domingo, 6 de janeiro de 2019

Exercícios de História sobre o Governo Vargas (1951-1954) - com gabarito

Questão 01 - IFBA 2017 - Integrado -
”Bota o retrato do Velho outra vez
Bota no mesmo lugar (bis)
O sorriso do velhinho
Faz a gente trabalhar”. (bis)
(Marcha do carnaval de 1951)

“Vem, Getúlio! Vem, Getúlio!
Nosso chefe de verdade
Nosso grande Presidente
Com toda realidade
Vem salvar o vosso povo
Que sofre necessidade”.
(Poesia de Cordel, Rodolfo)

Os textos acima, tanto a marchinha que celebra a vitória de Vargas nas eleições de 1950, quanto à poesia de cordel, traduzem algumas características do período ao confirmar:
A) que os setores da imprensa e os políticos tinham uma expectativa otimista em relação ao Governo de Vargas, o que possibilitou ausência de conflitos no período.
B) que através de seu conhecido modo de agir, Getúlio tentou atrair as diversas e antagônicas correntes políticas, refletindo na estabilidade do seu governo.
C) que o presidente recebeu amplo apoio das principais correntes políticas, uma vez que não havia divergências quanto ao modelo de desenvolvimento a ser seguido pelo país.
D) que a política econômica esteve voltada para o desenvolvimento do setor primário e com grande dependência do capital estrangeiro.
E) que procurou conquistar o apoio das massas populares ao reforçar a política trabalhista através do ministério do Trabalho na gestão do ministro João Goulart.

Questão 02 - PUCRS 2005.2 - Analisar as afirmativas abaixo, sobre o segundo governo Vargas (1951 a 1954).
I. A criação da Petrobrás (1953) pode ser vista como um exemplo do projeto de desenvolvimento nacionalista que Vargas procurou implantar no Brasil, com ênfase na chamada indústria de base.
II. A concessão de um aumento de 100% no valor do salário mínimo desencadeou fortes reações a Getúlio Vargas por parte dos militares e da UDN, através, respectivamente, do Manifesto dos Coronéis e do jornal Tribuna da Imprensa, de Carlos Lacerda.
III. O atentado contra Carlos Lacerda, líder da oposição a Vargas no Congresso Nacional, representou uma tentativa de golpe de Estado por parte do Presidente, com o objetivo de instaurar no Brasil um governo autoritário, aos moldes do Estado Novo.
IV. O suicídio de Vargas e a divulgação de sua carta-testamento, que acusava a oposição e o capital internacional de serem contrários aos interesses do povo, que ele tanto defendera, provocaram forte reação popular e quebra-quebra em várias cidades brasileiras.
A análise das afirmativas permite concluir que somente estão corretas
A) I, II e III
B) I, II e IV
C) II, III e IV
D) III e IV
E) II e III

Questão 03 - MPE-GO - 2017 - MPE-GO - Secretário Auxiliar - Itumbiara -
A volta democrática de Getúlio Vargas ao poder, após ser eleito no ano de 1950, ficou caracterizada pelo presidente:
a) ter se aproximado dos antigos líderes militares do Estado Novo e ter dado um golpe de Estado em 1952.
b) ter exercido um governo de tendência populista e ter se suicidado em 1954. 
c) ter exercido um governo de tendência autoritária, com o apoio de Carlos Lacerda.
d) ter exercido um governo de tendência populista que foi a base para sua reeleição em 1955.
e) não ter levado o governo adiante por motivos de saúde, sendo substituído por seu vice, Café Filho, em 1951.

Questão 04 - FUVEST 2009 - Transferência – Em termos políticos, o último governo Vargas (1950 – 1954) difere do anterior (1937 – 1945, Estado Novo), devido à novidade representada pelo
a) neo-liberalismo.
b) nacionalismo.
c) sindicalismo.
d) pluripartidarismo. 
e) anticomunismo.

Questão 05 - PUCRS 2004.2 - O crescimento da oposição ao Segundo Governo Vargas (1951-1954), que levaria o presidente ao isolamento e ao ato extremo do suicídio, evitando a renúncia ou o golpe militar, deveu-se ao conjunto de medidas ________ na economia brasileira em um contexto _________.
A) liberais - de expansão do imperialismo
B) nacionalistas - de acirramento da disputa EUA x URSS
C) socialistas  - de enfraquecimento do imperialismo dos EUA na América Latina
D) protecionistas  - de retração dos investimentos externos norte-americanos
E) populistas  - de crescimento e investimento dos países asiáticos no Brasil

Questão 06 - UEMG 2018 - As estrofes a seguir pertencem à música de Teixeirinha, denominada “24 de agosto”, produzida em 1962 e presente na 6ª faixa do disco LP “Saudades de Passo Fundo”. A música homenageia Getúlio Vargas.
 “Vinte e quatro de agosto a terra estremeceu 
Os rádios anunciaram o fato que aconteceu 
As nuvens cobriram o céu, o povo em geral sofreu 
O Brasil se vestiu de luto, Getúlio Vargas morreu! 
Seu nome ficou na história pra nossa recordação 
Seu sorriso era a vitória da nossa imensa nação 
Com saúde, ele venceu guerra e revolução 
Depois foi morrer à bala pela sua própria mão”. (Adapatado) 
Considerando a letra da música e os conhecimentos históricos sobre o tema, assinale a alternativa INCORRETA. 
(A) O título da música refere-se à data em que Getúlio Vargas cometeu suicídio, em 1954, deixando uma carta-testamento, cuja autenticidade não foi devidamente comprovada, na qual consta a frase "Saio da vida para entrar na história". 
(B) A “guerra” à qual a música se refere é a Segunda Guerra Mundial, da qual o Brasil participou, através da Força Expedicionária Brasileira (FEB), lutando ao lado dos aliados em território italiano. 
(C) A homenagem de Teixeirinha quer destacar a popularidade de Getúlio Vargas, conhecido por ser o “Pai dos Pobres”. Esse codinome provavelmente está relacionado, entre outros fatores, ao fato de Getúlio Vargas adotar uma política trabalhista, com a criação da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), sendo responsável pelas concepções da Carteira de Trabalho, da Justiça do Trabalho e do salário mínimo. 
(D) A revolução mencionada na música diz respeito à Revolução Constitucionalista de São Paulo, também conhecida como Guerra Paulista, movimento armado que ocorreu no segundo governo de Getúlio Vargas, a favor de suas políticas populistas.

Questão 07 - PUCRS 2003.2 - O contexto político que levaria à crise do segundo Governo Vargas e ao suicídio do presidente, em 24 de agosto de 1954, estava relacionado com
A) a campanha do Partido Comunista Brasileiro contra um Estado excessivamente liberal.
B) a pressão dos sindicalistas pela aprovação da Consolidação das Leis do Trabalho.
C) a oposição popular à criação da Petrobrás.
D) a mobilização geral contra o endividamento do governo junto aos Estados.
E) a oposição dos liberais da UDN e de Lacerda na imprensa.

Questão 08 - UECE-CEV - 2018 - SEDUC-CE - Professor - História - O suicídio de Getúlio Vargas, em 24 de agosto de 1954, teve uma grande repercussão na história do Brasil republicano. No que concerne a esse episódio, assinale a afirmação verdadeira.
A) Ocorreu como forma de garantir a João Goulart, seu vice-presidente, a continuidade de seu projeto de desenvolvimento nacional baseado no modelo chinês a que Goulart teve acesso em visita oficial à China.
B) Ocorreu em meio a um momento de fraqueza e significou o fim do modelo político que ele representava, fundamentado no populismo e no nacional-desenvolvimentismo.
C) Teve, entre outras causas, origem na violenta oposição midiática conduzida pela UDN, de Carlos Lacerda, que se aproveitou da insatisfação popular devido à crescente inflação que vinha desde o governo Dutra. 
D) Foi provocado por uma articulação dos militares com grupos de direita que representavam, no Brasil, os interesses de grandes empresas estrangeiras prejudicadas pela edição das reformas de base que Vargas enviara ao congresso.

Questão 09 - IFBA 2017 - Integrado - “Sigo o destino que me é imposto. Depois de decênios de domínio e espoliação dos grupos econômicos e financeiros, fiz-me chefe de uma revolução e venci. Tive de renunciar. Voltei ao governo nos braços do povo(...)”. O trecho acima selecionado da Carta-Testamento de Vargas, expressa os vínculos do governo de Vargas (1951-1954) com:
A) o nacionalismo e o desenvolvimentismo baseados na industrialização e enfatizando a necessidade de abrir os setores estratégicos da economia para o capital nacional e internacional.
B) as oligarquias tradicionais, expresso num discurso conservador e por medidas que se chocavam com os interesses dos setores populares.
C) em desempenhar nas condições de um regime democrático, o papel de árbitro diante das diferentes forças sociais.
D) sua morte, a qual não teve um significado político, embora tenha tido uma carga dramática capaz de mobilizar a grande massa.
E) os setores empresariais que no início do seu governo demonstraram um apoio incondicional a sua política trabalhista, mas que a partir das ações sociais tomadas por Getúlio abandonaram o governo legitimamente eleito.

Questão 10 - Mackenzie 2001 - O suicídio foi o último, o supremo e inesperado gesto que surpreendeu a todos e reverteu as tendências, selando o carisma e o mito. Aspásia Camargo Sobre o episódio ocorrido em 24 de agosto de 1954, a que se refere o texto, podemos afirmar que:
a) com a morte de Vargas, sua figura política é esquecida pelas massas populares.
b) a reação das massas populares inconformadas impediu a UDN de tomar o poder, dando uma sobrevida ao populismo, com a eleição de João Goulart para Vice-Presidente;
c) o isolamento e a indiferença das massas urbanas levaram Vargas a esse desfecho, embora contasse com total apoio das Forças Armadas.
d) na História brasileira a figura de Getúlio Vargas não é vista como carismática, em virtude do período ditatorial.
e) a UDN, a Tribuna de Imprensa e Carlos Lacerda foram os grandes beneficiados com o trágico fim do Presidente, assumindo a liderança política com apoio das massas.

GABARITO
01 - E
02 - B
03 - B
04 - D
05 - B
06 - D
07 - E
08 - C
09 - C
10 - B

Nenhum comentário: