sexta-feira, 20 de novembro de 2015

História de Cosmorama, São Paulo – SP

Histórico do Município: Cosmorama, São Paulo – SP
Gentílico: cosmoramense

Nos sertões de Tanabi, entre os rios Preto e São José dos Dourados, diversos povoados foram formando, interligados por estradas, caminhos ou simplesmente picadas . 
Aproveitando o cruzamento de duas dessas vias primitivas, o Cel. Militào Alves Monteiro, resolveu fundar um patrimônio, ao qual deu o nome de "Santa Helena", incumbindo o agrimensor Jerônimo Vilas Boas de proceder ao levantamento da área de cerca de 10 alqueires, onde foram traçados quarteirões e arruamentos e demarcados os lotes, que passaram a ser vendidos, em 1926. 
Iniciaram-se as primeiras construções, mas o progresso da localidade era muito lento, até que Júlio Catini, morador e industrial de Tanabi, resolveu instalar máquina de beneficiar café à margem da estrada que se dirigia para Vila Monteiro, ( atual Cardoso ). 
Com a colaboração de Antônio Cândido Borges, que concedeu uma área de seu sítio para a montagem da "maquina", foi feita demarcação para outra povoação, vizinha à "Santa Helena?" acabando por receber também a cooperação do Cel. Militão Alves Monteiro e Manoel Inácio Pimenta. 
São considerados, também, pioneiros de Cosmorama Vitório e José Stachissini. 
A medição e locação do terreno foram executadas por Germano Robach, ajudado por Sebastião Almeida Oliveira, cabendo a este último a escolha do nome do povoado: Cosmorama ( do grego ?Kosmo= mundo e rama = vista, ou seja lugar onde se descortinam vastos horizontes). 
Em 1931 é fundada a povoação. 
Na revolução de 1932, Cosmorama tornou-se conhecida por constituir centro de operações, recebendo novos moradores e desenvolvendo-se, conquistou o Distrito de Paz em setembro de 1936. 
Com a chegada dos trilhos da Estrada de Ferro Araraquarense, Cosmorama intensificou o progresso. 

Formação Administrativa 
Distrito criado com a denominação de Cosmorama, por Lei nº 2659, de 9 de setembro de 1936, figura no Município de Tanabi. 
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, Cosmorama é distrito judiciário do Município de Tanabi. 
No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Distrito de Cosmorama permanece no Município de Tanabi assim figurando nos quadros fixados, pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939-1943 e Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, para vigorar em 1945-1948. 
Elevado á categoria de município com a denominação de Cosmorama, por Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948, desmembrado de Tanabí. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação, verificou-se no dia 10 de abril de 1949. 
Fixado o quadro territorial para vigorar no período de 1949-1953, o município é constituído do Distrito Sede. 
Assim permanecendo no quadro fixado pela Lei nº 2456, de 30 de dezembro de 1953, para vigorar em 1954-1958. 
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do Distrito Sede. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

Nenhum comentário: