domingo, 5 de maio de 2019

Exercícios de História sobre o Egito Antigo - com gabarito

Questão 01 - Técnico Subsequente - Palmas - IFTO - 2013/2 - A Civilização Egípcia teve seu início no 4º milênio a.C. mas somente no século XIX os estudiosos tiveram acesso às fontes escritas do Egito, com a decifração dos hieróglifos por Jean Francois Champolion. A partir daí os conhecimentos sobre o Egito se multiplicaram. O texto acima nos chama a atenção quanto aos vários conhecimentos que se multiplicaram a partir do estudo desse magnífico povo africano. Assinale a alternativa que não corresponde às contribuições dessa civilização.
a) Química: Foi no Egito Antigo que surgiu a manipulação de substâncias químicas, como o arsênio, o cobre, o petróleo, o alabastro, o sal, o sílex moído, que deram origem à fabricação de diversos remédios e composições. A própria palavra química vem do egípcio Kemi, que significa terra negra.
b) Pintura e escultura: A escultura e a pintura eram diretamente influenciadas por motivações humanistas. A representação da figura humana é denominada de lateralidade e constitui uma característica geral da arte egípcia.
c) Astronomia: O céu sempre foi observado no Egito, pois as estrelas eram os guias dos navegadores e serviam também para determinar as épocas das atividades agrícolas. Os egípcios fizeram mapas do céu, enumerando e agrupando as estrelas em constelações.
d) Medicina: A prática da mumificação colaborou para o estudo do corpo humano, embora houvesse um respeito religioso pelo morto que proibia a dissecação do cadáver com finalidades de pesquisa.
e) Arquitetura: Os Egípcios construíram grandes obras arquitetônicas, destacando-se as pirâmides, cujo aspecto monumental empolga-nos até hoje. Destacam-se também, as mastabas e os hipogeus.

Questão 02 - Prefeitura Bombinhas - SC - 2018 - Prefeitura de Bombinhas - SC - Professor - Ensino Fundamental - História -
A Civilização Egípcia situava-se no nordeste da África, em uma região predominantemente desértica, desenvolveu-se no fértil vale do Nilo, beneficiando-se do seu regime de cheias. Em relação aos vários períodos da história Egípcia, analise as alternativas abaixo e assinale a opção que não corresponde ao período do Antigo Império.
A) Durante esse período o Egito foi invadido pelos hicsos e pelos hebreus;
B) A grande maioria da população trabalhava na agricultura;
C) Foram erigidas as grandes pirâmides de Gizé;
D) Por vezes os trabalhadores do campo (agricultores) eram convocados para trabalhar em grandes projetos arquitetônicos;

Questão 03 - IFS 2014.2 - Subsequente - O historiador grego Heródoto, visitou o Egito no século V a.C e chamou-o de uma “dádiva do Nilo”. Com relação aos egípcios é correto afirmar:
a) Os egípcios eram habilidosos cirurgiões, sabiam relacionar as doenças com as causas naturais, desenvolveram a matemática, incluindo a álgebra e a geometria, e tinham a crença na vida após a morte;
b) O comércio fluvial era feito através do Mar Egeu e a agricultura era praticada dentro dos moldes capitalista;
c) Para os egípcios o Faraó era considerado um deus vivo, o rei supremo e a ele era permitido somente o poder político;
d) O Egito foi a terra dos faraós, do papiro, das múmias, e utilizava as pirâmides para a observação astronômica;
e) Os egípcios foram os grandes divulgadores da ciência e da religião monoteística.

Questão 04 - UVA 2007.2 - Segundo Heródoto, as técnicas de embalsamamento no antigo Egito eram diversas. Das técnicas descritas abaixo uma NÃO corresponde a descrição feita por HERÓDOTO
(Heródoto Apud Mota, Myriam Becho e BRAICK, Patrícia Ramos. História das cavernas ao terceiro milênio, p.17.) 
A. "Primeiramente, extraem o cérebro pelas narinas (...). Fazem, em seguida, uma incisão no flanco com pedra cortante da Etiópia e retiram, pela abertura, os intestinos, limpando-os cuidadosamente e banhando-os com vinho de palmeira e óleos aromáticos. O ventre, enchem-no com mirra pura moída, canela e essências várias (...). Feito isso salgam o corpo e cobrem-no com natro, deixando-o assim durante setenta dias. Decorridos setenta dias, lavam-no e envolvem-no inteiramente com faixas de tela de algodão embebidas em commi, (...)" 
B. "Enchem uma seringa de um licor untoso tirado do cedro e injetam-no no ventre do morto, sem fazer nenhuma incisão e sem retirar os intestinos. Introduzem-no igualmente pelo orifício posterior e arrolham-no, para impedir que o líquido saia, em seguida, salgam o corpo, deixando-o assim durante determinado prazo, findo o qual fazem escorrer do ventre o licor injetado. Esse líquido é tão forte que dissolve as entranhas, arrastando-as consigo ao sair. O natro consome as carnes, e do corpo nada resta a não ser a pele e os ossos".
C. "Injeta-se no corpo o licor denominado surmais, envolve-se o cadáver no natro durante setenta dias,(...)".
D. "O corpo é lavado com betume, retirados as vísceras e o cérebro, embebido com éter e cloro, depois é enrolado em uma mortalha".

Questão 05 - UVA 2004.1 - A formação do Egito, se deu entre o final do Paleolítico e o começo do Neolítico. Nesta época, parte da população já se instalara no delta do rio Nilo. Sobre a cultura egípcia, podemos afirmar corretamente que:
1. O pensamento egípcio não era baseado em teorias gerais ou em lógica, como seria, mais tarde, o pensamento grego. Os egípcios pensavam sempre a partir da aquisição de experiências anteriores, do acúmulo de exemplos.
2. De modo geral, a cultura era privilégio das altas camadas, e as letras eram ligadas ao Estado faraônico. Os escribas por exemplo, desempenhavam, um importante papel no Estado egípcio, pois com suas habilidades e seus conhecimentos, eles auxiliavam a organização do governo.
3. Os egípcios antigos eram profundamente crentes e místicos. Sempre foram monoteístas, cultuando Javé, que não permitia que erigissem estátuas em sua homenagem.
4. Havia nos egípcios uma crença absoluta no renascer. Para que o morto pudesse renascer, ele precisava preservar algumas coisas materiais na sua própria tumba. Julgavam, por isso, que a preservação do cadáver era essencial para garantir o renascer do morto no outro mundo, daí o desenvolvimento da técnica da mumificação.
A. 1, 3 e 4
B. 1, 2 e 4
C. 3 e 4
D. 1, 2 e 3


Questão 06 - UECE-CEV - 2018 - SEDUC-CE - Professor - História - A batalha de Kadesh (moderna Síria) travada entre o Egito de Ramsés II e o Império Hitita, liderado por Muwatalli II, no ano de 1274 a.C., deixou vários resultados, possivelmente o mais significativo é a documentação detalhada e registrada que permite saber todas das fases da disputa, as estratégias militares e as armas utilizadas nos combates, e inclui o primeiro tratado internacional do qual é possível saber claramente todas as cláusulas. Esse acordo, conhecido também como “paz eterna”, foi registrado em diferentes lugares após ter sido redigido em 
A) siríaco e assírio. 
B) cuneiforme e semítico. 
C) hieróglifo e acadiano. 
D) hierático e demótico.

Questão  07 - IMA - 2019 - Prefeitura de Paço do Lumiar - MA - O Estado foi considerado um elemento tão marcante na vida do antigo povo egípcio que muitos estudiosos dessa civilização estabeleceram as divisões da história do Egito em torno das diferentes dinastias que sucederam ao longo do tempo no governo. Sobre essa divisão associe a segunda coluna de acordo com a primeira e marque a alternativa em que se encontra a sequência CORRETA da associação:
(1) Faraós retomaram o poder enfrentando com sucesso a anarquia militar, porém o período foi de várias invasões, sendo a principal a dos hicsos.
(2) Foram construídas as pirâmides; no final do período, os nomarcas, apoiados pela nobreza, enfraqueceram a autoridade do Faraó.
(3) O exército do Faraó saqueia os vizinhos assírios e hititas, expandindo os domínios egípcios. Ocorreram aprimoramentos tecnológicos e militares obtidos com os hicsos. Nessa época, ganha impulso a atuação dos comerciantes.
( ) Antigo Império.
( ) Médio Império.
( ) Novo Império.
A) 2, 3, 1.
B) 3, 1, 2.
C) 2, 1, 3.
D) 3, 2, 1.

Questão  08 - FUNDATEC - 2019 - Prefeitura de Novo Horizonte - SP - Considerando a cultura, a religião e as divisões históricas no antigo Egito, analise as seguintes assertivas e assinale V, se verdadeiras, ou F, se falsas.
( ) Quanto à religião, o povo egípcio possuía um conhecimento empírico, acreditava que o mundo tinha sido governado por deuses.
( ) No que se refere à cultura, não existiam privilégios entres as classes sociais, em razão da organização de acesso à cultura ser de incumbência dos escribas, possibilitando o acesso igualitário ao conhecimento.
( ) A Matemática e a Astronomia foram conhecimentos usados para o cultivo da agricultura e para prevenir as cheias do Rio Eurotas no período de cheia.
( ) No Egito antigo, existiam vários deuses ligados aos animais e representados nas cidades em forma de humanos; em outras palavras, os deuses egípcios tinham uma função mística, na qual as imagens em forma de animais e humanos representavam os antepassados. A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:
A) V – F – V – F.
B) V – V – V – F.
C) V – F – F – V.
D) F – F – F – F.
E) V – V – V – V.

Questão  09 - FURB - 2019 - Prefeitura de Timbó - SC - O faraó, como governante do Egito Antigo, ocupava o topo da hierarquia social. Era considerado filho de AmonRá e a reencarnação de Hórus. Considerado uma divindade, o faraó governava com poder absoluto, caracterizando:
(A) O Poder Teocêntrico.
(B) O Regime Patriarcal.
(C) O Regime Paternalista.
(D) O Poder Teocrático.
(E) A Diarquia.

Questão  10 - IMA - 2019 - Prefeitura de Paço do Lumiar - MA - Localizado no nordeste da África, o Egito é um imenso oásis irrigado pelo rio Nilo, e como escreveu Heródoto, “o Egito é uma dádiva do Nilo”. Mas como toda civilização, tinha classes sociais. A sociedade egípcia era hierárquica e tendia ao imobilismo, e no topo da pirâmide de classes estava o Faraó. Assim, sobre a sociedade egípcia e suas características, é INCORRETO afirmar que:
A) O escravo egípcio tinha personalidade jurídica, podendo adquirir propriedade e se casar com pessoa livre.
B) No status de esposa, algumas mulheres gozavam de enormes poderes. Hatchepsut, Nefertari e Nefertiti foram algumas das muitas mulheres que se destacaram na história do Egito, pois sendo respeitadas na sociedade, tinham uma série de direitos.
C) Abaixo do faraó, vinham os altos funcionários, os nobres, os guerreiros, os sacerdotes, os escribas, os artesãos, os trabalhadores comuns, os camponeses, e por último, os escravos.
D) A mulher na sociedade egípcia era tratada igual à mulher europeia do início do século XX, como subalterna aos homens, sem direitos políticos e sociais.

GABARITO
01 - B
02 - A
03 - A
04 - D
05 - B
06 - C
07 - C
08 - C
09 - D
10 - D

Nenhum comentário: