segunda-feira, 26 de outubro de 2015

História de Capivari, São Paulo – SP

Histórico do Município: Capivari, São Paulo – SP
Gentílico: capivariano

No início do século XVIII, Capivari recebeu os primeiros visitantes. Alguns deles encontraram um lugar com bom terreno, clima, água e peixes. Montaram acampamentos e decidiram começar uma nova vida.

Em 1785, Francisco Idorgo pede à Câmara de Itu e consegue fazer com que se instale a primeira venda: a Venda do Chico.

Assim, Antônio Pires de Almeida Moura e Joaquim da Costa Garcia, fundaram o Arraial de São João de Capivary de Baixo. Muitas famílias vieram de Itu e Porto Feliz e, dessa forma, o povoado começou a crescer.

A Capela de São João Batista de Capivary instalou-se em 1820, perto da Venda do Chico. Ainda nesta época, as áreas que hoje conhecemos como Rafard e Mombuca faziam parte do povoado.

Entre os primeiros moradores estão Fernando de Barros, Cônego João Ferreira, Saturnino Leite, Joaquim Gamla, André de Melo e Martim de Mello Taques.

Capivari, do Tupi-Guarani: Rio das Capivaras. O nome foi dado pelo fato de existirem muitas capivaras às margens do rio onde o povoado se formou. Mas, a partir de 20 de dezembro de 1905 o município passou a ser denominado, oficialmente, como Capivari.
Praça principal de Capivari (SP) - 1957.
Formação Administrativa
Freguesia criada, com a denominação de São João do Capivary do Baixo, por Alvará de 11 de outubro de 1826. Subordinado ao município de Porto Feliz.
Elevado à categoria de vila, com a denominação de São João do Capivary de Baixo, por Decreto de 10-07-1832, desmembrado de Porto Feliz. Sede na vila de São João do Capivary. Constituído do distrito sede. Instalado 25-07-1833.
Elevado à categoria de cidade, com a denominação de São João do Capivary do Baixo, pela Lei Provincial n.º 27, de 22-04-1864.
Tomou a denominação de Capivari pela Lei n.º 975, de 20-12-1905.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911 o município de Capivari é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920.
Pela Lei n.º 2.638, de 22-11-1929, é criado o distrito de Rafard e anexado ao município de Capivari.
Assim permanecendo nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920.
Em divisão administrativa referente ao ano 1933 o município de Capivari é constituído de 2 distritos: Capivari e Rafard.
Pelo Decreto n.º 6.881, de 24-12-1934, é criado o distrito de Mombuca e anexado ao município de Capivari.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937 o município é constituído de 3 distritos: Capivari, Mombuca e Rafard. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955.
A Lei Estadual n.º 5.285, de 18-02-1959, desmembra do município de Capivari o distrito de Rafard, elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960 o município de Capivari é constituído de 2 distritos: Capivari e Mombuca.
A Lei Estadual n.º 8.092, de 28-02-1964, desmembra do município de Capivari o distrito de Mombuca, elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1968 o município de Capivari é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2014.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

Nenhum comentário: