sexta-feira, 2 de outubro de 2015

História de Cordeiro, Rio de Janeiro - RJ

Histórico do Município: Cordeiro, Rio de Janeiro - RJ
Gentílico: cordeirense

No século XVIII, em busca de ouro, aventureiros que se estabeleceram nas nascentes do Rio Macuco e que por longo tempo lavraram, com pouco êxito, os afluentes dos rios Macuco, Negro e Grande, afugentaram da região os índios Coroados e Goitacazes, que dominavam suas elevações.

Encerrado o ciclo do ouro, seguiu-se uma próspera fase agrícola, que por volta de 1833 começou a atrair lavradores para terras férteis situadas nas proximidades da fazenda Cordeiro, à margem do Rio Macuco, onde chegaram, em fins de 1875 ou princípios de 1876, os trilhos da Estrada de Ferro Cantagalo, que ali instalou uma estação - mais tarde importante ponto de entroncamento, com o nome da referida fazenda. Assim começou a povoação que daria origem ao atual Município de Cordeiro.

Povoado teve em 1844 sua primeira escola instalada na velha fazenda. Em 1888 recebeu uma leva de emigrantes portugueses, procedentes da ilha da Madeira, fato que contribuiu certamente para compensar ou reduzir o impacto da abolição da escravatura sobre sua economia. 
Praça. principal da cidade de Cordeiro, junto a Est. Férrea. (RJ) - 1957.
Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Cordeiro, pela deliberação de 09-09-1890, subordinado ao município de Cantagalo.

Elevado à categoria de município com a denominação de Cordeiro, pelo decreto estadual nº 180, de 24-03-1891, desmembrado de Cantagalo. Sede no antigo distrito de Cordeiro. Constituído de 2 distritos: Cordeiro e Macuco criado pela deliberação de 09-09-1890. 

Pelo decreto estadual nº 1, de 08-05-1892, o município de Cordeiro é reduzido à categoria de distrito, sendo seu território anexado ao município de Cantagalo.

Em divisão administrativa referente ao 1911, o distrito de Cordeiro figura no município de Cantagalo.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 3-XII-1937. 

Elevado à categoria de município com a denominação de Cordeiro, pelo decreto-lei estadual nº 1056, de 31-12-1943, desmembrado de Cantagalo. Sede no antigo distrito de Cordeiro. Constituído de 2 distritos: Cordeiro e Macuco. Ambos desmembrado de Cantagalo. Instalado em 01-01-1944.

Em divisão territorial datada de I-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Cordeiro e Macuco.

Assim permanecendo em "Síntese" de 31-XII-1994.

Pela lei estadual nº 2497, de 28-09-1995, desmembra do município de Cordeiro o distrito de Macuco. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 15-VII-1997, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: Biblioteca IBGE.

Nenhum comentário: