sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Ganharei um bom salário cursando Geografia?

Vale a pena fazer o curso de bacharel em Geografia visando uma grande pretensão salarial?

As chamadas ciências básicas (Física, Biologia, Química, Matemática, Geografia, entre outras) têm papel fundamental para a pesquisa e o desenvolvimento de produtos e serviços.

O Brasil, no entanto, ainda não alcançou o plano em que tais pesquisas recebam o reconhecimento que deveriam. Não recebem do Estado ou da iniciativa privada recursos financeiros que bem remunerem os bacharéis, mestres e doutores que a ela se dediquem. Em países com economia mais desenvolvida, tais profissionais recebem maior reconhecimento, pelos conhecimentos que ampliam o domínio sobre a natureza e a construção de melhores condições para a vida.


A primeira opção de quem se interessa firmemente por tais áreas é de fato a licenciatura, que se não remunera adequadamente todo o empenho, a importância social da atividade docente e a competência adquirida, ao menos garante maiores possibilidades de colocação no mercado como professor, bem como o investimento pessoal no mergulho nesta área de conhecimento.

O geógrafo, ou seja, o bacharel em Geografia, encontra colocações em empresas ligadas à exploração de recursos naturais (mineração, recursos hídricos, petróleo). Outro campo a explorar é o da geografia humana: análise da distribuição da população, seus hábitos, necessidades de consumo, movimentos que fazem em função das condições econômicas.

Organizações Não Governamentais (ONGs) contratam tais profissionais em função de sua natureza – ligadas ao meio-ambiente, ao estudo do deslocamento de populações, etc. Órgãos públicos, como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), também abrem concursos que contemplam a necessidade de tais profissionais. Diante do exposto, avalie o que você considera “grande pretensão salarial”.

Segundo o GUIA DO ESTUDANTE, o salário inicial varia de R$ 950,00 a R$ 3.000,00. Segundo o site Salariômetro, entre abr/2017 até set/2017. foram contratados, no país inteiro, 30 profissionais com um salário médio de R$ 3.793,00.

Nenhum comentário: