quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Exercícios de História sobre o Feudalismo - com gabarito

Questão 01 - IFS 2018.1 - Subsequente - Não pode ser considerado como fator gerador para a formação do Feudalismo na Europa Ocidental:
a) A urbanização gerada pelas invasões bárbaras sobre o Império Romano a partir do século V a.C. 
b) Desagregação social, política e econômica do Império Romano Ocidental com as invasões dos povos germânicos sobre o seu território.
c) O êxodo urbano causado pela insegurança durante as invasões bárbaras no território europeu que culminou, aliado a outros fatores, com o fim do poderio romano no Ocidente.
d) A crise do comércio e a diminuição das atividades econômicas, sociais e culturais realizadas nas cidades.

Questão 02 - FUVEST 2010 - 1ª Fase - “A instituição das corveias variava de acordo com os domínios senhoriais, e, no interior de cada um, de acordo com o estatuto jurídico dos camponeses, ou de seus mansos [parcelas de terra].”
Marc Bloch. Os caracteres originais da França rural, 1952.
Esta frase sobre o feudalismo trata
a) da vassalagem.
b) do colonato.
c) do comitatus.
d) da servidão. 
e) da guilda.

Questão 03 - FUVEST 2012 - 1ª Fase - A palavra “feudalismo” carrega consigo vários sentidos. Dentre eles, podem-se apontar aqueles ligados a
a) sociedades marcadas por dependências mútuas e assimétricas entre senhores e vassalos. 
b) relações de parentesco determinadas pelo local de nascimento, sobretudo quando urbano.
c) regimes inteiramente dominados pela fé religiosa, seja ela cristã ou muçulmana.
d) altas concentrações fundiárias e capitalistas.
e) formas de economias de subsistência pré-agrícolas.

Questão 04 - IFS 2014.1 - Subsequente - Entre as características do Feudalismo, Modo de Produção estruturado na Europa Ocidental durante a Idade Média, podemos considerar.
I – A existência de grande descentralização política.
II – Surgimento de teorias políticas e sociais de defesa e de crítica à burguesia.
III – Divisão social em três estamentos: clero, nobreza e servos.
IV –Relações de suserania e vassalagem, fruto do entendimento entre nobres que estabeleciam relações de interdependência entre si.
São corretos os itens.
a) I e II.
b) II e IV.
c) I, II e III.
d) I, III e IV 
e) I, II, III e IV.

Questão 05 -  Vestibular de Verão 2019 – UPF -“Desde as últimas décadas do século XIII, assistia-se a uma perda da vitalidade que caracterizara o Feudalismo... vinham ocorrendo profundas transformações, que se revelaram com toda a força a partir de princípios do século XIV. Esta crise foi global, com todas as estruturas feudais sendo fortemente atingidas.” (FRANCO JR, Hilário. O Feudalismo. São Paulo: Brasiliense, 1993, p. 78)
Das alternativas a seguir, apenas uma não explica as razões fundamentais da crise apontada no texto. Qual?
a) A exagerada exploração pelos nobres da mão de obra dos servos, exigindo destes cada vez mais um maior tempo de trabalho.
b) O descobrimento de novas minas de ouro e prata em territórios poloneses, o que gerou uma violenta disputa entre várias nações pela sua exploração.
c) As revoltas camponesas e urbanas decorrentes da miséria que passou a caracterizar a vida dessa parcela da população.
d) O esgotamento das forças de produção acentuado pela crise demográfica, resultado da Peste Negra
e) A falência do modelo de produção baseado no campo e nas grandes áreas de terras controladas por senhores feudais.

Questão 06 - UNIOESTE 2009 - 2ª Etapa - A respeito do feudalismo, sistema de organização econômico, social e político em vigor na Europa Medieval, é correto afirmar que
(A) o romantismo atribuiu um caráter negativo ao período medieval, associando-o ao retrocesso e às “trevas”.
(B) a força militar dos grandes senhores feudais contribuiu para uma centralização política, a qual foi importante para a formação dos Estados Nacionais europeus.
(C) a corvéia significava um bem ou direito cedido a alguém em troca de fidelidade e várias obrigações, em especial militares
(D) diferente do escravo na Antiguidade, o camponês da Alta Idade Média não podia ser vendido e permanecia no feudo quando este fosse passado a outro senhor, regime conhecido como servidão da gleba.
(E) os grandes descobrimentos na América provocaram uma ruptura decisiva nos resquícios feudais da Europa ocidental.

Questão 07 - UNIFOR 2011.1 - Na Europa, o período medieval durou do século V ao XV e foi dividido em dois grandes momentos: a Alta e a Baixa Idade Média. Entre os itens abaixo identifique o modo de produção que substituiu o escravismo romano e cuja organização tinha como base a servidão:
(A) Toyotismo.
(B) Mercantilismo
(C) Feudalismo.
(D) Capitalismo.
(E) Socialismo.

Questão 08 - UVA 2010.2 - A partir do século XI, a Europa passou por profundas transformações econômicas, políticas e sociais, que levaram à desagregação do feudalismo e ao nascimento de um novo modo de produção. Dentre as causas da decadência do feudalismo destacam-se:
I- O sucesso militar das cruzadas II- A peste negra, que diminuiu a oferta de mão-de-obra, que passou a ser assalariada
III- O renascimento comercial e urbano
IV- A incapacidade militar da cavalaria diante das armas de fogo dos exércitos mercenários burgueses
V- A ascensão da igreja como poder político
Assinale a alternativa certa, de acordo com o gabarito abaixo:
A. se somente as alternativas I e V forem corretas
B. se somente as alternativas I e II forem corretas
C. se somente as alternativas II, III e IV forem corretas
D. se somente as alternativas III, IV e V forem corretas

Questão 09 - UVA 2012.2 - CG - Segundo a historiografia tradicional, a Idade Média se estende do século V, quando ocorreu a queda do Império Romano do Ocidente nas mãos dos hérulos (bárbaros), até o século XV, quando se deu a queda de Constantinopla nas mãos dos turcos otomanos. O período conhecido como Alta Idade Média corresponde, em linhas gerais, à formação e ao apogeu do modo de produção feudal. Sobre o feudalismo é correto afirmar:
I - A economia feudal era de consumo, agrária e autossuficiente.
II - A sociedade feudal era caracterizada pela imobilidade social. Por isto e pelo fato de cada grupo possuir uma honra social específica, a sociedade era estamental.
III - Como a produção feudal era uma produção para o consumo, a Igreja proibia o lucro e a usura. Tudo no feudalismo se relacionava com Deus. O teocentrismo dominava toda a cultura medieval.
Estão corretos:
A. apenas o item I
C. apenas o item III.
B. apenas os itens II e III.
D. os itens l, II e III.

Questão 10 - UERR 2019 - “A casa de Deus, que se crê uma, está pois dividida em três: alguns rezam, outros combatem e outros trabalham. Essas três partes que coexistem não suportam ser separadas; os serviços prestados por uma são a condição das obras das outras duas”.
ADALBERÓN, Bispo de Laon. Canto ao rei Roberto. Século X. In: PEDRERO-SÁNCHEZ. História da Idade Média: textos e textemunhas. São Paulo: Unesp, 2000. p. 91. 

Escolha a alternativa que melhor representa as classes sociais típicas do Feudalismo descritas no texto dentre as alternativas a seguir:
A) suseranos, vassalos e servos.
B) patrícios, clientes e plebeus.
C) sacerdotes, faraó e felás.
D) igreja, burguesia e proletariado.
E) clero, nobreza e servos.

Questão 11 - FUVEST 2018/19 - Transferência – 1ª Fase - Desde as últimas décadas do século XIII, assistia-se a uma perda da vitalidade que caracterizava o Feudalismo nos duzentos anos anteriores. A origem disso estava na sua dinâmica, que levara o Feudalismo a atingir então os limites possíveis de funcionamento de sua estrutura. Em outros termos, a crise resultava das características do próprio Feudalismo.
Hilário Franco Jr. O Feudalismo. São Paulo: Brasiliense, 1986, p. 78. 
Entre os fatores que impulsionaram a crise mencionada no texto, é correto citar: 
(A) as guerras nacionais e a redução da influência política e religiosa da Igreja Católica.
(B) a exploração predatória das terras e as alterações nas relações entre as camadas sociais.
(C) as invasões armadas de povos da Eurásia e a fragmentação política dos reinos europeus.
(D) a ascensão do poder político da aristocracia e o declínio financeiro da burguesia.
(E) a descentralização monárquica e a eclosão de revoltas camponesas na França

Questão 12 - FUVEST 2017 - Transferência – A tendência de expansão econômica e territorial da cristandade europeia ocidental, verificada entre os séculos XI e XIII, reverte-se ao longo do século XIV, situação histórica denominada por muitos historiadores como a crise do feudalismo. A esse respeito é correto afirmar:
a) A queda demográfica, intensificada pela peste negra, e o esgotamento das terras agrícolas ocasionaram uma drástica diminuição da mão de obra e afetaram a economia feudal.
b) A inexistência de moedas e meios monetários marcou o limite das transações comerciais e acarretou o colapso do desenvolvimento econômico a partir do século XIV.
c) A retração econômica foi provocada pelo avanço islâmico na Península Ibérica, uma das principais áreas do desenvolvimento econômico no período medieval.
d) O processo de centralização monárquica, enfraquecendo a nobreza e o clero, provocou a dissolução da hierarquia social e desencadeou diversas revoltas urbanas e camponesas no século XIV.
e) A queda dos preços dos produtos de luxo e a luta pelo controle das rotas mercantis das especiarias estimularam guerras intestinas no seio da nobreza, o que acabou por afetar a ordem feudal.

GABARITO
01 - A
02 - D
03 - A
04 - D
05 - B
06 - D
07 - C
08 - C
09 - D
10 - E
11 - B
12 - A

Nenhum comentário: