segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Prova de Geografia - UNICAMP 2016 - 2ª fase - Resolução Comentada

Questão 01 - UNICAMP 2016  - A Região Autônoma da Rojava é um dos poucos pontos brilhantes a emergir da tragédia dos conflitos que ocorrem no Oriente Médio. Depois de expulsar os agentes do regime de Bashar al-Assad, em 2011, e apesar da hostilidade de quase todos os seus vizinhos, Rojava não só manteve a sua independência como constitui uma experiência democrática notável. Todavia, mais uma vez os curdos estão cercados: os jihadistas do Estado Islâmico e a maior potência da OTAN na região, a Turquia, querem afogar em sangue a semente da liberdade dos curdos e provar que não pode haver na região um povo livre em que as mulheres e os homens sejam iguais. A defesa da cidade de Kobani é, atualmente, expressão cabal da histórica luta de toda a nação curda para fazer valer seu direito à autodeterminação. (Adaptado de N. R. de Almeida, Os curdos numa armadilha histórica. http://outraspalavras.net/posts/os-curdos-numa-armadilha-dahistoria. Acessado em 28/09/2015.) 
a) O povo curdo totaliza hoje aproximadamente 30 milhões de pessoas. Em quais países estão majoritariamente distribuídos? Qual a principal reivindicação política dos curdos? 
b) Dê duas características da organização denominada Estado Islâmico e aponte os países em que ela controla territórios e recursos.

Resolução:
a) 
O povo curdo está distribuído majoritamente pelos seguintes países: Turquia, Iraque, Síria e Irã. Sua principal reivindicação política é a formação e o reconhecimento de um Estado autônomo e soberano: o Curdistão. 
b) 
O autodenominado Estado Islâmico é uma organização formada por muçulmanos sunitas que adota o fundamentalismo religioso, particularmente guiado por uma interpretação extremista da Jihad (comumente compreendida como Guerra Santa Islâmica). Tem suas origens na rede terrorista Al-Qaeda, com a qual rompeu relações para implantar seu próprio modo de agir, almejando a apropriação de territórios. Em 2014, o Estado Islâmico decretou oficialmente a criação de um Califado (regime político religioso orientado pela Lei Islâmica Sharia e por preceitos corânicos) em frações dos territórios da Síria e do Iraque que estão sob seu controle, acirrando o conflito geopolítico no Oriente Médio. O Estado Islâmico adota uma posição contrária ao secularismo e ao modo de vida ocidental, fazendo, todavia, intenso uso das técnicas da propaganda, da mídia e, particularmente, das redes sociais, para divulgar seus valores e estratégias. Os recursos que sustentam as ações do Estado Islâmico provêm da exploração e comercialização do petróleo e da cobrança de impostos nas regiões conquistadas, assim como da pilhagem, da extorsão e do comércio de escravos. A prática do terrorismo é a forma de ação utilizada pelo Estado Islâmico para posicionar-se no contexto político mundial.

Questão 02 - UNICAMP 2016  - Área de reserva de lítio na Bolívia

Fonte:http://www.dw.com/pt/o-l%C3%ADtio-ser%C3%A1-uma-moeda-de-alta-procura-no-mundo-diz-pesquisador/a-16384992. Acessado em 28/11/2015. 
O carbonato de lítio é um mineral que possui importante capacidade como condutor de calor e de eletricidade. Esse mineral é aproveitado, entre diversos outros usos, para a produção de baterias, necessárias ao funcionamento de aparelhos eletrônicos portáteis e de veículos elétricos. Trata-se de uma expressiva riqueza natural, estratégica para o século XXI, da qual poucos países possuem reservas em abundância. Na América do Sul, esse mineral é encontrado em grandes concentrações na Bolívia, no Chile e na Argentina nas regiões conhecidas como salares. 
a) Como se formaram os salares na América do Sul e em quais regiões da Bolívia, Chile e Argentina estão localizados? 
b) Chile e Bolívia possuem diferentes concepções de política de Estado para exploração das reservas de lítio. Qual é a política adotada por cada um desses países para a exploração desse mineral?

Resolução:
a) 
Os salares são áreas de drenagem endorreica onde se formam locais de acumulação de águas, que, dependendo das rochas existentes em sua bacia, podem fornecer diferentes sais. Caso esta área esteja sob condições áridas ou semiáridas, a evaporação da água é muito intensa, por vezes permitindo a cristalização dos sais na base de suas bacias, formando crostas de sal na superfície. Estes salares são muito comuns no norte do Chile, noroeste da Argentina e sul e sudoeste da Bolívia, especialmente nas regiões andinas. 
b) 
Na Bolívia, a partir da eleição de Evo Morales, o governo promoveu a nacionalização da extração de recursos minerais, definindo o seu caráter estratégico e de interesse público. Para a exploração desses recursos, o Estado nacional participa com suas empresas públicas ou como sócio majoritário, quando ocorre o envolvimento de empresas estrangeiras ou nacionais privadas. Além disso, foram estabelecidas novas formas de cobrança de royalties e de impostos sobre os lucros das empresas exploradoras do lítio. No governo de Evo Morales há incentivos para que a industrialização do lítio ocorra dentro do próprio país, com importante participação do Estado, o qual passa a se envolver também em pesquisas para a exploração e o processamento do mineral, diferentemente de outros momentos da história da Bolívia, país que se tornou grande provedor de matérias primas minerais para o mundo, com atuação predominante de empresas estrangeiras. O Chile, entretanto, possui uma política de Estado diferenciada da boliviana para exploração do lítio e de outros recursos minerais. No modelo chileno ocorre maior abertura comercial ao capital privado, o Estado costuma conceder o direito de exploração de recursos minerais a grandes empresas, especialmente grupos econômicos estrangeiros.

Questão 03 - UNICAMP 2016  - 

a) Apresente os fatores que determinam a centralidade das cidades de São Paulo e Brasília-DF na rede de fluxos aéreos do território brasileiro. 
b) Em que medida o mapa revela a continuidade dos padrões de regionalização do espaço brasileiro?

Resolução:
a) 
A cidade de São Paulo-SP se destaca como a principal centralidade na rede de fluxos aéreos do território brasileiro, estabelecendo ligações diretas com praticamente todas as cidades da rede. Isto se deve ao fato de São Paulo ser a grande metrópole nacional, que, historicamente, acumula funções econômicas de alto nível (é o principal mercado financeiro do país, abriga parcela considerável das sedes das grandes empresas, detém denso setor de serviços superiores e indústrias inovadoras, entre outros elementos). Cabe ainda considerar que São Paulo possui uma população de mais de 20 milhões de habitantes em sua área metropolitana, fator que impulsiona o intenso uso da rede. Brasília-DF, por sua vez, também se posiciona como importante centralidade na rede de fluxos aéreos por ser a capital político-administrativa do Brasil e por ter uma posição mais central no território, o que lhe dá melhor condição de acesso físico a todas as regiões.

b) 
O mapa dos principais fluxos aéreos de passageiros nos indica a continuidade do padrão de desigualdade regional do território brasileiro. O Centro-Sul permanece privilegiado em termos de acessibilidade, sendo a região mais fluida potencial e efetivamente, ao articular, através de um conjunto numeroso e diferenciado de cidades, uma densa rede de fluxos aéreos. Já a região Nordeste apresenta razoável acessibilidade, mas envolvendo sobretudo as capitais dos Estados. A região Norte, por sua vez, permanece mais remota, apresentando ainda uma rede mais rarefeita.

Questão 04 - UNICAMP 2016  - A figura abaixo apresenta a sequência evolutiva de um perfil de solo.

a) Quais são os fatores ambientais que interagem para o desenvolvimento de um perfil de solo? 
b) A ação humana pode interferir no desenvolvimento de um perfil de solo como o apresentado. Como pode ser essa interferência?

Resolução:
a) Os solos são resultado da interação de fatores e processos de formação. Os fatores de caráter ambiental são: clima, material de origem, relevo e biosfera. Acrescenta-se a estes o fator tempo cronológico. 
b) A ação humana pode se dar de diferentes formas. A impermeabilização dos solos, em áreas urbanas, por exemplo, retarda a ação dos processos de formação de solo; o tráfego de veículos e mesmo o pisoteio de animais podem compactar os solos, reduzindo sua porosidade e consequentemente alterando a dinâmica da água em sua superfície e em seu interior, o que pode gerar muitas vezes processos erosivos; ações de terraplenagem podem decapitar ou soterrar perfis de solos, alterando seu funcionamento e distribuição de horizontes; as culturas agrícolas, especialmente a monocultura, podem retirar intensamente alguns nutrientes, alterando as características químicas do solo, da mesma forma que a adubação e a inserção de poluentes podem alterar as características naturais dos solos.:

Questão 05 - UNICAMP 2016 - A imagem abaixo apresenta um gráben, formado a partir do abatimento de um bloco da crosta ao longo de falhas normais.

a) Quais são os processos que geram abatimentos da crosta associados às falhas normais? Por que nessas áreas formam-se bacias sedimentares? 
b) Indique dois recursos minerais que se formam junto com a evolução de bacias sedimentares.

Resolução:
a) 
As falhas normais são muito comuns nas áreas de rift, ou seja, áreas onde a movimentação das placas tectônicas se faz de forma divergente (margens distensivas). Nestas áreas, o afastamento das placas formam zonas abatidas, delimitadas por planos de falhas normais. Estas áreas rebaixadas criam espaço para a acomodação de sedimentos, formando as bacias sedimentares. 
b) 
Os recursos minerais que se formam junto com a evolução das bacias sedimentares são essencialmente o petróleo, gás natural, carvão mineral, sal gema, calcário, areia e argila.

Questão 06 - UNICAMP 2016 - A questão da inserção do negro na sociedade nacional e sua mobilidade social é recorrente no debate da sociologia brasileira. Embora as desigualdades raciais ainda permaneçam, nas últimas três décadas importantes políticas foram adotadas pelo Estado brasileiro, reconhecendo o valor histórico dos negros para a formação da sociedade nacional. Nesse contexto, vêm se construindo políticas compensatórias, a partir de ações afirmativas, voltadas para essa população. 
a) Indique ao menos uma mudança importante introduzida na Constituição Federal de 1988 que se tornou garantia de reconhecimento dos direitos dos negros pelo Estado Brasileiro. Explique o que são políticas públicas compensatórias. 
b) Em julho de 2010, foi aprovada a Lei Federal 12.288, que instituiu o Estatuto da Igualdade Racial destinado à população negra do país. Essa lei tornou-se um importante instrumento de promoção de ações afirmativas e de combate ao racismo. Aponte duas ações para a promoção dos direitos fundamentais da população afrodescendente, uma referente à educação e outra referente à cultura, decorrentes do referido Estatuto.

Resolução:
a) 
A prática do racismo passa a constituir-se em crime inafiançável e imprescritível, sujeito a pena de reclusão. Além disso, na Constituição de 1988 (no Artigo 68 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias) passa a ser assegurado aos remanescentes das comunidades quilombolas que estejam ocupando suas terras o direito ao reconhecimento da propriedade definitiva da terra, sendo que o Estado brasileiro deverá garantir a emissão do título definitivo de propriedade para essas comunidades. As políticas compensatórias são aquelas direcionadas a produzir políticas públicas de ações afirmativas para a correção das desigualdades sociais e a promoção de igualdade a segmentos específicos da população nacional, para que grupos socioterritoriais possam ser compensados em virtude de perdas sociais históricas sofridas e que se acumularam ao longo da história. 

b) 
Entre outras ações afirmativas, incluem-se, no âmbito da educação: a ampliação do acesso da população negra ao ensino público gratuito; o desenvolvimento de campanhas educativas nas escolas para a promoção dos direitos fundamentais dos afro-brasileiros; a inclusão no ensino básico (fundamental e médio), de escolas públicas e privadas, do estudo da história da África e da história da população negra no Brasil e suas contribuições. Além disso, instala-se o sistema de cotas para afro-brasileiros no ingresso à educação pública superior e ao serviço público federais. No âmbito da cultura, o Estatuto assegura, sob proteção do Estado, aos remanescentes de quilombo o direito à preservação de seus usos, costumes, tradições e manifestações religiosas; incentiva a celebração das personalidades e datas comemorativas relacionadas ao samba e a outros elementos culturais de matriz africana. A capoeira passou a ser reconhecida como patrimônio cultural brasileiro. Além disso, no Estatuto se reconhece a liberdade de consciência e de crença dos afro-brasileiros e da igualdade de cultos e religiões praticados no Brasil que possuem matrizes africanas.

Nenhum comentário: