terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Exercícios sobre a Guerra Civil Espanhola - com gabarito

Questão 01 - FUVEST 2008 - Transferência – A Guerra Civil Espanhola (1936-1939) é considerada, por muitos, como a antecâmara da Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Tal avaliação se baseia no fato de o conflito espanhol ter 
a) resultado na vitória do fascismo que contou com o apoio da opinião pública nas democracias européias e norte-americanas. 
b) estado na origem dos acontecimentos que levaram à eclosão do conflito global, como a partilha da Polônia entre nazistas e comunistas. 
c) polarizado, em campos opostos nas alianças internacionais, rivais como os Estados Unidos e a Alemanha nazista. 
d) desenvolvido tanto a prática dos campos de concentração quanto a do extermínio sistemático de minorias, como os ciganos. 
e) contido uma carga ideológica que polarizou partidos liberais e de esquerda contra forças políticas conservadoras e fascistas.

Questão 02 - UNIFOR - 2006.2 - Em abril de 1937, a Alemanha testou a eficiência de seus aviões de guerra bombardeando a aldeia espanhola de Guernica. O horror do massacre levou Pablo Picasso registrar o fato em um painel que hoje se encontra em Madri, depois de ter ficado muitos anos no Museu de Arte Moderna de Nova Iorque.
Guernica, 1937. A mais famosa obra de Picasso conta o horror da guerra.
Quando ocorreu a intervenção nazista, na Espanha, estava acontecendo
(A) uma Guerra Civil, envolvendo as tropas do general Franco e o governo da Frente Popular que governava a República espanhola.
(B) a Revolução dos Cravos, liderada por jovens militares em defesa da democratização do país.
(C) uma rebelião operária e popular, dirigida pela Liga espartaquista que tentava chegar ao poder.
(D) a guerra hispano-americana em que a Espanha perdeu seus territórios americanos.
(E) a assinatura do Tratado de Maastricht, que criou a União Européia, impedindo a participação da Alemanha.

Questão 03 - UFU 1999-1 - História - Em julho de 1936, o general Francisco Franco, sob o pretexto de um avanço comunista, liderou uma revolta militar para derrubar a República, dando início à guerra civil espanhola. Do seu lado estavam a maioria da Igreja Católica e setores da classe média e do Exército. A respeito dessa guerra é correto afirmar que
I- os russos se mantiveram neutros enquanto Alemanha e Itália lutaram contra Franco ao lado dos republicanos, sendo derrotados pelas Brigadas Internacionais de comunistas e anarquistas.
II- a mais sensível imagem dos horrores da guerra civil espanhola pode ser vista na obra do artista plástico Pablo Picasso, que retratou, em Guernica, toda sua indignação perante o bombardeio alemão à cidade espanhola.
III- com a ajuda militar da Itália e da Alemanha e o apoio da Igreja Católica, o general Franco conseguiu, em 1939, derrubar a resistência republicana, abrindo caminho para a expansão dos regimes totalitários na Europa e instalando na Espanha, uma ditadura que duraria até 1975.
IV- entre os fatores de insatisfação dos setores conservadores, aglutinados no grupo da Falange e liderados por Franco, estava a vitória da coligação da Frente Popular e dos movimentos de esquerda nas eleições de 1936.
Assinale
A) se apenas I e III são corretas.
B) se apenas I, II e III são corretas.
C) se apenas II é correta.
D) se todas são corretas.
E) se apenas II, III e IV são corretas.

Questão 04 - UERJ 2016.1 -

Retirada da última estátua equestre do General Francisco Franco, na cidade de Santander, na Espanha, em 18 de dezembro de 2008. http://g1.globo.com

Em 2007, na Espanha, aprovou-se uma lei que possibilitou indenizar vítimas da Guerra Civil (1936-1939) e do governo de Francisco Franco (1939-1975). A ação retratada na fotografia também é decorrente dessa lei. No contexto das denúncias e apurações acerca dos crimes cometidos pelo governo franquista, a retirada da estátua equestre está associada à seguinte proposta:
(A) rejeição da história política
(B) reforço da identidade nacional
(C) redistribuição do patrimônio cultural
(D) redimensionamento da memória social

Questão 05 - UFT 2018.1 - Transferência - Em julho de 1936, depois de um breve governo popular de Manoel Azaña, que implantou a reforma agrária e aumentou os salários, iniciou-se uma rebelião militar a partir do Marrocos. O país então se envolveu numa guerra civil que durou até 1939 causando um milhão de mortes. Os combates ganharam significado histórico de uma luta entre o fascismo e a democracia. O lado vencedor ficou no poder até 1975. Esses dados históricos estão relacionados à/ao:
(A) Ditadura austríaca, instaurada por Engelbert Dollfuss, na década de 1930.
(B) Guerra Civil Espanhola, que levou o general Franco ao poder.
(C) Ditatura de Salazar, em Portugal.
(D) Fascismo italiano de Benito Mussolini.
(E) Socialismo russo de Joseph Stálin.

Questão 06 - FGV-SP 2016 - Economia - 1ª fase - “Ao analisar o mar de contradições em que a Espanha navegava nas primeiras décadas do século [XX], o filósofo e escritor espanhol Ortega y Gasset diagnosticava os problemas de seu país, usando uma metáfora: era a de uma Espanha invertebrada, sem esqueleto, que se fazia necessário tratar.”
(Giselle Beiguelman-Messina, A guerra civil espanhola. 1994) 
Sobre a metáfora de Ortega y Gasset, é correto afirmar que 
a) as contradições espanholas do início do século XX dizem respeito somente aos problemas internos, isto é, instabilidade política criada pela ação dos sindicatos e, por outro lado, a estabilidade econômica caracterizada pela expansão da indústria, enriquecendo a burguesia, que luta pelas liberdades econômicas.
b) a Espanha é um país com fortes contradições internas, marcado pela crise econômica, pela desigualdade social, por disputas políticas acirradas, por tensões coloniais e nacionalistas, casos do País Basco e da Catalunha, condições que geram a explosão da Guerra Civil, em 1936.
c) a Espanha tem a marca da fragilidade interna, com a grave crise econômica dos inícios do século XX, que empobrece os grandes proprietários nobres e burgueses, representados na República e que, contraditoriamente, solucionam a questão interna das nacionalidades e, externa, das colônias, com acordos em nome da liberdade.
d) o tratamento oferecido pela Monarquia, pelo Exército e pela Igreja é o autoritarismo e a violência, afundando a Espanha em grave crise econômica, o que dá origem à Guerra Civil Espanhola, vitoriosa para os trabalhadores e camponeses, organizados pelos anarquistas, com a ajuda das Brigadas Internacionais.
e) as soluções para os problemas na Espanha estão ligadas à ação dos conservadores que, vitoriosos na Guerra Civil, com a ajuda militar nazifascista, mantêm o poder sobre Marrocos, controlam a Catalunha, e passam a governar atendendo aos principais interesses dos trabalhadores, mantendo a estabilidade econômica.

Questão 07 - UNESP - 2010 1ª fase - Observe a figura.

Pablo Picasso, Guernica, 1937. (Carol Strickland. Arte comentada, 1999.) 

A Europa já não é a liberdade e a paz, mas a violência e a guerra. Durante a ocupação alemã de Paris, a alguns críticos alemães que virão lhe falar de Guernica, Picasso responderá com amargura: Não fui eu que a fiz, fizeramna vocês.
(Giulio Carlo Argan. Arte moderna, 1992.) 
O comentário de Pablo Picasso, em relação à sua obra Guernica, refere-se 
a) à separação entre manifestações artísticas e realidade histórica.
b) ao bombardeio alemão da cidade basca em apoio ao general Franco.
c) aos massacres cometidos pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.
d) à denúncia da anexação do território espanhol pelas tropas nazistas.
e) à aliança dos nazistas com os comunistas no início da Segunda Guerra Mundial.

Questão 08 - FGV 1998 - Sobre a Guerra Civil Espanhola é correto afirmar:
A) foi fruto da reação da direita espanhola às medidas do governo da Frente Popular, que subiu ao poder em 1936;
B) representou a repulsa de facções do exército espanhol à política do governo republicano em se aliar a Itália fascista;
C) foi a resposta dos partidos de esquerda e dos sindicatos à tentativa do governo espanhol em restaurar a monarquia constitucional;
D) ocorreu por conta da tentativa das províncias castelhanas de se tornarem independentes;
E) representou, ao seu final, a consolidação do primeiro país de orientação marxista na Europa Ocidental.

Questão 09 - UECE  (adaptada) - A Guerra Civil Espanhola é considerada por muitos autores como um “ensaio para a Segunda Guerra Mundial”. Assinale a alternativa que indica corretamente essa ideia:
a) Ao experimentar novas armas, em mãos espanholas, tanto americanos quanto soviéticos testaram seu poderio militar em estratégias modernas de guerra.
b) O conflito político espanhol, ao colocar lado a lado liberais e anarquistas, atestou a possibilidade de união desses grupos contra a expansão da URSS.
c) A intervenção dos fascistas italianos e dos nazistas alemães contra as forças republicanas espanholas serviu de teste para as armas que seriam usadas contra os aliados.
d) A vitória do General Franco serviu para demonstrar a fragilidade das armas e da diplomacia alemã.
e) A adesão dos britânicos ao lado dos anarquistas no conflito foi uma demostração clara do Reino Unido contra as intenções alemãs na Espanha.

Questão 10 - FUVEST 1990 - Em seu famoso painel "Guernica", Picasso registrou a trágica destruição dessa cidade basca por:
a) ataque de tropas nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.
b) republicanos espanhóis apoiados pela União Soviética durante a Guerra Civil.
c) forças do exército francês durante a Primeira Guerra Mundial.
d) tropas do governo espanhol para sufocar a revolta dos separatistas bascos.
e) bombardeio da aviação alemã em apoio ao General Franco contra os republicanos.

Questão 11 - ENEM 2013 - As Brigadas Internacionais foram unidades de combatentes formadas por voluntários de 53 nacionalidades dispostos a lutar em defesa da República espanhola. Estima-se que cerca de 60 mil cidadãos de várias partes do mundo – incluindo 40 brasileiros – tenham se incorporado a essas unidades. Apesar de coordenadas pelos comunistas, as Brigadas contaram com membros socialistas, liberais e de outras correntes político-ideológicas.
SOUZA, I. I. A Guerra Civil Europeia. História Viva, n. 70, 2009 (fragmento). 
A Guerra Civil Espanhola expressou as disputas em curso na Europa na década de 1930.
A perspectiva política comum que promoveu a mobilização descrita foi o(a)
A) crítica ao stalinismo.
B) combate ao fascismo.
C) rejeição ao federalismo.
D) apoio ao corporativismo.
E) adesão ao anarquismo.

Questão 12 - ENEM 2014 - 3ª Aplicação -
Disponível em: www.culturaparatodos.es. Acesso em: 2 mar. 2012.
O cartaz expõe um dos lemas da Guerra Civil Espanhola (1936-1939), conflito em que as forças republicanas, apoiadas por brigadas voluntárias internacionais, foram derrotadas, porém,
A) refreou as tendências autoritárias dos governantes europeus no período.
B) consolidou o papel da Liga das Nações como mediadora dos conflitos internacionais.
C) impediu o desenvolvimento de conflitos militares internacionais no continente europeu.
D) isolou politicamente a Espanha das outras nações europeias, com a ascensão franquista.
E) provocou comoção mundial, fortalecendo a necessidade de combate ao fascismo europeu.

Questão 13 - Souza Marques 2012 - A Guerra Civil espanhola foi um conflito representativo do mundo entre-guerras. Assinale a afirmativa que apresenta o impacto da Guerra Civil para a ordem internacional nos anos 1930.
(A) A União Soviética promoveu uma intervenção militar na Espanha, o que resultou no acirramento das tensões militares com os países do Eixo.
(B) A Liga das Nações promoveu uma intervenção militar na Espanha com vistas a pacificar o país.
(C) Os Estados Unidos romperam com sua política isolacionista após o envio de tropas em apoio aos republicanos espanhóis.
(D) A Inglaterra e a França aliaram-se ao Eixo com vistas a evitar a extensão do conflito para outros países do continente.
(E) A polarização na Espanha entre a esquerda e a direita nacionalista, de inspiração fascista, resultou no apoio militar da Itália e da Alemanha aos franquistas.

Questão 14 - UNIFENAS 2017/1 - O conflito teve início em 1936 e é considerado um grande ensaio, uma antecipação terrível do que ocorreria na Segunda Guerra Mundial (1939-1945). De um lado, as forças nacionalistas do General Franco, apoiadas por Hitler e Mussolini. Do outro lado, os republicanos apoiados pela União Soviética. O resultado foi a vitória do Totalitarismo nazifascista numa ditadura que perdurou quase 40 anos. Tendo como base a leitura, do texto é possível afirmar tratar-se da
a) Segunda Guerra Mundial.
b) Guerra Fria.
c) Guerra Civil Espanhola.
d) Revolução dos Cravos.
e) Primavera de Praga.

GABARITO
01 - E
02 - A
03 - E
04 - D
05 - B
06 - B
07 - B
08 - A
09 - C
10 - E
11 - B
12 - E
13 - E
14 - C

Nenhum comentário: