PESQUISAR ESTE BLOG

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Conselheiro da Shell na Petrobras renuncia após pressão dos trabalhadores

É como se o McDonald’s colocasse alguém do Burger King no alto escalão da empresa

José Alberto, ligado há mais de 27 anos à petrolífera internacional, foi indicado conselheiro da estatal pela atual gestão da Petrobras



Um dos integrantes do grupo defensor da privatização da Petrobrás, José Alberto de Paula Torres Lima, renunciou nesta quarta (30) ao cargo no Conselho de Administração da empresa, quando foi iniciada a greve nacional dos petroleiros em defesa de uma nova política de preços dos combustíveis e gás de cozinha. O conselheiro é ligado há mais de 27 anos à Shell, petrolífera internacional, e foi eleito, após indicação, no dia 26 de abril.

À imprensa, José Alberto alegou questões pessoais para sua saída. Entretanto, ela ocorre em meio a uma das maiores crises da Petrobras, graças à política adotada pelo governo golpista de Michel Temer (MDB), que colocou na presidência da empresa o tucano Pedro Parente.

Desde 2016, a estatal brasileira tem sofrido desvalorização no mercado internacional, além de praticar uma política de preços que permite reajustes diários nos valores do diesel, da gasolina e do gás de cozinha, em paridade com ajustes internacionais. O aumento do diesel, inclusive, foi o que motivou a greve dos caminhoneiros.

Petroleira e dirigente da CUT-SP e da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Cibele Vieira classifica a renúncia do conselheiro como vitória do movimento grevista iniciado nas primeiras horas da manhã desta quarta em todo o País.

“Uma das primeiras coisas que o Pedro Parente fez quando assumiu a Petrobras foi trazer Nelson Silva como parte da estratégia da empresa, que também é ligado à Shell. Em abril, Nelson trouxe o José Alberto para o conselho de administração", explica.

"É como se o McDonald’s colocasse alguém do Burger King no alto escalão da empresa. Com certeza, era uma pessoa que estava para defender apenas o interesse das petrolíferas estrangeiras e privadas dentro da Petrobras.”

A paralisação da categoria tem como eixo principal de reivindicações a mudança da política de preços da estatal. A pauta inclui ainda a manutenção dos empregos, a retomada da produção interna de combustíveis, o fim do desmonte e da privatização do Sistema Petrobrás e a demissão do atual presidente, Pedro Parente.

Fonte: CUT.

Mapa dos Estados Unidos para Imprimir e Colorir

Mapa dos Estados Unidos para Imprimir e Colorir.

Mapa do Canadá para Imprimir e Colorir

Mapa do Canadá para Imprimir e Colorir.

terça-feira, 29 de maio de 2018

Mapa de Salvador, Bahia

Mapa de Salvador, Bahia.

Mapa do Bengo para Imprimir e Colorir

Mapa do Bengo para Imprimir e Colorir.

Mapa de Bié para Imprimir e Colorir

Mapa de Bié para Imprimir e Colorir.

Mapa do Moxico para Imprimir e Colorir

Mapa do Moxico para Imprimir e Colorir.

Mapa da Somália para Imprimir e Colorir

Mapa da Somália para Imprimir e Colorir.

Mapa das Seychelles para Imprimir e Colorir

Mapa das Seychelles para Imprimir e Colorir.

Mapa da Suazilândia para Imprimir e Colorir

Mapa da Suazilândia para Imprimir e Colorir.

Mapa do Sudão do Sul para Imprimir e Colorir

Mapa do Sudão do Sul para Imprimir e Colorir.

Mapa do Sudão para Imprimir e Colorir

Mapa do Sudão para Imprimir e Colorir.

Mapa do Togo para Imprimir e Colorir

Mapa do Togo para Imprimir e Colorir.

Intervenção militar “avulsa”. Por Duke

Intervenção militar “avulsa”. Por Duke.

29 de maio, o Dia do Geógrafo, Parabéns!!!

Dia 29 de maio comemora-se o dia do Geógrafo, profissão regulamentada pela Lei n° 6.664, de 26/6/79, e Decreto n°85.138, de 15/12/80, e pela Lei n° 7.399, de 04/11/85, e Decreto n° 92.290, de 10/01/86. No dia 29 de maio também se comemora o aniversário de fundação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), bem como o dia do Estatístico.
A palavra Geografia é resultante da junção dos radicais gregos "geo" e "graphos", significando, respectivamente, “Terra” e “escrever”. Geografia é, portanto, o estudo científico da superfície da Terra, com o objetivo de descrever e analisar a variação espacial de fenômenos físicos, biológicos e humanos. (Fonte IBGE).

O profissional formado em Geografia é responsável por estudar, analisar e compreender a lógica de produção e transformação do espaço humanizado, bem como a relação desse com o meio natural. Assim, a pertinência do geógrafo é a abordagem da interação entre natureza e sociedade. 

O mais importante para o geógrafo é compreender as manifestações socioespaciais, no sentido de empreender um estudo sobre como as técnicas, as ações humanas e o comportamento do espaço, dos territórios, das regiões, das paisagens e dos lugares transformam-se com o passar do tempo. 

Dentre as principais áreas da Geografia, podemos citar: Geografia Urbana; Geografia Agrária; Geopolítica; Demografia; Geografia econômica; Geografia Cultural; Geografia da Religião; Turismo (ou Geoturismo); Geomorfologia; Climatologia; Hidrografia / hidrologia; Biogeografia; Cartografia.

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Governo admite que vai aumentar imposto para compensar queda no diesel

O presidente Michel Temer anunciou redução do preço do diesel em 46 centavos em atendimento às reivindicações dos caminhoneiros
O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, indicou nesta segunda-feira que o governo terá de aumentar impostos de “outras coisas” ou retirar benefícios tributários para garantir uma das partes da redução de impostos sobre diesel, com impacto de 4 bilhões de reais neste ano.

“Haverá aumento (de impostos) para alguém? Sim”, afirmou ele, acrescentando ainda que essa compensação também pode vir com eliminação de benefícios hoje existentes. “Isso não é aumento da carga tributária, é um movimento compensatório previsto na lei”, afirmou ele.

Na noite passada, o presidente Michel Temer anunciou redução do preço do diesel em 46 centavos de reais por litro por 60 dias, em atendimento às reivindicações dos caminhoneiros. Mesmo assim, a categoria mantinha a paralisação que tem provocado desabastecimento em todo o país.

Desses 46 centavos, 30 centavos serão bancados até o final do ano pela União, via programa de subvenção que custará 9,5 bilhões de reais, coberto por uma sobra de 5,7 bilhões de reais que o governo tem em relação à meta de déficit primário, além de corte de despesas de 3,8 bilhões de reais.

Os 16 centavos adicionais virão por redução de impostos, ao custo total de 4 bilhões de reais, perda de receita que, por lei, deverá ser compensada por outras fontes, ressaltou Guardia. Ele destacou que a aprovação do projeto de reoneração da folha de pagamento é crucial para essa cobertura, mas, sozinho, não dará conta do recado.

Ele lembrou que o projeto, tal qual aprovado pela Câmara dos Deputados, teria impacto positivo de 3 bilhões de reais em 12 meses. O texto ainda demanda cumprimento de noventena para começar a valer, de forma que seu efeito líquido não será suficiente para tapar o buraco de 4 bilhões de reais.

Bastante questionado a respeito da natureza das demais medidas tributárias que virão a seguir, Guardia repetiu em diversos momentos que tudo será divulgado em momento oportuno. E afirmou que o governo buscará nessa tarefa melhorar a qualidade do sistema tributário.

“Temos que aproveitar essa discussão para caminhar na direção de uma carga tributária melhor distribuída independentemente das reclamações que possam vir em função disso”, afirmou.

O ministro avaliou que a greve dos caminhoneiros terá impacto temporário e não tenderá a alterar o comportamento da inflação. Mais cedo, ressaltou ainda que o governo segue prevendo um crescimento da economia de 2,5% este ano apesar dos distúrbios provocados pela paralisação até agora.

A greve dos caminhoneiros tem afetado a atividade econômica nos últimos dias e influenciado a leitura de agentes econômicos. Segundo pesquisa Focus do Banco Central divulgada nesta manhã, as estimativas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) caíram a 2,37% na semana passada, sobre 2,5 por cento antes.

Fonte: Reuters / Veja.

O Antagonista disse que Pedro Parente salvou a Petrobras

Segundo o site "O Antagonista" Pedro Parente salvou a Petrobras, vai salvar a BRF e poderia salvar o Brasil. Hoje sabemos que isso não é verdade, gestão de Pedro Parente na Petrobrás é irresponsável.

Fonte da imagem: https://www.oantagonista.com/brasil/pedro-parente-para-presidente/

domingo, 27 de maio de 2018

Mapa de Uberlândia, MG

Mapa de Uberlândia, MG.

Intervenção Militar NÃO

Intervenção Militar NÃO.

NÃO queremos intervenção militar no Brasil

NÃO queremos intervenção militar no Brasil.

Escolas estaduais de Minas Gerais não terão aulas nesta segunda-feira (28/05/2018)

Em virtude das dificuldades geradas pela crise de abastecimento provocada pela greve nacional dos caminhoneiros, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais informa que está determinando a suspensão das aulas em todas as escolas da rede estadual nesta segunda-feira, dia 28 de maio. 


Belo Horizonte, 27 de maio de 2018. Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais.

sábado, 26 de maio de 2018

Mapa de Santa Luzia, Minas Gerais

Mapa de Santa Luzia, Minas Gerais.

Fernanda Montenegro: Pedir a volta dos militares é coisa de doentes mentais

Fernanda Montenegro - "Pedir a volta dos militares é coisa de doentes mentais."
Fonte: Estadão. Fernanda Montenegro fala de arte e das incapacidades do País. Disponível em:

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Mapa de Viçosa, MG

Mapa de Viçosa, MG.

O que é locaute?

Locaute (termo originado a partir da palavra em inglês lock out) é o que acontece quando os patrões de um determinado setor se recusam a ceder aos trabalhadores os instrumentos para que eles desenvolvam seu trabalho, impedindo-os de exercer a atividade. Ou seja, agindo em razão dos próprios interesses, e não das reivindicações dos trabalhadores.


A legislação impede a prática. O artigo 17 da lei 7.783 diz: "Fica vedada a paralisação das atividades, por iniciativa do empregador, com o objetivo de frustrar negociação ou dificultar o atendimento de reivindicações dos respectivos empregados (lockout)".

Segundo o ministro, no caso do movimento dos caminhoneiros, do qual participam autônomos (sem vínculo empregatício com transportadoras), é preciso apurar o interesse direto das empresas de forçar a redução do preço do diesel.

Locaute? Manchetes do Google Notícias. Data de acesso: 25/05/2018.
O locaute se difere da greve, amparada pela lei. O artigo 9 da Constituição diz que "é assegurado o direito de greve, competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender".

A Constituição afirma ainda, nos parágrafos 1º e 2º, que "a lei definirá os serviços ou atividades essenciais e disporá sobre o atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade" e que "os abusos cometidos sujeitam os responsáveis às penas da lei".

O advogado João Tancredo, professor de Direito do Trabalho da pós-graduação na Universidade Cândido Mendes, diz que o locaute ocorre “com base em princípios das empresas, interesses meramente econômicos e delas, e não no que se refere aos trabalhadores”.

Fonte: G1.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Mapa de São Gonçalo, Rio de Janeiro

Mapa de São Gonçalo, Rio de Janeiro.

URGENTE: Escolas estaduais de MG não terão aulas nesta sexta-feira

Em virtude das dificuldades geradas pela crise de abastecimento provocada pela greve nacional dos caminhoneiros, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais informa que está determinando a suspensão das aulas em todas as escolas da rede estadual nesta sexta-feira (25/05). Belo Horizonte, 24 de maio de 2018 Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais.

Fonte: SEE / MG.

terça-feira, 22 de maio de 2018

‘National Geographic’ reconhece ter sido racista por décadas

Revista tratava nativos como ‘selvagens’ e negros americanos só apareceram em reportagens na década de 1970

A edição de Abril  de 2018 da “National Geographic” foi sobre raça - 
A “National Geographic” é uma das revistas mais prestigiadas do mundo, com histórico de 130 anos na cobertura de assuntos sobre ciência, história, geografia e cultura. Mesmo centenária, se mantém como uma referência em vários mercados, com mais de 6 milhões de exemplares vendidos mensalmente. Em editorial nesta segunda-feira, a tradicional publicação reconheceu, pela primeira vez, que ao longo de décadas muitos artigos publicados observavam o mundo sob uma perspectiva racista. Essa conclusão foi tirada de uma revisão de todas as publicações da revista desde a sua criação, em 1888.

— Tínhamos que reconhecer a nossa própria história para superá-la — explicou a editora-chefe da revista, Susan Goldberg, em entrevista à Associated Press sobre a edição de abril, que será sobre raça.

Para isso, a “National Geographic” pediu que o historiador John Edwin Mason, da Universidade da Virgínia, analisasse os arquivos da revista e apontasse episódios racistas. O especialista identificou que até a década de 1970 a publicação ignorou pessoas negras que viviam nos EUA. Quando apareciam em artigos, eram retratadas apenas como empregadas domésticos e trabalhadores braçais. Enquanto isso, “nativos” de outras regiões do planeta eram tratados como “exóticos”, frequentemente com poucas roupas, como “nobres selvagens” e outros tipos de clichê.

— Eu sabia que quando olhássemos para trás encontraríamos algumas narrativas que obviamente não faríamos hoje e das quais não nos orgulhamos — comentou Susan. — Mas me parece que, se queremos falar com credibilidade sobre raça, é melhor procurar e ver o que nós já falamos sobre o tema.

COLONIZADOS E COLONIZADORES

Diferentemente de outras revistas americanas, concluiu Mason, a “National Geographic” pouco fez para tirar dos seus leitores os estereótipos impregnados na cultura branca americana. Em novembro de 1930, por exemplo, a revista enviou um repórter e um fotógrafo para cobrir a cerimônia de coroação de Haile Selassie como rei da Etiópia. A matéria tinha 14 mil palavras e 83 imagens, contando em detalhes o ritual exótico. Mas, se o evento tivesse acontecido nos EUA, certamente estaria fora das páginas da publicação. Até 1940, negros eram proibidos até mesmo de se tornarem membros da National Geographic Society.

— Os americanos tinham uma ideia do mundo dos filmes de Tarzan e de caricaturas racistas — avaliou Mason. — A segregação era como era. A “National Geographic” não estava ensinando, mas reforçando mensagens que eles já haviam recebido. E fazendo isso numa revista que tinha uma autoridade tremenda. A “National Geographic” começou a existir no auge do colonialismo, quando o mundo estava dividido entre colonizadores e colonizados. Era uma linha de cor, e a revista estava refletindo aquela visão de mundo.

Algumas das narrativas encontradas por Mason são inacreditáveis vistas hoje. Em 1916, por exemplo, uma reportagem sobre a Austrália trazia a foto de dois aborígenes, caracterizados na legenda como os “selvagens no mais baixo ranking de inteligência entre todos os seres humanos”. O especialista pontua não apenas o que foi publicado, mas também o que ficou de fora. Em 1962, a revista publicou uma matéria produzida sobre a África do Sul, dois anos após o massacre de 69 jovens negros pela polícia em Sharpeville. O fato chocou o mundo pela brutalidade, mas, para o artigo, parece não ter acontecido.

— A matéria da “National Geographic“ quase não menciona qualquer problema — analisou o especialista. — Não há vozes de sul-africanos negros. Esta ausência é quase tão importante quanto o que está lá. As únicas pessoas negras estão apresentando danças exóticas, são serventes ou trabalhadores. É bizarro, na verdade, imaginar o que editores, escritores e fotógrafos tinham para conscientemente não ver o que acontecia.

Essa prática contrasta com a política editorial atual. Em 2015, numa reportagem sobre o Haiti, a revista entregou câmeras a jovens haitianos e pediu que eles documentassem a realidade em seus mundos. Segundo Mason, as imagens são “muito importantes”, e seriam “impensáveis” no passado. O especialista identificou ainda inúmeras reportagens mostrando “nativos fascinados pela tecnologia ocidental. Criando realmente uma dicotomia entre nós e eles, os civilizados e os não civilizados”. Também existia um excesso de fotografias de mulheres de ilhas do Pacífico.

— As pessoas de cor costumavam ser retratadas vivendo da mesma forma que seus ancestrais deveriam ter vivido há centenas de anos. Em contraste com os ocidentais, que sempre estão completamente vestidos e, muitas vezes, carregando algo tecnológico — apontou Mason. — Os adolescentes brancos podiam contar que em cada edição ou duas da “National Geographic” haveria algum seio de pele morena para olhar. E eu acho que os editores da “National Geographic” sabiam que este era um dos apelos da revista, porque as mulheres, especialmente asiáticas das ilhas do Pacífico, eram fotografadas de forma quase glamourosa.

Susan, que se identifica como a primeira mulher e primeira pessoa judaica a ocupar o cargo de editora-chefe da revista, diz ser “dolorido” apontar o dedo para artigos escritos no passado, mas assumir os próprios erros é essencial para construir, com credibilidade uma narrativa sobre raça. A editora ressalta que a raça não é uma questão biológica, mas uma “social que pode ter efeitos devastadores”. No passado, por exemplo, a colonização e o imperialismo eram justificáveis, já que os nativos de outras nações não seriam civilizados.

“Como nós apresentamos a raça importa”, afirmou Susan, em editorial. “Nossos exploradores, cientistas, fotógrafos e repórteres levaram as pessoas a lugares que nunca tinham imaginado. É uma tradição que ainda impulsiona a nossa cobertura e da qual temos orgulho. E isso significa que temos um dever, em cada história, de apresentar representações precisas e autênticas. Um dever aumentado quando cobrimos questões como a raça”.

PELE NEGRA ASSOCIADA A MALIGNIDADE

Para o brasileiro Eugenio Bucci, professor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP), essa tendência atual de a imprensa se autorevisar faz parte de um movimento mais amplo de autocrítica, que inclui a imprensa, mas não se limita a ela.

— O que eu vejo é que nós estamos passando por alguns desafios da democracia que parecem cobrar dos agentes políticos e da comunicação, das autoridades e de pessoas que têm alguma projeção, um reexame das suas condutas. Isso existe em várias frentes, não só no racismo, mas também em relação a discriminações de gênero, ao assédio sexual e outras práticas — afirma ele. — Nós temos que compreender isso em um conjunto, como uma tentativa das instituições em geral, e da imprensa em particular, de se melhorar.

Bucci destaca que, especificamente em relação ao racismo, existe uma tradição histórica dentro meios de comunicação. Ele lembra o caso de uma edição da "Time Magazine" de 1994 que estampou em sua capa o ex-atleta O.J. Simpson com uma cor de pele mais escura do que a real, acaompanhando uma reportagem que falava de sua condenação:

— Foi um caso muito rumoroso, porque vimos claramente a associação entre a cor de pele escura e a malignidade.

Fonte: O Globo.

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Mapa de Sorocaba, São Paulo

Mapa de Sorocaba, São Paulo.

domingo, 20 de maio de 2018

Todas as mascotes da Copa do Mundo

Lista de mascotes da Copa do Mundo FIFA.
Willie 1966 (Inglaterra) - Primeira mascote da história da Copa do Mundo de Futebol e uma das primeiras em grandes torneios esportivos. Leão é o símbolo tradicional da Grã-Bretanha, seu brasão nacional e emblema de sua associação de futebol. Está vestido com uma camisa com as cores da bandeira britânica com a inscrição "WORLD CUP" (Copa do Mundo).

Juanito 1970 (México) - O personagem usa um sombrero nacional e o traje da seleção do país. O nome dele é o diminutivo do nome Juan, popular nos países hispânicos. Durante a Copa as crianças locais se fantasiavam desse jeito, por isso as ruas se enchiam de mascotes vivas.

Tip e Tap 1974 (Alemanha) - Primeira mascote dupla na história da Copa do Mundo de Futebol. Em quase todas as línguas os nomes destas mascotes transmitem uma mensagem de otimismo. Estão vestidos com o traje da seleção da Alemanha com a inscrição WM (Weltmeisterschaft - Copa do Mundo) e o número 74.

Gauchito 1978 (Argentina) - A Argentina ganhou esta Copa. Seu chapéu, lenço e chicote são a indumentária tradicional dos gaúchos V (habitantes dos pampas). Em 1978 a Argentina se tornou o terceiro país a usar uma imagem de garoto como símbolo da Copa.

Naranjito 1982 (Espanha) - A primeira mascote que não é um ser vivo, mas um objeto. O nome deriva de "laranja" em espanhol. Esses frutos, cultivados em Murcia e Valência, são dos mais doces no mundo e são considerados os melhores para fazer sumos Está vestido com o traje da seleção nacional.

Pique 1986 (México) - México voltou a sediar a Copa e apresentou uma mascote comestível - uma pimenta chili. Seu nome tem origem na palavra "picante", relacionada com essa especiaria. A pimenta Pique deu continuidade à tradição do uso de frutos e legumes como símbolos da Copa do Mundo.

Ciao 1990 (Itália) - Para nome foi escolhida a palavra italiana mais conhecida. Itália não manteve a tradição de escolher uma mascote "fofinha". Ciao representa uma figura humana com as cores da bandeira italiana e uma bola de futebol como cabeça.

Striker 1994 (EUA) - A mascote foi criada pela gigante Disney. Pela primeira vez a mascote é acompanhada por uma grande campanha publicitária, são filmados vídeos promocionais e até desenhos animados. Está vestido com um traje com cores da bandeira dos EUA e a inscrição "USA 94”.

Footix 1998 (França) - O galo gaulês é o símbolo da França. Footix, criado pelo desenhador francês Fabrice Pialot, se tornou a mascote mais bem-sucedida de toda a história do futebol. Na Copa de 1998, a vitória coube à equipe nacional francesa. Seu nome deriva da palavra "football" com a terminação -ix, inspirada no gaulês Asterix - personagem muito popular na França e herói dos quadrinhos e filmes.

Ato, Kaz e Nik 2002 (Coreia do Sul e Japão) - As primeiras mascotes do novo século e das novas tecnologias. Estes seres imaginários, de cores amarela, roxa e azul e criados recorrendo a animação 3D, deveriam refletir o avanço dos países anfitriões em novas tecnologias e informática. Os três pertencem a um time de ”Atmobol” (um esporte imaginário semelhante ao futebol), Ato é o treinador, enquanto Kaz e Nik são jogadores.

Goleo VI e a bola Pille 2006 (Alemanha) - Pela primeira vez na história do torneio, a final decorreu sem a mascote, visto que a empresa fabricante faliu antes do início da Copa. O nome da mascote contém as palavras "gol" e "leo" (leão), enquanto Pille deriva do nome popular do futebol em língua alemã. O leão usa o traje da seleção nacional com o número 06.

Zakumi 2010 (África do Sul) - O nome Zakumi deriva de ZA (sigla internacional da África do Sul) e "kumi", o que significa "dez" em algumas línguas africanas. Os cabelos de Zakumi foram pintados de cor verde para se camuflar no gramado do campo. Segundo a lenda, Zakumi nasceu em 16 de junho de 1994, ano da instauração da democracia sul-africana.

Fuleco 2014 (Brasil) - O nome Fuleco é formado pelas duas primeiras e a última letra da palavra "futebol" (Fui) e "eco" de ecologia. Fuleco gosta de dançar e usa figuras de dança locais como o samba. Fuleco é um tatu- bola, quando ele se enrola fica parecido com uma bola de futebol.

Zabivaka 2018 (Rússia) - A mascote foi escolhida pelos habitantes da Rússia por votação na Internet, em vez do sorteio tradicional. Foi elaborada pela estudante de design Ekaterina Bocharova. Veste uma camisa com a inscrição "RÚSSIA 2018" e usa uns óculos esportivos cor de laranja na cabeça. O traje apresenta as cores nacionais branca, azul e vermelha do time da Rússia.

NOVO:

*Com informações da Sputnik Brasil.

sábado, 19 de maio de 2018

Estados e Capitais do Brasil

Brasil. Lista com nome das 27 unidades federativas e suas respectivas capitais, sendo 26 estados e um distrito federal, em ordem alfabética.

Lista com os estados brasileiros e suas respectivas capitais:

ACRE -  Rio Branco
ALAGOAS - Maceió
AMAPÁ - Macapá
AMAZONAS -  Manaus
BAHIA - Salvador
CEARÁ - Fortaleza
DISTRITO FEDERAL -  Brasília
ESPÍRITO SANTO -  Vitória
GOIÁS - Goiânia
MARANHÃO -  São Luís
MATO GROSSO - Cuiabá
MATO GROSSO DO SUL - Campo Grande
MINAS GERAIS - Belo Horizonte
PARÁ -  Belém
PARAÍBA -  João Pessoa
PARANÁ - Curitiba
PERNAMBUCO - Recife
PIAUÍ - Teresina
RIO DE JANEIRO - Rio de Janeiro
RIO GRANDE DO NORTE - Natal
RIO GRANDE DO SUL - Porto Alegre
RONDÔNIA -Porto Velho
RORAIMA - Boa Vista
SANTA CATARINA - Florianópolis
SÃO PAULO -  São Paulo
SERGIPE - Aracaju
TOCANTINS -  Palmas .

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Possibilidade de neve e geada nas serras gaúcha e catarinense

Uma frente fria gigante vem se formando na região Sul do brasil. Com isso, a previsão é de muita chuva para Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Tem risco de inundação, enxurrada e deslizamento. 
Mapa de possibilidade de neve e geada no Sul entre os dias 19 e 20 de Maio de 2018.
Fonte: Bom Dia Brasil - G1 - Globo.
E ainda tem risco de nevar na madrugada de domingo nas  serras gaúcha e catarinense. E de domingo para segunda, tem possibilidade de geada.

Frente fria avança pelo Rio Grande do Sul, e já começa a chegar a Santa Catarina

Trovoada e risco de temporais nesta sexta e madrugada de sábado.
Há risco de temporais severos em SC, maior atenção no fim da noite de sexta e madrugada de sábado, maior risco do oeste ao centro de SC (risco de transtornos grandes).

*Com informações do Climaterra.

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Fotos de estrada próxima da zona do Rift Este do vulcão Kilauea

Vista aérea de fissuras no solo na Pohoiki, estrada perto de Leilani Estates, no Havaí, durante um sobrevoo da área de fissura eruptiva neste dia 17 de Maio. 


As rachaduras continuaram a abrir e ampliar, algumas com compensações horizontais e verticais na área afetada durante as últimas 24 horas. Estas fissuras são causadas pela intrusão subjacente de magma na zona leste do rift. Estas fissuras expandiram significativamente hoje. Note o deslocamento vertical através das fissuras.

Fonte: USGS Volcanoes.

Nota sobre a possível ocorrência de neve em SC neste final de semana

A Climaterra atua em SC desde 1995, já teve previsões de neve com 2/3/5 e até 7/10 dias de antecedência na serra. No quadro atual optamos por não publicar nada em relação a previsão de neve, não porque "A ou B" lançou o aviso primeiro, sim porque os modelos não estão constantes, tem divergências entre eles, não mantém o quadro para neve, ou seja oscilam muito, nesta situação como postar uma previsão ou tendência, com segurança e responsabilidade se vai ou não nevar na serra de SC?! Respeito ao usuário acima de tudo.



A previsão mais famosa da empresa (Coutinho) foi em 1999 em abril, a neve ocorreu entre sexta de noite e sábado, a previsão foi divulgada a partir de domingo (dia 11) e ao longo de toda semana e porque foi feito isto? naquela ocasião o quadro se repetia de manhã e tarde dia após dia e a neve veio na sexta de noite (erro de 30 minutos), sendo a neve mais precoce registrada até hoje no Brasil (16/17 de abril de 1999).

Nesta semana não tivemos e ainda não temos a mesma confiança sobre a chance de ter neve, do dia 14 até agora, 17 de manhã, nos modelos que usamos e confiamos em nenhum momento está indicando condições para neve em SC/RS. Mudando o quadro até sábado, com maior prazer estará a previsão de neve no site, face e twitter (pouco importando se fomos o primeiro ou o último a fazê-lo).

Não estamos aqui para ajudar ou não o turismo da serra, ou turismo do frio, isto sempre combatemos pois um dia fui turista como tantos outros e a coisa pior que existe é ser enganado. Sempre procuramos ter o maior carinho nesta situação, pois até pode-se errar a previsão de chuva, mas a de neve não! pois mexe muito com o emocional das pessoas, muitos economizam o ano todo para poder presenciar o espetáculo, temos o máximo de cuidado para errar o menos possível e proporcionar uma alegria inesquecível as pessoas.

Se mudar o quadro todos que nos seguem ou escutam através das dezenas de rádios, serão os primeiros a saber, se fui o primeiro ou não a avisar, pouco importa, importa sim ter a menor margem de erro possível neste caso.

Até o momento subir a serra para ver a neve em SC/RS é perda de tempo/dinheiro, se for para curtir o frio e a natureza, terá um belo passeio e experiência.

Climaterra/Ronaldo Coutinho

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Bandeira de Ponta Grossa, PR, para colorir

Bandeira de Ponta Grossa, PR, para colorir.

Prova de História com gabarito - Vestibular 2010 - UFRR

Questão 46 - UFRR 2010 - 
O CRU E O COZIDO: 
OS MITOS SOBRE A ORIGEM DO FOGO. 
O antropólogo Claude Lévi-Strauss propôs certa vez que o conhecimento e uso do fogo constituíssem o divisor de águas entre a natureza e a cultura. Isto é, por meio do fogo, o homem afasta-se da natureza, desenvolve técnicas mais avançadas e, mais importante ainda, distingue-se em relação à natureza e aos animais. Neste sentido, haveria uma oposição básica entre os alimentos crus e os alimentos cozidos, sendo estes últimos tomados também, como índice de identificação entre as comunidades tribais atuais. Sobre o conhecimento do fogo, marque a alternativa correta: 
(A) O domínio do fogo possibilitou ao homem do Paleolítico melhorar a alimentação com mais variedade de carne assada e verduras cozidas. 
(B) A conquista e domínio do fogo provocaram uma revolução na vida dos “homens e mulheres” do Neolítico. 
(C) A conquista e domesticação do fogo significaram um processo de humanização, aquecimento do corpo contra o frio, espantar os animais perigosos e cozinhar os alimentos. 
(D) O domínio do fogo elevou o homem ao estágio de civilização. 
(E) O fogo foi a grande descoberta do homem do paleolítico, mas isto não o tornou diferente dos outros animais deste período e nem mudo a alimentação.

Questão 47 - UFRR 2010 - Sobre a situação da mulher na Antiguidade é correto afirmar: 
(A) A mulher egípcia podia ter como propriedade legar bens e fazer testamento. Também tinha direito de agir sob sua própria responsabilidade ou, se fosse casada com o consentimento de seu esposo. 
(B) Na sociedade cretense, apenas as mulheres presidiam as cerimônias religiosas. 
(C) A mulher ateniense do período clássico tinha direito à cidadania, pois se tratava de uma sociedade essencialmente democrática. 
(D) A mulher na sociedade hebraica tinha grandes privilégios, contudo, ela pertencia ao homem tanto quanto seus bens materiais. 
(E) Essas são as mulheres da antiguidade que viveram além do seu tempo: Maria Madalena, Nefertiti, Cleópatra, Joana D’Arca e Carlota Joaquina.

Questão 48 - UFRR 2010 - 
O DIABO E A PEDAGOGIA DO TERROR. 
“Para melhor ensinar o caminho da virtude, os padres e pregadores instituíram junto aos fiéis sobre os perigos que rondavam o mundo, associando-o com o diabo. A figura do diabo, aliás, tornou-se bastante importante como instrumento pedagógico. Era o ensinamento pelo medo. Os pregadores incentivavam as pessoas a pensar que estivessem continuamente entre uma guerra inacabável entre as forças do bem e do mal e, para melhor ensinar a lição, reforçavam as cores na figura do criador das tentações, no príncipe de mil disfarces, naquele que a todo instante poderia fazer a alma cair em tentação”. 
(Carlos Roberto F. Nogueira. O diabo no imaginário cristão. (Série princípios.). São Paulo: Ática, 1986, PP. 53-54. In: MACEDO, José Rivair; OLIVEIRA, Mariley W. Uma história em construção. São Paulo: Ática, 2001.(volume 3, p.155). 

Características básicas da sociedade medieval: 
(A) Apenas os servos eram guiados pelo mundo maravilhoso dos símbolos, das crenças e ritos religiosos. 
(B) Maniqueístas, estava sempre entre dois mundos: o do bem , das virtudes - o de Deus e o do mal, das tentações e disfarces do Diabo. 
(C) A Igreja detinha o poder: suas orientações estavam presentes em todos os atos da vida medieval, instituindo rituais, liturgias, bênçãos e exorcismo, mas sempre respeitou os excluídos da Idade Média. 
(D) Permitia ascensão social, todos(as) tinham direito de conquistar uma posição social melhor. 
(E) Maniqueísta, hierárquica e materialista.

Questão 49 - UFRR 2010 - Para promover o povoamento e desenvolvimento do Brasil, o rei português D. João instituiu, em 1534, as Capitanias Hereditárias. É INCORRETO afirmar que: 
(A) Todos os donatários eram da pequena nobreza, burocratas ou comerciantes ligados à Coroa. 
(B) As terras foram divididas em linhas paralelas à Linha do Equador. 
(C) Todas as capitanias responderam aos anseios de sua criação. 
(D) A Carta de Doação era o documento que dava a posse das terras. 
(E) Os donatários tinham o direito de administrar, exercer a justiça e doar sesmarias.

Questão 50 - UFRR 2010 - Sobre a atuação de D. João VI no Brasil colônia é INCORRETO afirmar que: 
(A) Participou das expedições que demarcaram todas as novas fronteiras do norte e oeste do Brasil 
(B) Promoveu a vinda de artistas e da Real Biblioteca. 
(C) Liberou as atividades manufatureiras da colônia 
(D) Abriu os portos ao comércio exterior 
(E) Incentivou as expedições científicas

Questão 51 - UFRR 2010 - Durante o reinado de D. Pedro II ocorreram diversas mudanças no país. Sobre estas mudanças é correto afirmar que: 
(A) As lavouras de cana de açúcar vão continuar sendo o pilar de sustentação da economia nacional. 
(B) Promoveu a substituição da mão-de-obra escrava pelo imigrante europeu. 
(C) Proíbe a exploração do transporte ferroviário pelo capital estrangeiro. 
(D) Incentiva a migração japonesa para a Amazônia. 
(E) Faz um plebiscito para a escolha do Primeiro Ministro.

Questão 52 - UFRR 2010 - Sobre o MERCOSUL é correto afirmar que: 
(A) O Mercosul foi criado durante o Governo Itamar Franco, com a assinatura do Protocolo de Olivos. 
(B) O Mercosul foi criado durante o governo Figueiredo com a assinatura do Tratado de Las Lenhas. 
(C) A Venezuela ingressou no Mercosul durante o governo Lula com a assinatura do Tratado de Assunção. 
(D) O Mercosul foi criado durante o governo Sarney com a assinatura do Tratado de Assunção. 
(E) A Venezuela ingressou no Mercosul com a assinatura do Tratado de Olivos.

Questão 53 - UFRR 2010 - Sobre a Idade Contemporânea, observe as sentenças e marque a alternativa correta. 
I- A primeira Guerra Munial foi ganha pela Tríplice Aliança composta de Estados Unidos, França e Inglaterra e, ao final do conflito, foi criada a Liga das Nações. 
II- Após a Segunda Guerra Mundial foi criada a Organização das Nações Unidas. 
III- A Guerra Fria foi o período da bipolaridade do poder no qual Estados Unidos e Japão disputavam a hegemonia do sistema internacional. 
IV- A queda do muro de Berlim ocorreu em 1991, no mesmo ano em que surgiu a nova Constituição Russa. 
V- A Revolução Russa ocorreu em 1917 e implantou um sistema socialista no país que viria a ser denominado União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. 
(A) São corretos apenas os itens II e V. 
(B) São corretos somente os itens I e II e V. 
(C) Apenas o item IV é verdadeiro. 
(D) São falsos os itens I, II e IV. 
(E) Apenas os itens III e IV são falsos.

Questão 54 - UFRR 2010 - “No dia 22 de agosto de 1972, quando a Censura voltou a proibir a imprensa de tratar da sucessão do presidente Emílio Garrastazú Medici, ela já estava resolvida. Medici seria substituído pelo General Geisel, o Alemão, presidente da Petrobrás, chefe do Gabinete Militar no governo Castello Branco e irmão mais moço do ministro do Exército. A ditadura estava no seu oitavo ano, no terceiro general. Medici cavalgava popularidade, progresso e desempenho. Uma pesquisa do IBOPE realizada em julho de 1971 atribuía-lhe 82% de aprovação. Em 1972 a economia cresceria 11,9%, a maior taxa de todos os tempos. Era o quinto ano consecutivo de crescimento superior a 9%. A renda per capita dos brasileiros aumentara 50%.” 
(GASPARI, Elio. A Ditadura Derrotada. São Paulo: Companhia das Letras, 2003, p. 25) 
Observe o texto acima e marque o item INCORRETO: 
(A) O presidente Medici foi sucedido por Geisel numa fase de prosperidade da economia nacional. 
(B) O regime militar brasileiro iniciou em 1964 com a deposição de João Goulart e perdurou até 1985 com o presidente João Baptista Figueiredo. 
(C) O regime militar brasileiro foi um regime com alternância dos presidentes, todos militares de carreira. 
(D) O regime militar, apesar de restringir as liberdades civis e políticas, garantiu a liberdade de imprensa. 
(E) O primeiro presidente civil, após o regime militar, foi José Sarney, vice de Tancredo Neves, este, faleceu após a eleição.

GABARITO
46 - C
47 - A
48 - B
49 - C
50 - A
51 - B
52 - D
53 - A
54 - D

Prova de Filosofia com gabarito - Vestibular de Verão 2014 - UNISC

Questão 01 - UNISC / Verão 2014 - A Filosofia, dada sua condição de universalidade, pode ser definida de diversas formas. Contudo, há uma definição que se sobrepõe às demais, pois por ser mais ampla e genérica não se atém aos aspectos específicos dessa Ciência. Das alternativas abaixo assinale a que melhor define Filosofia, genericamente. 
a) Uma atitude e uma reflexão a propósito do bem, da justiça, da verdade e da religião. 
b) Uma reflexão do pensamento sobre ele mesmo e sobre os destinos do homem. 
c) Uma atitude a ser tomada pelo sujeito quanto ao bem, a justiça, a verdade e o futuro. 
d)Um pensamento sistemático quanto às grandes teorias que confrontam a ciência e a fé. 
e) Uma visão de mundo, uma sabedoria de vida e um esforço racional para conceber o universo como uma totalidade ordenada e dotada de sentido.

Questão 02 - UNISC / Verão 2014 - Costuma-se dizer que os fins justificam os meios, de modo que, para alcançar um fim legítimo, todos os meios disponíveis são válidos. No caso da ética, porém, essa afirmação não é aceitável. Por quê? 
a) Porque os fins de uma ação dependem dos objetivos do sujeito praticante da ação e não dos meios para atingi-los. 
b) Porque os meios para atingir uma ação dependerão, sempre, dos fins desejados. 
c) Porque nem todos os meios são justificáveis, mas apenas aqueles que estão de acordo com os fins da própria ação. 
d) Porque se pode atingir um fim legítimo utilizando-se de meios não éticos. 
e) Porque a ética não deve se preocupar com os fins ou os meios, e sim com a liberdade do agir.

Questão 03 - UNISC / Verão 2014 - Um dos principais problemas da Filosofia da Idade Moderna foi o problema do conhecimento. Essa questão envolvia vários aspectos: determinar de onde vêm nossos conhecimentos, justificar sua validade, encontrar critérios para reconhecer quando um conhecimento é certo e, finalmente, determinar os limites do conhecimento humano. Considere agora as seguintes afirmativas sobre aquela questão central da Filosofia Moderna. 
I- Para os filósofos racionalistas, as ciências matemáticas e em especial a Geometria não apenas são um exemplo de certeza, mas também são o modelo para qualquer conhecimento que se pretenda verdadeiro. 
II- Para Hume o princípio de causalidade é um fundamento sólido para nosso conhecimento da Natureza. III- Segundo Locke as ideias de número, tempo e duração são inatas. 
IV- Na Filosofia de Descartes a prova da existência de Deus tem a função de garantir que nossas ideias claras e distintas correspondam a realidades existentes fora de nossa mente. 
V- Ao afirmar que o conhecimento humano precisa tanto de intuições quanto de conceitos, Kant superou a oposição entre o empirismo e o racionalismo. Com efeito, ele salientou que o conhecimento humano necessita tanto da razão quanto da sensibilidade. 
Assinale a alternativa correta. 
a) Somente as afirmativas I, IV e V estão corretas. 
b) Todas as afirmativas estão corretas. 
c) Somente a afirmativa IV está incorreta. 
d) Somente as afirmativas I e V estão corretas. 
e) Somente as afirmativas II e III estão corretas.

GABARITO
01 - E
02 - C
02 - A

Prova de Sociologia com gabarito - Vestibular de Verão 2014 - UNISC

Questão 01 - UNISC / Verão 2014 - Leia os trechos abaixo. 
Através do mito da democracia racial aprendemos que o Brasil é um país onde não existe preconceito ou discriminação de raça ou cor e onde as diferenças são absorvidas de forma cordial e harmoniosa. 
(...) 
Vejam as diferenças entre brancos/as, pretos/as e pardos/as em termos de apropriação da renda nacional, segundo os dados da Pesquisa Nacional de Amostra Domiciliar do ano de 2001:
— os 10% mais pobres do país, 59,5% são pardos/as, 7,8% são pretos/as e 32,7% são brancos/as. 
— o 1% mais ricos, 11,0% são pardos/as, 1,8% são pretos/as e 87,2% são brancos/as. 
Se levarmos em conta que a composição racial da população brasileira é de 53,4% de brancos/as, 5,6% de pretos/as e 40,4% de pardos/as, as desigualdades são muito significativas, ou seja, a pobreza é mais democrática que a riqueza. 
(Fonte: Gênero e diversidade na escola: formação de professoras/es em Gênero, Orientação Sexual e Relações Étnico- Raciais. Livro de conteúdo. Versão 2009. Rio de Janeiro: CEPESC; Brasília: SPM, 2009, p. 200 e 231. 
Disponível em: http://www.spm.gov.br/ publicacoes-teste/publicacoes/2009/gde- 2009-livro-de-conteudo.pdf) 

Comparando os dois trechos podemos dizer que os autores estão afirmando que no Brasil 
a) a democracia racial é uma falsa constatação, já que aquilo que é chamado de pobreza tem cor. 
b) a mistura racial é positiva e a miscigenação solucionou o problema das desigualdades entre brancos/as e negros/as. 
c) as relações de proximidade e cordialidade entre brancos/as e negros/as são a causa da existência de atitudes de preconceito e discriminação. 
d) os negros são uma das raças formadoras do país e da nacionalidade brasileira. 
e) a questão da desigualdade socioeconômica não está relacionada à diversidade étnica. 

Questão 02 - UNISC / Verão 2014 - Sobre certos sentimentos até então considerados inatos nos humanos Émile Durkheim, um dos fundadores da sociologia, afirma que esses não são encontrados em todas as sociedades, o que lhe permite concluir que “tais sentimentos resultam pois da organização coletiva, em vez de constituírem a base dela.”
(Fonte: DURKHEIM, Émile. As regras do método sociológico. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007. p.10)
Podemos dizer, com base nisto, que para Durkheim 
a) a organização social é constituída pelos sentimentos inatos. 
b) em certas sociedades as pessoas são naturalmente mais sensíveis do que em outras. 
c) os sentimentos humanos são os mesmos, independentemente da organização da sociedade. 
d) em sociedades mais avançadas, os sentimentos humanos dependem da organização social. 
e) os sentimentos humanos são fruto da organização da sociedade.

Questão 03 - UNISC / Verão 2014 - A questão ambiental se mostra como um dos grandes divisores de fórmulas políticas e atitudes individuais no século em que estamos. São muitas as organizações internacionais conhecidas pelas suas constantes ações em favor de atitudes coletivas e políticas ambientais que reduzam as práticas degradantes do modelo de economia vigente no mundo. Uma das maiores e mais ativas destas organizações sofreu um duro golpe quando, em uma ação de denúncia pela exploração petrolífera no ártico, 28 membros de sua equipe foram presos pelo governo russo e acusados formalmente de pirataria nos meses recentes. Entre eles está uma bióloga brasileira, Ana Paula, a favor de quem muitos se mobilizam pela liberdade. Considerando a importância desse episódio nas ações coletivas em favor da preservação ambiental, assinale abaixo o nome da organização que promoveu as ações acima relatadas e que agora trabalha pela liberdade dos membros de sua equipe. 
a) Sea Shepherd Conservation Society. 
b) Instituto Chico Mendes. 
c) Greenpeace. 
d) Fundação Lutzemberger. 
e) Todas as alternativas estão corretas.

GABARITO
01 - A
02 - E
03 - C

Onda de frio mais forte do ano até agora chega ao Brasil

A partir de sexta-feira, o processo de formação de uma nova onda frontal acarretará no aumento das áreas de instabilidade em boa parte do Sul do país. Entre o sábado (19/05) e o domingo (20/05) a frente fria avançará em direção ao Sudeste, Centro-Oeste e Norte do país. Assim, teremos uma significativa mudança de tempo em boa parte do país neste final de semana, com chuvas desde a sexta-feira no Sul do país, que deverá perdurar até sábado e parte do domingo, além de aumento de nuvens e chuva para parte do Sudeste, Centro-Oeste e sul da Região Norte do Brasil. Em algumas localidades haverá chance para temporais, principalmente em parte do centro-sul do país.


Além das chuvas, por vezes forte, a passagem da frente fria, trará ar frio significativo, o que poderá favorecer condições de neve (chance remota, porém não descartada) em áreas da serra gaúcha catarinense entre o sábado à tarde e a madrugada/manhã de domingo. O ar frio associado a esta frente fria também despencará as temperaturas desde o sul da Região Norte, parte do Centro-Oeste e Sudeste do país, tanto as máximas quanto as mínimas. Entre o Sul, Centro-Oeste e Norte do país a queda da temperatura máxima será mais relevante no sábado e da mínima será no domingo, quando haverá chance de geada ampla entre o interior da Região Sul do país, sul de MS e até pontos do oeste de SP. Já no Sudeste a queda da temperatura máxima será mais significativa no domingo, quando a temperatura mínima deste dia ocorrerá no período da noite e a queda da temperatura mínima será ainda mais acentuada na manhã de segunda-feira, quando haverá chance de geada na Serra da Mantiqueira. Neste dia, deverão ser registrados os menores valores de temperatura do ano, até o momento.


Outro aspecto a ser considerado é a intensificação dos ventos sobre a costa de parte da Região Sul do Brasil, favorecida pela atuação do ciclone extratropical, associado a esta frente fria. Toda frente fria tem associada um ciclone extratropical e dependendo da posição e intensidade deste sistema pode promover ventos intensos. Neste caso, o ciclone estará posicionado próximo da costa do RS, o que deverá causar uma intensificação dos ventos entre o RS, SC e parte do PR, com ventos que poderão atingir os 80Km/h ou mais, em alguns pontos.


Acompanhe o processo de formação e a evolução da onda frontal desde a sexta-feira (18/05) até o domingo (20/05):

Figura 1 - Carta sinótica de superfície prevista para o final de semana.
Fonte: CPTEC - INPE.

“Só tenha os filhos que puder criar”, diz campanha da Prefeitura de Quaraí

Campanha com o slogan 'Só tenha os filhos que puder criar' gera polêmica em Quaraí

Secretária Municipal de Saúde, Fabiana Saldanha, defende que as pessoas opinem e se posicionem sobre o tema. Presidente do Conselho Regional de Medicina do RS diz que apoia a iniciativa e reforça importância de discutir planejamento familiar


Uma campanha lançada pela Prefeitura de Quaraí, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, gera polêmica principalmente devido ao slogan adotado pela Secretaria Municipal da Saúde para abordar o tema planejamento familiar. Um outdoor foi fixado ao lado do hospital da cidade e um banner foi publicado na página da prefeitura no Facebook, com a frase "Só tenha os filhos que puder criar".

Conforme a secretária municipal da Saúde, Fabiana Saldanha, o objetivo da campanha era contribuir para a reflexão sobre o assunto.

"Num primeiro momento, a frase escolhida era mesmo para ser impactante, a intenção é essa, impactar para que não passe batido. Estamos buscando trazer essa discussão, para que ter filho seja um ato pensado, responsável."

A ideia surgiu em uma conversa entre a secretária e o ex-prefeito da cidade, Ricardo Gadret (Solidariedade), que renunciou ao cargo para concorrer às eleições. O vice Mário Raul da Rosa Corrêa assumiu. Segundo Fabiana, em novembro de 2017 já foi possível botar a campanha na rua.

Além do slogan principal, o banner diz: "Não tem condições emocionais, pessoais e econômicas? Pense bem antes de ter filhos! #AEscolhaÉSua". Para o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul (Cremers), Fernando Matos, a campanha é bem-vinda.

"O Cremers vê com muito bons olhos essa campanha, que incentiva o planejamento familiar. Hoje o código de ética médica dá muita ênfase à autonomia do paciente, os médicos são obrigados a respeitar a maneira de pensar do paciente, por isso a campanha não tem nenhum problema, ela faz com que as pessoas pensem a respeito", afirma.

A campanha repercutiu ainda mais após a publicação de uma foto do outdoor no Facebook pela artesã Sinara Fernandez, de 50 anos, natural de Quaraí, que mora no Litoral Norte gaúcho. Em menos de 10 dias, o post superou a marca de 125 mil compartilhamentos, além de mais de 10 mil curtidas e 2 mil comentários.

Ela conta que estava na cidade para cuidar da irmã, que fez cirurgia, viu o outdoor ao lado do hospital e resolveu registrar, com o celular.

"Tirei a foto porque achei ótima essa campanha. É um exemplo a ser seguido por todos."

Mas nem todos os comentários nos posts da campanha são favoráveis. "Se todos tivessem acesso à educação e saúde de qualidade... A vida seria bem menos complicada. Quem é pobre não deve ter filhos?", indaga um dos comentários.

"Acredito que antes de fazer uma campanha dessas é necessário garantir acesso à saúde de qualidade para toda a população, além de investir numa campanha de conscientização a respeito de como se prevenir isso e aulas de educação sexual na escola", diz outra mensagem.

De acordo com a secretária da Saúde de Quaraí, seis meses depois de a campanha ser lançada, o objetivo foi atingido, apesar das polêmicas. Ela salienta que até mesmo outros municípios entraram em contato com a prefeitura para saber como tinha sido a receptividade e como havia sido realizada a campanha.

"Tinha gente que dizia que estávamos querendo controlar quantos filhos poderiam ter, mas nós não queremos isso, só buscamos promover o diálogo. A intenção não é esterilizar ninguém, mas que tenham conhecimento e possam escolher o método contraceptivo que vai usar ou se é o momento certo para ter filhos", diz Fabiana.

Campanha foi lançada pela prefeitura em novembro de 2017, e segue nas as redes sociais neste ano (Foto: Reprodução/Facebook)

A promotora da Infância e Juventude de Porto Alegre, Cinara Vianna Dutra Braga, se diz favorável à campanha lançada em Quaraí. Ela avalia que a partir de uma frase forte é possível chamar a atenção das pessoas para um tema importante, e assim é possível orientá-las e educá-las.

"Eu parabenizo o município de Quaraí. É uma forma de educação, uma abordagem sobre o controle de natalidade, que as pessoas precisam entender que podem gerar tantos filhos quanto queiram, não acho que seja errado, mas devem saber quantas crianças podem prover. É impactante, mas é real", observa.


"Acho errado a política como é na China, que proíbe um determinado número de filhos. A questão é educar e orientar as pessoas, não proibir."

A prefeitura garante que promove diálogos com a população para orientar a respeito do planejamento familiar e, sempre que preciso, encaminha as pacientes a um médico ginecologista para verificar a melhor forma de evitar uma gravidez indesejada.

Ainda conforme o município, as consultas não demoram mais que uma semana para serem realizadas, e a rede municipal de saúde fornece diu, pílulas anticoncepcionais, camisinhas, laqueadura, pílulas do dia seguinte, entre outros métodos contraceptivos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

"Algumas pessoas começaram bastantes agressivas em relação à campanha, e com o passar dos dias foram mudando a sua opinião. Esse tema é impactante, e as pessoas vão assimilando aos poucos. Hoje tem muito mais gente a favor do que no início", defende a secretária da Saúde de Quaraí.

Fonte: G1.

Prova de Geografia com gabarito - Vestibular 2016/2017 - UNESPAR

Questão 31 - UNESPAR  2016/2017 - Com relação aos Elementos de Geologia e a formação das grandes estruturas do relevo terrestre, assinale a alternativa INCORRETA: 
a) O interior da Terra é formado por uma série de camadas de diferentes composição química e propriedades físicas. Esse conhecimento é baseado em observações feitas nas lavas vulcânicas e também por meio da Sismologia, ciência que estuda os terremotos; 
b) A Crosta terrestre é a camada mais externa da Terra e constituída, basicamente, por silício e alumínio. Sob os continente é mais espessa que sob os oceanos; 
c) A crosta terrestre é constituída por várias porções, denominadas de Placas Tectônicas que se movimentam sobre o manto. No limite entre duas ou mais placas é onde ocorrem os principais vulcões e também os terremotos; 
d) As principais cadeias de montanhas da Terra, Cordilheira dos Andes, Himalaia, por exemplo, encontra-se onde as placas têm movimentos convergentes. Além de vulcões, há frequentes e intensos terremotos nessas áreas; 
e) No Brasil não há vulcanismo e terremotos porque as diferentes Placas Tectônicas que estão sob o continente Sul Americano têm movimentos divergentes.

Questão 32 - UNESPAR  2016/2017 - A Dinâmica da Natureza é constituída pelo clima, pela hidrografia e pela vegetação.Com relação à dinâmica da natureza, analise as proposições: 
I. O clima temperado apresenta as quatro estações bem definidas. O verão é quente, com temperatura que podem oscilar até acima de 20°C. O inverno é rigoroso, com temperaturas negativas. O outono e a primavera são as estações intermediárias. Costuma-se dividir em temperado oceânico para as áreas temperadas próximas dos oceanos, e temperado continental para o interior do continente, mais seco e frio. 
II. As Savanas são tipos de vegetação arbustiva e constituída por plantas de porte médio e baixo. Características das áreas intertropicais e de clima tropical típico. 
III. As principais bacias hidrográficas brasileiras são: Bacia Amazônica, Bacia do Araguaia/Tocantins, Bacia Platina, Bacia do São Francisco e Bacia do Atlântico Sul. A mais explorada, considerando o potencial e o número de usinas hidroelétricas, é a do São Francisco e a menos é a do Araguaia/Tocantins. 
IV. A maior floresta do mundo é a latifoliada equatorial, também conhecida como floresta Amazônica. É uma formação heterogênea e densa. Típica de clima quente e super úmido. 
V. A hidrografia brasileira é de riqueza inigualável, tanto pela enorme quantidade dos cursos d´água, quanto pela diversidade apresentada por ela em volume. Outra marca relevante é o fato de haver somente rios perenes, ou seja, que nunca secam. O regime pluvial tropical com chuvas bem distribuídas ao longo dos meses do ano faz com que o regime dos rios não apresentam períodos de cheias e de vazantes. 
A alternativa CORRETA corresponde a: 
a) I, II e III; 
b) II, III e IV; 
c) III, IV e V; 
d) I, II e IV; 
e) I, III e IV

Questão 34 - UNESPAR  2016/2017 - Embora a globalização tenha se intensificado após a Segunda Guerra Mundial, ela é continuidade do processo histórico de mundialização do capitalismo, que vem desde a expansão marítima europeia. Sobre a Globalização é INCORRETO afirmar que: 
I. A Revolução Técnico Científico-Informacional acelerou o processo de globalização. 
II. A globalização atinge todas as pessoas do planeta da mesma forma. 
III. Com a intensificação do processo de globalização, está se reduzindo as particularidades culturais dos diferentes povos da Terra. 
IV. O processo de globalização tem contribuído intensamente para resolver problemas como a precarização do trabalho, a exclusão social e o desemprego em todos os lugares do mundo. 
V. A globalização aumentou a influência do Estado-Nação como poder regulador da vida econômica e social nos diferentes países do mundo. 
A alternativa CORRETA corresponde as proposições: 
a) I, II e IV; 
b) I, III e V; 
c) II, III e IV; 
d) II, IV e V; 
e) III, IV e V

Questão 35 - UNESPAR  2016/2017 - Cada vez mais a indústria é mais indispensável na vida das pessoas. Sobre o processo de industrialização que se intensifica, assinale a alternativa INCORRETA: 
a) A crescente automação, principalmente nos países desenvolvidos e em alguns emergentes, tem reduzido relativamente o número de pessoas empregadas na indústria; 
b) Com o desenvolvimento tecnológico, as indústrias, mesmo as que utilizam muita matéria prima, já não precisam se localizar perto das reservas ou perto do mercado consumidor; 
c) Os tecnopolos constituem os pontos de interconexão da rede mundial de produção de conhecimentos e os principais centros irradiadores da inovação que caracterizam a revolução tecnológica; 
d) Com a presença das empresas multinacionais nos países periféricos, diminuiu-se drasticamente a dependência destes países em relação aos países desenvolvidos, pois já não é mais necessário a importação de produtos industrializados; 
e) Os Tigres Asiáticos constitue-se um grupo de países asiáticos que surgiram como produtores de produtos industrializados para o mercado externo e constituem verdadeiras “plataformas de exportação”, e mesmo com a industrialização tardia, obtiveram um rápido crescimento econômico nas décadas de 1960-1980

Questão 36 - UNESPAR  2016/2017 - Considerando o processo de urbanização, o crescimento urbano e a hierarquia urbana, analise as proposições CORRETAS: 
I. Em muitas cidades, áreas da periferia das grandes cidades, que antes eram procuradas pela população mais pobre, pelo baixo preço do terreno, são atualmente também escolhidas pelo mercado imobiliário para empreendimentos e moradias destinadas aos mais favorecidos, que querem fugir dos problemas dos grandes centros. 
II. A cidade de Curitiba, no Paraná, é considerada uma cidade Global, devido à influência que exerce no mundo todo. 
III. A conurbação é resultado da expansão horizontal das cidades, que vão aos poucos se unindo, formando uma grande área urbanizada. 
IV. No Brasil, o processo de industrialização proporcionou a modernização no campo e o êxodo rural, sendo este fator decisivo para urbanização. Com isso, muitos trabalhadores tiveram que deixar o campo, conseguiram um bom emprego nas grandes cidades, melhorando consideravelmente a renda familiar e a qualidade de vida, garantindo o básico para família, principalmente moradia, alimentação, saúde e escola. 
V. As cidades nos países mais pobres, de maneira geral, cresceram de forma mais rápida e menos planejada que as dos países ricos. A alternativa CORRETA corresponde a: 
a) I, II e V; 
b) I, III e V; 
c) I, III e IV; 
d) II, III e IV; 
e) III, IV e V.

Questão 37 - UNESPAR  2016/2017 - Considere os gráficos da Área e da População das regiões brasileiras, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
Para concluir corretamente a sequência das regiões nos gráficos, os números 1, 2 e 3 devem ser, respectivamente, substituídos por: 
a) Sudeste, Norte e Sul; 
b) Norte, Sul e Sudeste; 
c) Sul, Sudeste e Norte; 
d) Sul, Norte e Sudeste; 
e) Norte, Sudeste e Sul.

Questão 38 - UNESPAR  2016/2017 - A decisão tomada, em junho de 2016, pela população do Reino Unido, em sair da União Europeia ocorreu em meio a um intenso debate sobre xenofobia, terrorismo, racismo e identidade nacional. 

Sobre a xenofobia, terrorismo e racismo, assinale a alternativa INCORRETA:

a) A xenofobia é aversão ao imigrante por parte da população do país que o acolheu. Nas últimas décadas, os europeus passaram a se sentir ameaçados em relação ao seus empregos, educação, saúde e também nas percepções de segurança e de identidade cultural; 
b) Não existe uma única definição nem uma única forma de terrorismo. No entanto, atualmente, o terrorismo é entendido como uma forma de ameaça sistemática às sociedades por meio de atos de violência. Com o declínio do grupo terrorista Al Qaeda emerge entre as correntes muçulmanas radicais o grupo terrorista denominado Estado Islâmico. Estes últimos rejeitam os valores e o estilo de vida ocidental como, a democracia e as liberdades individuais, além da opção de orientação sexual; 
c) Em 2016 os Europeus sofreram um grande atentado terrorista em que o autor se declarava adepto do separatismo. O atirador invadiu uma boate gay lotada no Reino Unido e matou mais de 50 pessoas, utilizando armas automáticas de grande poder de fogo. Antes de disparar, advertiu a polícia que o fazia em nome do IRA (Exército Republicano Irlandês); 
d) O racismo difere da xenofobia pois não trata da nacionalidade do imigrante como fator de oposição ou distinção. No racismo são ressaltados os aspectos físicos do indivíduo, tais como a cor da pele, o tipo do cabelo, entre outros; 
e) Durante o período da Guerra Fria, o terrorismo adquiriu dimensão internacional. Grupos terroristas de diversos matizes ideológicos foram formados em vários continentes. Na maioria dos casos, esses grupos eram apoiados ou pelos Estados Unidos ou pela URSS.

GABARITO
31 - E
32 - D
33 - anulada
34 - D
35 - D
36 - B
37 - E
38 - C
39 - E
40 - A