domingo, 7 de janeiro de 2018

Animais da Floresta Amazônica

A Floresta Amazônica é o lar de mais espécies de plantas e animais do que qualquer outro ecossistema do planeta Terra - estima-se que cerca de 30% das espécies do mundo sejam encontradas na Amazônia. A sua biodiversidade é surpreendente. A floresta amazônica é a maior floresta tropical da Terra e abriga mais de 430 espécies de  mamíferos, 1.300 espécies de pássaros, 378 espécies de répteis e mais de 400 espécies de anfíbios. Abrange 40% do continente sul-americano e pode ser encontrada nos seguintes países: Peru, Equador , Colômbia, Venezuela , Brasil , Bolívia , Guiana, Suriname , bem como na Guiana Francesa, um departamento ultramarino da França . A Floresta Amazônica é composta por vários ecossistemas e tipos de vegetação e é muito rica em espécies.
O gavião-real (Harpia harpyja), também conhecido como harpia, é uma águia florestal muito rara,
que pode ser encontrada na região amazônica.
Confira uma lista de exemplos da riqueza de espécies de animais que vivem na floresta amazônica:

MAMÍFEROS
Onça-pintada (Nome científico: Panthera onca)
Macaco-barrigudo (Nome científico: Lagothrix lagotricha)
Capivara (Nome científico: Hydrochoerus hydrochaeris)
Jaguatirica (Nome científico: Leopardus pardalis)
Boto-cor-de-rosa (Nome científico: Inia geoffrensis)
Doninha-amazônica (Nome científico: Mustela africana)
Tamanduá-mirim (Nome científico: Tamandua tetradactyla)
Cachorro-vinagre (Nome científico: Speothos venaticus)

PÁSSAROS
Araracanga (Nome científico: Ara macao)
Arara-canindé (Nome científico: Ara ararauna)
Papagaio-moleiro (Nome científico: Amazona farinosa)
Sete-cores-da-amazônia (Nome científico: Tangara chilensis)
Caburé-da-amazônia (Nome científico: Glaucidium hardyi)
Gavião-real (Nome científico: Harpia harpyja)

RÉPTEIS
Sucuri (Nome científico: Eunectes)
Jacaré-açu (Nome científico: Melanosuchus niger)

ANFÍBIOS
Rã-kambo (Nome científico: Phyllomedusa bicolor)
Sapo-cururu (Nome científico: Rhinella marina)

PEIXES
Pirarucu (Nome científico: Arapaima)
Tambaqui (Nome científico: Colossoma macropomum)
Candiru (Nome científico: Vandellia cirrhosa)
Poraquê (Nome científico: Electrophorus electricus)
Cachorra (Nome científico: Hydrolycus scomberoides)
Tucunaré-açu (Nome científico: Cichla temensis)

INSETOS
Besouro-titã (Nome científico: Titanus giganteus)
Besouro-hércules (Nome científico: Dynastes hercules)
Besouro rola-bosta (Nome científico: Scarabaeus laticollis)

Fato curioso: Uma em cada dez espécies conhecidas do mundo vive na floresta amazônica, assim como uma em cada cinco espécies de aves conhecidas vivem lá.

Nenhum comentário: