órgão público. A atividade, no entanto, não teria efeitos na aposentadoria já recebida.

Para a ala militar do governo, o objetivo é aproveitar o que há “dentro de casa”, com os mais de 150 mil reservistas que, muitas vezes, continuam trabalhando no serviço privado. Questionado, o Ministério da Defesa não se manifestou sobre o caso.

Fonte: Yahoo Notícias.

Exercícios sobre Geografia Humanista - com gabarito

Questão 01 - CS-UFG - 2016 - Prefeitura de Goiânia - GO - O lugar tem sido utilizado como uma importante categoria de análise geográfica nas pesquisas e práticas docentes desenvolvidas na academia e na escola. Essa categoria é usada por autores cujas matrizes teóricas encontram-se situadas em diferentes correntes teórico-metodológicas. No conjunto desses autores, destaca-se Yi-Fu Tuan, um dos representantes da Geografia humanista, o qual compreende essa categoria como
(A) construção social desenvolvida pela articulação entre o local e o global.
(B) espaço vivido e experienciado, que se transforma em lugar por meio da vivência humana. 
(C) paisagem observada, descrita e enumerada, que possibilita o conhecimento global.
(D) resultado da relação estabelecida entre o fragmento empírico extraído da totalidade e a própria totalidade

Questão 02 - FGV - 2014 - Prefeitura de Osasco - SP - "Como ciência social, a Geografia tem como objeto de estudo a sociedade, que, no entanto, é objetivada via cinco conceitos-chave que guardam entre si forte grau de parentesco, pois todos se referem à ação humana modelando a superfície terrestre: paisagem, região, espaço, lugar e território."
( Adaptado. Cavalcanti, Lana de Souza. Geografia, escola e construção do conhecimento. Campinas: Papirus, 2005) 
Na Geografia Humanista _______ é o espaço que se torna familiar ao indivíduo, é o espaço do vivido, do experimentado. Uma ______ é uma porção do espaço que apresenta características próprias que, de acordo com um critério, a distinguem das demais áreas em torno. Assinale a opção que indica os termos que completam corretamente as lacunas do fragmento acima. 
A) lugar – região. 
B) território – paisagem.
C) território – região.
D) região – paisagem.
E) lugar – paisagem.

Questão 03 - Exército - 2010 - EsFCEx - O estudo dos espaços sagrados são mais destacados nas pesquisas de uma corrente do pensamento geográfico. Assinale a alternativa que corresponde a esta corrente. 
A) Geografia crítica 
B) Geografia radical 
C) Geografia marxista 
D) Geografia Humanista cultural 
E) Geografia Teorética-quantitativa

Questão 04 - CESGRANRIO - 2013 - IBGE - A principal inspiração para os geógrafos humanistas, como Yi-Fu Tuan e Edward Relph, foram as filosofias recentes do século XX. O trabalho desses geógrafos, no final da década de 1970 e início da década de 1980, baseava-se na filosofia de Edmund Husserl, Martin Heidegger e Maurice Merleau-Ponty, buscando desenvolver metodologias que lhes permitissem descobrir o que as coisas realmente são, descobrir sua essência, num tipo de processo de redução transcendental. 
CRESSWELL, T. Geographic thought. A critical introduction. Oxford: Wiley-Blackwell, 2013, p.111. Adaptado. 

A inspiração filosófica mencionada acima refere-se ao(à) 
(A) empirismo 
(B) positivismo 
(C) racionalismo 
(D) escolástica 
(E) fenomenologia

Questão 05 - FUMARC - 2012 - TJ-MG -Sobre os conceitos do Geógrafo sino-americano Yi-Fu Tuan sobre percepção, meio-ambiente e relações humanas, leia atentamente as afirmativas abaixo e assinale a alternativa CORRETA: 
a) Tuan estabelece uma relação e uma diferenciação entre Espaço e Lugar. Nesse sentido e segundo seus preceitos, pode-se afirmar que um lugar é somente uma “posição” geográfica materializada, enquanto espaço seria um lugar dotado de conotações e subjetividade que o tornam único. 
b) Os conceitos desenvolvidos por este autor não se aplicam dentro de uma análise urbana técnica e pouco contribuem para o entendimento das relações humanas observadas e desenvolvidas num determinado lugar. 
c) O conceito do autor sobre Topofilia se refere ao sentimento de aversão que se sente instintivamente em relação a um determinado lugar, enquanto que, de maneira contrária, Topofobia se refere ao acolhimento, sensação de bem-estar e afinidade que se sente intuitivamente por certos lugares; 
d) Tuan afirma que todos os Lugares transcendem sua condição espacial estéril para conter as particularidades, individualidades e toda a subjetividade para uma determinada pessoa. Este ser se vê ligado profundamente às experiências de vida, positivas e negativas, relacionadas com este ou aquele determinado Lugar que, em última análise, pode não significar absolutamente nada para todo o resto da humanidade.

Questão 06 - CESGRANRIO - 2010 - IBGE - Nas palavras de Yi-Fu Tuan, os defensores da alta modernidade que vivemos, "apesar das dúvidas e hesitações, mantêm o sentido da direção a seguir, do lar ao cosmos e daí ao conceito paradoxal de 'lar cosmopolita' que proporciona à alta modernidade seu telos e sua seriedade". Para o autor, assistimos à restituição de um conceito geográfico que é o locus da realização humana. 
TUAN, Yi-Fu Cosmos y hogar. Barcelona: Melusina, 2005, P. 19. 
O conceito que, segundo o autor, vem sendo restituído nos últimos trinta anos constitui um dos termos teóricos centrais na obra desse geógrafo e corresponde a um dos conceitos-chave da Geografia Humanística. O conceito geográfico em tela é o de 
A) território. 
B) territorialidade. 
C) lugar. 
D) região. 
E) ambiente.

Questão 07 - CESPE - 2016 - Instituto Rio Branco - No que diz respeito às principais correntes metodológicas da Geografia e sua aplicação, julgue (C ou E) o item seguinte.
O fato de a Geografia Humanista considerar o espaço um lugar, extensão carregada de significações, possibilita que ela trate de questões práticas como as que envolvam a percepção ambiental e a valoração arquitetônica.
(  )Certo 
(  )Errado

Questão 08 - CESPE - 2017 - SEDF - Com relação aos geógrafos e cientistas sociais que estudam as dinâmicas espaciais do capitalismo, julgue o item a seguir. 
O sociólogo Boaventura de Sousa Santos influenciou o desenvolvimento, no âmbito da geografia crítica e humanística, de estudos que destacam o papel político dos movimentos sociais em defesa da democracia e contra os abusos do capital e da globalização. 
(  ) Certo 
(  ) Errado

GABARITO
01 - B
02 - A
03 - D
04 - E
05 - D
06 - C
07 - Certo
08- Certo