terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Exercícios sobre o Pacto Molotov-Ribbentrop - com gabarito

Questão 01 - FUVEST 2002 - Transferência – Indique a alternativa historicamente incorreta sobre o pacto Nazi-Soviético, dito Ribbentrop-Molotov:
a) Foi tramado e assinado por Stalin e Hitler pouco antes da eclosão da Segunda Guerra Mundial;
b) Correspondeu ao projeto alemão de conquista do Lebensraum (espaço vital) que os nazistas buscaram implementar;
c) Surpreendeu milhões de pessoas em todo o mundo, sobretudo os simpatizantes do comunismo, apesar de ser um tratado de não-agressão;
d) A URSS preferiu assiná-lo com a forte Alemanha, imitando o Governo francês; 
e) Os dois países comprometeram-se à neutralidade em caso de guerra, mas nenhuma cláusula lhes exigia amizade ou solidariedade.

Questão 02 - UNESP 2009/2 - 1° dia -

A figura faz referência ao Pacto Ribbentrop-Molotov, de 1939, como se fosse o casamento de Hitler e Stálin. O referido pacto estabelecia
a) a aliança entre a URSS e a Alemanha em seus projetos de destruição da ordem capitalista, só rompida com a invasão alemã no território soviético, em 1941.
b) o compromisso de Stálin em colaborar com a política de perseguição a judeus, homossexuais e ciganos, iniciada na “Noite dos Cristais”.
c) o apoio decidido dos soviéticos à política expansionista de Hitler, fornecendo recursos para o esforço de guerra alemão na Tchecoslováquia.
d) a união de forças soviéticas e alemãs para combater a ameaça representada pela presença inglesa nos estreitos de Bósforo e Dardanelos.
e) o compromisso de não agressão entre alemães e soviéticos, com a partilha da Polônia e a ocupação dos países Bálticos e da Finlândia pelos soviéticos.

Questão 03 - FGV-SP 2010/2 - Administração - Em 23 de agosto de 1939, foi assinado em Moscou o chamado Pacto Molotov-Ribbentrop, também conhecido como Pacto Germano-Soviético. A respeito desse pacto é correto afirmar:
a) Tratou-se de um armistício duradouro entre a União Soviética e a Alemanha, em razão da entrada da Polônia nos conflitos que levariam à Segunda Guerra Mundial.
b) Tratou-se de um acordo entre a União Soviética e o Reino Unido contra a Alemanha nazista, que ameaçava anexar a Polônia, invadir o território francês, e que prejudicava os interesses soviéticos no mar Báltico.
c) Tratou-se de um acordo entre a União Soviética e a resistência eslava dos territórios da Tchecoslováquia anexados pelos nazistas, que levaria à montagem de um forte grupo de resistência apoiado pelos soviéticos.
d) Tratou-se do ato de deflagração da Segunda Guerra Mundial assinado pela União Soviética, Reino Unido, França e Estados Unidos contra as forças da Alemanha e Itália.
e) Tratou-se de um acordo entre a União Soviética e a Alemanha, que permitia, entre outros aspectos, a tomada da Polônia pelos nazistas e a invasão da Finlândia pelos soviéticos.

Questão 04 - INSTITUTO CIDADES - 2016 - CONFERE - No ano de 1939, em meio à atmosfera de tensão política que desencadeou a sucessão de conflitos da Segunda Guerra Mundial, um acordo de não agressão foi firmado entre a Alemanha e a União Soviética, o Pacto Germano-Soviético. Esse pacto estabelecia que, se acaso a Alemanha entrasse em conflito com a Inglaterra ou a França em razão de uma eventual investida da Alemanha contra a Polônia, a URSS, por sua vez, ficaria afastada, sem se manifestar militarmente.
Tal pacto também pode ser chamado de:
A) Tratado de Moscou
B) Tratado de Versalhes
C) Pacto de Varsóvia
D) Pacto Ribbentrop-Molotov

Questão  05 - IF-SP - 2019 - IF-SP - História - Em agosto de 1939, foi celebrado o pacto Ribbentrop-Molotov, conhecido também como pacto Hitler-Stálin, pelo qual se estabelecia, entre outras coisas, um acordo de neutralidade e não agressão entre a Alemanha e a URSS. Explica-se tal pacto, tendo-se em vista principalmente:
(A) As similitudes ideológicas que aproximavam a Alemanha nazista e a Rússia stalinista.
(B) As hostilidades tanto do regime nazista quanto do soviético às democracias liberais do Ocidente, vistas como o inimigo histórico a ser derrotado.
(C) O receio dos alemães de uma guerra em “duas frentes” e o fracasso da URSS de viabilizar uma aliança com o Ocidente contra Hitler.
(D) Os desejos expansionistas da Alemanha nazista e da Rússia soviética, que buscavam destruir países com governos liberal-democráticos, como era o caso da Polônia.

GABARITO
01 - D
02 - E
03 - E
04 - D
05 - C

Nenhum comentário: