sexta-feira, 27 de novembro de 2015

História de Saquarema, Rio de Janeiro - RJ

Histórico do Município: Saquarema, Rio de Janeiro - RJ
Gentílico: saquaremense

As origens de Saquarema se perdem nos primórdios da história do Brasil, quando D. João III, Rei de Portugal, em 1530, mandou uma frota, sob o comando de Martin Afonso de Souza, "tomar posse e colocar em todo o território até a linha demarcada". 

A frota aqui chegou em março de 1531, encontrando na região índios Tamoios, que davam à terra o nome de "Socó-Rema", em vista da existência de numerosos bandos de aves pernaltas, conhecidas como "Socó". 

Com a divisão do Brasil em capitanias hereditárias passou a região de Saquarema a pertencer ao citado Martin Afonso de Souza , donatário da capitania de São Vicente, mas as terras da região só vieram a ser colonizadas em 1594, quando os padres da Ordem do Carmo aí construíram o Convento de Santo Alberto.

Várias fazendas se instalaram nas imediações até que, em 1960 ou 1962, Manoel Aguilar Moreira e sua mulher Catarina de Lemos fizeram erguer uma capela em honra a Nossa Senhora de Nazaré de Saquarema. Passou a curato e, em 12 de janeiro de 1755, a freguesia, sendo o Padre Antônio Moreira o primeiro vigário.
Formação Administrativa

Freguesia criada com a denominação de Nossa Senhora de Nazaré de Saquarema por alvará de 12-01-1755, subordinado ao município de Cabo Frio. 
Elevado à categoria de vila com a denominação de Nossa Senhora de Nazaré de Saquarema, Pela lei provincial nº 238, de 08-05-1841, desmembrado de Cabo Frio. Constituído do distrito sede. Instalado em 13-11-1841.
Pelo decreto provincial nº 1128, de 06-12-1859, a Vila de Nossa Senhora de Nazaré de Saquarema foi extinta, sendo seu território anexado a vila de Cabo Frio. 
Elevada novamente à categoria de vila com a denominação de Nossa Senhora de Nazaré de Saquarema, pelo decreto provincial nº 1180, de 24-07-1860, com território desmembrado dos municípios de Cabo Frio e Araruama. Reinstalada em 29-01-1861.
Elevado à condição de cidade e sede do município com a denominação de Saquarema, pelo decreto estadual nº 28, de 03-01-1890.
Pela deliberação estadual de 25-07-1891 e os decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e nº 1A, de 03-06-1892 são criados os distritos de Mato Grosso e Palmital e anexado ao município de Saquarema. 
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 3 distritos: Saquarema, Mato Grosso e Palmital .
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. 
Pelo decreto estadual nº 641, de 15-12-1938, o distrito de Palmital passou a denominar-se Bacaxá. 
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 3 distritos: Saquarema, Mato Grosso e Bacaxá, ex-Palmital. Pelo decreto-estadual nº 1056, de 31-12-1943, o distrito de Mato Grosso passou a denominar-se Maranguá.
Pelo decreto nº 1577, de 22-01-1946, o distrito de Maranguá passsou a denominar-se Sampaio Correia. No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 3 distritos: Saquarema, Bacaxá e Sampaio Correia ex-Maranguá ex-Mato Grosso.
Em divisão territorial datada de I-VII-1960 o município é constituído de 3 distritos: Saquarema, Bacaxá e Sampaio Correia.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007. 

Alteração toponímica municipal 
Nossa senhora de Nazaré de Saquarema para Saquarema alterado, pelo decreto estadual nº 28, de 03-01-1890.

Fonte: Biblioteca IBGE.

Nenhum comentário: