sábado, 2 de janeiro de 2016

Geografias em Quadrinhos: Imaginando um mundo em sala de aula - Rafael Martins da Costa

Geografias em Quadrinhos: Imaginando um mundo em sala de aula. / Rafael Martins da Costa. – Porto Alegre : UFRGS/PPGea, 2012. 112 f.

Baixar o arquivo completo em PDF: 

Resumo - A busca por uma prática mais coerente com uma contemporaneidade globalizada, de espaços e tempos mais comprimidos, bem como uma juventude menos disposta à obediência cega e à passividade, se faz necessária nesse momento. A atuação individual do professor em sala de aula, se não é a única responsável por uma maior abertura da escola para a vida, é um aspecto importante disso; portanto, nela focarei minha discussão. Assim, insiro a proposta de utilização das Histórias em Quadrinhos no ensino de Geografia. A linguagem dos Quadrinhos, que mescla imagens e textos para narrar uma história ou um acontecimento, desde seu surgimento, se espalhou pelo mundo e tornou-se, inclusive, um meio de comunicação de massas. Por muito tempo, a escola e a academia mantiveram-se fechadas para essa linguagem, dando-lhe um valor menor como forma de leitura. Com o passar do tempo, essa realidade vai se transformando e, atualmente, são muitos os trabalhos científicos que trazem as Histórias em Quadrinhos como tema. A Geografia, como campo de conhecimento e como discurso científico, ao longo de sua existência, teve, no uso das imagens, uma base para fundamentação de suas proposições. Ao tomarmos conhecimento do mundo através das imagens que nos chegam dele, vemos como a educação do olhar é um aspecto importante no ensino de Geografia, tendo aí os Quadrinhos uma grande contribuição a dar. Neste estudo, analiso atividades realizadas por alunos em sala de aula, nas quais o conteúdo geográfico é tratado através da linguagem quadrinística, numa tentativa de estimular a imaginação e a criatividade, bem como o espírito crítico. Através de Histórias em Quadrinhos produzidas pelos estudantes é possível analisar sua visão sobre a cidade e bairro em que moram e se ela se diferencia de outras visões. Trata-se de uma experiência e uma discussão, não de uma obra definitiva sobre o assunto, com conclusões fechadas.

Palavras-chave: Quadrinhos, Ensino de Geografia, Educação Visual, Imagens.

Nenhum comentário: