terça-feira, 10 de novembro de 2015

História de Clementina, São Paulo – SP

Histórico do Município: Clementina, São Paulo – SP
Gentílico: clementinense

Nas proximidades do rio Aguapeí e de seu afluente, ribeirão dos Lontras, por volta de 1926, Adão Astolfi fez a derrubada da mata, iniciando o povoamento da região ao sul do município de coroados.
Em maio de 1928, João Francisco Vasques, adquirindo terras, doou uma área para formação do patrinomio de Nova Era.
Colonos Japoneses e Espanhois foram se estabelecendo nos lotes vendidos em Nova Era, que, em 1932, passou a se chamar Patrimonio dos Vasques, em homenagem ao seu fundador.
Com a criação do Distrito de Paz, em 1944, o nome foi alterado para Clementina, homenagem à filha do fundador, João Francisco Vasques.

Formação Administrativa: 
Distrito criado com a denominação de Clementina, por Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, o Distrito de Clementina com territorio do extinto Distrito de Lauro Penteado do Municipio de Coroados.
No quadro fixado, pelo referido Decreto-lei, para vigorar em 1945-1948, o distrito de Clementina figura no Municipio de Coroados.
Assim aparece na divisão territorial fixada para 1949-1953 pela Lei n° 233, de 24-XII-1948
Elevado à categoria de municipio com a denominação de Clementina, por Lei Estadual n° 2456, de 30 de dezembro de 1953, desmembrado de Birigui. Constituido de 3 Distritos: Clementina, Lauro Penteado, Santópolis do Aguapeí. Sua instalação verificou-se no dia 01 de janeiro de 1955.
Pela Lei Estadual n° 5285, de 18 de fevereiro de 1959, desmembra do Município de Clementina o Distrito de Santopolis do Aguapeí.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

Nenhum comentário: