PESQUISAR ESTE BLOG

quinta-feira, 29 de março de 2018

Questões de História - PISM III / UFJF 2017 - com Gabarito Oficial

Questão 01 - PISM III / UFJF 2017 - Em 1944, o escritor italiano Primo Levi foi deportado para o campo de concentração nazista de Auschwitz. Os trechos abaixo, que constam em seu livro de ensaios Os Afogados e os Sobreviventes, se referem a esta experiência:
“(...) o sistema concentracionário nazista permanece ainda um unicum, em termos quantitativos e qualitativos. Em nenhum outro tempo e lugar se assistiu a um fenômeno tão imprevisto e tão complexo: jamais tantas vidas humanas foram eliminadas num tempo tão breve e com uma tão lúcida combinação de engenho tecnológico, de fanatismo e de crueldade”. “Ninguém jamais conseguirá estabelecer com precisão quantos, no aparelho nazista, não podiam deixar de saber das atrocidades espantosas que eram cometidas; quantos sabiam alguma coisa, mas podiam fingir ignorância; quantos, ainda, tinham a possibilidade de saber tudo, mas escolheram o caminho mais prudente de tapar olhos e ouvidos (e, sobretudo, a boca)”. “Sociedades industriais grandes e pequenas, empresas agrícolas, fábricas de armamentos obtinham lucro da mão de obra quase gratuita fornecida pelos campos (...). Devia gerar dúvidas, e certamente as gerou, mas elas foram sufocadas pelo medo, pela avidez de lucro, pela cegueira e estupidez voluntária que mencionamos e, em alguns casos (provavelmente poucos) pela fanática obediência nazista”. 
LEVI, P. Os Afogados e os Sobreviventes. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2016. p. 10-15.

A partir da leitura dos trechos é CORRETO afirmar que os campos de concentração:
a) atuavam como estruturas econômicas autônomas, produzindo bens, serviços e produtos de forma independente do Estado.
b) conformaram experiências já testadas anteriormente em diferentes países, sendo copiadas e reproduzidas pelas autoridades alemãs.
c) funcionavam com o conhecimento, o consentimento e aceitação de diferentes setores da sociedade alemã.
d) obedeciam a convenções, normas jurídicas e acordos internacionais, submetendo-se à fiscalização de autoridades estrangeiras.
e) operavam a partir de instrumentos antigos e rudimentares dispensando o suporte de conhecimentos científicos.

Questão 02 - PISM III / UFJF 2017 - Observe a charge a seguir:
Disponível em: http://almanaquedec50.blogspot.com/2007/08/1956_17.html. Acesso em 18/Out./2016. 
De acordo com a charge e com seus conhecimentos, é CORRETO afirmar que:
a) o governo de Juscelino Kubitschek representou uma ruptura, investindo num plano de metas que atingiu setores de transporte, indústria de base, educação, energia e alimentação, mas manteve as desigualdades sociais.
b) a fundação da cidade de Brasília e o investimento nos meios de transporte foram propagandas importantes para o governo de Juscelino, atingindo toda população brasileira que se beneficiou com as melhorias econômicas.
c) o lema “50 anos em 5” estava diretamente voltado para o crescimento econômico do Brasil na década de 1950, acolhendo as reclamações da população, de maneira que ao final dos 5 anos não haviam mais insatisfeitos e pessimistas.
d) as propostas que compuseram a política dos 50 anos em 5 atacaram problemas sociais e políticos como a corrupção, diminuindo a dívida externa brasileira e gerando grande popularização do presidente.
e) há uma crítica ao uso excessivo da propaganda política pelo governo que tinha a intenção de atacar as questões sociais e enfatizar o crescimento econômico do Brasil representado pelo avião decolando.

Questão 03 - PISM III / UFJF 2017 - Observe as imagens abaixo que correspondem ao período da Revolução Cultural da China e responda à questão solicitada:

Sobre a “Revolução Cultural Chinesa”, que teve início em 1966, sob a condução de Mao Tsé-Tung, é CORRETO afirmar que, entre outros aspectos, ela buscou:
a) centrar esforços no sentido de difundir a educação superior na China de modo a formar um capital humano mais qualificado no país.
b) impulsionar a democratização das instituições políticas chinesas para combater ações orientadas para a centralização burocrática.
c) incentivar a publicação de livros e a constituição de bibliotecas pelo território chinês de modo a contribuir com o combate às altas taxas de analfabetismo.
d) promover a perseguição a vários intelectuais considerados como inimigos do processo revolucionário em curso na China.
e) valorizar o debate público em locais abertos e o pensamento divergente como forma de incentivar a pluralidade de visões sobre o regime chinês.

Questão 04 - PISM III / UFJF 2017 - Leia os trechos abaixo e, em seguida, responda ao que se pede: 
Trecho do discurso de posse do Marechal Humberto Castelo Branco, em 1964
Defenderei e cumprirei com honra e lealdade a Constituição do Brasil, inclusive o Ato Institucional que a integra. Cumprirei e defenderei ambos com determinação, pois serei escravo das leis do país e permanecerei em vigília para que todos as observem com exação e zelo. Meu governo será o das leis, o das tradições e princípios morais e políticos que refletem a alma brasileira. O que vale dizer que será um governo firmemente voltado para o futuro, tanto é certo que um constante sentimento de progresso e aperfeiçoamento constitui a marca e também o sentido de nossa história política e social. 
Disponível em: http://www.bradoretumbante.org.br/historia/generais-no-poder/as-promessas Acessado em 13/10/2016.

Trecho do discurso de posse do General Emilio Garrastazu Médici,em 1969 
Homem da fronteira, creio em um mundo sem fronteira entre os homens. Sinto por dentro aquele patriotismo aceso dos fronteiriços, que estende ponte aos vizinhos, mas não aceita injúrias nem desdéns e não se dobra na afirmação do interesse nacional. Creio em um mundo sem fronteiras entre países e homens ricos e pobres. E sinto que poderemos ter um mundo sem fronteiras ideológicas, onde cada povo respeite a forma de outros povos viverem, onde os avanços científicos fiquem na mão de todo homem, na mão de todas as nações, abrindo-se à humanidade a opção de uma sociedade aberta. Fronteiriço, não sei, não vejo, não sinto, não aceito outra posição do Brasil no mundo que não seja a posição de altivez. 
Disponível em: http://www.alertatotal.net/2015/12/discurso-de-posse-de-emilio-garrastazu.html Acessado em 13/10/2016

De acordo com os dois trechos é CORRETO afirmar que:
a) os dois presidentes assumiram os mesmos compromissos políticos de respeitarem a constituição democrática do Brasil, falando em nome do povo que os elegeu garantindo conduzir o país a um futuro de progresso.
b) há uma descontinuidade entre o primeiro discurso e o segundo, uma vez que Castelo Branco promete exercer um governo firme característico da ditadura que se inicia, mas que se modifica com Emílio Médici que investe na abertura política.
c) são parte de um processo mais longo de endurecimento político dos governos militares, reforçando a necessidade de firmeza no confronto com as diferenças, numa intenção de defesa do projeto militar pelo crescimento do país.
d) eleitos de forma indireta, tanto Castelo Branco quanto Médici buscaram conquistar o apoio popular prometendo governar com as leis, respeito aos direitos civis e moralizar o país, diminuindo a distância entre ricos e pobres.
e) a manutenção dos governos militares dependia da posição de ataque às diferenças econômicas e políticas entre o Brasil e os outros países, defendendo que o modelo do Brasil deveria ser expandido para todo mundo.

Questão 05 - PISM III / UFJF 2017 - Leia os trechos abaixo sobre o período da Guerra Fria e responda ao que se pede: 
“A grande descoberta dos EUA foi que, para manter a hegemonia conquistada durante a Segunda Guerra, era necessário recuperar a economia e o tecido político europeu e japonês. Em vez de países frágeis, precisava de aliados para a Guerra Fria e consumidores para a sua indústria (muito maior do que as reais necessidades do seu mercado interno). O acordo de Bretton Woods, complementado pelo Plano Marshall, garantiu um volume de moeda que viabilizou a relação demanda-produção”. 
PADRÓS, E. S. Capitalismo, prosperidade e Estado de Bem-Estar Social. In: O Século XX. O tempo das crises. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005, p.235. 

“A oeste, graças ao avanço das tropas soviéticas até Berlim, foi possível, em primeiro lugar, anexar à URSS importantes territórios: os chamados Estados bálticos (Letônia, Estônia e Lituânia), a parte oriental da Polônia e uma porção da Romênia – transformada em República Soviética da Moldávia. (...). Na área da Europa Central (Polônia, Tchecoslováquia, Alemanha Oriental e, depois, República Democrática Alemã (RS), Hungria, Romênia, Albânia, Bulgária e Iugoslávia), quase toda ocupada pelos exércitos soviéticos, a expectativa de Moscou era formar um cinturão de Estado no mínimo não-hostis”. 
REIS, D. A. O mundo socialista: expansão e apogeu. In: O Século XX. O tempo das dúvidas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002, p.17.
Em relação aos dois trechos selecionados é CORRETO afirmar que eles se referem:
a) às ações desenvolvidas pelos EUA e URSS para conciliarem os princípios do capitalismo e do comunismo na Europa e no Japão.
b) às disputas por zonas de influências política e ideológica travadas entre Estados Unidos e União Soviética.
c) às estratégias utilizadas pelos soviéticos no sentido de fortalecerem a construção do “socialismo em um só país”, defendida por Stalin.
d) às táticas adotadas por EUA e URSS no sentido de fortalecerem suas posições isolacionistas em relação ao mundo europeu.
e) às transformações que ocorreram no momento seguinte à Segunda Guerra Mundial e que levaram ao conflito aberto, direto e violento entre EUA e URSS.

GABARITO
01 - C
02 - A
03 - D
04 - C
05 - B

Nenhum comentário:

Qualquer valor...

Faça Uma Doação para o Blog de Geografia

Você gosta das postagens do blog e gostaria de ajudar: Ajude o blog "Blog  de Geografia" a manter seu trabalho. Para isso conto co...