domingo, 18 de março de 2018

Sociologia: Questões de Concursos sobre Norbert Elias - com gabarito

Questão 01 - IFB 2017 - De acordo com Norbert Elias (1994), o processo de transição de um modo de pensar mais autônomo, ao menos no tocante aos eventos naturais, esteve intimamente ligado ao avanço mais generalizado da individualização nos séculos XV, XVI e XVII. Sobre o conceito de processo de individualização, julgue os itens abaixo. 
I) A individualização é um processo contínuo e não planejado, construído nos avanços e recuos do processo civilizador individual, no qual todos os indivíduos, como fruto de um processo civilizador social em construção a longo tempo, são automaticamente ingressos desde a mais tenra infância, em maior ou menor grau e sucesso. 
II) O processo de individualização se diferencia do processo de civilização, visto que este último faz parte de uma crescente interação com as atividades sociais, sem qualquer relação com as atividades psíquicas dos indivíduos no interior das configurações. 
III) O conceito de individualização está intimamente ligado com o de autocontrole, que é o processo que vai da exteriorização à interiorização. O indivíduo interioriza os sentimentos, paixões, emoções, controles e representações produzidas nas relações sociais e em suas atividades mentais, e depois ele exterioriza suas representações através de comportamentos, hábitos e relações de poder. 
IV) A ideia de individualização torna-se mais visível ao passo que a história humana avança, demonstrando que a humanidade, o indivíduo e a sociedade são processos sem início e fim à vista. Nessa história, torna-se perceptível a transferência cada vez maior de funções relativas à proteção e ao controle do indivíduo, previamente exercidas por pequenos grupos tradicionais e consanguíneos (tribo, feudo, igreja etc.), para os grupos densamente habitados, como podemos perceber na configuração dos Estados modernos altamente complexos e urbanizados. 
V) Na individualização existe um indivíduo biológico e individuado socialmente, que busca ser controlador das forças naturais. Desde os primeiros dias da humanidade até o século XXI, não foram somente as estruturas sociais e as condições materiais de existência que mudaram. O biológico parece mais ‘sólido’ e ‘resistente’, as forças naturais não-humanas parecem ser cada vez mais ‘controladas’ e ‘previstas’, enquanto o social parece mais ‘controlador’, ‘mutável’ e ‘vulnerável’ às mudanças ao longo da história humana. Assinale a alternativa que apresenta apenas sentenças CORRETAS. 
a) I, III, IV e V 
b) I, II, III e IV 
c) III, IV e V 
d) I, IV e V 
e) I, II, IV e V 

Questão 02 - CEFET – AL – 2013 - O sociólogo Norbert Elias é hoje uma das grandes referências nas ciências sociais, numa acepção mais ampla. Em sua obra mais conhecida, O processo civilizador, mostra como lentamente os costumes vão moldando as condutas, os corpos e os sentimentos dos indivíduos e dos grupos sociais ao longo dos séculos. Sobre os conceitos e proposições teóricas de Norbert Elias, assinale a alternativa incorreta: 
a) Outra etapa do processo civilizatório se apresenta quando, por força da crescente divisão do trabalho e acirramento da competição social, o controle externo é substituído pelo controle interno. 
b) Para N. Elias, socialização e individualização de um ser humano são, portanto, nomes diferentes para o mesmo processo. 
c) A sociologia não consiste, ou pelo menos não exclusivamente, no estudo das sociedades contemporâneas, mas deve dar conta das evoluções de longa, até mesmo de muito longa duração, as quais permitem compreender, por filiação ou diferença, as realidades do presente. 
d) Uma Figuração é uma formação social, cujas dimensões podem ser muito variáveis (os jogadores de um carteado, a sociedade de um café, uma classe escolar, uma aldeia, uma cidade, uma nação), em que os indivíduos estão ligados uns aos outros por um modo específico de dependências recíprocas e cuja reprodução supõe um equilíbrio móvel de tensões. 
e) Diferentemente da tecnização o processo civilizador corresponde a um percurso de aprendizagem involuntária pelo qual passa a humanidade. Começou nos primórdios do gênero humano e continua em marcha. 

Questão 03 - IF-AC – 2014 - O conceito de indivíduo adquiriu maior força no século XVI com a Reforma Protestante, A partir da ideia de que o indivíduo poderia relacionar-se diretamente com Deus, sem o intermédio de outra pessoa. Com a Revolução Industrial, esta ideia firmou-se definitivamente, pois se colocou a felicidade individual como objetivo principal da nova sociedade. Para Norbert Elias, o estudo do indivíduo deverá ser realizado dinamicamente a fim de compreendê-lo dentro do contexto social e, vice-versa. Para explicar essa relação de interdependência entre indivíduo e sociedade, esse sociólogo utiliza o conceito de 
a) configuração. 
b) estrutura social. 
c) relação social. 
d) ação social 

Questão 04 - UFMT - 2015 - IF-MT - Em “A sociedade dos indivíduos”, Norbert Elias discute um problema epistemológico da sociologia, que se localiza no enviesar dicotômico para leitura dos fenômenos indivíduo e sociedade. De fato, o autor propõe uma análise do indivíduo e da sociedade na longa cadeia de interdependência, entrelaçando estrutura social e estrutura psíquica. Leia atentamente o texto. [...] é um processo contínuo e não planejado, construído nos avanços e recuos do processo civilizador individual no qual todos os indivíduos, como fruto de um processo civilizador social em construção a longo tempo, são automaticamente ingressos desde a mais tenra infância, em maior ou menor grau e sucesso. Pois nenhum ser humano chega civilizado ao mundo, o individual é obrigatoriamente social e vice-versa. (ELIAS, N. Introdução à sociologia. Edições 70. Lisboa: Pax, 1980.) 
O texto acima define o conceito de 
(A) Habitus. 
(B) Individualização.
(C) Civilização. 
(D) Configuração social. 

Questão 05 - UFMT - 2015 - IF-MT - Em relação à teoria do processo civilizador de Norbert Elias, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas. 
( ) Cultura, civilização e civilité são sinônimos do desenvolvimento técnico e artístico, independente da época, tanto para ingleses, franceses e alemães. 
( ) O crescimento da economia monetária urbana facilita e depende criticamente do poder e do monopólio da violência por parte do poder central do Estado. 
( ) Psicogênese representa as transformações de longa duração ocorridas nas estruturas de personalidade dos indivíduos que, por sua vez, resultam em uma vasta gama de modificações nos seus comportamentos. 
( ) A sociedade é elemento determinante do processo civilizador, sendo algo construído por grupos poderosos, sem considerar a dimensão individual. Assinale a sequência correta. 
(A) F, V, F, V 
(B) V, F, V, F 
(C) F, V, V, F 
(D) V, F, V, V 

Questão 06 - FGV – 2016 – SME - SP - “Na sociedade aristocrática de corte, a vida sexual era por certo muito mais escondida do que na sociedade medieval. O que o observador de uma sociedade industrializada-burguesa amiúde interpreta como ‘frivolidade’ da sociedade de corte nada mais é do que essa orientação rumo à privacidade. Não obstante, medidos pelo padrão de controle dos impulsos na própria sociedade burguesa, o ocultamento e a segregação da sexualidade na vida social, tanto quanto na consciência, foram relativamente sem importância nessa fase. Aqui, também, o julgamento de fases posteriores é com frequência induzido em erro porque os padrões, da pessoa que julga e da aristocracia de corte, são considerados como absolutos e não como opostos inseparáveis, e também porque o padrão próprio é utilizado como medida de todos os demais.” 
(ELIAS, N. O Processo Civilizador: Uma história dos costumes. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1994, v. 1, p. 178.) 
Em O Processo Civilizador, Norbert Elias analisa a história dos costumes, buscando compreender o curso das transformações gerais da sociedade ocidental que, na longa duração, contribuíram para um processo civilizatório. A esse respeito, com base no fragmento acima, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa. 
( ) O autor examina a dinâmica civilizadora, entendida como as reações dos indivíduos às condições materiais de vida. 
( ) O autor estuda os processos de naturalização de hábitos e costumes, como os processos de controle das emoções individuais. 
( ) O autor identifica representações sociais e hábitos analisando o processo cognitivo pelo qual lhe são atribuídos significados. As afirmativas são, respectivamente,
(A) F, V e F. 
(B) F, V e V. 
(C) V, F e F. 
(D) V, V e F. 
(E) F, F e V. 

Questão 07 - NUCEPE - 2009 - SEDUC-PI - Norbert Elias apresenta o sociólogo como destruidor de mitos. Assinale, dentre as seguintes afirmações, a que NÃO se enquadra em uma introdução à sociologia proposta pelo citado autor: 
a) A transição de uma teoria filosófica para uma teoria sociológica do conhecimento, o que Comte realizou, surge essencialmente como a substituição da pessoa individual, enquanto sujeito de conhecimento, pela sociedade humana. 
b) Por muito diferentes que possam ser a ciência social e a ideologia social, ambas são manifestações das mesmas transformações da estrutura da sociedade. 
c) O poder não é um amuleto que um indivíduo possua e outro não; é uma característica estrutural das relações humanas – de todas as relações humanas. 
d) Podemos obter uma visão mais completa da teoria sociológica se incluirmos as interdependências pessoais e sobretudo as ligações emocionais entre as pessoas, considerando-as como agentes unificadores de toda a sociedade. 
e) A lei durkheimiana dos três estados foi uma tentativa de estabelecer uma tipologia classificatória dos estados do desenvolvimento da humanidade. 

GABARITO
01 - A
02 - E
03 - A
04 - B
05 - C
06 - A
07 - E

Nenhum comentário: