quarta-feira, 16 de maio de 2018

Prova de Sociologia com gabarito - Vestibular de Verão 2014 - UNISC

Questão 01 - UNISC / Verão 2014 - Leia os trechos abaixo. 
Através do mito da democracia racial aprendemos que o Brasil é um país onde não existe preconceito ou discriminação de raça ou cor e onde as diferenças são absorvidas de forma cordial e harmoniosa. 
(...) 
Vejam as diferenças entre brancos/as, pretos/as e pardos/as em termos de apropriação da renda nacional, segundo os dados da Pesquisa Nacional de Amostra Domiciliar do ano de 2001:
— os 10% mais pobres do país, 59,5% são pardos/as, 7,8% são pretos/as e 32,7% são brancos/as. 
— o 1% mais ricos, 11,0% são pardos/as, 1,8% são pretos/as e 87,2% são brancos/as. 
Se levarmos em conta que a composição racial da população brasileira é de 53,4% de brancos/as, 5,6% de pretos/as e 40,4% de pardos/as, as desigualdades são muito significativas, ou seja, a pobreza é mais democrática que a riqueza. 
(Fonte: Gênero e diversidade na escola: formação de professoras/es em Gênero, Orientação Sexual e Relações Étnico- Raciais. Livro de conteúdo. Versão 2009. Rio de Janeiro: CEPESC; Brasília: SPM, 2009, p. 200 e 231. 
Disponível em: http://www.spm.gov.br/ publicacoes-teste/publicacoes/2009/gde- 2009-livro-de-conteudo.pdf) 

Comparando os dois trechos podemos dizer que os autores estão afirmando que no Brasil 
a) a democracia racial é uma falsa constatação, já que aquilo que é chamado de pobreza tem cor. 
b) a mistura racial é positiva e a miscigenação solucionou o problema das desigualdades entre brancos/as e negros/as. 
c) as relações de proximidade e cordialidade entre brancos/as e negros/as são a causa da existência de atitudes de preconceito e discriminação. 
d) os negros são uma das raças formadoras do país e da nacionalidade brasileira. 
e) a questão da desigualdade socioeconômica não está relacionada à diversidade étnica. 

Questão 02 - UNISC / Verão 2014 - Sobre certos sentimentos até então considerados inatos nos humanos Émile Durkheim, um dos fundadores da sociologia, afirma que esses não são encontrados em todas as sociedades, o que lhe permite concluir que “tais sentimentos resultam pois da organização coletiva, em vez de constituírem a base dela.”
(Fonte: DURKHEIM, Émile. As regras do método sociológico. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007. p.10)
Podemos dizer, com base nisto, que para Durkheim 
a) a organização social é constituída pelos sentimentos inatos. 
b) em certas sociedades as pessoas são naturalmente mais sensíveis do que em outras. 
c) os sentimentos humanos são os mesmos, independentemente da organização da sociedade. 
d) em sociedades mais avançadas, os sentimentos humanos dependem da organização social. 
e) os sentimentos humanos são fruto da organização da sociedade.

Questão 03 - UNISC / Verão 2014 - A questão ambiental se mostra como um dos grandes divisores de fórmulas políticas e atitudes individuais no século em que estamos. São muitas as organizações internacionais conhecidas pelas suas constantes ações em favor de atitudes coletivas e políticas ambientais que reduzam as práticas degradantes do modelo de economia vigente no mundo. Uma das maiores e mais ativas destas organizações sofreu um duro golpe quando, em uma ação de denúncia pela exploração petrolífera no ártico, 28 membros de sua equipe foram presos pelo governo russo e acusados formalmente de pirataria nos meses recentes. Entre eles está uma bióloga brasileira, Ana Paula, a favor de quem muitos se mobilizam pela liberdade. Considerando a importância desse episódio nas ações coletivas em favor da preservação ambiental, assinale abaixo o nome da organização que promoveu as ações acima relatadas e que agora trabalha pela liberdade dos membros de sua equipe. 
a) Sea Shepherd Conservation Society. 
b) Instituto Chico Mendes. 
c) Greenpeace. 
d) Fundação Lutzemberger. 
e) Todas as alternativas estão corretas.

GABARITO
01 - A
02 - E
03 - C

Nenhum comentário: