sábado, 24 de novembro de 2018

Olavo de Carvalho, guru de Bolsonaro, era astrológo profissional



Esse anúncio acima, publicado no jornal “O Estado de S. Paulo”, mostra que, na década de 1980, Olavo de Carvalho atuava como astrólogo profissional.

Era um curso de oito meses e uma aula semanal. “É um estudo da ‘vocação’ da pessoa segundo o estudo de seu mapa astrológico”, dizia o anúncio.

A curiosidade se deve ao fato de que Olavo de Carvalho é visto como o guru do clã Bolsonaro.

Na sua primeira entrevista, o já presidente eleito apresentou, na mesa, livros que o influenciavam: a Bíblia e a Constituição, “O Mínimo que Você Precisa Saber para Não Ser um Idiota”, de Olavo de Carvalho, e “Memórias da Segunda Guerra”, de Winston Churchill.

Esse sinal de admiração não se limitou ao campo intelectual. Carvalho ajudou a indicar dois ministros: Ernesto Araújo ( Relações Exteriores) e Ricardo Vélez Rodríguez ( Educação).

Além da astrologia, Olavo de Carvalho, fundador da Escola Jupiter de Astrologia, mostrava em cursos como as energias descobertas pelos orientais tinham comprovação científica.


No ano passado, Olavo Carvalho publicou artigo defendendo a astrologia.
“Ainda hoje, quando falamos em astrólogos, muita gente pensa em homens sinistros de chapéus pontudos, a contemplar o céu de suas altas torres e a interpretá-lo segundo seus delírios. E, no entanto, eles já estão penetrando nos gabinetes e laboratórios da ciência, misturando-se entre químicos, biólogos, meteorologistas, médicos e financistas. . .””

No artigo intitulado “A Volta da Astrologia”, ele escreve:

“Todos os debates que houveram ( sic)serviram para mostrar que a astrologia é um assunto infinitamente mais completo do que seus opositores jamais imaginaram”

Nenhum comentário: