sábado, 8 de agosto de 2015

10 Questões de Concursos sobre Karl Marx - com gabarito

Questão 01 - ADVISE - 2013 - Prefeitura de Exu - PE - Professor - 1 ao 5 Ano Ensino Fundamental
Karl Heinrich Marx foi o fundador da doutrina: 
a) capitalista; 
b) socialista; 
c) comunista; 
d) católica; 
e) protestante.

Questão 02 - CESPE - 2011 - SAEB-BA - Professor - Sociologia
De acordo com Karl Marx, fetiche consiste 
a) no domínio de uma classe social sobre outra. 
b) na projeção de supostas características e propriedades a um objeto que aparentemente conferem a ele vida própria. 
c) na negação do caráter instrumental dos objetos para a vida social. 
d) na preocupação que a sociedade tem de vincular-se com o poder.

Questão 03 - NUCEPE - 2015 - SEDUC-PI - Professor - Sociologia
De acordo com o pensamento de Karl Marx sobre o capitalismo, afirma-se que 
a) na mudança social as principais fontes são as ideias e os valores dos seres humanos. 
b) o processo de acumulação do capital depende exclusivamente do capital, ou seja, de qualquer bem material que possa ser investido ou utilizado para produzir bens futuros. 
c) o sistema de produção capitalista divide a sociedade em duas classes distintas: a dos proprietários e a dos não proprietários das ferramentas de trabalho ou dos meios de produção. 
d) o sistema de produção capitalista gera igualdade entre classes. 
e) as condições materiais não determinam as relações dos indivíduos na vida em sociedade.

Questão 04 - NUCEPE - 2015 - SEDUC-PI - Professor - Sociologia
Identifique a alternativa que corresponde ao conceito de ideologia desenvolvido por Karl Marx. 
a) A ideologia é uma forma de mascarar ou ocultar as contradições sociais e a dominação. A ideologia não tem história, pois no lugar da história real é colocada uma história imaginária. 
b) A ideologia é o conjunto de representações que apresenta a realidade tal qual ela é, tornando o processo de dominação visível aos dominados. 
c) A ideologia corresponde às ideias predominantes em determinada sociedade, logo expressa a realidade tal qual ela é na sua objetividade. 
d) A ideologia resulta da percepção completa do funcionamento da sociedade, assumindo caráter positivo de verdadeira consciência. 
e) Constitui um corpo não sistematizado de normas e representações que nos ensinam a pensar e agir em sociedade.

Questão 05 - NUCEPE - 2015 - SEDUC-PI - Professor - Sociologia
O materialismo histórico dialético é o método de análise da sociedade criado por Karl Marx, um dos clássicos da Sociologia. A respeito desse método, é possível afirmar que 
a) o materialismo explica que as condições materiais de existência não são fatores determinantes para o modo de ser e pensar de cada um. 
b) a sociedade e a política surgem da ação da natureza e não da ação concreta dos seres humanos no tempo. 
c) o materialismo explica que são as relações sociais de produção que determinam o modo de ser e pensar de cada indivíduo. É um modo histórico, já que a sociedade e a política surgem da ação concreta dos seres humanos no tempo. 
d) a História é um processo contínuo e linear, logo a realidade é estática e o movimento da história possui uma base material e econômica, mas não obedece a um movimento dialético. 
e) a base material ou econômica constitui a “superestrutura” da sociedade, que exerce influência direta na “infraestrutura” da sociedade, ou seja, nas instituições jurídicas, políticas e ideológicas.

Questão 06 - FUNCAB - 2013 - IF-RR - Professor - Pedagogia
Tomando para a escola os pensamentos de Karl Marx, o que torna o aluno um ser alienado em seu processo de aprendizagem, tanto quanto o trabalhador na sua relação de trabalho, é a: 
a) conscientização de sua classe social. 
b) separação entre o pensar e o agir. 
c) reflexão sobre o seu papel na sociedade. 
d) apropriação de conhecimento. 
e) formação progressista.

Questão 07 - FGV - 2010 - CAERN - Sociólogo
Com base no materialismo histórico de Karl Marx, o estudo da sociedade deve ter como ponto de partida 
(A) uma ideia ou conceito previamente fixado pelo pesquisador. 
(B) o entendimento das intenções subjetivas dos atores sociais. 
(C) as ideias da classe dominante e sua relação de dominação com a sociedade. 
(D) a análise das relações do homem com a natureza e das relações entre homens na atividade produtiva. 
(E) o comportamento humano diante dos problemas nascidos nas relações familiares.

Questão 08 -  FGV - 2010 - CAERN - Sociólogo
A concepção de Ideologia em Karl Marx contempla as dimensões expressas nas alternativas a seguir, À EXCEÇÃO DE UMA. Assinale-a. 
(A) Representa as ideias de uma classe dominante. 
(B) Está subordinada às condições materiais de existência. 
(C) É concebida como uma falsa consciência da realidade. 
(D) Pertence ao campo da superestrutura. 
(E) Desenvolve-se de forma independente das relações sociais.

Questão 09 - FCC - 2010 - DPE-SP - Agente de Defensoria - Cientista Social
Quando analisa a mercadoria, Karl Marx enfatiza o duplo caráter do trabalho nela materializado, considerando-o em sua relação com o valor de uso e com o valor de troca. As categorias do trabalho estão respectivamente relacionadas com essas duas formas do valor: 
(A) Trabalho Concreto - Trabalho Abstrato. 
(B) Trabalho Simples - Trabalho Complexo. 
(C) Trabalho Complexo - Trabalho Simples. 
(D) Trabalho Simples - Trabalho Concreto. 
(E) Trabalho Alienado - Trabalho Não-Alienado.

Questão 10 - FCC - 2010 - DPE-SP - Agente de Defensoria - Cientista Social
No que se refere ao espaço urbano, segundo o paradigma estrutural-funcional marxista, é correto afirmar: 
(A) Os loteamentos periféricos das cidades respondem às necessidades sistêmicas de reprodução da força de trabalho, de descapitalização da renda crescente do capital financeiro e de desorganização da mobilização da classe trabalhadora. 
(B) Os movimentos sociais urbanos contribuem estruturalmente para a valorização sistêmica dos loteamentos centrais, pois reduzem os custos de reprodução da força de trabalho e legitimam a dominação simbólica do capital. 
(C) O cenário da cidade é moldado pelo processo de acumulação do capital e envolve os conflitos pelo consumo do ambiente construído, no qual tomam parte três usuários fundamentais: o capital fundiário, o Estado e o Trabalho. 
(D) A atuação do Estado no espaço urbano cumpre funções sistêmicas para o modo de produção capitalista, quais sejam, a de prover os bens de consumo coletivo, promover o circuito de valorização do capital e legitimar a dominação capitalista. 
(E) O modo de apropriação capitalista do espaço urbano implica na redistribuição equitativa dos bens de consumo coletivo, dos meios de mobilidade nas periferias e subúrbios e das formas coletivas de desorganização.

Gabarito
01 - C
02 - B
03 - C
04 - A
05 - C
06 - B
07 - D
08 - E
09 - A
10 - D

Nenhum comentário: