domingo, 2 de setembro de 2018

21 Questões de Concursos sobre Escola de Frankfurt - com gabarito

Questão 01 - IBFC - 2016 - EBSERH - “Os meios de comunicação de massa são o oposto da obra de pensamento que é a obra cultural – que leva a pensar, a ver, a refletir. As imagens publicitárias, televisivas e outras, em seu acúmulo acrítico, nos impedem de imaginar...” Esta afirmação está em sintonia com os pensamentos ligados à:
a) Escola Natural
b) Escola Funcionalista
c) Escola Canadense
d) Escola de Chicago
e) Escola de Frankfurt

Questão 02 - FUNCAB - 2014 - SEPLAG-MG - Para alguns autores da teoria crítica da Escola de Frankfurt, “consiste em uma máquina destruidora da razão, empresa totalitária de erradicação da autonomia do pensamento que estigmatizaria o consumível e a indústria cultural” (ADORNO; HORKHEIMER citados por LIPOVETSKY, 1989, p.15).
O fragmento apresenta uma definição de:
A) arte.
B) cultura de massa.
C) comunicação pública.
D) comunicação organizacional.

Questão 03 - IF-RS - 2015 - A indústria cultural é uma das maiores e mais lucrativas empresas do capitalismo, e através dela se disseminam não apenas produtos, mas também padrões de comportamento, ideologias e estilos de vida. Tal temática tem sido densamente discutida na produção sociológica, especialmente desde a chamada Escola de Frankfurt. Sobre a análise sociológica do consumo, assinale se as sentenças abaixo são VERDADEIRAS (V) ou FALSAS (F).
( ) Theodor Adorno e Max Horkheimer apontam que a mídia não deve ser pensada como mero entretenimento, mas uma verdadeira indústria, a indústria cultural, responsável pela disseminação de ideologias dominantes que permitiam a domesticação das massas.
( ) Walter Benjamin indica que a difusão em massa é um dos elementos básicos da obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica e, através da reprodução, a obra de arte ganha em valor de exibição sem perder seu valor de culto e sua aura.
( ) Para Theodor Adorno a mídia transformava a cultura em mercadoria, servindo ao processo de acumulação de capital, de forma que produtos estandardizados difundiam clichês e estereótipos, mas tal processo encontrava oposição por parte dos consumidores, que escolhiam os produtos conforme seu gosto particular.
( ) Autores contemporâneos como Jean Baudrillard e Mike Featherstone vêm identificando, dentre as marcas da indústria cultural na atualidade, a sedução das massas, o triunfo do simulacro em detrimento do real e a exacerbação do consumismo supérfluo e inútil como busca de felicidade e gratificação instantâneas.
( ) As análises recentes têm mostrado que a flexibilização dos padrões de consumo e a demanda por produtos customizados ao gosto do cliente impulsionam o que vem sendo denominado de produção flexível – a produção de mercadorias e serviços em menor escala, orientados a nichos de mercado específicos. Assinale a alternativa que contém a sequência correta, na ordem de cima para baixo:
a) V-F-F-V-V.
b) F-V-F-V-V.
c) V-F-V-V-F.
d) V-F-F-V-F.
e) F-V-V-F-V.

Questão 04 - CONSULPLAN - 2018 - SEDUC-PA - “A Escola de Frankfurt nasceu no ano de 1924, em uma quinta etapa atravessada pela filosofia alemã, depois do domínio de Kant e Hegel em um primeiro momento; de Karl Marx e Friedrich Engels em seguida; posteriormente de Nietzsche; e, finalmente, já no século XX, após a eclosão dos pensamentos entrelaçados do existencialismo de Heidegger, da fenomenologia de Husserl e da ontologia de Hartmann. Esta corrente foi a responsável pela disseminação de expressões como ‘indústria cultural’ e ‘cultura de massa’.” (Disponível em: www.infoescola.com.) São integrantes da Escola de Frankfurt, EXCETO:
A) Von Goethe.
B) Erich Fromm.
C) Theodor Adorno.
 D) Max Horkheimer.

Questão 05 - IF-RS - 2015 - Leia as afirmativas sobre a Escola de Frankfurt.
I. A pesquisa social para os frankfurtianos deve ser especializada, restrita aos campos de saber específicos, visto que a pretensão de totalidade, mais do que contribuir, prejudica e embaça as análises da sociedade.
II. A teoria crítica da sociedade é a designação dada ao conjunto de elaborações desenvolvidas pela Escola de Frankfurt. O nome da teoria não é apenas um nome fantasia sem sentido, porém uma referência ao atributo que a distinguiria dos trabalhos da sociologia empírica americana.
III. Embora os frankfurtianos tenham recusado a ortodoxia marxista, trata-se de uma teoria crítica cujo esforço foi reatualizar a transformação operada por Karl Marx.
IV. De orientação nitidamente liberal, a Escola de Frankfurt tem sua origem no Instituto de Pesquisa Social e seus estudos procuram questionar a crescente valorização das pesquisas de orientação marxista. Mais do que um experimento de pesquisa social, a Escola de Frankfurt é uma militância liberal.
Dentre as alternativas abaixo, em qual delas há afirmativas verdadeiras?
a) Apenas I e II.
b) Apenas I e III.
c) Apenas II e III.
d) Apenas II e IV.
e) Apenas I e IV.

Questão 06 - CESPE - 2013 - SEDUC-CE - Em 1947, é publicado um livro fundamental da Escola de Frankfurt, ligada ao Instituto de Pesquisa Social: Dialética do iluminismo, de Max Horkheimer (1895-1973) e Theodor Adorno (1903-1969). Essa obra consiste justamente nessa contradição: que a ciência e a técnica, nascidas como instrumento da emancipação do homem, tenham se tornado fatores de opressão e alienação. Para Adorno, se a ideia da ciência é a pesquisa, a da filosofia é a interpretação. A propósito dessas informações, assinale a opção correta.
A) Adorno e Horkheimer não partilham de uma concepção messiânica da história.
B) Por ser interpretação, a filosofia é desprovida de método.
C) Para os autores, a interpretação da realidade histórica deve privilegiar o que é contínuo, estrutural, forte, aquilo que é triunfante e racional; outro tipo de interpretação forja uma imagem distorcida da realidade histórica.
D) Para Adorno e Horkheimer, filosofia é construção de um conhecimento científico que abrange a totalidade da realidade histórica de maneira objetiva.
E) A concepção da história, em Adorno e Horkheimer, privilegia a negatividade, isto é, o que é fraco, sofrido e considerado como louco como elementos decisivos em que se pode insinuar algo como uma redenção.

Questão 07 - VUNESP - 2014 - DESENVOLVESP - Theodor Adorno e Max Horkheimer criaram um termo para designar a situação da arte na sociedade capitalista industrial. O conceito foi usado pela primeira vez no ensaio “O iluminismo como mistificação das massas”. O termo criado por esses pensadores e o grupo a que estavam filiados são, respectivamente,
(A) alienação e Escola de Chicago.
(B) capitalismo selvagem e Escola de Toronto.
(C) armadura conceptual e Teóricos do Espelho.
(D) concretismo e Agenda Setting.
(E) indústria cultural e Escola de Frankfurt.

Questão 08 - UNIRIO - 2008 - Theodor Adorno e Max Horkheimer, dois dos principais pensadores da Escola de Frankfurt, propõem a expressão indústria cultural para substituir a noção de cultura de massa, pois
a) a expressão cultura de massa era dúbia, enquanto indústria cultural seria o modo mais adequado para definir a cultura produzida industrialmente para a massa e não pela massa.
b) os meios de comunicação, responsáveis pela produção da cultura popular, fazem parte de grandes oligopólios industriais.
c) a cultura é produzida industrialmente de maneira a estimular o senso crítico dos integrantes da massa.
d) o conceito de massa é de difícil sustentação, pois são os sujeitos que através da sua individualidade produzem industrialmente a cultura.
e) não há como produzir cultura fora do sistema industrial capitalista que se apropria dos valores culturais norteamericanos para disseminá-los para a massa.

Questão 09 - IADES - 2010 - CFA - A Teoria Crítica parte do pressuposto das teorias marxistas e investigam a produção midiática como típico produto da era capitalista. Esta Teoria foi inaugurada pela
(A) Escola de Frankfurt.
(B) Escola Americana de Relações Públicas.
(C) Academia de Profissionais em Relações Públicas.
(D) Associação de Jornalistas Franceses.

Questão 10 - INSTITUTO AOCP - 2016 - EBSERH - Um dos conceitos mais importantes criado pela Escola de Frankfurt foi a “Indústria Cultural”. Assinale a alternativa que apresenta uma característica que NÃO tem relação com essa teoria.
(A) Exploração comercial de bens culturais reforçando a dominação técnica.
(B) Produção de bens culturais em série.
(C) Homogeneização da Cultura.
(D) Aumento do rendimento comunicativo pela Redundância.
(E) Perda da “aura” da cultura por conta da reprodução em massa.

Questão 11 - CEPS-UFPA - 2018 - UNIFESSPA - Os pensadores da Escola de Frankfurt, Adorno e Horkheimer, prognosticam a tendência do destino da humanidade ao que chamam de razão instrumental, segundo a qual o(a)
(A) sociedade moderna caminha em um processo de massificação e reificação que daria ensejo a movimentos sociais mais fortes e atuantes.
(B) solução para a superação da crise da racionalidade moderna seria a razão deixar de ser reflexiva.
(C) formalismo lógico e o instrumentalismo fariam surgir fenômenos abomináveis, como o extermínio de grupos étnicos e pobres.
(D) racionalidade moderna seria responsável por maior integração social na medida em que aumenta exponencialmente a produção e universaliza a possibilidade de consumo.
(E) processo de racionalização da produção de bens materiais e culturais levaria ao multiculturalismo e à revalorização das tradições.

Questão 12 - IADES - 2017 - Fundação Hemocentro de Brasília - DF -A respeito do conceito de indústria cultural, é correto afirmar que ele foi formulado a partir dos estudos dos seguintes sociólogos, integrantes da Escola de Frankfurt:
(A) Martin Heidegger e Leo Löwenthal, na obra Literatura e Cultura de Massa (1980).
(B) Ernst Bloch e Erich Fromm, na obra Anatomia da Destrutividade Humana (1979).
(C) Theodor Adorno e Max Horkheimer, na obra Dialética do Esclarecimento: Fragmentos Filosóficos (1947).
(D) Herbert Marcuse e Hannah Arendt, na obra A Condição Humana (1958).
(E) Martin Heidegger e Jürgen Habermas, na obra Transformação Estrutural da Esfera Pública (1962).

Questão 13 - FGV - 2015 - DPE-MT - As características da indústria cultural passíveis de crítica, segundo a Escola de Frankfurt, estão listadas a seguir, à exceção de uma. Assinale-a
(A) Promoção do culto à técnica.
(B) Capacidade de produzir falsas necessidades.
(C) Uniformidade de seus produtos.
(D) Estímulo à consciência excessivamente crítica.
(E) Disseminação de ideologia hegemônica.

Questão 14 - FUNCAB - 2010 - IDAF-ES - A Escola de Frankfurt foi um importante centro filosófico de pensamento das Ciências Sociais, surgido na Alemanha, nos anos 30. Três dos seus principais representantes são:
A) Horkheimer / Maffesoli /Adorno.
B) Adorno / Benjamin / Horkheimer.
C) Lévi-Strauss / Mauss / Habermas.
D) Umberto Eco / Benjamin / Lévi-Strauss.
E) Lévy /Adorno / Habermas.

Questão 15 - CCV-UFC - 2017 - A Escola de Frankfurt é uma referência nos estudos da teoria crítica da comunicação. Sobre a Escola de Frankfurt, marque a opção incorreta.
A) A teoria marxista está na base do pensamento dos teóricos da Escola de Frankfurt.
B) Indústria Cultural é um dos principais conceitos propostos pelos teóricos da Escola de Frankfurt.
C) Max Horkheimer, Theodor Adorno, Herbert Marcuse e Walter Benjamin são os principais pensadores da Escola de Frankfurt.
D) O conceito de Indústria Cultural pode ser entendido como um processo social que transforma a cultura em bem de consumo.
E) O centro de pesquisa que reunia pensadores e estudiosos do campo das Ciências Sociais e Filosofia, embora nomeado como Escola de Frankfurt, estava localizado nos Estados Unidos, berço das principais teorias da comunicação.

Questão 16 - VUNESP - 2017 - DPE-RO - Sobre a Escola de Frankfurt, é correto afirmar que
(A) formulou um modelo de teoria considerada positivista e cientificista.
(B) consistia em um grupo de intelectuais alemães que produzia um pensamento conhecido como Teoria Tradicional do Direito.
(C) seus integrantes se dedicaram a estudos, dentre outros, relacionados à sociedade de comunicação de massas, à sociedade industrial e aos problemas decorrentes do desenvolvimento do capitalismo.
(D) surgiu dentro do contexto da Revolução Francesa, criando uma nova ordem sociopolítica.
(E) Jürgen Habermas, pensador da primeira geração da Escola, desenvolveu importantes críticas à teoria da ação comunicativa.

Questão 17 - FGV - 2013 - AL-MT - A pesquisa em Comunicação tem como expoente a chamada "Escola de Frankfurt", cujo conceito de indústria cultural se tornou referência para os estudos culturais e as análises de mídia. Assinale a alternativa na qual o conceito de indústria cultural é contextualizado de forma correta. 
(A) A ideia de indústria cultural surge a reboque da crítica que Max Horkheimer e Theodor Adorno fazem sobre a Dialética do Iluminismo, segundo a qual o homem racional é um indivíduo pleno de potencialidades e livre de toda e qualquer dominação graças à cultura produzida de forma massificada. 
(B) Os regimes democráticos da sociedade capitalista avançada podem apresentar tendências totalitárias quando, através da indústria cultural, promovem o consumo estético massificado. 
(C) A televisão, a imprensa, as empresas de mídia e as técnicas de comunicação são a essência da indústria cultural, que permite que os indivíduos das sociedades capitalistas vivam a verdadeira liberdade democrática por meio do consumo de bens e serviços midiáticos. 
(D) A indústria cultural transformou os bens culturais em produtos de consumo e integrou a produção estética à produção mercantil para subordinar a racionalidade capitalista à consciência político‐revolucionária dos cidadãos. 
(E) As antigas tensões entre “civilização e barbárie” e “alta e baixa cultura” foram anuladas com a homogeneização dos bens culturais, que são vendidos e consumidos sob a forma de espetáculos não descartáveis e acessíveis a todos.

Questão 18 - Instituto AOCP - 2013 - Colégio Pedro II - Assinale a alternativa que apresenta o nome dos autores que compuseram a Escola de Frankfurt. 
(A) Max Horkeimer e Theodor Adorno. 
(B) Max Horkeimer, Theodor Adorno e Walter Benjamin. 
(C) Max Horkeimer, Theodor Adorno, Walter Benjamin e Émile Durkheim. 
(D) Max Horkeimer, Theodor Adorno, Walter Benjamin e Herbert Marcuse. 
(E) Max Horkeimer, Theodor Adorno e Herbert Marcuse.

Questão 19 - CESPE - 2009 - SEDUC-CE -
Texto I
O pensamento cientificista contenta-se com a organização da experiência que se dá sobre a base de determinadas atuações sociais, mas o que estas significam para o todo social não se inclui nas categorias da teoria tradicional.

Texto II
A teoria tradicional não se ocupa da gênese social dos problemas, das situações reais nas quais a ciência é usada e dos escopos para os quais é usada.

Texto III
A teoria crítica ultrapassa o subjetivismo e o realismo da concepção positivista, expressão mais acabada da teoria tradicional. O subjetivismo, segundo Horkheimer, apresenta-se nitidamente quando os positivistas conferem preponderância explícita ao método, desprezando os dados em favor de uma estrutura anterior que os enquadraria. Os Pensadores. São Paulo: Ed. Abril Cultural, 1975, Separata, p. 960 (com adaptações).
Os três fragmentos de texto acima refletem ideias
A) do Positivismo Comteano.
B) da Escola de Frankfurt.
C) da Fenomenologia Husserliana.
D) do Existencialismo Sartreano.

Questão 20 - UFPR - 2010 - A Escola de Frankfurt se constitui numa das principais linhas teóricas de análise dos meios de comunicação, conhecida como teoria crítica. A respeito do assunto, considere os seguintes fatores:
1. Caráter ideológico dos fatos.
2. Caráter histórico do objeto percebido. 3. Caráter mercantil da comunicação.
4. Caráter histórico do órgão perceptivo.
Para os teóricos críticos, os fatos apreendidos pelos sentidos são pré-fabricados devido aos fatores:
a) 2, 3 e 4 apenas.
b) 1, 2 e 4 apenas.
c) 3 e 4 apenas.
d) 1 e 3 apenas.
e) 2 e 4 apenas.

Questão 21 - FCC - 2015 - CNMP - A chamada Escola de Frankfurt revelou grandes estudiosos e teóricos da comunicação tais como Max Horkheimer, Theodor Adorno, Herbert Marcuse, Jürgen Habermas e Walter Benjamin. Alguns dos textos desses autores são considerados capitais para o estudo da mídia. Entre eles podemos destacar Razão e Revolução, Eclipse da razão e A obra de arte na era da sua reprodutibilidade técnica, respectivamente escritos por
(A) Benjamin, Habermas e Adorno.
(B) Adorno, Marcuse e Benjamin.
(C) Horkheimer, Habermas e Benjamin.
(D) Marcuse, Horkheimer e Benjamin.
(E) Habermas, Adorno e Marcuse.



GABARITO
01 - E
02 - B
03 - A
04 - A
05 - C
06 - E
07 - E
08 - A
09 - A
10 - D
11 - C
12 - C
13 - D
14 - B
15 - E
16 - C
17 - B
18 - D
19 - B
20 - E
21 - D

Nenhum comentário: