sexta-feira, 30 de outubro de 2015

História de Paraíba do Sul, Rio de Janeiro - RJ

Histórico do Município: Paraíba do Sul, Rio de Janeiro - RJ
Gentílico: sul-paraibano

Denominada primitivamente de "Paraíba Nova", a região hoje ocupada pelo Município de Paraíba do Sul era originariamente habitada pelos índios Coroados e Barrigudos, que viviam às margens dos rios Paraíba e Paraibuna. 

Das crônicas referentes a essa época, consta que um dos desbravadores de suas terras foi Garcia Rodrigues Paes Leme, filho de Fernão Dias Paes Leme, que viera abrindo o "Caminho Novo", concluído em 1725 pelo sesmaria Bernado Soares Proença, desde as Minas Gerais até às margens do Paraíba, buscando atingir a Cidade do Rio de Janeiro e que ali resolveu fixar residência provisoriamente, até que se provesse de abastecimento e novos recursos para poder prosseguir viagem. 

Segundo a tradição, o bandeirante teria lançado em 1683 as bases de uma fazenda, onde edificou uma capela dedicada ao culto de Nossa Senhora da Conceição e aos apóstolos São Pedro e São Paulo. 
A localidade, nos primeiros tempos, foi conhecida como "Meio da Jornada" não só devido a interrupção aí feita pelo bandeirante como também por estar a meio caminho entre a província das Minas Gerais e o atual Estado do Rio de Janeiro. 

Arruinando-se a primitiva capela, Pero Dias Paes Leme, Filho de Garcia Rodrigues, fez edificar outra, a pequena distância da margem esquerda do Rio Paraíba, sendo para ali transferida em 1745, a sede do curato, elevada à categoria de freguesia perpétua em 1756. 

Em 1833, a localidade foi elevada à categoria de Vila, com a denominação de Paraíba do Sul, tendo trinta e oito anos depois adquirido foros de Cidade. 

Formação Administrativa

Freguesia criada com a denominação de Paraíba do Sul, por alvará de 02-01-1756, e por deliberação estadual de 21-08-1891 e pelos decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e nº 1-A, de 03-06-1892. 
Elevado à categoria de vila, criada com a denominação de Paraíba do Sul, pelo decreto de 15-01-1833. Constituído do distrito sede. Instalado em 15-04-1833.
Pela lei provincial nº 153, de 07-05-1839 e por decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e nº 1-A, de 03-06-1892, é criado o distrito de Santana de Cebolas e anexado ao Município de Paraíba do Sul. 
Pelo decreto provincial nº 811, de 06-10-1855 e por deliberação estadual de 21-08-1891 e por decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e 1-A, de 03-06-1892, é criado o distrito de Bemposta e anexado ao município de Paraíba do Sul. 
Pelo decreto provincial nº 830, de 25-10-1855, e deliberação estadual de 21-08-1891 e decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e nº 1-A, de 03-06-1892, é criado o distrito de Encruzilhada e anexado ao município de Paraíba do Sul. 
Elevado à condição de cidade com a denominação Paraíba do Sul, pela lei provincial nº 1653, de 20-12-1871. 
Pela lei provincial nº 2698, de 24-09-1884 e por deliberação estadual de 21-08-1891 e decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e nº 1-A, de 03-06-1892, é criado o distrito de Monte Serrá e anexado ao município de Paraíba do Sul. 
Pelo decreto estadual nº 114, de 13-08-1890, e por deliberação estadual de 21-08-1891 e decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e nº 1-A, de 03-06-1892, é criado o distrito de Entre Rios e anexado ao município de Paraíba do Sul. 
Pela lei estadual de 21-08-1891 e por decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e 1-A, de 03-06-1892, e também por lei estadual nº 217, de 17-12-1895, é criado o distrito de Areal e anexado ao município de Paraíba do Sul. 
Pela lei estadual nº 299, de 03-12-1896, o distrito de Santana de Cebolas passou a denominar-se Santana de Tiradentes. 
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 7 distritos: Paraíba do Sul, Areal, Encruzilhada, Entre Rios, Monte Serrá, Bemposta, Santana de Tiradentes. 
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, sendo que o distrito de Encruzilhada tem a denominação de Santo Antônio da Encruzilhada 
Pelo decreto estadual nº 634, de 14-12-1938, confirmado pelo decreto nº 641, de 15-12-1938 desmembra do município de Paraíba do Sul os distritos Entre Rios, Areal, Bemposta e Monte Serrá, para formar o novo município de Entre Rios. 
Pelo decreto estadual nº.641, de 15-12-1938, é criado o distrito de Afonso Arinos, formado com áreas do distrito de Monte Serrá e anexado ao município de Paraíba do Sul e ainda sob a mesmo decreto o distrito de Santo Antônio da Encruzilhada passou a denominar-se simplesmente Encruzilhada, Santana de Tiradentes a denominar-se Inconfidência. 
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 4 distritos: Paraíba do Sul, Afonso Arinos, Encruzilhada ex-Santo Antônio da Encruzilhada, Inconfidência, ex-Santana de Tiradentes. 
Pelo decreto-lei estadual nº.1056, de 31-12-1943, o distrito de Encruzilhada passou a denominar-se Salutaris e ainda transfere o distrito de Afonso Arinos do Município de Paraíba do Sul para o de Três Rios. 
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: de Paraíba do Sul, Inconfidência e Salutaris, ex-Encruzilhada. 
Pela lei estadual nº 1368, de 07-12-1951, é criado o distrito de Werneck desmembrado do distrito sede de Paraíba do Sul e anexado ao município de Paraíba do Sul. 
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos: Paraíba do Sul, Inconfidência, Salutaris e Werneck. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. 
Em "Síntese" de 31-XII-1994, o município é constituído de 4 distritos: Paraíba do Sul, Inconfidência, Salutaris e Werneck. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: Biblioteca IBGE.

Nenhum comentário: