PESQUISAR ESTE BLOG

quarta-feira, 28 de junho de 2023

Exercícios de Filosofia sobre Friedrich Nietzsche - com gabarito

1 - UEG 2018/1 - Friedrich Nietzsche (1844-1900) é um importante e polêmico pensador contemporâneo, particularmente por sua famosa frase “Deus está morto”. Em que sentido podemos interpretar a proclamação dessa morte? 
a) O Deus que morre é o Deus cristão, mas ainda vive o deus-natureza, no qual o homem encontrará uma justificativa e um consolo para sua existência sem sentido. 
b) Não fomos nós que matamos Deus, ele nos abandonou na medida em que não aceitamos o fato de que essa vida só poderá ser justificada no além, uma vez que o devir não tem finalidade. 
c) O Deus que morre é o deus-mercado, que tudo nivela à condição de mercadoria, entretanto o Deus cristão poderá ainda nos salvar, desde que nos abandonemos à experiência de fé. 
d) A morte de Deus não se refere apenas ao Deus cristão, mas remete à falta de fundamento no conhecimento, na ética, na política e na religião, cabendo ao homem inventar novos valores. 
e) A morte de Deus serve de alerta ao homem de que nada é infinito e eterno, e que o homem e sua existência são momentos fugazes que devem ser vividos intensamente.

2 - UNESP 2021 - Pode acontecer que, para a educação do verdadeiro filósofo, seja preciso que ele percorra todas as gradações nas quais os “trabalhadores da filosofia” estão instalados e devem permanecer firmes: ele deve ter sido crítico, cético, dogmático e histórico e, ademais, poeta, viajante, moralista e vidente e “espírito livre”, tudo enfim para poder percorrer o círculo dos valores humanos, dos sentimentos de valor, e poder lançar um olhar de múltiplos olhos e múltiplas consciências, da mais sublime altitude aos abismos, dos baixios para o alto. Mas tudo isso é apenas uma condição preliminar da sua incumbência. Seu destino exige outra coisa: a criação de valores. 
(Friedrich Nietzsche. Além do bem e do mal, 2001. Adaptado.) 

No texto, Nietzsche propõe que a formação do filósofo deve 
a) assegurar e manter os poderes políticos do governante. 
b) conhecer e extrapolar as práticas de vida, os sentimentos e os valores presentes na sociedade. 
c) privilegiar e fortalecer o papel da religião nas atitudes críticas perante a vida e os humanos. 
d) restringir-se ao terreno da reflexão na busca por uma verdade absoluta. 
e) retomar a origem una e indivisível dos humanos, na busca de sua liberdade de natureza.

3 - CESGRANRIO 2010 - Nietzsche aponta, quando se refere à morte de Deus, em seu diagnóstico da Modernidade, à(ao) 
A) perda do referencial em valores absolutos. 
B) queda do prestígio das religiões e dos fundamentalismos na modernidade. 
C) conquista tecnológica operada pela ciência. 
D) fato de a existência preceder à essência. 
E) argumento teológico da existência de Deus.

4 - UFU 2020 - Leia a descrição dos dois conjuntos de valores morais do filósofo Friedrich Nietzsche (1844 - 1900). 
Uma moral é caracterizada por valorizar a saúde, a vida e não acreditar em qualquer valoração no além da vida ou ideal ascético. A outra moral tem como principal característica a valoração da bondade e da virtude. 

Assinale a alternativa que apresenta os conceitos que são definidos por esses dois conjuntos de valores morais. 
a) Moral dos padres e moral protestante. 
b) Moral do senhor e moral dos nobres. 
c) Moral dos escravos e moral religiosa. 
d) Moral dos nobres e moral do escravo.

5 - UPE 2017 - Sobre a consciência crítica, considere o texto a seguir: 
O homem é corda estendida entre o animal e o Super-homem: uma corda sobre um abismo; perigosa travessia, perigoso caminhar; perigoso olhar para trás, perigoso tremer e parar. O que é de grande valor no homem é ele ser uma ponte e não um fim; o que se pode amar no homem é ele ser uma passagem e um acabamento. Eu só amo aqueles que sabem viver como que se extinguindo, porque são esses os que atravessam de um para outro lado. 
NIETZSCHE, Friedrich. Assim Falou Zaratustra. São Paulo, 1999, p. 27. 

O filósofo Nietzsche elucida, sobre a consciência crítica e a filosofia, que 
a) o valor da natureza íntima do homem está na pura razão e não na vontade de viver. 
b) a dimensão existencial tem importância e conduz à exaltação da vida e à superação do homem. 
c) a virtude do homem está na superação do existir para alcançar a salvação. 
d) o homem deve renunciar à vida e buscar o sentido do super-homem na transcendência. 
e) a consciência crítica é a supressão da vontade de viver, já que o homem é o Super-homem.

6 - UEMA 2013 - Nietzsche celebrizou-se e tornou-se até venerado por muitos por haver filosofado, no dizer comum, a ―golpes de martelo‖, uma vez que realizou críticas radicais à filosofia de tradição socrático-platônica, ao cristianismo e, inclusive, à ciência. 

Nietzsche desferiu golpes impiedosos a essas categorias da cultura ocidental, porque 
a) desarticularam a moral histórica, impedindo a vontade de potência subjetiva no ocidente. 
b) desmotivaram a vontade de potência humana, conforme paradigmas da filosofia e da ciência. c) impuseram uma moral de rebanho, capaz de atrofiar a vontade de potência dos indivíduos. d) determinaram a ―morte de Deus‖, privando-se da competência de arrebanhar os homens. e) preservaram a tradição atrofiando, consequentemente, a possibilidade de atualização de uma moral universal.

7 - UEG 2016/2 - Para Nietzsche, uma educação superior da humanidade exigiria uma transvaloração de todos os valores que têm como frente de combate a transvaloração platônico-cristã. Em relação à transvaloração proposta por Nietzsche, nota-se que 
a) visa retirar o homem da alienação na qual se encontra, mostrando que tudo já está decidido e escolhido para nós. 
b) sustenta uma visão metafísica que valoriza e postula uma possível realidade para além do mundo sensível. 
c) implica uma valorização dos valores presentes eliminando a ideia de um mundo metafísico de verdades eternas. 
d) visa aprofundar a cisão platônico-cristã entre esse mundo (o empírico) e o outro mundo (o mundo-verdade). 
e) opera uma inversão de valores, na medida em que considera os valores vigentes como sintoma de decadência.

8 - UFU 2014/2 - Assinale a alternativa que indica a “moral do senhor”, de acordo com Nietzsche. 
a) Os princípios metafísicos e morais dos diálogos de Platão. 
b) A força, a criatividade, a saúde e o amor à vida. 
c) Os princípios éticos e morais, que se encontram na Bíblia. 
d) O ódio e o ressentimento dos fracos contra os mais fortes.

GABARITO
01 - D
02 - B
03 - A
04 - D
05 - B
06 - C
07 - E
08 - B

Nenhum comentário:

Qualquer valor...

Faça Uma Doação para o Blog de Geografia

Você gosta das postagens do blog e gostaria de ajudar: Ajude o blog "Blog  de Geografia" a manter seu trabalho. Para isso conto co...