sábado, 4 de junho de 2016

IBGE relança Revista Brasileira de Geografia em agosto e abre chamada para artigos

Como parte das comemorações de seus 80 anos, o IBGE vai relançar, em agosto de 2016, a Revista Brasileira de Geografia (RBG), importante publicação científica do instituto, editada regularmente de 1939 a 1996. O primeiro número do volume de relançamento será composto por artigos de pesquisadores convidados. A chamada de artigos para o segundo número deste volume, a ser publicado em 2017, já está aberta e vai até 31/10/2016. A partir de então, o fluxo de submissões será contínuo e a revista terá periodicidade semestral. Para mais informações e envio de trabalhos, acesse a revista: http://rbg.ibge.gov.br/index.php/rbg/about


A produção da RBG seguirá critérios editoriais de excelência para a seleção dos textos publicados. Esses critérios serão supervisionados por um conselho científico integrado por pesquisadores vinculados a instituições renomadas em diversas áreas das geociências. A revista será composta por artigos, ensaios, comentários, resenhas e notas técnicas.

O acesso à publicação será gratuito através de plataforma online, o que irá agilizar os processos de submissão de artigos e a tramitação pelos editores, além de facilitar os mecanismos de busca.

Em 57 anos de publicação ininterrupta, a RBG lançou um volume por ano, com quatro números cada. Entre 2005 e 2006, foram editados dois novos volumes, cada qual com dois números. No total, a revista publicou 60 volumes e 238 números. Nesta nova fase, a revista retoma sua numeração original, reiniciando, então, em seu 61º volume. As edições anteriores da RBG estão disponíveis na biblioteca do IBGE: http://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=7115

A Revista Brasileira de Geografia foi palco de inúmeros debates teóricos e metodológicos centrais da geografia e ciências afins. A excelência da publicação tornou a RBG um dos principais periódicos científicos geográficos do Brasil. Em sua retomada, o objetivo é tornar-se uma referência não só pela tradição já estabelecida, mas também pela constante busca por atualização e aperfeiçoamento.

Nenhum comentário: