sexta-feira, 26 de novembro de 2021

Questão de História - ENEM 2008 - Em discurso proferido em 17 de março de 1939, o primeiro-ministro inglês à época, Neville Chamberlain

ENEM 2008 - Em discurso proferido em 17 de março de 1939, o primeiro-ministro inglês à época, Neville Chamberlain, sustentou sua posição política: “Não necessito defender minhas visitas à Alemanha no outono passado, que alternativa existia? Nada do que pudéssemos ter feito, nada do que a França pudesse ter feito, ou mesmo a Rússia, teria salvado a Tchecoslováquia da destruição. Mas eu também tinha outro propósito ao ir até Munique. Era o de prosseguir com a política por vezes chamada de ‘apaziguamento europeu’, e Hitler repetiu o que já havia dito, ou seja, que os Sudetos, região de população alemã na Tchecoslováquia, eram a sua última ambição territorial na Europa, e que não queria incluir na Alemanha outros povos que não os alemães.” I
nternet: <www.johndclare.net> (com adaptações). 
Sabendo-se que o compromisso assumido por Hitler em 1938, mencionado no texto acima, foi rompido pelo líder alemão em 1939, infere-se que 
a) Hitler ambicionava o controle de mais territórios na Europa além da região dos Sudetos. 
b) a aliança entre a Inglaterra, a França e a Rússia poderia ter salvado a Tchecoslováquia. 
c) o rompimento desse compromisso inspirou a política de ‘apaziguamento europeu’. 
d) a política de Chamberlain de apaziguar o líder alemão era contrária à posição assumida pelas potências aliadas. 
e) a forma que Chamberlain escolheu para lidar com o problema dos Sudetos deu origem à destruição da Tchecoslováquia.

RESPOSTA:
Letra A.

Hitler mesmo assumindo os compromissos assinados na então Conferência de Munique, recusou-se a cumprir tais acordos. O político Russo incorporou territórios da Checoslováquia, bem como pressionou politicamente a Polônia para criar uma ferrovia com acesso ao chamado "corredor polonês". Nesse sentido, compreender-se que Hitler ambicionava de mais territórios da Europa, por meio de alianças com diversos países, mas sem que cumprisse-os.

Nenhum comentário: