quinta-feira, 29 de março de 2018

Questões de História - PISM II / UFJF 2018 - com Gabarito Oficial

Questão 01 - PISM II / UFJF 2018 - Leia o trecho a seguir e em seguida responda à questão solicitada: “O Valongo está aí para lembrar que o número de africanos escravizados chegados entre 1550 e 1850 (4,9 milhões) é 6,4 vezes maior do que o número de portugueses (750 mil), entrados no mesmo período, e quase igual ao número de imigrantes de vários continentes chegados entre 1850 e 1950 (5 milhões). Na era inaugurada pela incorporação do Cais do Valongo ao Patrimônio da Humanidade, o que deve ser dito é o seguinte, "nós somos um país formado por milhões de deportados africanos, índios e outros milhões de imigrantes geralmente pobres, que criaram uma nação, um Estado independente" (ALENCASTRO, Luiz Felipe. “Inclusão de Valongo como patrimônio”. Fonte: https://tinyurl.com/yblon5bx)
Sobre a formação e a composição demográfica da população brasileira no decorrer do século XIX, é CORRETO afirmar que
a) apesar da diversidade da população brasileira, houve historicamente no país um processo homogêneo e igualitário de inclusão social dos descendentes de índios, africanos e imigrantes.
b) a composição demográfica brasileira foi formada a partir de processos históricos pacíficos, nos quais a violência desempenhou papel secundário.
c) a imigração europeia se destacou como principal origem da composição demográfica do país, comprovada pelo grande número de descendentes de imigrantes na população brasileira.
d) a sociedade brasileira deve ser pensada a partir da compreensão quanto à importância estrutural da escravidão africana para a formação da população do país.
e) o maior contingente populacional que imigrou para o Brasil de países europeus era formado por segmentos da elite que estavam sendo perseguidos por sua origem étnica.

Questão 02 - PISM II / UFJF 2018 - No processo de Independência e ao longo do século XIX muitas nações latino-americanas foram marcadas pelo fenômeno político conhecido como Caudilhismo.

Cartaz com a imagem do argentino Juan Manuel de Rosas, considerado um dos grandes caudilhos do século XIX. Fonte: https://goo.gl/1xWbZP
Documento 2 
"Na América Latina o termo caudilho ainda continua a ser usado, como o de cacique, para designar chefes de partido local ou de aldeia, com características demagógicas. Presentemente, parte dos estudiosos da ciência política creem que o Caudilhismo é particularmente significativo para a compreensão da gênese do militarismo na América Latina." 
Adaptado de BOBBIO, Norberto. Dicionário de Política, Brasília: Editora UnB, 2000.
Com base nestas informações e em seus conhecimentos, assinale a alternativa CORRETA:
a) O caudilhismo foi um fenômeno político típico dos países europeus, e que foi exportado para o Brasil e demais países americanos.
b) Os caudilhos se opunham ao poder do Exército e da Igreja e defendiam a centralização em oposição ao federalismo.
c) Pode-se afirmar que o caudilhismo foi um fenômeno tipicamente urbano, ligado ao processo de expansão da industrialização.
d) Os caudilhos foram fundamentais para o estabelecimento das democracias que caracterizaram os países americanos desde o século XIX.
e) O caudilhismo tem vinculação com as elites locais, e é um poder baseado no carisma do líder (o caudilho), no uso da força e no apoio dos proprietários de terra.

Questão 03 - PISM II / UFJF 2018 - Observe os documentos abaixo: 

Documento 1 
O fotografo português Cristiano Junior retratou os tipos de trabalhadores característicos das ruas da Corte do Rio de Janeiro, ao longo do século XIX.
Diversos tipos de trabalhadores das ruas. Fotógrafo Cristiano Junior, Museu Histórico Nacional. Fonte: https://goo.gl/DyyNWp
Documento 2 
Em 18 de janeiro de 1858, a Câmara Municipal de Três Pontas enviava o seguinte ofício ao Presidente da Província de Minas Gerais: "A falta de braços ocasionada pela morte dos escravos tem também influído consideravelmente para a diminuição da produção porque o agricultor não acha meios de os substituir em razão de o pequeno número de trabalhadores livres que existe neste município achar um salário maior do que aquele que razoavelmente se pode pagar para cultivar a terra, na condução de gado, porcos e tropas para o mercado da Corte (...)" 
Adaptado de: Martins, Marcos Lobato. O debate sobre trabalho escravo, abolicionismo e trabalho livre no Sul de Minas (décadas de 1870- 1880), Revista Esboços, Florianópolis, v. 19, n. 28, p. 208-235, dez. 2012, p. 215.
Utilizando as informações presentes nos documentos acima, e seus conhecimentos sobre a sociedade e o mundo do
a) Os melhores salários eram pagos para os que atuavam no trabalho agrícola, sendo grande a migração das cidades para as áreas rurais.
b) Na maioria das cidades brasileiras do século XIX conviviam trabalhadores livres e escravos, que podiam exercer atividades distintas.
c) As mulheres negras, escravas ou não, eram proibidas de exercer ofícios fora das casas.
d) A mão de obra assalariada só pode ser adotada no Brasil após a abolição da escravidão.
e) O trabalho de crianças, fossem elas livres ou escravas, era proibido por lei e regulamentado pelo Estado.

Questão 04 - PISM II / UFJF 2018 - Observe o documento abaixo:

Fonte: https://goo.gl/v2BpLx
Com relação à Comuna de Paris assinale a alternativa CORRETA:
a) Fortaleceu a posição dos militares diante da sociedade francesa.
b) Baseou-se no ideal centralizador do absolutismo.
c) Estimulou os privilégios e a hierarquização da sociedade.
d) Instituiu o ensino religioso em toda França.
e) Foi uma fonte de inspiração para o movimento operário.

Questão 05 - PISM II / UFJF 2018 - Leia a tabela abaixo, que apresenta dados relativos à expansão do transporte ferroviário francês no final do século XIX:

ORTIZ, Renato. Cultura e Modernidade, São Paulo: Brasiliense, 1998, p. 23. 
Tendo em vista o processo econômico apontado na tabela, que mudanças na esfera dos hábitos culturais são perceptíveis na vida cotidiana das pessoas nesse contexto?
a) O retorno da vida burguesa para uma paisagem bucólica marcada pela beleza e tranquilidade do mundo rural;
b) A rápida transformação dos mecanismos de comunicação graças à expansão dos telefones celulares e seus aplicativos capazes de conectar pessoas situadas em diversas partes do mundo;
c) A necessidade da regulação nacional e internacional do Tempo, o que produziu um incremento na instalação de relógios públicos e a estruturação de um sistema de fusos horários que fosse capaz de regular viagens internacionais;
d) O retorno da produção artesanal, baseada na valorização dos trabalhos manuais e na recusa às transformações industriais introduzidas pelas máquinas;
e) A expansão do uso de bens de consumo duráveis que transformaram a vida e o cotidiano doméstico, tais como máquinas de lavar, ferro elétrico, geladeiras e eletrodomésticos em geral.

GABARITO
01 - D
02 - E
03 - B
04 - C
05 - E

Nenhum comentário: