quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Questões de Geografia do Pases II / UFV 2010 - com gabarito

Questão 01 - Pases II / UFV 2010 - A erosão pluvial é aquela causada pelas águas da chuva e terá maior ou menor impacto dependendo das condições ambientais, o que se observa na figura abaixo:

Após observação e considerando os conhecimentos sobre erosão pluvial, assinale a afirmativa INCORRETA: 
a) Numa área com grande declividade, mas com grande densidade da vegetação, há um escoamento superficial limitado. 
b) A presença da vegetação permite a absorção de grande quantidade de água precipitada, pois a floresta funciona como uma esponja. 
c) Numa encosta com pouca vegetação, o efeito da erosão pluvial é menor, pois a água correrá mais depressa. 
d) O desmatamento em terrenos com altas declividades para fins de ocupação por moradias representa grande perigo de desmoronamento.

Questão 02 - Pases II / UFV 2010 - Sabemos que a Terra possui movimentos de rotação e de translação, apresentando-se também inclinada em relação ao seu eixo.

Com base na figura acima e em conhecimentos sobre o assunto, assinale a afirmativa CORRETA:
a) O movimento de translação é responsável pela existência do dia e da noite.
b) A inclinação do eixo da Terra é responsável pela existência dos fusos horários.
c) A translação e inclinação do eixo da Terra permitem a existência das diferentes estações do ano.
d) O afastamento do sol provocado pela inclinação do eixo da Terra não modifica as características das estações do ano.

Questão 03 - Pases II / UFV 2010 - Sobre a relação dos “boias-frias” com o proprietário do estabelecimento rural, é CORRETO afirmar que:
a) moram na propriedade e sua remuneração é dividida em dinheiro e produtos.
b) moram na propriedade e são contratados como trabalhadores assalariados permanentes.
c) cultivam uma parcela da terra do proprietário onde moram.
d) trabalham em períodos sazonais e recebem de acordo com a produção colhida.

Questão 04 - Pases II / UFV 2010 - No sistema capitalista, o desenvolvimento significa o constante aumento da utilização dos recursos naturais. Desde 1972, na Conferência de Estocolmo, os limites a esse processo de desenvolvimento entraram para a pauta do debate internacional. Considerando essas limitações e com o auxílio da figura ao lado, assinale a afirmativa INCORRETA:

a) O desenvolvimento capitalista requer o aumento constante da produção industrial e da emissão de gases na atmosfera, o que contribui para o agravamento do efeito estufa.
b) A preservação ambiental pode ser pensada de maneira fragmentada, sem considerar o funcionamento conjunto dos diversos ecossistemas.
c) Uma das conclusões da Conferência de Estocolmo de 1972, e reafirmada na Conferência Rio-92, foi a de que é preciso haver limites para o desenvolvimento.
d) Os países ricos necessitam diminuir a produção dos gases enquanto os países em desenvolvimento desejam aumentar sua produção industrial.

Questão 05 - Pases II / UFV 2010 - Observe, na figura ao lado, as principais direções dos fluxos migratórios internos no Brasil em 1990 e leia as afirmativas abaixo:
I. Os fluxos migratórios mais intensos partem do estado do Rio Grande do Sul e de alguns estados do Nordeste.
II. Os principais fluxos que partem de Minas Gerais dirigem-se para o Estado de São Paulo e para o Centro-Oeste.
III. Os fluxos que partem dos estados do Nordeste direcionam-se predominantemente para a Amazônia.
IV. Os fluxos que partem do Rio Grande do Sul direcionam-se predominantemente para o Centro-Oeste. Estão CORRETAS as afirmativas:
a) I, II, III e IV.
b) I e II, apenas.
c) I, II e III, apenas.
d) IV, apenas.

Questão 06 - Pases II / UFV 2010 - Leia o texto abaixo, relativo ao processo de globalização:

A globalização é o estágio supremo da internacionalização. O processo de intercâmbio entre países, que marcou o desenvolvimento do capitalismo desde o período mercantil dos séculos XVII e XVIII expande-se com a industrialização, ganha novas bases com a grande indústria, nos fins do século XIX, e, agora, adquire mais intensidade, mais amplitude e novas feições. O mundo inteiro torna-se envolvido em todo tipo de troca: técnica, comercial, financeira, cultural. Vivemos um novo período na história da humanidade. A base dessa verdadeira revolução é o progresso técnico, obtido em razão do desenvolvimento científico e baseado na importância obtida pela tecnologia, a chamada ciência da produção. Todo o planeta é praticamente coberto por um único sistema técnico, tornado indispensável à produção e ao intercâmbio e fundamento do consumo, em suas novas formas. Graças às novas técnicas, a informação pode se difundir instantaneamente por todo o planeta, e o conhecimento do que se passa em um lugar é possível em todos os pontos da Terra. A produção globalizada e a informação globalizada permitem a emergência de um lucro em escala mundial, buscado pelas firmas globais que constituem o verdadeiro motor da atividade econômica. Tudo isso é movido por uma concorrência superlativa entre os principais agentes econômicos – a competitividade. Num mundo assim transformado, todos os lugares tendem a tornarem-se globais, e o que acontece em qualquer ponto do ecúmeno (parte habitada da Terra) tem relação com o que acontece em todos os demais.

(SANTOS, M. O País Distorcido. São Paulo: Publifolha, 2002. p. 79.)

Com base na leitura do texto acima, assinale a afirmativa INCORRETA:
a) A globalização hoje se torna possível a partir de um desenvolvimento técnico-científico que acaba por ser unificado e é a base da produção, do intercâmbio e das novas formas de consumo.
b) O processo de globalização atual se constrói com base no respeito ao ambiente em que vivemos e promove, através da competitividade, a busca da igualdade social.
c) Com as novas técnicas é possível saber em tempo real o que se passa em todos os lugares do planeta, permitindo que um acontecimento local ganhe visibilidade mundial.
d) O processo de globalização vem se construindo com o crescente intercâmbio entre os países, potencializado através da ação das grandes corporações industriais.

Questão 07 - Pases II / UFV 2010 - A representação da distribuição da população por faixa etária e por sexo numa “pirâmide etária” nos revela algumas de suas características.
A partir dos conhecimentos sobre geografia da população e da observação da figura acima, assinale a afirmativa INCORRETA:
a) As pirâmides etárias apresentam uma base maior quando o lugar a que se referem é considerado subdesenvolvido e mais pobre que outros que apresentam uma pirâmide com base menor.
b) Os países ou regiões mais pobres apresentam, geralmente, uma taxa de natalidade alta representada por uma base maior da pirâmide.
c) A pirâmide etária da Região Metropolitana de São Paulo apresenta uma base menor, pois nos grandes centros urbanos e nos lugares considerados mais desenvolvidos a taxa de natalidade tende a ser menor.
d) As diferenças entre a composição da população de regiões ricas e pobres é consequência das condições ambientais e não das condições socioeconômicas.

Questão 08 - Pases II / UFV 2010 - Para a representação da realidade em um mapa, é necessário estabelecer uma correspondência entre as dimensões do terreno e as do papel. Para tanto se utiliza da noção de escala. Assinale a alternativa que apresenta a distância real, em quilômetros, entre São Paulo e Belo Horizonte considerando as informações abaixo: Escala do mapa =1:25.000 Distância entre as cidades no papel = 2 cm
a) 250 km.
b) 500 km.
c) 750 km.
d) 1.000 km.

Questão 09 - Pases II / UFV 2010 - Observe o mapa ao lado, que mostra a proporção do número de favelas nos estados brasileiros em 1991. Diante das informações apresentadas no mapa e dos conhecimentos sobre o assunto, assinale a afirmativa INCORRETA:
a) O maior número de favelas está localizado nas regiões brasileiras menos desenvolvidas.
b) A análise da espacialização das favelas nos auxilia a compreender elementos das dinâmicas socioeconômicas do país.
c) Quanto mais industrializada é a região, maior é o número de favelas.
d) O surgimento de favelas está associado direta e indiretamente ao êxodo rural.

Questão 10 - Pases II / UFV 2010 - As áreas endêmicas são importantes por serem consideradas como as menores unidades geográficas para análise de biogeografia histórica. Os tamanhos das áreas endêmicas da Amazônia variam consideravelmente. Cerca de 60,0% da Amazônia localiza-se no Brasil, mas somente quatro áreas de endemismo são parcialmente (Rondônia) ou totalmente (Tapajós, Xingu e Belém) brasileiras. Apesar disso, essas áreas sofrem pressões, ameaçando a sua preservação. NÃO constitui ameaça às áreas endêmicas da região amazônica:
a) a perda de habitat.
b) a extração seletiva.
c) o efeito de borda.
d) o corredor ecológico.

GABARITO
01 - C
02 - C
03 - D
04 - B
05 - A
06 - B
07 - D
08 - B
09 - A
10 - D

Nenhum comentário: