PESQUISAR ESTE BLOG

quarta-feira, 29 de junho de 2022

Questão de Geografia - ENEM 2006 - O aquífero Guarani, megarreservatório hídrico subterrâneo da América do Sul, com 1,2 milhão de km²

ENEM 2006 - O aquífero Guarani, megarreservatório hídrico subterrâneo da América do Sul, com 1,2 milhão de km², não é o “mar de água doce” que se pensava existir. Enquanto em algumas áreas a água é excelente, em outras, é inacessível, escassa ou não-potável. O aquífero pode ser dividido em quatro grandes compartimentos. No compartimento Oeste, há boas condições estruturais que proporcionam recarga rápida a partir das chuvas e as águas são, em geral, de boa qualidade e potáveis. Já no compartimento Norte-Alto Uruguai, o sistema encontra-se coberto por rochas vulcânicas, a profundidades que variam de 350m e 1.200m. Suas águas são muito antigas, datando da Era Mesozoica, e não são potáveis em grande parte da área, com elevada salinidade, sendo que os altos teores de fluoretos e de sódio podem causar alcalinização do solo. Scientific American Brasil, nº 47, abr./2006 (com adaptações)
Em relação ao aquífero Guarani, é correto afirmar que 
a) seus depósitos não participam do ciclo da água. b) águas provenientes de qualquer um de seus compartimentos solidificam-se o 0°C. 
c) é necessário, para utilização de seu potencial como reservatório de água potável, conhecer detalhadamente o aquífero. 
d) a água é adequada ao consumo humano direto em grande parte da área do compartimento Norte-Alto Uruguai. 
e) o uso das águas do compartimento Norte-Alto Uruguai para irrigação deixaria ácido o solo. 

RESPOSTA:
Letra C.

Dada a diversidade geológica que se observa na constituição do aqüífero Guarani, seu uso tem de ser detalhadamente estudado, sob o risco de, não o fazendo, causar o usuário sérios danos ao meio ambiente, como salinização ou alcalinização do solo.

Nenhum comentário:

Qualquer valor...

Faça Uma Doação para o Blog de Geografia

Você gosta das postagens do blog e gostaria de ajudar: Ajude o blog "Blog  de Geografia" a manter seu trabalho. Para isso conto co...