terça-feira, 3 de janeiro de 2017

PUC-RIO 2004 - Nas revoltas subseqüentes à abdicação

"Nas revoltas subseqüentes à abdicação, o que aparecia era o desencadeamento das paixões, dos instintos grosseiros da escória da população; era a luta da barbaridade contra os princípios regulares, as conveniências e necessidades da civilização. Em 1842 pelo contrário o que se via à frente do movimento a braços com o soldado mercenário era a flor da sociedade brasileira, tudo que as províncias contavam de mais honroso e eminente em ilustração, em moralidade e riqueza; espetáculo que se renova hoje em Pernambuco".

Timandro [Francisco de Sales Torres Homem]. O libelo do Povo.
Para justificar as revoltas da boa sociedade imperial - as revoltas liberais de Minas Gerais e São Paulo, em 1842, e a Praieira, em 1848 -, o Timandro estigmatizava em seu panfleto os movimentos da "escória da população" - a plebe e os escravos negros -, desde a abdicação.
Tais movimentos aparecem listados nas opções abaixo, COM EXCEÇÃO DE UMA. Assinale-a.
(A) Sabinada.
(B) Farroupilha.
(C) Cabanagem.
(D) Malês.
(E) Balaiada.

Resposta: (B) Farroupilha.

A resposta certa é a opção B. A Farroupilha - a Guerra dos Farrapos ou a Revolução Farroupilha - foi, antes de tudo, um movimento dos charqueadores e estancieiros gaúchos, prejudicados pela política alfandegária do governo imperial. 
As demais opções apresentam movimentos desencadeados e/ou nos quais predominavam a "escória da população" - a plebe e os escravos negros.

Nenhum comentário: