quarta-feira, 16 de maio de 2018

Prova de Sociologia com gabarito - Vestibular 2016/2017 - UNESPAR

Questão 51 - UNESPAR  2016/2017 - A sociologia surge como ciência a partir das grandes mudanças ocorridas na sociedade, principalmente na Europa, com acontecimentos que levaram a alterações nas estruturas culturais, econômicas e políticas. Três exemplos destes acontecimentos são: 
a) O Renascimento Cultural, a Revolução Industrial e a Revolução Cultural; 
b) O movimento iluminista, a Revolução Francesa e a Guerra dos Cem Anos; 
c) O movimento iluminista, a Revolução Industrial e a Revolução Francesa; 
d) O Renascimento Cultural, A Revolução Burguesa e a Revolução Industrial; 
e) O movimento iluminista, a Expansão Mercantil e a Revolução Industrial.

Questão 52 - UNESPAR  2016/2017 - No século XIX ocorreram intensas transformações sociais decorrentes, entre outros fatores, do rompimento com as tradições culturais, religiosas, econômicas e políticas, com mudanças nas relações de trabalho e na produção de bens de consumo. Estas mudanças foram objeto de estudo para os pensadores e intelectuais da época, e três deles, Emile Durkheim, Karl Marx e Max Weber, se destacam por dedicar seus estudos aos fenômenos sociais, firmando a sociologia como ciência que se dedica às pesquisas no âmbito das relações sociais. Pode-se afirmar que as características das pesquisas destes pensadores são as seguintes: 
I. Durkheim se caracteriza pela definição dos fatos sociais como forma básica às pesquisas sociais. 
II. Karl Marx estudou as relações de produção dos meios para subsistência humana e sua influência na organização social. 
III. Weber discute a influência do capitalismo na racionalização das relações sociais. 
a) Somente alternativa II está correta; 
b) Somente alternativas I e II estão corretas; 
c) Somente alternativas I e III estão corretas; 
d) Somente alternativas II e III estão corretas; 
e) Todas estão corretas.

Questão 53 - UNESPAR  2016/2017 - Ao introduzir a discussão sobre desigualdades, classes e estratificação social, Mendras (2004, p. 292) aponta que com o advento do capitalismo e dos modernos estados democráticos se estabelece uma discussão sobre a questão da igualdade na sociedade ocidental, uma vez que perante a lei todos nascem iguais e possuem os mesmos direitos, mas esta igualdade não acontece de fato, uma vez que existem “[...] grupos desiguais, posto que o filho do operário, desde o seu nascimento, tem já um destino bem diferente do destino de um filho de burguês.” 
Frente a esta afirmação, avalie as asserções a seguir: 
I. A igualdade representa um direito previsto na “Declaração dos Direitos Humanos”, documento que embasa a organização política dos estados democráticos. Mas é um direito que não se efetiva. 

PORQUE

II. A desigualdade econômica e social dos cidadãos faz parte da dinâmica das sociedades capitalistas, gerando uma contradição entre o direito de igualdade e sua efetivação. 
a) As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa da I; 
b) As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa da I; 
c) A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa; 
d) A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira; 
e) As asserções I e II são proposições falsas.

Questão 54 - UNESPAR  2016/2017 - Fonte: MENDRAS, H. O que é sociologia? Barueri: Manole, 2004. 
Em 1972, no livro “O choque do futuro”, Toffler afirmou que “Pode chegar o dia também em que certo tribunal judiciário decida que o casal de homossexuais estáveis, bem-educados, pode tornar-se ‘pais’ decentemente” (1972, p.204). Em 2011, o Supremo Tribunal Federal (STF) do Brasil reconheceu a união civil de casais homoafetivos e abriu a possibilidade de adoção de crianças no âmbito legal. Para além da determinação legal e em relação ao debate acerca deste tema na sociedade brasileira, é CORRETO afirmar que: 
I. A população encontra-se dividida quanto a este tema, que permanece envolto em inúmeras controvérsias e acusações de preconceito e intolerância. 
II. Apesar de vozes dissonantes, a mudança na legislação encontrou algum apoio na população. 
III. A decisão do STF encerrou os debates junto à população acerca da adoção de crianças por casais homoafetivos. 
a) Somente alternativa II está correta; 
b) Somente alternativas I e II estão corretas; 
c) Somente alternativas I e III estão corretas; 
d) Somente alternativas II e III estão corretas; 
e) Todas estão corretas.

Questão 55 - UNESPAR  2016/2017 - A família é uma instituição social que representa o fundamento básico na organização das sociedades, e apresenta diferentes estruturas no espaço e no tempo, com diferentes composições e funções. No Brasil, de tradição patriarcal, as famílias passaram por mudanças decorrentes das transformações econômicas e sociais, e em 2010, o IBGE divulgou as seguintes informações: Fonte: TOFFLER, A. O choque do futuro. São Paulo: Arte Nova, 1972.
Em relação ao gráfico acima, é CORRETO afirmar que: 
I. A quantidade de homens e mulheres sem cônjuges e com filhos apresentou aumento em 2010 em relação a 2000. 
II. A diminuição da quantidade de casais com filhos é diretamente proporcional ao aumento da quantidade de casais sem filhos. 
III. A família composta por casal com filhos representava menos da metade dos arranjos familiares em 2010. 
a) Somente alternativa II está correta; 
b) Somente alternativas I e II estão corretas; 
c) Somente alternativas I e III estão corretas; 
d) Somente alternativas II e III estão corretas; 
e) Todas estão corretas.

Questão 56 - UNESPAR  2016/2017 - “Afirmar que o racismo no Brasil é sutil, significa fechar os olhos para a crueldade a que foi historicamente submetida a população negra. Verificam-se, então, dois mecanismos que se conjugam, traduzindo algumas facetas do racismo brasileiro. Por um lado, temos a ‘quase invisibilidade’ da questão racial. Embora os inúmeros dados demonstrativos da situação injusta e crítica vivenciada pelos negros no Brasil estivessem em desníveis há décadas, somente nos últimos anos eles foram trazidos a público, no bojo dos debates sobre a implementação de políticas afirmativas, em decorrência das iniciativas do movimento negro. Por outro lado, coloca-se a crença no mito da democracia racial e na ideia de que o Brasil teria superado a escravidão e o racismo por meio do processo de miscigenação que, por sua vez, nos teria livrado de problemas existentes apenas em outras paragens, tais como Estados Unidos ou a África do Sul”. 
(PACHECO; SILVA, 2007). Fonte: PACHECO, J. Q.; SILVA, M. N. Introdução in ______;______(orgs). O negro na universidade : o direito à inclusão. Brasília : Fundação Cultural Palmares, 2007, p. 1 – 6 

Tomando por base o texto de Pacheco e Silva, é correto afirmar que: 
a) O racismo no Brasil é sutil e imperceptível; 
b) A miscigenação eliminou o racismo nas relações sociais; 
c) Estados Unidos e África do Sul são exemplos de tolerância racial e eliminação de preconceitos; 
d) Os dados estatísticos desmentem a ideia de que no Brasil não existe racismo; 
e) Políticas de Ações Afirmativas são desnecessárias no contexto brasileiro.

Questão 57 - UNESPAR  2016/2017 - A condição de laicidade no Brasil está contida na Constituição Federal de 1988 que determina “Art. 19. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: I – estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público”. 
Em relação à condição de Estado Laico do Brasil previsto no artigo 19 da Constituição Federal, é CORRETO afirmar que: 
a) É permitida a realização de cerimônias religiosas em atos públicos oficiais; 
b) O Estado Brasileiro garante a liberdade de crença e fé a todas as religiões; 
c) Os Estados e Municípios podem determinar rituais religiosos, como orações e preces de determinadas religiões em instituições públicas; 
d) O Governo Federal proíbe a crença e a fé em instituições privadas; 
e) É legal a criação de leis que privilegiam as crenças e rituais de uma ou outra instituição religiosa.

Questão 58 - UNESPAR  2016/2017 - Ao escrever sobre a Democracia Brasileira, Pedro Demo elabora um panorama diferente do que pressupõe a existência de um estado democrático, ao afirmar que: 
“O Legislativo, longe de defender ideias, propostas, equidade, defende verbas, fatias de poder, privilégios exclusivos. É o lugar da negociata, porque é nele que se geram e fecham os acordos, quem entra e quem sai, o lado de cá e o de lá. Orientação ideológica partidária, no bom sentido, é o que menos conta. Até hoje os partidos são apenas rótulos, com exceção de alguns de esquerda. Mudam-se como se troca de camisa. Nossos políticos mais eternos ficariam bem em qualquer partido, porque no fundo não tem nenhum. Governam ou desgovernam do mesmo jeito, seja lá qual partido for”. (DEMO, 2012, p. 333). 
Fonte: DEMO, P. Introdução à sociologia: Complexidade, interdisciplinaridade e desigualdade social. São Paulo: Atlas, 2012 
Tomando por base o cenário apresentado por Demo, é CORRETO afirmar que:
a) O que define a forma de agir dos políticos brasileiros é o interesse pessoal e a manutenção de privilégios e vantagens para eles mesmos e seus parceiros; 
b) O padrão de comportamento dos políticos brasileiros é pautado pela ética e responsabilidade com a totalidade da população; 
c) O conjunto de ideias e valores que representam a fundação de um partido são amplamente respeitados pela maioria dos políticos; 
d) O bem-estar social e definição de políticas que atendam o conjunto da população representam o objetivo principal de sua atuação; 
e) Os interesses privados de poderosos grupos econômicos não influenciam na proposição de leis e programas de governo.

Questão 59 - UNESPAR  2016/2017 - Segundo as Diretrizes Orientadoras para o Ensino de Sociologia do Estado do Paraná, “Marx e Engels (1984) referem-se à ideologia como uma inversão da realidade que apresenta e vincula às classes dominadas, a visão de mundo das classes dominantes. Ela não é falsa consciência nem pura ilusão da realidade, mas produz efeitos de realidade, como um colchão que amortece o choque de impactos. O poder e a ideologia, como faces de um fenômeno social, são exercidos por organizações formais, como o Estado, e também por diversas instituições da sociedade civil” (PARANÁ, 2016, p. 87). 
Fonte: PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação do Paraná. Diretrizes curriculares da educação básica: Sociologia. Disponível em http:// www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/diretrizes/ dce_socio.pdf. Acesso em 20/08/2016. 

Partindo desta definição, é CORRETO afirmar que: 
a) A definição dos conteúdos que incorporam a ideologia de uma sociedade são frutos da participação de todas classes sociais de forma igualitária; 
b) A ideologia tem por objetivo proporcionar qualidade de vida e bem-estar social a toda a população; 
c) A ideologia não interfere ou influencia na organização da sociedade, existindo como forma de consciência social apenas como opção individual; 
d) O Estado e instituições como educação, mídia televisiva e impressa, reproduzem a ideologia dominante como forma de manutenção do poder; 
e) A ideologia produz um sentimento de insatisfação que leva a conflitos sociais e transformação da sociedade.

Questão 60 - UNESPAR  2016/2017 - “O não atendimento das necessidades humanas básicas e a ausência de garantias para o exercício dos direitos fundamentais das pessoas fazem com que existam, por exemplo, os sem-terra, o movimento negro, o movimento das mulheres, os movimentos contra a discriminação dos gays e lésbicas, os sindicatos, os grêmios estudantis, o movimento ecológico, o movimento pelos direitos humanos, os partidos de esquerda e algumas Organizações Não Governamentais (ONGs)”. (OLIVEIRA, COSTA, 2013, P. 241). 
Fonte: OLIVEIRA, L. F. COSTA, R. C. R. Sociologia para jovens do século XXI. 3. ed. Rio de Janeiro: Imperial Novo Milênio, 2013. 
É CORRETO afirmar que este parágrafo do texto de Oliveira e Costa tem por objetivo: 
a) Apontar os movimentos sociais como motor das transformações sociais; 
b) Indicar os mais importantes movimentos sociais do Brasil; 
c) Defender os movimentos sociais que representam as minorias; 
d) Apresentar uma justificativa ao surgimento dos movimentos sociais; 
e) Promover a participação de jovens nos movimentos sociais.

GABARITO
51 - C
52 - E
53 - A
54 - B
55 - C
56 - D
57 - B
58 - A
59 - D
60 - D

Nenhum comentário: