terça-feira, 21 de julho de 2015

História de Santana, Amapá - AP

Histórico do Município: Santana, Amapá - AP.
Gentílico: santanenses.

Santana teve início do agrupamento populacional em Ilha de Santana, localizada em frente, à margem esquerda do rio Amazonas, em 1753.

Os primeiros habitantes eram moradores portugueses e mestiços vindos do Pará, além de índios Tucuju, comandados pelo desbravador português Francisco Portilho de Melo, que evadiu-se para esta região fugindo das autoridades fiscais paraenses em razão do comércio clandestino de escravos e metais. De sua aliança com Mendonça Furtado obteve o título de Capitão do então povoado de Santana, tendo que em troca disponibilizar uma listagem com aproximadamente 500 silvícolas tucuju sob sua guarda.

Concentrado em Ilha de Santana, Portilho de Mello e seus agregados conviveram com a redução da força de trabalho indígena, já que a mortalidade também foi significativa, por causa das inadequadas condições de trabalho. Por ordem de Mendonça Furtado foi instalado e fundado o povoado de Santana, em homenagem a Santa Ana de quem os europeus e seus descendentes eram devotos.

Em 1946, com a descoberta do manganês em Serra do Navio por Mário Cruz, Santana experimentou um crescimento significativo, em decorrência da instalação da Icomi (Indústria e Comércio de Minérios). Já no final da década de 50, foi construída a Estrada de Ferro do Amapá, com 19 quilômetros lineares, para o transporte do pessoal e escoamento da produção de manganês com destino ao mercado externo.

Dadas as condições geográficas adequadas ao escoamento via fluvial, é escolhido o Canal Norte do Rio Amazonas que propiciava, pela sua profundidade, fácil navegabilidade aos navios de grande calado. Assim é instalado um cais flutuante em frente a Ilha de Santana, gerando empregos, atraindo população e incentivando comércios e indústrias de pequeno porte, estimulando a criação de vilas e ampliando a área urbana do povoado.
Vista aérea do porto - Icomi : Santana, AP - [19--]
Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Santana, pela Lei Municipal n.º 153, de 31-08- 1981, subordinado ao município de Macapá.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1983, o distrito de Santana figura no município de Macapá.

Elevado à categoria de município com a denominação de Santana, pela Lei Federal n.º
7.639, de 17-12-1987, desmembrado do município de Macapá. Sede no antigo distrito de
Santana. Constituído de 4 distritos: Santana, Igarapé do Lago, Ilha de Santana e Portuário do
Igarapé da Fortaleza.

Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído de 6 distritos: Santana, Anauerapucu, Igarapé do Lago, Ilha de Santana, Piaçacá e Pirativa.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

Nenhum comentário: