sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Exercícios sobre a República Velha - com gabarito

Questão 01 - UVA 2012.2 - CG - A afirmação "O sistema político cujo foco de poder se localiza nos Estados, sob a hegemonia dos economicamente mais fortes, liberal na sua forma, oligárquico quanto ao funcionamento efetivo" refere-se, no Brasil:
A. ao Estado Novo.
B. ao Populismo.
C. à República Nova.
D. à República Velha.

Questão 02 - INEP - 2010 - ENEM - PPL -  Para os amigos pão, para os inimigos pau; aos amigos se faz justiça, aos inimigos aplica-se a lei.
LEAL, V N.
Coronelismo o, enxada e voto. São Paulo: Alfa Omega.
Esse discurso, típico do contexto histórico da República Velha e usado por chefes políticos, expressa uma realidade caracterizada
a) pela força política dos burocratas do nascente Estado republicano, que utilizavam de suas prerrogativas para controlar e dominar o poder nos municípios.
b) pelo controle político dos proprietários no interior do país, que buscavam, por meio dos seus currais eleitorais, enfraquecer a nascente burguesia brasileira.
c) pelo mandonismo das oligarquias no interior do Brasil, que utilizavam diferentes mecanismos assistencialistas e de favorecimento para garantir o controle dos votos. 
d) pelo domínio político de grupos ligados às velhas instituições monárquicas e que não encontraram espaço de ascensão política na nascente república.
e) pela aliança política Armada entre as oligarquias do Norte e Nordeste do Brasil, que garantiria uma alternância no poder federal de presidentes originários dessas regiões.

Questão 03 - UVA 2005.1 - A República Velha, ao longo de sua história, deve ser vista, na realidade, como a expressão de um Estado oligárquico. O predomínio das elites após a queda da Monarquia, explica-se, em última análise, como decorrente da persistência das condições dominantes durante a monarquia, sobretudo das econômicas e sociais, sem que mudanças estruturais alterassem o quadro da realidade nacional. Leia as alternativas abaixo, e escreva V nas frases verdadeiras e F nas frases falsas.
( ) A "política do café com leite" foi uma aliança entre as oligarquias mineira e paulista.
( ) A República Velha caracterizou-se pelo governo exclusivo dos militares, sendo por isso chamada de República da Espada.
( ) "Voto de cabresto" era o nome dado ao voto aberto, sistema pelo qual os eleitores eram obrigados a declarar publicamente o seu candidato, ficando sujeito às pressões dos "coronéis".
( ) No início da década de 1920, crescia o descontentamento social contra o tradicional sistema oligárquico que dominava o poder político brasileiro.
A seqüência correta, de cima para baixo, é:
A. V, F, V, V
B. F, V, F, F
C. F, V, F, V
D. V, F, V, F

Questão 04 - MACKENZIE 2003 - Assim, com a vigência do Pacto, pouco adiantava vencer nas urnas, era preciso vencer também nas Atas, onde normalmente ocorria a ”degola” da oposição. O poder local, dono dos votos, ganhava força.
Leonardo Trevisan 
O texto descreve o contexto eleitoral de um período da História Brasileira. Identifique-o.
a) Fase Populista, período de grande mobilização das massas urbanas.
b) Período Imperial, eleições fraudadas pela prática de violência e liberais e conservadores.
c) República Velha, marcada pelo voto de cabresto e pressão coronéis sobre o eleitorado.
d) Nova República e a influência da mídia, superando os partido formação da opinião pública.
e) Anos de Chumbo da ditadura militar, eleições indiretas e o controle político por meio do bipartidarismo.

Questão 05 - Mackenzie 2004/2 - Exigia-se para a cidadania política uma qualidade que só o direito social da educação poderia fornecer e, simultaneamente, desconhecia-se esse direito. Era uma ordem liberal, mas profundamente antidemocrática e resistente aos esforços de democratização.
José Murilo de Carvalho 
A República Velha (1894-1930), em relação à participação política dos cidadãos, determinou:
a) a escolha de um modelo republicano pautado nos moldes norte-americanos, que garantiam a defesa da liberdade individual, expressa no voto censitário.
b) o projeto de uma república liberal dos cafeicultores, que, para se efetivar, necessitou do apoio das demais classes sociais. O voto era extensivo a todo o povo brasileiro.
c) a formulação de uma república que garantisse os direitos individuais de todos os seus cidadãos, sem distinções, evidenciada na eliminação do voto censitário.
d) a perpetuação da injustiça social e dos privilégios de setores oligárquicos. O voto popular era manipulado pelos grupos dominantes.
e) a eliminação do voto censitário e a adoção do voto universal, que ampliaram, de forma significativa, a porcentagem de eleitores nesse período.

Questão 06 - Mackenzie 2005/2 - Cabo de enxada engrossa as mãos... Caneta e lápis são ferramentas muito delicadas(...). Ler o quê? Escrever o quê? Mas agora é preciso, a eleição vem aí e o alistamento rende a estima do patrão e a gente vira pessoa.
Mário Palmério – Vila dos Confins 
O texto lembra o contexto político característico da República Velha, cujas origens, em parte, podem ser atribuídas
a) ao sistema eleitoral, baseado no voto censitário, usualmente praticado desde os tempos do Império.
b) ao domínio político das oligarquias e ao controle que elas exerciam sobre as massas rurais e urbanas que delas dependiam economicamente.
c) ao Tenentismo, que apoiava o fisiologismo e a política de troca de favores instalada pelo regime oligárquico.
d) a uma política sempre pacífica praticada pelos coronéis, que angariavam sólido apoio nas massas rurais.
e) ao caráter não elitista do processo político, que atendia às reivindicações populares, ampliando a organização e a mobilização que elas tinham.

Questão 07 - UVA 2010.1 - Durante a República Velha, a estabilidade dos governos acabou sendo assegurada pela vigência da política dos governadores. Na prática, essa política traduzia-se:
A. na substituição dos governadores eleitos por interventores militares, comprometidos com uma política de equilíbrio entre os Estados.
B. na alternância entre paulistas e mineiros no controle do Governo Federal.
C. nas atribuições econômicas concedidas aos governos estaduais pela Constituição de 1891.
D. no compromisso de apoio mútuo firmado entre o governo federal, o estadual e os chefes políticos municipais.

Questão 08 - PUCRS 2007.2 - INSTRUÇÃO: Responder à questão com base nas afirmativas sobre a República Velha (Oligárquica).
I. A consolidação da República Oligárquica do Brasil foi completada com a sucessão de Prudente de Morais por Getúlio Vargas.
II. Para harmonizar os poderes Executivo e Legislativo, Campos Sales concebeu um arranjo político conhecido como “política dos governadores”.
III. Nos primeiros anos da República Oligárquica, a crise brasileira, no plano financeiro, era grave, provocando a negociação da dívida brasileira (funding loan).
IV. A República Oligárquica concretizou o ideal positivista, isto é, a diminuição da autonomia dos estados da federação.
28) Estão corretas apenas
A) I e II.
B) I e IV.
C) II e III.
D) III e IV.
E) I, II e III.

Questão 09 - UECE-CEV - 2018 - SEDUC-CE - Professor - História - Considerando a economia no Brasil durante a República Velha, assinale a afirmação verdadeira.
A) Foi caracterizada pela grande variedade de produtos fundamentais para a pauta de exportação do país, sobretudo a produção agropecuária de soja, algodão e carne.
B) Era baseada na grande produção de café, maior produto de exportação, que enriqueceu elites agrárias do sudeste do país, fazendo-as detentoras do poder político.
C) Estabelecida na industrialização praticada no Império a partir dos investimentos do Visconde Mauá, tinha na produção rural um sustentáculo para a indústria na região do Rio de Janeiro e de São Paulo.
D) Estava em crise desde o fim do Império com a queda da produção cafeeira após a Lei Áurea, o que causou desentendimentos entre os fazendeiros e o governo, tornando conturbado o início da república.

Questão 10 - UNIFOR  - 2001.1 - A produção de café foi o centro da economia brasileira, durante a chamada República Velha. Diante disso, diferentes governos do período deram apoio oficial à cafeicultura. Em 1906, foi firmado um acordo entre os produtores e o governo no conhecido Convênio de Taubaté, que determinava
(A) a introdução de técnicas de produção e beneficiamento do café mais modernas, elevando a produtividade e aumentando sua competitividade.
(B) o estabelecimento de cotas de produção para solucionar a crise de superprodução, e conseqüentemente, a desvalorização.
(C) o controle dos preços do produto no mercado internacional, forçando-os para baixo e propiciando a difusão do seu consumo.
(D) a limitação dos empréstimos governamentais concedidos aos cafeicultores, como mecanismo de equilibrar a relação produção/consumo.
(E) a valorização artificial do café, por meio da intervenção do poder central, que garantia a permanente compra dos excedentes.


Questão 11 -  Mackenzie 2018/Manhã -“Cabo de enxada engrossa as mãos - o laço de couro cru, machado e foice também. Caneta e lápis são ferramentas muito delicadas. A lida é outra: labuta pesada, de sol a sol, nos campos e nos currais(...) Ler o quê? Escrever o quê? Mas agora é preciso: a eleição vem aí e o alista - mento rende a estima do patrão, a gente vira pessoa”.
PALMÉRIO, Mário. Vila dos Confins. Rio de Janeiro: José Olympio Ed., 1989. 
De acordo com a leitura do texto acima, considere as assertivas a seguir a respeito dos aspectos da República Velha no Brasil. 
I. O predomínio oligárquico, baseado na troca de favores entre as diversas instâncias do poder, visava, sobretudo, combater os focos de tensão social e oposição política, representados nas diversas formas de organização dos trabalhadores rurais nesse momento. 
II. A campanha eleitoral, empreendida pelos chefes políticos locais, pretendia atingir, principalmente, os trabalhadores urbanos já alfabetizados e menos embrutecidos pela “labuta pesada”, uma vez que os da zona rural, intimidados pela violência física, acabavam por votar de acordo com a vontade dos “coronéis”. 
III. A transformação operada no trabalhador rural, na época das eleições, representava a marca de um sistema político baseado na força dos chefes locais sobre seus subordinados, impondo-lhes seus candidatos e dispensando-os, somente nessa ocasião, dos trabalhos que “engrossavam as mãos”. 
Assinale a assertiva correta. 
a) I está correta, apenas. 
b) II está correta, apenas. 
c) III está correta, apenas. 
d) I e II estão corretas, apenas. 
e) I e III estão corretas, apenas.

Questão 12 - UNITAU 1995 - O germe da crise oligárquica na República Velha encontra-se na industrialização e no crescimento da vida urbana, que fizeram surgir:
a) novas forças sociais e políticas.
b) o regime militar.
c) a influência de valores políticos externos, vindos com os imigrantes.
d) a inserção do Brasil como prioridade da revolução comunista internacional.
e) as grandes periferias urbanas formadas por imigrantes vindos do interior.

Questão 13 - UNITAU 1995 - O declínio das oligarquias, no período final da República Velha, teve como contraponto o surgimento de segmentos sociais identificados com o modo de vida urbano. Indique-os:
a) Burguesia industrial, classes médias urbanas e classe operária.
b) Sindicatos, associações e grêmios recreativos.
c) Burguesia rural, classes militares e classe operária.
d) A burocracia estatal, o clero e o povo.
e) Os imigrantes, a burguesia industrial e o clero.

Questão 14 - UDESC 2010 - Tradicionalmente o termo República Velha foi cunhado para identificar o período que vai de 1889 a 1930. Sobre as características deste período e outras questões subjacentes, assinale V (verdadeiro) para as proposições verdadeiras e F (falso) para as falsas.
( ) Os dois primeiros governos da recém inaugurada República brasileira eram militares.
( ) Com o novo regime, surgiram divergências tanto no meio militar quanto no civil. No meio civil, as disputas ocorriam, sobretudo, no campo ideológico entre três correntes: liberalismo, jacobinismo e positivismo.
( ) Pode-se afirmar que os governos do período conhecido como República Velha implementaram medidas sociais de grande alcance, beneficiando a sociedade brasileira como um todo e visando acabar com as desigualdades sociais do país.
( ) O Brasil da chamada República Velha era um país, sobretudo, rural; a agricultura permanecia como principal atividade econômica.
( ) Durante o período denominado República Velha, paulistas e mineiros se alternaram na Presidência da República; este revezamento ficou conhecido como “política do café com leite”.
Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.
A) F – V – V – F – V
B) V – V – F – V – V
C) V – F – F – V – V
D) V – V – F – V – F
E) V – V – V – V – V

Questão 15 - TJ-SC - 2011 - No período final da República Velha, o agravamento da crise econômica, a eclosão de revoltas e levantes militares, o crescimento das camadas sociais urbanas, além do acirramento dos conflitos políticos devido à progressiva divisão das oligarquias dominantes formam o conjunto de fatores que provocaram a:
a) Revolução de 1930
b) República Juliana
c) Revolução Farroupilha
d) Guerra do Contestado
e) Revolta da Armada

Questão 16 - CFTMG 2005 - Sobre a República Velha (1889-1930), é correto afirmar que
a) promoveu a decadência do poder local, por meio do controle do processo eleitoral.
b) fortaleceu o poder dos governadores para garantir a estabilidade política entre as oligarquias regionais.
c) transformou as Assembleias Legislativas estaduais em um instrumento voltado para incentivar a industrialização regional.
d) restaurou o equilíbrio das finanças nacionais comprometido pela crise financeira provocada pela abolição da escravatura.

GABARITO
01 - D
02 - C
03 - A
04 - C
05 - D
06 - B
07 - D
08 - C
09 - B
10 - E
11 - C
12 - A
13 - A
14 - B
15 - A
16 - B

Nenhum comentário: