quinta-feira, 7 de março de 2019

Oceano Pacífico

Oceano que se estende da costa oeste do continente americano até a Ásia e Oceania; 161.800.000 km², 4.280 metros de profundidade média, 10.994 metros de profundidade máxima (fossa das Marianas). É o maior oceano do planeta. Ao norte, comunica-se com o oceano Glacial Ártico, através do estreito de Bering; ao leste, com o oceano Atlântico, pelo canal artificial do Panamá (na América Central) e pelo estreito de Drake (no extremo meridional da América do Sul); e a sudoeste, com o oceano Índico, na costa australiana. O pacífico tem forma elíptica, fechada ao norte e mais aberta ao sul.
O Oceano Pacífico é o maior e mais profundo oceano do mundo.  Foto: World Atlas.
No limite oriental, que acompanha , o continente americano desde o Alasca até a Terra do Fogo, destaca-se um único acidente: o golfo da Califórnia. O ocidental, muito mais recortado, inclui vários mares, como os de Bering, de Okhotsk, do Japão (mar do Leste), de Banda, das Flores, Amarelo, da China Oriental, da China Meridional, de Celebes, de Arafura, de Coral, da Tasmânia e de Fiji, assim como os arquipélagos do Japão, de Ryūkyū, de Formosa, das Filipinas e Malaio. Os principais portos das costas americanas encontram-se em Vancouver; São Francisco, Cidade do Panamá, Guayaquil, El Callao e Valparaíso. Na Ásia, destacam-se os de Yokohama, Xangai, Hong Kong e Cingapura, e, na Oceania, os de Brisbane e Sydney. 

O fundo oceânico é formado por duas cordilheiras submarinas principais, a dorsal do Pacífico Meridional e a do Pacífico Oriental, além de outras de menor extensão, a Meridional limita-se com uma região Plana que se estende até a bacia do Pacífico Central, delimitada por várias dorsais. A Oriental é uma cordilheira mesoceânica que se estende de norte a sul, do golfo da Califórnia até o extremo, meridional da América do Sul, com altura média de 2.130 metros acima do fundo oceânico. Entre a dorsal e a plataforma continental destacam-se as bacias do Peru e do Chile, separadas entre si pelas dorsais de Mendana e do Chile Ocidental e pela fossa Peruano-chilena, que se estende ao longo da costa sul-americana. Na porção norte, destacam-se a fossa das Aleutas, limitada pela bacia “do Pacífico Norte, e a dorsal do Imperador, que a separa da fossa das Curilas e do Japão, a oeste.

As maiores profundidades são registradas em frente à costa das Filipinas, destacando-se a fossa das Filipinas e a das Marianas. Nessa região se erguem muitas cordilheiras e montes isolados de origem vulcânica, como o vulcão Mauna Kea, no Havaí. As correntes do Pacífico são predominantemente quentes. A do Peru e a Circumpolar Antártica são exceções. A Contracorrente Equatorial separa Os sistemas de correntes do norte e do sul do oceano. No norte, as correntes dominantes são a do Pacífico Norte, que corre na direção leste; a da Califórnia, que flui para sudeste; e a de Kuro Shivo o, que se dirige para norte. Na porção meridional, as principais são as correntes Sul-equatorial, que se dirige para leste e sul; a do Pacífico Sul, que corre para o oeste; a de Humboldt, paralela à América do Sul; e, no extremo sul, a corrente fria Circumpolar Antártica, que reúne as águas dos oceanos Pacífico, Atlântico e Índico.

Fontes: Atlas National Geographic / eGabriel.

Nenhum comentário: