quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Exercícios sobre a Conferência do Clima de Copenhague, a COP 15 - com gabarito

Questão 01 - CESGRANRIO - 2010 - BACEN - Em dezembro de 2009, realizou-se a Conferência do Clima COP-15, em Copenhague, reunindo representantes de 193 nações. Das negociações e impasses, surge um acordo, sem força de lei, firmado por Brasil, Estados Unidos, China, Índia e África do Sul. Com relação ao acordo, analise as propostas a seguir.
I – A temperatura global não pode aumentar além de 2º C acima dos níveis pré-industriais.
II – Devem ser criados incentivos financeiros para projetos de REED (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação).
III – Cortes profundos nas emissões de CO₂ são necessários, e os países devem fornecer informações sobre a implementação de suas ações.
É(São) pertinente(s) ao acordo a(s) proposta(s)
(A) I, apenas.
(B) I e II, apenas.
(C) I e III, apenas.
(D) I, II e III. 
(E) II e III, apenas.

Questão 02 - MS CONCURSOS - 2010 - IPAS-GO - A Conferência do Clima de Copenhague, a COP15, é nossa maior oportunidade para salvar a civilização de um colapso causado pelo aquecimento global. As emissões humanas responsáveis pelas mudanças climáticas – oriundas principalmente da queima de combustíveis fósseis para transporte e energia e do desmatamento – têm que começar a cair já para evitar o pior. A crise do clima virou fator determinante para a riqueza e a pobreza das nações nas próximas décadas. Com base nessa informação e no documento final que estabelece as bases para negociação continuar como forma de salvar o planeta do efeito estufa, podese citar que o principal avanço nas negociações foi a participação de um país que esteve fora das negociações sobre o clima mundial desde o Protocolo de Kyoto, em 1997. Este país é o maior emissor de gazes poluentes e sua participação é vital para o sucesso de qualquer futuro tratado global.
Qual país é este?
a) Rússia.
b) China.
c) Estados Unidos. 
d) Reino Unido.

Questão 03 - FCC - 2012 - SEE-MG - Leia o texto.
Nas montanhas pobres, porém ricas em minérios do leste dos Estados Unidos conhecidas como Apalaches, o milionário do carvão Don Blankenship organiza um encontro para os "Amigos da América" escutarem música country e "saberem como os ambientalistas radicais e a América corporativa estão tentando destruir seus empregos". E na China os ambiciosos projetos de eletricidade renovável parecem um passo importante para abordar o aquecimento global, mas o progresso se retarda devido ao profundo favoritismo pelo combustível fóssil, mais barato. "Ninguém precisa se entusiasmar demais", diz Lu Qizhou, nomeado pelo governo para dirigir o grande grupo da indústria energética da China. A mudança do sistema de energia acionado a carvão será lenta e não vai superar "a capacidade do mercado de se adaptar". (http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultnot/2009/11/09/caminhando-para-um-impasse-em-copenhague.jhtm)
Sobre o conteúdo do texto, está correto afirmar que a
(A) pressão de grupos ambientalistas contra os combustíveis fósseis é uma das principais ameaças ao crescimento da economia mundial.
(B) carência em conhecimentos tecnológicos representa uma barreira para a mudança das matrizes energéticas nos países pobres.
(C) substituição dos combustíveis fósseis na matriz energética global é dificultada por diferentes interesses econômicos. 
(D) economia dos Estados Unidos é prejudicada pelos acordos internacionais, que só permitem o uso de combustíveis fósseis por países emergentes.

Questão 04 - CESGRANRIO - 2010 - IBGE - No final de 2009, foi realizada, em Copenhague, uma conferência das Nações Unidas, a COP-15, com o objetivo de discutir questões sobre a ecologia planetária. A conferência contou com a participação de presidentes de vários países, como os do Brasil e dos Estados Unidos, apontando propostas para um futuro melhor. Qual o foco dessa conferência?
(A) As alterações genéticas.
(B) As estruturas geológicas.
(C) As mudanças climáticas. 
(D) A diversidade biológica.

Questão 05 - CEFET-BA - 2010 - EBAL - A 15ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas teve como principal resultado o Acordo de Copenhague. A partir dessa informação, é correto afirmar:
A) A aprovação desse acordo foi unânime por parte da sociedade internacional e fortemente aceita pela ONU.
B) As metas brasileiras para redução das emissões de gases de efeito estufa baseiam-se, dentre outras medidas, na redução do desmatamento. 
C) O principal objetivo do referido acordo, visando estabelecer o tratado substituto do Protocolo de Kyoto, vigente de 2006 a 2010, foi plenamente alcançado, segundo seus participantes.
D) O texto do acordo considera o aumento-limite de temperatura de 3º Celsius, nos próximos anos, para proteger nações litorâneas do desaparecimento.
E) Os países desenvolvidos, conforme as exigências do IPCC, comprometeram-se em reduzir 80% de suas emissões até 2020.

Questão 06 - FGV - 2010 - CAERN - Em dezembro de 2009, ocorreu em Copenhague a COP-15, em que ficou definido o acordo climático, já assinado por mais de cem países. Dos cinco maiores emissores de gases de efeito estufa do mundo (China, EUA, União Europeia, Índia e Rússia), até março de 2010 somente um deles ainda não havia aderido ao acordo. Trata-se
(A) da China.
(B) dos EUA. 
(C) da União Europeia.
(D) da Índia.
(E) da Rússia.

Questão 07 - FCC - 2010 - SEFAZ-SP - Após duas semanas de negociações, com a participação de líderes de cerca de 190 países e com a intervenção direta do secretário geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, na 15ª Conferência das Nações Unidas sobre mudança climática (COP 15), realizada em Copenhague, em dezembro de 2009,
(A) foram tomadas decisões que invalidaram o protocolo de Kyoto.
(B) a maioria dos países optou pela redução na emissão de agentes poluentes na atmosfera, mediante tratado que entrou em vigor a partir de janeiro de 2010.
(C) não houve a produção de qualquer documento referente à redução dos agentes poluentes da atmosfera.
(D) foi assinado documento com valor legal, no qual ficaram definidas metas de redução da emissão de agentes poluentes para todos os países, com exceção dos mais pobres.
(E) houve um acordo, fechado entre Estados Unidos, Brasil, China, Índia e África do Sul, que foi apenas “anotado” pelos demais países, mas não aprovado.

Questão 08 - COSEAC - 2014 - UFF - Um dos acordos mais importantes celebrados sobre mudanças climáticas foi a 15ª Conferência das Nações Unidas sobre mudanças do clima COP 15, e o seu resultado foi o chamado “acordo de Copenhague”, em dezembro de 2009. Os principais pontos desse acordo são citados abaixo, EXCETO que:
(A) é de caráter vinculativo para os signatários.
(B) não especifica qual deve ser o corte das emissões necessárias.
(C) inclui o mercado de carbono para promover incentivos positivos para financiar ações.
(D) detalha o plano de mitigação de emissões em dois anexos.
(E) é de caráter não vinculativo para os signatários.

Questão 09 - CESPE - 2010 - UERN - Entre os dias 7 e 14 de dezembro de 2009, aconteceu, em Copenhague, capital da Dinamarca, a 15.ª Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, mais conhecida como COP-15. No que concerne aos resultados dessa conferência, assinale a opção correta. 
A)  Os EUA reafirmaram a posição de George W. Bush de duvidar da existência do aquecimento global.
B) A China sugeriu cortes agressivos de carbono para os países em desenvolvimento, mas o Brasil se recusou a cumpri-los.
C) O documento final da conferência tem validade, mas não tem força de cumprimento obrigatório entre os signatários. 
D) O principal embate se deu entre os EUA e a União Europeia, porque os europeus não quiseram cumprir as recomendações norte-americanas.
E) Os países em desenvolvimento concordaram em se submeter à redução obrigatória da emissão de gases poluentes até 2020.

Questão 10 - CESPE - 2010 - IPAJM - A Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2009, realizada em Copenhague, terminou
A) com o estabelecimento de metas obrigatórias de redução das emissões de gás carbônico para os países, de acordo com seu estágio de desenvolvimento.
B) com a decisão de que os organismos financeiros internacionais não mais concederão crédito para atividades econômicas que contribuam para o aquecimento global.
C) com o estabelecimento de metas obrigatórias de redução de energia elétrica gerada por petróleo.
D) com a criação da Organização Mundial Ambiental, reunindo países e organismos internacionais especializados em meio ambiente, para gerenciar a crise ambiental.
E) sem um documento formal que estabelecesse metas, demonstrando a falta de consenso entre os países participantes.

GABARITO
01 - D
02 - C
03 - C
04 - C
05 - B
06 - B
07 - E
08 - E
09 - C
10 - E

Nenhum comentário: