quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Anfíbios da Amazônia

Os anfíbios mais abundantes da Amazônia são os sapos, as rãs e as pererecas. Das cerca de 4.000 espécies de anfíbios encontradas em todo o mundo, mais de 427 vivem na Amazônia. Os anfíbios costumam viver perto de corpos de água, onde as suas peles podem ficar úmidas. No entanto, nas florestas tropicais, a umidade predomina no ambiente e permite-lhes ocupar uma espaço muito maior. Não surpreendentemente,  muitos sapos são encontrados em cima das árvores, relativamente seguros de predadores. É aí que eles também colocam seus ovos (na parte inferior das folhas das árvores), embora alguns também os coloquem no chão, ou em rios.
O Sapinho-de-folhiço (Dendrophryniscus minutus)) vive na Amazônia e se reproduz em estação chuvosa.
Lista de exemplos de Anfíbios da Amazônia:
  • Rã-kambo (Nome científico: Phyllomedusa bicolor)
  • Rã-paradoxal (Nome científico: Pseudis paradoxa)
  • Sapinho-De-Folhiço (Nome científico: Dendrophryniscus minutus)
  • Sapo-de-chifre-da-Amazônia (Nome científico: Ceratophrys cornuta)
  • Cururu-pé-de-pato (Nome científico: Pipa pipa)

Nenhum comentário: