PESQUISAR ESTE BLOG

sábado, 19 de dezembro de 2020

O setor primário na Região Sudeste

A agropecuária da Região Sudeste é moderna, intensiva, ligada à agroindústria e tem grande importância na economia regional e nacional.

Embora a agricultura seja o setor econômico menos expressivo da região, o Sudeste possui forte herança agrícola. Os cultivos predominantes são cana-de- -açúcar, algodão, café e laranja.

A utilização de maquinário moderno, fertilizantes químicos e sementes selecionadas, além do trabalho de agrônomos qualificados, elevou a produtividade e a rentabilidade agrária da região. O estado de São Paulo responde por cerca de três quartos da produção nacional de laranja e mais da metade da cana-de-açúcar produzida no país. Minas Gerais e Espírito Santo são responsáveis por mais da metade da produção nacional de café. 

A maior parte das atividades pecuárias se desenvolve de forma intensiva e com espécies selecionadas, o que garante a alta produtividade. A região tem o segundo maior rebanho bovino do Brasil (perdendo apenas para a Região Centro-Oeste) e a maior produção de leite do país, concentrada principalmente em Minas Gerais e parte de São Paulo. Essas unidades produtivas abastecem as indústrias de laticínios. 

Com relação à extração de recursos minerais, na região são encontradas jazidas de níquel, cobre, prata, cromo, zinco, calcário, chumbo, urânio, cassiterita, manganês, bauxita, diamante e ouro, entre outras. Destaca-se a extração de petróleo e minério de ferro. 

Explorado principalmente no chamado Quadrilátero Ferrífero, o minério de ferro abastece tanto o mercado interno quanto o externo. Atualmente, o Brasil é grande exportador dessa matéria-prima, especialmente para a China.

Nenhum comentário:

Qualquer valor...

Faça Uma Doação para o Blog de Geografia

Você gosta das postagens do blog e gostaria de ajudar: Ajude o blog "Blog  de Geografia" a manter seu trabalho. Para isso conto co...