domingo, 13 de dezembro de 2015

História de Embaúba, São Paulo – SP

Histórico do Município: Embaúba, São Paulo – SP
Gentílico: embaubense

O núcleo original do atual município de Embaúba foi fundado no início do século XX por Balbino Rodrigues Coelho, recebendo nessa época a denominação de Vila Coelho. Esse nome, entretanto, foi logo alterado para o de Vila Albuquerque em homenagem ao então prefeito de Jaboticabal, Bento Vieira de Albuquerque. Nesse período, a economia do povoado estava voltada para a pecuária e a agricultura, com as culturas de arroz, feijão, algodão e café. Embora a região tivesse apresentado maior desenvolvimento com a lavoura cafeeira no início da década de 20, não conseguiu superar a crise provocada pela queda dos preços do café em 1929, e sua economia voltou a se restringir à agricultura e à pecuária de subsistência por um período que se estenderia até 1970. 

A criação do município, bastante recente, data de 9 de janeiro de 1990. Em 16 de agosto de 1934, foi elevado à condição de distrito do município de Jaboticabal com o nome de Vila Albuquerque. No ano seguinte, em 7 de março, foi transferido para o município de Pirangi. Em 30 de novembro de 1938, foi novamente transferido para o município de Cajobi e sua denominação reduzida para Albuquerque. O nome Embaúba, vocábulo que em tupi significa árvore dotada internamente de câmaras ou vazios, foi adotado em 30 de novembro de 1944. 

A formação de Embaúba esteve ligada a uma série de desmembramentos de municípios que tiveram, por sua vez, origem nas terras de Jaboticabal, cidade que faz parte, na divisão estadual, da região administrativa de Ribeirão Preto. Esse reordenamento foi, em grande parte, balizado por questões políticas responsáveis pela criação da maioria dos municípios recentes. 

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Vila Albuquerque, por decreto no 6607, de 16-08­1934, subordinado ao município de Jaboticabal. Pela lei no 6997, de 07-03-1935, transfere o distrito de Vila Albuquerque do município de Jaboticabal para o de Pirangi. Em divisões territoriais datadas de 31-12-1936 e 31-12-1937, o distrito Vila Albuquerque figura no município de Pirangi.
Pelo decreto no 9775, de 30-11-1938, altera a denominação de Vila Albuquerque para Albuquerque o mesmo decreto acima citado transfere o distrito de Albuquerque do município de Pirangi para o de Cajobi.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Albuquerque figura no município de Cajobi. Pelo decreto-lei estadual nº 14334, de 30-11-1944, o distrito de Albuquerque passou a denominar-se Embaúba. No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o distrito já denominado Embaúba figura no município de Cajobi. Em divisão territorial datada de 1-07-1955, o distrito de Embaúba permanece no município de Cajobi. 
Assim permanecendo em divisão territorial de 01-07-1960.
Elevado à categoria de município com a denominação de Embaúba, por lei estadual no 6645, de 09-01-1990, desmembrado de Cajobi. Sede no antigo distrito de Embaúba. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1993.
Em divisão datada de 01-VI-1995, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14-V-2001. 

Alterações toponímicas distritais
Vila Albuquerque par Albuquerque alterado, por força do decreto nº 9775, de 30-11­1938. Albuquerque para Embaúba alterado, por força do decreto-lei estadual nº 14334, de 30­11-1944. 

Transferência distritais 
Pela lei nº 6997, de 07-03-1935, transfere o distrito de Vila Albuquerque do município de Jaboticabal para o de Pirangi.
Pelo decreto nº 9775, de 30-11-1938, transfere o distrito já denominado Albuquerque do município de Pirangi para o de Cajobi.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

Nenhum comentário: