domingo, 13 de janeiro de 2019

Exercícios sobre a Conjuração Baiana - com gabarito

Questão 01 - PUCRS 2002.1 - A crise do sistema colonial foi influenciada pelas idéias da Independência dos Estados Unidos e da Revolução Francesa. Nesse contexto, houve rebeliões planejadas pelas elites proprietárias de terras e pelas camadas populares no Brasil do final do século XVIII. A historiografia tradicional e a memória oficial dão ênfase à Inconfidência Mineira, movimento abortado, de caráter elitista, que não questionava a desigualdade social no Brasil Colônia. Já a história social, corrente historiográfica que enfatiza os movimentos sociais e discute os conflitos entre os diferentes projetos dos grupos sociais na formação da sociedade brasileira, dá maior ênfase à ________, um movimento que, em 1798, foi planejado por intelectuais, padres, soldados, alfaiates, mulatos e negros que pregavam o fim da escravidão, da carestia e dos privilégios do sistema colonial, tendo entre seus líderes Agostinho Gomes e Cipriano Barata.
A) Guerra dos Mascates
B) Rebelião de Felipe dos Santos
C) Revolta dos Cabanos
D) Conjuração Baiana 
E) Revolta de Beckman

Questão 02 - Mackenzie 2005/2 -  A Conjuração Baiana foi um movimento de extrema importância no conjunto de levantes emancipacionistas, porque
a) teve caráter popular, visava à igualdade social e ao fim das distinções de raça e cor, inspirando-se nos ideais da Revolução Francesa. 
b) era liderada pela elite, sem vínculos populares, e não tinha projetos para erradicar a escravidão.
c) a precária situação social e as condições de vida das camadas populares não foram elementos para a eclosão dessa revolta.
d) mantinha identificação filosófica com a Independência dos EUA e não tinha ligações com a Maçonaria.
e) a justiça colonial agiu de forma extremamente tolerante com os que nela se envolveram, em virtude da origem modesta dos acusados.

Questão 03 - Instituto Machado de Assis 2016 - Prefeitura Municipal de Anísio de Abreu-PI - 
Os acontecimentos da Revolução Francesa, portadores dos ideais de liberdade, igualdade e fraternidade logo repercutiram na América, alimentando anseios de emancipação. Assim em 1798 eclodiu na Bahia, uma das revoltas brasileiras no Brasil colonial, claramente inspirados nesses ideais, chamado de:
B) Revolução Praieira
C) Guerra dos Mascates
D) Conjuração Baiana

Questão 04 - UFRN 2003  - Entre os movimentos que eclodiram no Brasil no final do período colonial, destaca-se a Conjuração Baiana, ocorrida em 1798. Nessa ocasião, em Salvador, foram divulgados panfletos manuscritos. Em um deles, constavam os seguintes dizeres: Animai-vos Povo Bahiense que está para chegar o tempo feliz da nossa liberdade… […] Homens, o tempo é chegado para vossa ressurreição; sim, para ressuscitardes do abismo da escravidão, para levantardes a sagrada Bandeira da Liberdade.[…] E fazer uma guerra civil entre nós, para que não se distinga a cor branca, parda e preta, e sermos todos felizes sem exceção de pessoa, de sorte que não estaremos sujeitos a sofrer num homem tolo, que nos governe, que só governarão aqueles que tiverem juízo e capacidade para mandar a homens. […] … numa revolução, a fim de tornar esta Capitania num Governo democrático, nele seremos felizes; porque só governarão as pessoas que tiverem capacidade para isso, ou sejam brancos ou pardos, ou pretos, sem distinção de cor… 
TAVARES, Luís Henrique Dias. Introdução ao estudo das idéias do movimento revolucionário de 1798. Salvador: Liv. Progresso, 1959. pp. 7-13. 
No fragmento anterior, estão expressos os anseios dos(as): 
a) categorias marginalizadas (artesãos, mulatos, sol-dados, brancos, pobres e negros) que desejavam uma sociedade com direitos iguais para todos os segmentos sociais da Bahia. 
b) membros da elite branca da Bahia, que pretendiam a liberdade de comércio, o fim das imposições da metrópole e a autonomia política da província. 
c) grandes proprietários das decadentes lavouras canavieiras do Recôncavo Baiano, que temiam uma revolução feita pelos escravos negros e mulatos livres. 
d) camadas médias de Salvador, constituídas de homens livres, brancos e mulatos, temerosos de um levante dos escravos ou, como diziam, daquela “canalha africana”.

Questão 05 - UEL - "Rebelião que expressou as contradições do Antigo Sistema Colonial. Teve influência maçônica iluminista, revelou objetivos emancipacionista e republicano. O movimento se diferenciou dos demais pelo caráter social, a igualdade racial declarada nos boletins, e pela participação de elementos provenientes das camadas populares da população (soldados, artesãos, ourives, alfaiates, domésticas, negros escravos e forros)". 
O texto refere-se à
a) Balaiada.
b) Conjuração Baiana. 
c) Revolta Farroupilha.
d) Confederação do Equador.
e) Guerra dos Mascates.

Questão 06 - FCC-SP - A Conjuração Baiana (1798) caracterizou-se por ser um movimento que: 
a) teve participação popular, com vista à concretização de reivindicações sociais. 
b) atraiu a burguesia conservadora, que não desejava a continuação do pacto colonial. 
c) envolveu, predominantemente, grupos militares influenciados pela Revolução Norte-Americana. 
d) visava a impedir a crescente influência da maçonaria na política de Portugal em relação ao Brasil. e) criou condições favoráveis à concretização da “inversão brasileira” (1808-21).

Questão 07 - PUC - A crise do sistema colonial foi influenciada pelas idéias da Independência dos Estados Unidos e da Revolução Francesa. Nesse contexto, houve rebeliões planejadas pelas elites proprietárias de terras e pelas camadas populares no Brasil do final do século XVIII. A historiografia tradicional e a memória oficial dão ênfase à Inconfidência Mineira, movimento abortado, de caráter elitista, que não questionava a desigualdade social no Brasil Colônia. Já a história social, corrente historiográfica que enfatiza os movimentos sociais e discute os conflitos entre os diferentes projetos dos grupos sociais na formação da sociedade brasileira, dá maior ênfase à _______, um movimento que, em 1798, foi planejado por intelectuais, padres, soldados, alfaiates, mulatos e negros que pregavam o fim da escravidão, da carestia e dos privilégios do sistema colonial, tendo entre seus líderes Agostinho Gomes e Cipriano Barata.
a) Guerra dos Mascates
b) Rebelião de Felipe dos Santos
c) Revolta dos Cabanos
d) Conjuração Baiana 
e) Revolta de Beckman

Questão 08 - PUC-PR - A Conjuração Baiana (1798) diferenciou-se da Conjuração Mineira (1789), entre outros aspectos, porque aquela: 
a) envolveu a alta burguesia da sociedade do Nordeste. 
b) pretendia a revogação da política fiscal do Marquês de Pombal. 
c) aglutinou a oficialidade brasileira insatisfeita com seu soldo. 
d) teve um caráter popular, com preocupações sobretudo sociais. 
e) ficou também conhecida como "revolta dos marinheiros".

Questão 09 - Não eram os norte-americanos que serviam de exemplo a João de Deus e aos seus companheiros. Eram os sans-culottes. A 12 de agosto de 1798, apareceram, por toda a cidade, manifestos manuscritos. Dirigidos ao povo republicano em nome do supremo tribunal da democracia , apelavam ao extermínio do detestável jugo metropolitano de Portugal." (Kenneth Maxwell)
O texto refere-se a um movimento emancipacionista do século XVI conhecido como:
a) Inconfidência Mineira.
b) Revolta dos Mascates.
c) Guerra dos Emboabas.
d) Conjuração Baiana. 
e) Revolução Pernambucana.

Questão 10 - UFTPR - Os principais movimentos que refletiram a crise do sistema colonial brasileiro tiveram vários pontos em comum, mas apenas um deles discutiu a abolição da escravatura e contava com a participação das camadas mais pobres.
Esse enunciado se refere à:
a) Inconfidência Mineira.
b) Sabinada.
c) Confederação do Equador.
d) Conjuração Baiana.
e) Cabanagem.

Questão 11 - INEP - 2010 - ENEM - PPL - O alfaiate pardo João de Deus, que, na altura em que foi preso, não tinha mais do que 80 réis e oito filhos, declarava que “Todos os brasileiros se fizessem franceses, para viverem em igualdade e abundância". MAXWELL, K. Condicionalismos da independência do Brasil.
SILVA, M. N. (Org.) O império luso-brasileiro, 1750-1822. Lisboa: Estampa, 1986. 
O texto faz referência à Conjuração Baiana. No contexto da crise do sistema colonial, esse movimento se diferenciou dos demais movimentos libertários ocorridos no Brasil por 
a) defender a igualdade econômica, extinguindo a propriedade, conforme proposto nos movimentos liberais da França napoleônica.
b) introduzir no Brasil o pensamento e o ideário liberal que moveram os revolucionários ingleses na luta contra o absolutismo monárquico.
c) propor a instalação de um regime nos moldes da república dos Estados Unidos, sem alterar a ordem socioeconômica escravista e latifundiária.
d) apresentar um caráter elitista burguês, uma vez que sofrera influência direta da Revolução Francesa, propondo o sistema censitário de votação.
e) defender um governo democrático que garantisse a participação política das camadas populares, influenciado pelo ideário da Revolução Francesa.

GABARITO
01 - D
02 - A
03 - D
04 - A
05 - B
06 - A
07 - D
08 - D
09 - D
10 - D
11  - E

Nenhum comentário: