domingo, 11 de março de 2018

Questões de História do COLUNI / UFV 2017 - com gabarito

Questão 35 - COLUNI / UFV 2017 - Observe o texto e a gravura a seguir, para depois responder à questão: 
Documento I 
Petroleiras querem ampliar papel como operadoras no pré-sal 
Empresas cobram mudanças regulatórias. Petrobras ficará fora de leilão

RIO, BRASÍLIA e WASHINGTON (EUA) - A mudança na lei do pré-sal vai mudar o mapa de atuação das empresas de petróleo e gás no país, com reflexos em outras áreas, como os campos no pós-sal em alto mar, da Bacia de Campos ao Nordeste, além de áreas em terra. Segundo petroleiras e consultores, a alteração na legislação que retira da Petrobras a obrigatoriedade de entrar em todas as áreas sob o regime de partilha deve vir acompanhada de uma nova política de conteúdo local. Nos bastidores, petroleiras comemoraram a aprovação do projeto na Câmara, pois afirmam ter interesse em atuar como operadoras, sem depender da Petrobras em todos os campos. Na Bovespa, investidores reagiram positivamente, e os papéis ordinários (com voto) da Petrobras subiram 4,35%, a R$ 16,80.
Henrique Meirelles, ministro da Fazenda, afirmou ontem em Washington que a mudança é um sinal positivo para o país. 
— Este projeto é extremamente positivo não apenas para o ajuste fiscal, mas para o aumento da produtividade da economia brasileira — disse. 
(...) 
De acordo com outra fonte, as mudanças regulatórias devem acelerar investimentos de companhias em diferentes áreas do país. Petroleiras como BP, Anadarko, Bharat Petroleum (estatal indiana) e Maersk teriam interesse, segundo fontes, em áreas na Bacia de Sergipe-Alagoas, que hoje estão na mão da Petrobras. Com caixa apertado, a estatal não consegue tocar todos os projetos. Em nota, a Petrobras afirmou que “a mudança no marco regulatório vai intensificar a realização de parcerias com a indústria, além de atrair investimentos para o país”. 
(Fonte: http://oglobo.globo.com/economia/petroleiras-querem-ampliar-papel-como-operadoras-no-pre-sal-20252675. Acesso em: 7 out. 2016. Adaptado.)

Documento II

A partir da análise dos documentos I e II, é CORRETO afirmar que: 
a) o monopólio estatal da Petrobras tem sido retirado por uma política atualmente em curso, contrariando a política da época em que essa empresa foi criada. 
b) a Petrobras foi criada em 1953, durante o governo de João Goulart, que pretendia nacionalizar empresas estrangeiras radicadas no Brasil. 
c) a campanha “O petróleo é nosso!”, por ter sido promovida principalmente pelos comunistas, não conseguiu o apoio amplo da população brasileira e da opinião pública na época em que foi lançada. 
d) as empresas estrangeiras, exceto a Standard Oil, foram proibidas de fazer perfurações no Brasil, controlar refinarias e realizar a distribuição de combustíveis (gasolina e diesel) a partir da década de 1950.

Questão 36 - COLUNI / UFV 2017 - Observe a imagem abaixo:
Imagem de uma fábrica no final do século XIX.
(Fonte: www.cead.ufpi.br. Acesso em: 22 set. 2016.)
Grandes transformações que ocorreram na Europa no final do século XIX, principalmente no mundo do trabalho, influenciam as relações sociais até os dias atuais. A partir da imagem acima e dos conhecimentos acerca dessas transformações, assinale a afirmativa CORRETA: 
a) A regulamentação dos direitos referentes ao trabalho infantil nas linhas de produção industrial foi imediatamente implementada naquele contexto. 
b) A divisão social do trabalho em escala industrial separou o homem da atividade fundamental do trabalho, colocando-o como apêndice da máquina. 
c) Um efeito importante desse processo foi a exclusão do trabalho feminino das linhas de produção industrial. 
d) Os salários passaram a ser estabelecidos de acordo com os lucros obtidos pela produção industrial.

Leia os documentos abaixo e depois responda à questão 37:
Documento I
Violência policial contra negros provoca protestos nos EUA

As mortes de dois cidadãos negros baleados por policiais voltaram a provocar protestos violentos nos Estados Unidos. Desta vez, foi na Carolina do Norte que policiais mataram um cidadão negro. E a população reagiu com força. Pela segunda noite seguida, protestos terminaram em violência. Uma pessoa foi baleada e morreu. 
Na terça-feira (20), Keith Scott foi abordado por policiais quando estava no carro dele, e acabou sendo morto. A polícia disse que ele não obedeceu à ordem de baixar a arma. Mas uma testemunha afirma que ele não estava armado: "Ele saiu do carro com um livro, que caiu do colo dele. Estava com as mãos para cima". 
Na semana passada, em Oklahoma, outro cidadão negro também foi morto pela polícia. Ele estava desarmado e com as mãos para cima. Nesta quinta-feira (22), a policial foi indiciada por homicídio. 
O Departamento de Justiça americano abriu uma investigação de violação de direitos civis sobre esse caso e também está acompanhando a situação na Carolina do Norte. A procuradora-geral Loretta Lynch diz que esses casos mostram, mais uma vez, as divisões que ainda existem entre a polícia e as comunidades negras. 
O tema repercutiu na disputa pela Casa Branca. 
(Fonte:http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2016/09/violencia-policial-contra-negros-provoca-protestos-noseua.html. Acesso em: 07 out. 2016.)

Documento II
(Marcha pelos direitos civis. Washington D. C. Estados Unidos, 28 ago. 1963.
Fonte: CAMPOS, Flávio de; CLARO, Regina; Dolhnikoff, Miriam.
História nos dias de hoje, 9º ano. São Paulo: Leya, 2012, p. 253.)
Questão 37 - COLUNI / UFV 2017 - A partir da análise dos documentos I e II e dos conhecimentos em História, é CORRETO afirmar que: 

a) a campanha realizada por Martin Luther King em defesa dos direitos civis e contra a discriminação racial na década de 1960 não surtiu nenhum efeito concreto. 
b) os direitos civis dos negros norte-americanos são plenamente respeitados nos Estados Unidos, desde os protestos feitos na Marcha de 1963. 
c) os protestos e as manifestações populares não devem ser feitos, pois sempre envolvem violência, além de não conseguirem promover mudanças sociais e políticas. 
d) apesar dos inúmeros protestos das comunidades negras norte-americanas, observa-se que a questão racial ainda é uma pauta pendente nas políticas públicas dos Estados Unidos.

Questão 38 - COLUNI / UFV 2017 - Observe a imagem abaixo e leia a transcrição dos dizeres nela contidos:
(Fonte: A juventude no Estado Novo. Ilustração de cartilha do DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda), Rio de Janeiro, 1941. In: CAMPOS, Flávio de; CLARO, Regina; Dolhnikoff, Miriam. História nos dias de hoje, 9º ano. São Paulo: Leya, 2012, p. 156.) 

A imagem é uma ilustração da cartilha de propaganda distribuída durante o governo de Getúlio Vargas. Sobre o contexto do Estado Novo, assinale a alternativa INCORRETA: 

a) O DIP, criado em 1939, foi um importante instrumento da ditadura de Vargas, e tinha, entre outros objetivos, os de fazer propaganda do governo, censurar os meios de comunicação e silenciar a oposição. 
b) O professor deveria, de acordo com o DIP, transmitir mais que os conhecimentos escolares, difundindo entre os alunos os sentimentos ligados a esperança, progresso, nacionalismo e ordem. 
c) Um dos objetivos da educação era, naquele período, dar formação crítica aos alunos, a fim de que eles pudessem se transformar em cidadãos políticos conscientes e participativos no futuro. 
d) As propagandas difundidas durante o Estado Novo eram frequentemente dirigidas para a juventude, que deveria ser educada nos valores patrióticos e nacionalistas, como nos regimes autoritários fascista e nazista.

Questão 39 - COLUNI / UFV 2017 - Fala o Duce*: 
“(...) o fascismo italiano representa uma reação contra os democratas que tornariam tudo medíocre e uniforme e tentariam sufocar e tornar transitória a autoridade do Estado (...). A democracia tirou a elegância da vida das pessoas, mas o fascismo traz de volta a cor, a força, o pitoresco, o inesperado, o misticismo e, enfim, tudo o que falta às almas da multidão”. Milão, 6 de outubro de 1922. In: História do Século XX. São Paulo: Abril Cultural, 1974. vol. 3. p. 1181. * 

“A palavra duce significa chefe, comandante. Era assim chamado o líder fascista Benito Mussolini.” 

(Fonte: MOCELLIN, Renato; CAMARGO, Rosiane. Passaporte para a História. v. 4. Ensino Fundamental. São Paulo: Editora do Brasil, 2004. p. 181.) 

A respeito das bases sociais do fascismo, assinale a afirmativa INCORRETA: 
a) A imprensa burguesa italiana das décadas de 1920 e 1930 não apoiava as ideias fascistas, pois a burguesia não acreditava que a política do Duce restabeleceria a crise econômica após a Primeira Guerra Mundial. 
b) As classes médias italianas, que tinham medo tanto do grande capitalismo quanto do socialismo, apoiaram o movimento fascista. 
c) A ideologia nazifascista não se restringiu à Itália e à Alemanha, já que existiram grupos políticos que pregavam o totalitarismo em lugares como Espanha e Portugal. 
d) Os fascistas prometiam construir uma nova civilização, de cunho nacionalista, na qual o líder saberia escolher o que era melhor para a nação.

Questão 40 - COLUNI / UFV 2017 - A primeira constituição republicana brasileira, promulgada em 1891, consagrou o ideal republicano no Brasil. Nela, estabeleceu-se o presidencialismo como regime político, onde o chefe do executivo seria eleito pelo povo para um mandato de 4 anos, e o direito ao voto para os homens maiores de 21 anos. Este ideal republicano previu também a organização das antigas províncias em estados, dotados de relativa autonomia (para realizar empréstimos e instituir impostos, por exemplo). Os efeitos destas mudanças deram início ao período conhecido como República das Oligarquias (1894-1930). Assinale a afirmativa que NÃO apresenta características deste período: 

a) O Brasil, no Tratado de Petrópolis de 1903, comprou o Acre da Bolívia com o compromisso de construir a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. 
b) O controle político era mantido pela „política dos governadores‟ que tinha o objetivo de evitar choques entre as oligarquias estaduais (governos) e a União. 
c) A „política dos governadores‟ fortaleceu o poder local no interior dos estados, possibilitando o surgimento de uma prática de controle do voto conhecida como „coronelismo‟. 
d) As oligarquias, sobretudo industriais e ligadas à produção têxtil exportadora, sustentavam os deputados e senadores eleitos, a fim de garantir seus interesses na República.

Questão 41 - COLUNI / UFV 2017 - Na obra “Auto da Compadecida”, de Ariano Suassuna, os personagens cangaceiros (Severino do Aracaju e Cangaceiro) aparecem muitas vezes associados ao uso de armas de fogo e a atitudes de coragem e valentia, como nos trechos abaixo: 
“PADRE Meu Deus, que terá sido isso? 
BISPO O barulho era de tiro! 
MULHER, entrando, assombrada. Valha-me Deus! Ai, meu marido de minha alma, vai morrer todo mundo agora. Socorro, Senhor Bispo! 
BISPO Que há? Que é isso? Que barulho! 
MULHER É Severino do Aracaju, que entrou na cidade com um cabra e vem para cá roubar a igreja. 
PADRE Ave-Maria! Valha-me Nossa Senhora! 
BISPO Quem é Severino do Aracaju? 
SACRISTÃO Um cangaceiro, um homem horrível. 
BISPO, à mulher. Chame a polícia. 
MULHER A polícia correu. BISPO Correu? 
MULHER E então? Informaram-se por onde ele vinha e saíram exatamente pelo outro lado.” 
(Fonte: SUASSUNA, A. Auto da Compadecida, Nova Fronteira: 2014, p. 89-90.) 

A partir da leitura do trecho da obra de Ariano Suassuna e dos conhecimentos sobre o movimento conhecido como Cangaço, assinale a afirmativa CORRETA:

a) Formados durante o Império, os bandos armados se organizaram no sertão de Pernambuco e chegavam até os arredores de São Paulo. 
b) No início, a organização dos bandos de cangaceiros estava relacionada às dificuldades da vida sertaneja geradas pela concentração da propriedade rural, pelas secas e pelo mandonismo dos coronéis. 
c) Durante todos os anos de existência, os bandos de cangaceiros eram sustentados pelos chefes políticos locais que lhes davam casa e comida em troca de proteção armada nas disputas contra os adversários. 
d) Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, foi o cangaceiro mais conhecido deste período. Seu bando ficou famoso em todo o mundo, pois era uma força política importante nas disputas das eleições locais, o que despertou nos sertanejos o sentimento de simpatia.

GABARITO
35 - A
36 - B
37 - D
38 - C
39 - A
40 - D
41 - B

Nenhum comentário: