PETS

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Atividades extras - Geografia - 8º ano - Projeto Radix

Atividades extras - Geografia - 8º ano - Projeto Radix
Atividades do Projeto Radix - Atividades para imprimir - com respostas
Geografia - 8º ano - Projeto Radix
Acesse a página oficial do Suburbano Digital no Facebook
Clicando em CURTIR você acompanha as mais recentes novidades sobre Educação e variedades. 
Participe com a gente. Compartilhe!
 Confira o acervo para download de Atividades de Geografia para imprimir do Projeto Radix, Editora Scipione. Baixe as atividades extras de cada módulo para complementar o ensino. Os arquivos encontrados na internet foram organizados por módulos com seus respectivos assuntos:

Recomendado para você: Esta coleção de livros de Geografia está disponível online. Acesse:

Atividade extra - Geografia 8º ano - Módulo 1 - Lugares e paisagens do mundo em que vivemos

Atividade extra - Geografia 8º ano - Módulo 2 - Natureza, paisagem e espaço geográfico

Atividade extra - Geografia 8º ano - Módulo 3 - A ação humana, a dinâmica natural e as questões ambientais

Atividade extra - Geografia 8º ano - Módulo 4 - A regionalização do espaço geográfico mundial

Atividade extra - Geografia 8º ano - Módulo 5 - O mundo subdesenvolvido e o mundo desenvolvido

Atividade extra - Geografia 8º ano - Módulo 6 - América: aspectos naturais e formação do território

Atividade extra - Geografia 8º ano - Módulo 7 -  América Latina

Atividade extra - Geografia 8º ano - Módulo 8 - América Anglo-Saxônica

Como encontrar as respostas dessas atividades? No link abaixo:

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Atividades extras - Geografia - 9º ano - Projeto Radix

Atividades do Projeto Radix - Atividades para imprimir - com respostas
Geografia - 9º ano - Projeto Radix
 Confira o acervo para download de Atividades de Geografia para imprimir do Projeto Radix, Editora Scipione. Baixe as atividades extras de cada módulo para complementar o ensino. Os arquivos encontrados na internet foram organizados por módulos com seus respectivos assuntos:

Recomendado para você: Esta coleção de livros de Geografia está disponível online. Acesse:

Atividade extra - Geografia 9º ano - Módulo 1 -Espaço geográfico e globalização

Atividade extra - Geografia 9º ano - Módulo 2 - Fluxos, redes e rumos da globalização

Atividade extra - Geografia 9º ano - Módulo 3 - Globalização e regionalização no mundo atual

Atividade extra - Geografia 9º ano - Módulo 4 - Territórios e Geopolítica

Atividade extra - Geografia 9º ano - Módulo 5 - Europa

Atividade extra - Geografia 9º ano - Módulo 6 - África

Atividade extra - Geografia 9º ano - Módulo 7 - Ásia

Atividade extra - Geografia 9º ano - Módulo 8 - Oceania  e regiões polares

domingo, 29 de dezembro de 2013

Dúvidas frequentes sobre o curso de Saúde Vocal para Professores

O objetivo é elucidar para os alunos as perguntas que são mais recorrentes em relação a esta capacitação promovida pelo Canal Minas Saúde

por Wander Veroni
Você vai fazer o curso Saúde Vocal para Professores? A capacitação é direcionada a todos os professores da Rede Estadual de Ensino (Belo Horizonte, Região Metropolitana de Belo Horizonte e interior de Minas Gerais). A proposta é orientar com dicas de saúde e bem-estar estes profissionais que utilizam a voz como seu principal instrumento de trabalho.

Mas, como faço este curso? Quando vai abrir novas inscrições? Como faço para imprimir o certificado? Foi a partir destas e outras perguntas que selecionamos algumas questões freqüentes dos alunos, com o intuito de solucionar as dúvidas e promover o bom andamento da capacitação.Acompanhe:

1) Como fico atualizado com informações sobre o curso Saúde Vocal para Professores?

O portal do Canal Minas Saúde (www.canalminassaude.com.br) é um meio no qual você vai ficar informado sobre tudo que é relativo ao curso Saúde Vocal para Professores. Além disso, sempre que houver novas inscrições e dicas em relação ao curso também divulgaremos nas nossas redes sociais:

2) Não estou conseguindo acessar o curso com o meu login e senha. O que devo fazer?

Antes de qualquer ação, é muito importante que no ato da sua inscrição você coloque o e-mail mais utilizado para receber as informações relativas ao curso enviadas pela equipe do Núcleo de Educação a Distância (NEAD) do Canal Minas Saúde.

Em seguida, vá ao item nome de usuário (login) e digite o mesmo nome de usuário criado por você no ato de sua inscrição. No item senha, digite: saude (tudo minúsculo e sem acento). Observação: Após o 1º acesso, você poderá modificar a sua senha. Para isso, clique em Perfil e em seguida, “Mudar senha”.

Outra dica muito importante: evite pesquisar o acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) do Canal Minas Saúde pelo Google. Alguns cursos do Canal têm uma área muito específica e você pode cair em um link que não é do seu curso.

É muito importante que o aluno sempre acesse o curso Saúde Vocal para Professores pelo seguinte endereço: http://www.canalminassaude.com.br/vocal

Depois disso, se ainda não conseguir acessar o curso, entre em contato com a equipe do NEAD nos telefones (31) 3235-5931 / 5932 / 5934 / 5924 ou pelo e-mail nead@canalminassaude.com.br

3) É obrigatório preencher o meu perfil dentro do Ambiente Virtual do Aluno (AVA)? Posso colocar um apelido?

É obrigatório preencher o perfil do AVA com o seu nome completo, sem abreviações ou apelido. Na linha que está escrito NOME digitar apenas o primeiro nome. Exemplo: Lucas. Na linha seguinte onde está escrito SOBRENOME, digitar o restante do seu nome. Exemplo: Xavier da Costa. Fique atento: o nome que você cadastrou no perfil é o mesmo que será impresso no certificado de conclusão do curso.


4) Desde que foi dividido os alunos em blocos de cinco mil inscritos, ainda não recebi meu novo login e senha? Como proceder?

Na 1ª Etapa, todos os alunos inscritos no mês de novembro/2013 foram divididos em blocos de cinco mil alunos para melhor atender os participantes. Em dezembro/2013, novas inscrições foram abertas, atendendo a mesma prerrogativa anterior, ou seja, todos os alunos inscritos serão enturmados de acordo com a ordem que fizeram a sua inscrição.

Se você se inscreveu neste período, com certeza receberá um e-mail com as orientações do NEAD para a realização do curso. Não se preocupe!

Lembrando que os alunos inscritos em dezembro/2013 serão enturmados em janeiro/2014.

Observação: Algumas contas de e-mail direcionam os endereços novos para caixa de spam. Verifique se o seu e-mail tem esta opção e desabilite para os contatos do Canal Minas Saúde.

5) Quando vai abrir novas inscrições sobre o curso de “Saúde Vocal”?

As inscrições estão abertas desde o dia 20 de dezembro/2013. Clique aqui para fazer a sua incrição do curso de “Saúde Vocal”. Você pode acessar sempre a página do curso de Saúde Vocal para Professores do Canal Minas Saúde (http://canalminassaude.com.br/ead/curso/saude-vocal-para-professores). Lá é o local onde sempre será postado qualquer novidade em relação a esta capacitação.

6) Não estou conseguindo acessar o curso no meu computador? O que eu faço?

Antes de mais nada, é importante verificar se o seu navegador está atualizado. Cada navegador pede uma atualização específica de acordo com o seu computador. Nos links abaixo, há orientações necessárias para fazer esta atualização:


Além disso, o aluno pode encontrar dificuldade para acessar algumas partes do curso em dispositivos móveis, como smartphone e tablet que possuem restrições na leitura de alguns programas, como o Flash. Por conta disso, o recomendado é fazer as atividades via computador mesmo.

Outro detalhe importante: a qualidade da sua conexão de internet também interfere na visualização das atividades do curso. Por isso, verifique junto ao seu provedor se está tudo OK e se você não tem nenhuma restrição de acesso.

Já falamos isso no item anterior, mas não custa reforçar: evite pesquisar o acesso AVA do Canal Minas Saúde pelo Google. Alguns cursos do Canal tem uma área muito específica e você pode cair em um link que não é do seu curso. O ideal é que você acesse o curso Saúde Vocal para Professores no seguinte endereço: http://www.canalminassaude.com.br/vocal

Depois disso, se ainda sentir dificuldade, entre em contato com a equipe do NEAD nos telefones (31) 3235-5931 / 5932 / 5934 / 5924 ou pelo e-mail nead@canalminassaude.com.br

7) Como faço para imprimir o meu certificado do curso Saúde Vocal para Professores?

Após fazer todas as atividades do curso Saúde Vocal para Professores o aluno precisa retornar para a primeira página do curso e, na base da pagina, acessar o link para a emissão do certificado. Importante: a emissão de certificado só irá aparecer depois que o aluno responder o questionário de avaliação do curso.

Além disso, confira os seus dados antes de imprimir, é muito importante que você verifique se o seu NOME e SOBRENOME no perfil do AVA estão corretos.

Os certificados dos alunos da turma de novembro/2013 estarão disponíveis até o dia 06 de janeiro de 2014. Por isso, é muito importante que, em seguida, o aluno salve uma versão em PDF do certificado na área de trabalho do seu computador com o botão direto do mouse.

Aí sim, você pode imprimir. O certificado não será enviado via e-mail e o Canal Minas Saúde não irá fazer retificação dos certificados com nomes errados. Portanto, caso seu nome esteja incorreto ou incompleto, é necessário corrigir antes da impressão. Veja o passo a passo, abaixo:

# Para emissão do certificado é necessário obter 60% de participação no curso. Antes de clicar em Certificado do Curso, você deverá responder a enquete de “Avaliação do Curso”.

# Para aparecer a tela acima, responda as questões da Avaliação Final do Curso. 

# Após preencher todas respostas, clique em enviar enquete. 

# Agora sim você poderá acessar o seu certificado. 

# Clique no botão "Obtenha seu Certificado". 


sábado, 28 de dezembro de 2013

Atividades de Geografia - Projeto Radix

Atividades do Projeto Radix - Atividades para imprimir - Geografia - 6ºao 9º ano - Projeto Radix

Confira o acervo para download de Atividades de Geografia para imprimir do Projeto Radix, Editora Scipione. Baixe as atividades extras de cada módulo para complementar o ensino. Os arquivos encontrados na internet foram organizados por módulos com seus respectivos assuntos:

Recomendado para você: Esta coleção de livros de Geografia está disponível online. Acesse:

Acesse a página oficial do Suburbano Digital no Facebook
Clicando em CURTIR você acompanha as mais recentes novidades sobre Educação e variedades. Participe com a gente!
Módulo 1
6º ano – O nosso lugar e os outros lugares
7º ano – Brasil: tantos lugares, tantas paisagens
8º ano – Lugares e paisagens do mundo em que vivemos
9º ano – Espaço geográfico e globalização

Módulo 2
6º ano – Os lugares e suas paisagens
7º ano – O território brasileiro
8º ano – Natureza, paisagem e espaço geográfico
9º ano – Fluxos, redes e rumos da globalização

Módulo 3
6º ano – As paisagens e as relações entre seus elementos: o relevo e  a hidrografia
7º ano – A população brasileira
8º ano – A ação humana, a dinâmica natural e as questões ambientais
9º ano – Globalização e regionalização no mundo atual

Módulo 4
6º ano –  As paisagens e as relações entre seus elementos: o clima e a sociedade
7º ano – Rural e urbano: duas faces do espaço geográfico brasileiro
8º ano – A regionalização do espaço geográfico mundial
9º ano – Territórios e Geopolítica

Módulo 5
6º ano – Os lugares e as paisagens no tempo da sociedade
7º ano – As regiões brasileiras
8º ano – O mundo subdesenvolvido e o mundo desenvolvido
9º ano – Europa

Módulo 6
6º ano – Os lugares e as paisagens no tempo da natureza
7º ano – O Centro-Sul
8º ano – América: aspectos naturais e formação do território
9º ano – África

Módulo 7
6º ano – O espaço geográfico: sociedade e natureza
7º ano – O Nordeste
8º ano –  América Latina
9º ano – Ásia

Módulo 8
6º ano – A natureza, seus recursos e os problemas ambientais
7º ano – A Amazônia
8º ano – América Anglo-Saxônica
9º ano – Oceania  e regiões polares

Como encontrar as respostas dessas atividades? Nos links abaixo:

Coleção Radix Geografia - Respostas das atividades extras - 6º ano
Coleção Radix Geografia - Respostas das atividades extras - 7º ano
Coleção Radix Geografia - Respostas das atividades extras - 8º ano
Coleção Radix Geografia - Respostas das atividades extras - 9º ano

Ps: você pode receber todas as atualizações do Blog de Geografia por email. É muito simples e fácil. Assine o serviço oferecido pelo Google Feedburner. Você receberá uma mensagem do Google diretamente no seu email. Confirme no link e pronto! O serviço Google Feedburner envia apenas um email por dia, com toda a informação publicada nas últimas 24 horas. Você pode cancelar sua inscrição quando que desejar.  
Para receber as atualizações diárias do Blog de Geografia, clique na imagem abaixo e cadastre-se. Depois de fazer o cadastro não esqueça de confirmar a mensagem que você receberá no seu email.

Lista de classificação para designação 2014 - Secretaria de Educação de Minas Gerais

SEE - Secretaria de Educação de Minas Gerais: Lista de classificação dos inscritos no cadastro de candidatos à designação sai no dia 15 de janeiro de 2014

A lista de classificação dos inscritos no cadastro de candidatos à designação na rede estadual de ensino será divulgada no dia 15 de janeiro do próximo ano. A listagem será divulgada no site www.designaeducacao.mg.gov.br.
A lista de classificação dos inscritos no cadastro de candidatos à designação na
rede estadual de ensino será divulgada no dia 15 de janeiro de 2014. Crédito: Divulgação SEE

O cadastro recebeu quase 840 mil inscrições (838.029) de candidatos interessados a pleitear vagas de designação para a função pública de Professor de Educação Básica, Analista Educacional – Inspetor Escolar, Analista de Educação Básica, entre outras.

Importante!:
Assim que a lista for divulgaga no dia 15/01/2014 vamos divulgar no nosso Facebook: acesse a página oficial do Suburbano Digital no Facebook
Clicando em CURTIR você acompanha as mais recentes novidades sobre Educação e variedades. 
Participe com a gente. Compartilhe!

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Atividades extras - Geografia - 6º ano - Projeto Radix

Atividades do Projeto Radix - Atividades para imprimir - com respostas
Geografia - 6º ano - Projeto Radix
 Confira o acervo para download de Atividades de Geografia para imprimir do Projeto Radix, Editora Scipione. Baixe as atividades extras de cada módulo para complementar o ensino. Os arquivos encontrados na internet foram organizados por módulos com seus respectivos assuntos:

Recomendado para você: Esta coleção de livros de Geografia está disponível online. Acesse:

Atividade extra - Geografia 6º ano - Módulo 1 -O nosso lugar e os outros lugares

Atividade extra - Geografia 6º ano - Módulo 2 -  Os lugares e suas paisagen

Atividade extra - Geografia 6º ano - Módulo 3 - As paisagens e as relações entre seus elementos: o relevo e  a hidrografia

Atividade extra - Geografia 6º ano - Módulo 4 - As paisagens e as relações entre seus elementos: o clima e a sociedade

Atividade extra - Geografia 6º ano - Módulo 5 -  Os lugares e as paisagens no tempo da sociedade

Atividade extra - Geografia 6º ano - Módulo 6 - Os lugares e as paisagens no tempo da natureza

Atividade extra - Geografia 6º ano - Módulo 7 - O espaço geográfico: sociedade e natureza

Atividade extra - Geografia 6º ano - Módulo 8 -  A natureza, seus recursos e os problemas ambientais

Secretaria de Educação de Minas Gerais – Edital SEPLAG/SEE nº 01/2011: saiu a nova lista de nomeações

Publicada nova lista de nomeações do concurso da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais

Foi publicada na edição desta sexta-feira (27/12) do Diário Oficial dos Poderes do Estado uma nova lista do concurso público da Secretaria de Estado de Educação – Edital SEPLAG/SEE nº 01/2011. Foram 247 nomeações para cargos de professores. Acesse:
Publicada nova lista de nomeações do concurso da
Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais
Os professores nomeados são das disciplinas de Arte, Biologia, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Estrangeira Moderna Inglês, Língua Estrangeira Moderna Espanhol, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Sociologia e regentes de turma dos anos iniciais do ensino fundamental. O restante das nomeações continuará sendo publicado em grupos, de modo a facilitar a realização dos exames admissionais dos novos servidores.
Exame admissional

Uma vez publicada a nomeação, o aprovado deve submeter-se a exame médico pré-admissional, a ser realizado pela Superintendência Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional (SCPMSO), da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag). As perícias são realizadas em unidade central ou unidades regionais da Superintendência e o cronograma de convocação dos candidatos é divulgado no ambiente do site da Seplag dedicado a informações sobre o concurso público. É de responsabilidade do candidato acompanhar o cronograma de realização dos exames no site da Seplag.

No dia da perícia, o candidato deve apresentar uma série de documentos, além dos resultados de exames laboratoriais exigidos em edital. A lista dos exames exigidos, assim como todas as informações necessárias sobre a perícia médica podem ser encontradas na nota de esclarecimento nº 06, disponível no site da Seplag. Recomenda-se que o candidato leia atentamente esse documento assim que sua nomeação for publicada. Os candidatos nomeados devem providenciar todos os exames exigidos no item 1.3 da nota de esclarecimento nº 6. Para outras informações os candidatos podem entrar em contato com a SCPMSO pelo telefone (31) 3239-6310 ou pelo e-mail scpmso.informa@planejamento.mg.gov.br.

Designação MG 2014 - Documentos para designação

Novo! Designação MG 2015 - Documentos para designação

Minas Gerais - Documentos que devem ser apresentados(original e cópia) para designação 2014

Art. 56 No ato da designação, o candidato deve apresentar, pessoalmente, as vias originais dos documentos relacionados a seguir, cujas cópias serão arquivadas no Processo Funcional do servidor depois de conferidas, datadas e assinadas:

I – comprovante de aprovação em concurso vigente para cargo correspondente à função a que concorre;

II – comprovante de habilitação ou qualificação para atuar na função a que concorre, através de Registro Profissional ou Diploma Registrado ou Declaração de Conclusão

de Curso acompanhada de Histórico Escolar, conforme estabelecido nos Anexos II, III, e V da Resolução SEE nº 2.441, de 22 de outubro de 2013;

III – comprovante de formação especializada, conforme especificado no Anexo IV da Resolução SEE nº 2.441 de 22 de outubro de 2013, para Especialista em Educação

Básica e Professor de Educação Básica, candidato a designação em escola especial e Professor de Educação Básica para atuar no Atendimento Educacional Especializado

- AEE;

IV – certidão de tempo de serviço como designado na rede estadual de ensino do Estado de Minas Gerais, no componente curricular ou função pleiteada;

V – documento de identidade;

VI – comprovante(s) de votação da última eleição ou Certidão de Quitação Eleitoral/TRE, informando estar em dia com as obrigações eleitorais;

VII – comprovante de estar em dia com as obrigações militares, para candidato do sexo masculino, dispensada a exigência quando se tratar de cidadão com mais de 45

(quarenta e cinco) anos;

VIII – comprovante de inscrição no PIS/PASEP, quando for o caso;

IX – comprovante de registro no Cadastro de Pessoas Físicas - CPF;

X – comprovante de exame pré-admissional atestando a aptidão para a função pleiteada, observadas as normas estabelecidas pela Secretaria de Estado de Planejamento e

Gestão na Resolução SEPLAG nº 107, de 2012;

XI – certificado de participação na 1ª etapa do curso Saúde Vocal, disponibilizado na internet, no Canal Minas Saúde ( http://canalminassaude.com.br/vocal/ ), quando se

tratar de designação para Professor de Educação Básica;

XII – declarações, conforme modelos constantes do Anexo VI desta Resolução, devidamente datadas e assinadas pelo candidato:

a) de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público federal, estadual ou municipal;

b) de não ter sido demitido a bem do serviço público;

c) de que não está em afastamento preliminar à aposentadoria ou aposentado em decorrência de invalidez total ou parcial;

d) de que não incorre em nenhuma das hipóteses de impedimento para designação previstas no Decreto nº 45.604, de 18 de maio de 2011.

§ 1º Nenhum candidato poderá ter exercício antes da apresentação da documentação relacionada neste artigo.

§ 2º Não constitui impedimento para a designação a não apresentação de cópias de documentos por candidato que apresente as vias originais.

Quer saber mais?
Confira no site da Imprensa Oficial de Minas Gerais - IOMG a Resolução SEE Nº 2 .442, de 7  de Novembro de 2013 

Resolução Resolução SEE Nº 2 .442, de 7  de Novembro de 2013 - Completa
Página 12
http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/106903
Página 13
http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/106904
Página 14
http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/106905
Página 15
http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/106906

Resolução SEE nº 2.486: Dispõe sobre a universalização do Reinventando o Ensino Médio nas Escolas da rede pública estadual de Minas Gerais

Secretaria de Educação de Minas Gerais publica resolução que estabelece as diretrizes para universalização do Reinventando o Ensino Médio em 2014


A partir de 2014, todas as 2.189 escolas da rede estadual de ensino que ofertam o ensino médio terão o Reinventando o Ensino Médio. Para orientar as instituições de ensino que irão receber a iniciativa foi publicada no Diário Oficial dos Poderes do Estado da última terça-feira (24-12) a Resolução SEE nº 2.486, que estabelece as diretrizes para a organização curricular e o funcionamento do Reinventando o Ensino Médio nas escolas.
Resolução SEE Nº 2486, de 20 de Dezembro de 2013
Resolução SEE Nº 2486, de 20 de Dezembro de 2013

Dispõe sobre a universalização do Reinventando o Ensino Médio nas Escolas da rede pública estadual de Minas Gerais.

Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, no uso de sua competência, tendo em vista o disposto na Lei Federal nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, na Resolução CNE/CEB nº 4, de 14 de julho de 2010, na Resolução CNE/CEB nº 02, de 31 de janeiro de 2012 e Resolução
SEE/MG nº 2.197, de 26 de outubro de 2012,

RESOLVE:
Art. 1º - A presente Resolução estabelece as diretrizes para a organização curricular e o funcionamento do Reinventando o Ensino Médio nas Escolas da rede pública estadual de Minas Gerais.
Art. 2º - O Ensino Médio, etapa conclusiva da Educação Básica, possui duração de 3 (três) anos e tem por finalidade:
I – a consolidação e o aprofundamento dos conhecimentos adquiridos no Ensino Fundamental, possibilitando o prosseguimento de estudos;
II – a compreensão dos fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos, relacionando a teoria com a prática;
III – a preparação básica para o trabalho e a cidadania do educando para continuar aprendendo, de modo a ser capaz de se adaptar a novas condições de ocupação ou de aperfeiçoamento posteriores;
IV- o aprimoramento do educando como pessoa humana, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico;
V – a geração de competências e habilidades nas áreas de empregabilidade, tendo em vista a inserção do aluno no mundo do trabalho.
Art. 3º - A estrutura curricular do Reinventando o Ensino Médio será implantada gradativamente, iniciando-se com os alunos matriculados no 1º ano do Ensino Médio nas Escolas da rede pública estadual de Minas Gerais.
§ 1º - Os alunos em curso no 2º e 3º ano, das Escolas que em 2014 implantarão o 1º ano do Reinventando o Ensino Médio, deverão, para fins de terminalidade, seguir a organização curricular conforme ANEXOS VIII E IX desta Resolução.
§ 2º - Os alunos que iniciaram o Reinventando o Ensino Médio nas 11 (onze) Escolas- piloto do projeto em 2012 terão sua terminalidade assegurada na organização curricular constante da Resolução SEE/MG nº 2.030, de 25/01/2012.
§ 3º - Os alunos das 122 Escolas que implantaram o Reinventando o Ensino Médio em 2013 terão sua terminalidade assegurada dentro dos seguintes parâmetros:
I – Os alunos do 3º ano do Ensino Médio deverão seguir a organização curricular constante do ANEXO VIII desta Resolução.
II – Os alunos que cursaram o 1º ano do Reinventando o Ensino Médio deverão seguir a organização curricular constante da Resolução SEE/MG nº 2.251, de 02/01/2013.
Art. 4º - A estrutura curricular do Reinventando o Ensino Médio deve conter uma Base Nacional Comum, uma Parte Diversificada, que é definida a partir das características regionais e locais da sociedade, da cultura, da economia e da clientela, bem como as áreas de empregabilidade, destinadas à geração
de competências e habilidades para a inserção do aluno no mundo do trabalho.
Art. 5º - O Reinventando o Ensino Médio oferecerá as seguintes áreas de empregabilidade:
I - Comunicação Aplicada;
II - Empreendedorismo e Gestão;
III - Meio Ambiente e Recursos Naturais;
IV - Tecnologia da Informação;
V - Turismo.
§ 1º - Deverá ser realizada pelas escolas assembleia com a comunidade escolar para que esta, democraticamente, escolha 3 (três) áreas de empregabilidade dentre as 5 (cinco) previstas no artigo.
§ 2º - No início do ano letivo, a escola realizará, com os alunos, Seminário de Percurso Curricular, para que cada estudante escolha uma área de empregabilidade dentre as 3 (três) ofertadas pela escola.
§ 3º - Os pais ou responsáveis legais pelos alunos menores de idade devem participar do Seminário de Percurso Curricular para escolha da área de empregabilidade a ser cursada pelo aluno.
§ 4º - As escolas que implantaram, em 2012 e 2013, o Reinventando o Ensino Médio deverão assegurar aos alunos o direito à terminalidade nas áreas de empregabilidade escolhidas.
Art. 6º - A Escola de Ensino Médio deverá oferecer, obrigatoriamente, 2 (duas) Línguas Estrangeiras Modernas.
§ 1º - A Língua Espanhola pode ser eleita como língua estrangeira moderna obrigatória, desde que uma segunda língua passe a ser considerada de caráter optativo.
§ 2º - A Língua Espanhola, se escolhida pela comunidade escolar como língua estrangeira moderna obrigatória, deixará de ser de matrícula facultativa para o aluno e deverá ser oferecida no horário regular de aula.
§ 3º - Não ocorrendo, por parte do aluno, a opção da segunda Língua Estrangeira Moderna, caberá à instituição escolar destinar a este aluno o módulo-aula semanal para o conteúdo de Língua Estrangeira Moderna ofertada em caráter obrigatório.
§ 4º - Nas turmas do Reinventando o Ensino Médio, do 2º e 3º ano do noturno, as aulas da 2ª Língua Estrangeira Moderna serão ofertadas no contraturno.
Art. 7º - O currículo das Escolas do Reinventando o Ensino Médio terá carga horária de 3.000 (três mil) horas, distribuídas ao longo de 3 (três) anos, sendo 2.500 horas de formação geral e 500 horas de formação específica, nas áreas de empregabilidade, conforme ANEXO I desta Resolução.
§ 1º - No turno diurno, fica instituído o 6º (sexto) horário para integralização das 3.000 (três mil) horas, devendo as aulas ser ministradas, preferencialmente, como aulas geminadas.
§ 2º - No turno diurno, os módulos-aula das disciplinas das áreas de empregabilidade não poderão ser ministrados no 1º e no 6º horário do turno.
§ 3º- No turno noturno, para o cumprimento das 3000 (três mil) horas, 500 (quinhentas) horas serão organizadas sob a forma de projetos, sendo 300 (trezentas) horas para os Projetos Interdisciplinares Aplicados e 200 (duzentas) horas para os Conteúdos Práticos nas áreas de empregabilidade, conforme
ANEXO I desta Resolução.
§ 4º - No turno noturno, os módulos-aula das disciplinas das áreas de empregabilidade não poderão ser ministrados no 1º e no 5º horário do turno.
Art. 8º - A avaliação da aprendizagem deverá seguir as diretrizes contidas no Título V - Da Avaliação da Aprendizagem - da Resolução da SEE/MG nº 2.197, de 26 de outubro de 2012.
Art. 9º - O estágio de enriquecimento curricular, de caráter não obrigatório, desenvolvido como atividade opcional para o aluno, deve constar do Projeto Político-Pedagógico e do Regimento da Unidade Escolar, devendo ter sua execução e monitoramento de acordo com normas específicas desta
Secretaria.
§ 1º - O aluno que optar pelo estágio de enriquecimento curricular deverá ter registrado, resumidamente, no campo destinado ao registro das observações do histórico escolar, as atividades nele desenvolvidas e a carga horária cumprida.
§ 2º - A documentação referente ao estágio de enriquecimento curricular ficará arquivada na pasta individual do aluno.
Art. 10 - A carga horária diária do Ensino Médio noturno será de 05 (cinco) módulos-aula de 50 (cinquenta) minutos.
Art. 11- A Escola deverá definir formalmente e comunicar à SRE o turno diurno (matutino ou vespertino) em que, preferencialmente, atenderá à demanda de alunos do Ensino Médio.
§ 1º - O turno noturno deve ser reservado para a oferta de atendimento:
I - aos alunos comprovadamente trabalhadores com idade superior a 16 (dezesseis) anos;
II - aos alunos com idade igual ou superior a 14 (quatorze) anos, comprovadamente inscritos em Programas de Menor Aprendiz (Lei Federal nº 10.097/2000 e Emenda Constitucional nº 20/1998 à CF/1988);
III - aos alunos da Educação de Jovens e Adultos; e
IV - aos alunos matriculados em Programas de Educação Profissional ministrados nas escolas estaduais em concomitância com o Ensino Médio.
§2º - As turmas atendidas no turno noturno terão continuidade até a terminalidade, se de interesse dos alunos, ou se não existir disponibilidade para atendimento no turno diurno.
§3º - Para oferecer novas turmas do Ensino Médio no turno noturno, a escola deverá, mediante justificativa fundamentada, obter autorização formal do Diretor da Superintendência Regional de Ensino.
Art. 12 - A Escola deve adequar e incluir o Reinventando o Ensino Médio no Projeto Político-Pedagógico e no Regimento Escolar.
Art. 13 - Os projetos e ações do Reinventando o Ensino Médio propostos pela unidade de ensino devem ser desenvolvidos de maneira integrada ao Projeto Político-Pedagógico e estar alinhados com as diretrizes da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais.
Parágrafo único - A Direção da Escola poderá buscar parcerias para o desenvolvimento de suas ações e projetos junto a associações diversas, instituições filantrópicas, iniciativas privadas, instituições públicas e comunidade em geral, propondo à Secretaria de Estado de Educação , quando for o caso, a
assinatura de convênios ou instrumentos jurídicos equivalentes para viabilizar as referidas parcerias.
Art. 14 - As propostas curriculares devem observar o número de módulo-aula e carga horária definidos nos ANEXOS II, III, IV, V, VI, VII, VIII e IX desta Resolução.
Art. 15 - Esta Resolução entra em vigor a partir do dia 02 de janeiro de 2014.
Art. 16 - Revogam-se a Resolução SEE/MG nº 2.017, de 29 de Dezembro de 2011 e as demais disposições em contrário.

Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, em Belo Horizonte, aos 20 de dezembro de 2013.

Quer saber mais?
Confira no site da Imprensa Oficial de Minas Gerais - IOMG a Resolução SEE Nº 2486, de 20 de Dezembro de 2013

Resolução Resolução SEE Nº 2486, de 20 de Dezembro de 2013
 - Completa

Página 17

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Atividades extras - Geografia - 7º ano - Projeto Radix

Atividades do Projeto Radix - Atividades para imprimir - com respostas
Geografia - 7º ano - Projeto Radix
 Confira o acervo para download de Atividades de Geografia para imprimir do Projeto Radix, Editora Scipione. Baixe as atividades extras de cada módulo para complementar o ensino. Os arquivos encontrados na internet foram organizados por módulos com seus respectivos assuntos:

Recomendado para você: Esta coleção de livros de Geografia está disponível online. Acesse:

Atividade extra - Geografia 7º ano - Módulo 1 - Brasil: tantos lugares, tantas paisagens

Atividade extra - Geografia 7º ano - Módulo 2 - O território brasileiro

Atividade extra - Geografia 7º ano - Módulo 3 - A população brasileira

Atividade extra - Geografia 7º ano - Módulo 4 - Rural e urbano: duas faces do espaço geográfico brasileiro

Atividade extra - Geografia 7º ano - Módulo 5 - As regiões brasileiras

Atividade extra - Geografia 7º ano - Módulo 6 -  O Centro-Sul

Atividade extra - Geografia 7º ano - Módulo 7 - O Nordeste

Atividade extra - Geografia 7º ano - Módulo 8 - A Amazônia

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Fotos de Bichos do Pantanal

Menor bioma do Brasil, o Pantanal é considerado a maior área úmida continental do planeta. Veja as imagens de alguns exemplares da fauna do Pantanal.
Tuiuiú (Jabiru mycteria).
(Foto: Divulgação/Douglas Trent/Projeto Bichos do Pantanal)
O Tuiuiu, também conhecido como jaburru, jaburu, tuim-de-papo-vermelho (no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul) e cauauá (no Amazonas) é a maior ave voadora do Brasil e sua população se concentra, principalmente, no Pantanal.
Arara-azul.
(Foto: Divulgação/Thiago Henrique/Projeto Bichos do Pantanal)
A Arara-azul é a maior arara do mundo. O Projeto Arara Azul, criado pela bióloga Neiva Guedes, conseguiu resgatar a arara-azul da beira da extinção. 
Onça-pintada.
 (Foto: Divulgação/Douglas Trent/Projeto Bichos do Pantanal)
Maior felino das américas, a onça-pintada é uma das espécies típicas do Pantanal mato-grossense.
Jacaré-do-pantanal. Daniel Kantek/ICMBio
O Jacaré-do-pantanal mede até 2,5 metros de comprimento, alimentando-se principalmente de peixes. (WWF Brasil)
Jaguatirica (Leopardus pardalis).
 Foto: Sergio Bavaresco/Divulgação/Zero Hora
Jaguatirica: é uma espécie de felino de pequeno-médio porte dominante nas áreas de cobertura vegetal mais densa, especialmente nas úmidas. (ICMBio)
Anus-brancos (Guira guira). Foto: Wikimedia Commons
É uma das aves mais comuns do Brasil.
Tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla)
Foto: Malene Thyssen / Wikimedia Commons
O tamanduá-bandeira é o maior dos tamanduás.  Sua grande cauda, que parece uma bandeira, é responsável pelo seu nome.
Lobo-guará (Chrysocyon brachyurus). Foto: Divulgação/Fundação Pró-Carnívoros
Lobo-guará : apesar do porte imponente e da alcunha de “lobo”, é tímido, solitário e praticamente inofensivo, preferindo manter distância de populações humanas. (WWF Brasil)
Ariranha (pteronura brasiliensis).
Foto: Embrapa Pantanal
As ariranhas são raramente solitárias e são especializadas em pescar e comer peixes . As ariranhas defendem seus filhotes atacando bravamente em grupo.
Capivaras. Daniel Kantek/ICMBio
A capivara é uma espécie de mamífero e o maior roedor do mundo.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

UFV divulga lista dos aprovados no exame de seleção do Coluni 2014

Resultado do Exame de Seleção COLUNI 2014
A Diretoria de Vestibular e Exames (DVE) da Universidade Federal de Viçosa (UFV) divulgou, nesta segunda-feira (16/12/2013), o resultado do exame de seleção 2014 do Colégio de Aplicação da UFV (Coluni - Colégio de Aplicação). A lista com os nomes dos candidatos classificados está disponível no site da DVE.

domingo, 15 de dezembro de 2013

Por que o céu é azul?

Essa é possivelmente a maior pegadinha da ciência. Na realidade, não é azul. Aliás, não tem cor alguma. Tudo depende de como o cérebro humano interpreta a radiação eletromagnética visível, ou seja, a luz do sol. 

Embora a luz do sol pareça branca, é, na realidade, uma mistura das cores do arco-íris. Isaac Newton demonstrou isso ao usar um prisma para separá-las, um truque inteligente chamado refração. Essas cores são a região visível do espectro eletromagnético. 

Inclui poderes de super-heróis, raios gama e raios-x por um lado, e as menos interessantes micro-ondas e ondas rádio por outro. 

As ondas de luz nesse espectro são tão pequenas, que são medidas em nanômetros, a bilionésima parte de um metro. 

Cada cor tem seu próprio comprimento de onda e frequência. Mas no espaço, se combinam para produzir luz branca e todos se deslocam à mesma velocidade, a velocidade da luz. 

O espaço parece preto. Não existe atmosfera, não existem gases no espaço para dispersar a luz. O resultado é que não dá para ver nada. Nada refrata a luz, nem a reflete, por isso, fica preto. 

A ação só começa quando a luz chega na Terra e bate em moléculas de oxigênio e nitrogênio, que compõem 99 por cento da nossa atmosfera. 

Depois, as cores começam a se separar, e algumas apanham mais do que outras. 

Um cientista, Lord Raleigh, provou que quanto maior a energia e menor o comprimento de onda, mais facilmente fótons de luz seriam dispersados por partículas no ar e mudariam de direção, não seguindo a trajetória original. 

Dada esta conclusão, a luz azul, como um comprimento de onda curto, se dispersa facilmente. 

Quando chegam na atmosfera, as moléculas de ar dispersam a luz azul, enquanto que as outras cores passam ilesas. A luz azul parece vir do céu e chegam aos nossos olhos. Daí, o céu azul. 

No nascer e no pôr do Sol, o sol está em um ângulo mais baixo no céu e tem de penetrar uma profundidade maior da atmosfera. E essa luz se dispersa muito mais. A luz azul que vemos normalmente durante o dia se dispersa. É a luz que menos se dispersa, laranja e vermelha, que penetra e chega nos olhos. É essa luz que nós vemos, ou que nosso cérebro acha que vê no nascer e no pôr do Sol. Os laranjas e os vermelhos são os que menos se dispersam.

Os nossos olhos apenas captam o comprimento de onda e enviam o sinal ao cérebro. O cérebro decide a cor desse comprimento de onda e cria a imagem, em tempo real. 

Assim se “cria” o céu azul. 

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Você não conhece a África

O jornalista David Bauer criou o jogo You don’t know Africa. O desafio é apontar cada país do continente africano no mapa, o mais rápido que você conseguir, à medida que seu nome(em inglês) aparecer na tela. O relógio "marca" o tempo que você gastou para resolver o desafio. Ao terminar, você pode compartilhar o seu desempenho nas redes sociais.
Você não conhece a África - You don’t know Africa
Outras versões bem legais do jogo para outros continentes:

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Conheça o autor da capa histórica da revista National Geographic de 1985

O Conexão Roberto D´Avila entrevistou  um dos mais conceituados fotógrafos em todo mundo: o americano Steve McCurry, autor da famosa foto da menina Sharbat Gula, refugiada da guerra afegã que ficou conhecida internacionalmente através da capa da conceituada revista National Geographic e acabou se tornando o principal cartão de apresentação do artista.

Assista  a entrevista no link http://tvbrasil.ebc.com.br/conexaorobertodavila/episodio/roberto-davila-entrevista-o-fotografo-steve-mccurry
Sharbat Gula
“Eu estava em um campo de refugiados, na fronteira entre o Afeganistão e o Paquistão, andando por lá e fotografando o cotidiano. De repente, ouvi vozes dentro de uma barraca. Pareciam meninas em uma escola. Eu fui até lá, olhei para os alunos e bati com os olhos em uma menina em especial. Eu pensei: ´Ela tem olhos incríveis´. Pedi permissão para a professora para fotografá-la. Eu me sentei com ela por três minutos. Estava muito escuro, havia uma luz linda entrando. Eu só pensei: ´Espero que a foto tenha foco´. Eu só fui ver a foto dois meses depois. Eu a estava fotografando, ela olhou para a lente com uma expressão bastante curiosa, como se eu fosse um cara estranho, vestido de forma engraçada, pensando: ´O que é essa câmera?´. Havia curiosidade nos olhos dela. E o resultado foi incrível e essa foto esteve comigo, literalmente, todos os dias da minha vida”, conta o fotógrafo.

*Com informações da TV Brasil.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

COLUNI/2014 UFV - Prova de Geografia - Gabarito Oficial

42. COLUNI/2014 ─ UFV- O Brasil vivenciou inúmeras manifestações populares durante a Copa das Confederações, em junho de 2013. Grande parte delas pode ser atribuída aos problemas urbanos brasileiros, especialmente nas grandes cidades. Assinale a alternativa que NÃO apresenta um problema urbano comum no Brasil:

a) Déficit habitacional que leva ao aparecimento dos sem-teto nas cidades brasileiras.
b) Dificuldades relacionadas à mobilidade urbana, agravada pelo inchaço das cidades.
c) Aumento de doenças respiratórias atribuídas às queimadas próximas aos núcleos urbanos.
d) Carência de serviços de saneamento básico em áreas habitacionais precárias.

43. COLUNI/2014 ─ UFV - Observe a imagem e leia o texto a seguir:
(Disponível em: effectsfilms.deviantart.com/art/Wall-E-3-FINAL-92867003. Acesso em: 02 jul. 2013.)

O filme Wall-E retrata um simpático robô que se vê sozinho na Terra, com a difícil tarefa de limpar as montanhas de lixo acumuladas e recuperar o planeta. Enquanto os seres humanos aguardam a possibilidade de retornar à Terra, acomodados em uma confortável e tecnológica nave espacial.
Em situação semelhante à apresentada no filme, o Brasil também sofre com diversos problemas ambientais e sociais associados ao grande volume de lixo produzido e com a deficiência na gestão dos resíduos como, por exemplo, impactos à saúde pública, poluição ambiental, agravamento de problemas urbanos e a geração de situações desumanas para os catadores. 

Dentre as alternativas a seguir, assinale a justificativa INCORRETA para a grande produção de resíduos sólidos urbanos no Brasil:
a) Padrão de vida alto que permite à população brasileira adquirir muitos produtos.
b) Utilização de materiais pouco duráveis na confecção de diversos tipos de mercadoria.
c) Cultura de desperdício adotada por muitas famílias brasileiras nos centros urbanos.
d) Modelos de produção industrial com aproveitamento de recursos pouco eficiente.

44. COLUNI/2014 ─ UFV - Leia o trecho do livro A história de um peão, escrito por José Gregório Filho:

“Os peões levantavam de madrugada. Uns para ir para as plantações de milho, arroz, feijão, que ficavam de 6 a 10 km de distância; outros, para trabalhar [...] Era uma lida constante. [...]
Os trabalhadores tomavam um cafezinho na cuia e comiam um tutu de feijão antes de irem para o trabalho. O almoço era servido em uma gamela no eito, na roça. A hora era calculada pela altura do sol. Supunha-se ser ali pelas 9h00, porque ninguém tinha relógio. Quando o sol estava pelo meio do céu, aproximadamente meio-dia, vinha a merenda. Poderia ser um angu adoçado com rapadura, ou mesmo um pedaço de rapadura que estava estocada em um jirau, acima do fogão a lenha, pretinha como a fuligem,
mas os peões comiam com todo o gosto. Quando o sol marcava mais ou menos 3h00 da tarde, chegava-se com a gamela de comida, para o jantar. Os peões faziam um círculo em torno da gamela e todos iniciavam a refeição. Os talheres eram pequenas pás de madeira. Acabavam de jantar e seguiam para o trabalho, até o sol começar a desaparecer no horizonte, anunciando a noite. Era a hora de deixar o serviço e começar a viagem de volta para casa.” (GREGÓRIO FILHO, J. A história de um peão. Brasília: JGF, 2007, p. 47.)

A partir do texto acima e dos conhecimentos sobre a agricultura brasileira, é CORRETO afirmar que:
a) o texto demonstra uma clara situação de trabalho escravo existente no interior do Brasil, onde o trabalhador rural convivia com péssimas condições de trabalho.
b) a situação representada no texto demonstra um sistema de produção agrícola ligado aos ciclos da natureza e às restrições que o ambiente lhe impunha.
c) a produção agrícola brasileira é interpretada de maneira equivocada, pois a alta tecnologia empregada no
campo não permite a exploração do trabalhador rural.
d) o tipo de trabalho descrito era uma prática agrícola comum no Brasil, porém, com a atual política oficial de incentivo à agricultura familiar essa situação já não ocorre no território nacional.

45. COLUNI/2014 ─ UFV - Joana, Pablo, Ingrid e Richard se conheceram por meio das redes sociais da Internet. No dia 20 de julho (Dia do Amigo), cada um enviou uma mensagem aos demais às 12h. A tabela a seguir apresenta as cidades onde moram os amigos e suas respectivas coordenadas geográficas:

Considerando as informações da tabela e os conhecimentos geográficos, assinale a alternativa que
apresenta a sequência CORRETA de envio das mensagens.
a) Pablo, Angélica, Joana, Richard.
b) Joana, Richard, Pablo, Angélica.
c) Angélica, Joana, Richard, Pablo.
d) Richard, Pablo, Angélica, Joana.

46. COLUNI/2014 ─ UFV - Leia o texto a seguir:
Minas das violas (César Menotti e Fabiano)
Aqui encontrei a paz
Aqui eu vivo feliz sabe porque?
Eu moro em Minas Gerais
E não há lugar melhor pra se viver
Suas belas paisagens
alegram o meu coração
Seu clima é tão perfeito
Como voz e violão

Além do horizonte tem
um belo vale pra gente olhar
São tantas cachoeiras que
nem faz falta o mar
Minas das violas,
do queijo e do diamante
Minas sem fronteiras
Minas de Belo Horizonte
(Disponível em: http://letras.mus.br/cesar-menottiefabaino/1671070/ Acesso em 10 jul. 2013.)
A letra da música apresenta algumas características socioculturais e naturais do estado de Minas Gerais, sobre o qual é CORRETO afirmar que:
a) suas belas paisagens serranas recobrem todo o território do estado de Minas Gerais.
b) o clima predominante é o subtropical que ocorre principalmente na Serra da Mantiqueira.
c) Minas sem fronteira representa o fluxo migratório da população local que se destina à Europa.
d) o queijo fabricado em algumas regiões de Minas representa um patrimônio cultural do estado.

47. COLUNI/2014 ─ UFV - Analise o mapa a seguir:
Brasil: população negra
(SIMIELLI, Maria Elena. Geoatlas. São Paulo: Ática, 2013, p. 147.)

A partir dos conhecimentos sobre cartografia e sobre o território brasileiro, é CORRETO afirmar que o mapa:
a) demonstra que a maior parte da população brasileira é composta de negros.
b) representa informações incorretas pois está completamente distorcido.
c) foi elaborado dessa maneira em função da cultura racista verificada no país.
d) destaca a maior concentração de população negra nas regiões Nordeste e Sudeste.

48. COLUNI/2014 ─ UFV - Observe a imagem a seguir:
(Disponível em: http://timblindim.wordpress.com/arvores. Acesso em: 03 de jul. 2013.)

A imagem mostra um tipo de folha larga denominada latifoliada. As folhas desse tipo ocorrem em espécies
perenifólias e facilitam o processo de evapotranspiração, que interfere nas condições climáticas locais, onde
o processo pluviométrico e a temperatura elevada contribuem para a pequena amplitude térmica. Esse tipo
de vegetação ocorre, predominantemente, em clima do tipo:
a) Polar
b) Equatorial
c) Temperado
d) Desértico
Geografia - COLUNI/2014 UFV - Gabarito Oficial
42. C
43. A
44. B
45. C
46. D
47. D
48. B

Novas informações sobre o Curso Saúde Vocal para Professores - Minas Gerais

por Wander Veroni*

Atenção alunos do curso “Saúde Vocal para Professores”, promovido pelo Canal Minas Saúde. O curso volta ao ar no nosso portal nesta terça-feira, dia 03 de dezembro. A partir desta data, os alunos serão divididos em blocos de cinco mil participantes. Cada bloco de alunos terá uma semana para realizar o curso que é disponibilizado no modelo auto-instrucional pelo Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).
Os blocos serão montados levando em consideração a data da inscrição do aluno. Todos os inscritos serão informados através de um e-mail com orientações sobre a data de acesso e turma do qual foi inserido. Abaixo, confira como será a divisão:

De 03/12 a 10/12 = 1º bloco de cinco mil alunos.
De 10/12 a 17/12 = 2º bloco de cinco mil alunos.
De 17/12 a 23/12 = 3º bloco de cinco mil alunos.

Novas inscrições para o curso “Saúde Vocal para Professores” serão realizadas a partir do dia 15 de dezembro pelo portal do Canal Minas Saúde. Estes novos alunos só irão começar a frequentar o curso no dia 06 de janeiro de 2014, sob o mesmo esquema de divisão das turmas de cinco em cinco mil alunos, de acordo com a data de inscrição.

Novo! Dúvidas frequentes sobre o curso de Saúde Vocal para Professores

Os alunos que já realizaram o curso e falta apenas emitir o certificado serão agrupados em turma específica apenas para esta finalidade e receberão um e-mail do Canal Minas Saúde com link para esta ação. Lembrando que, de acordo com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag), a nova designação dos professores da Rede Estadual de Ensino acontece nas duas últimas semanas de janeiro de 2014.

* Com informações do Canal Minas Saúde - Secretaria de Saúde Governo de Minas Gerais

Inscreva-se e conheça nosso Canal: