terça-feira, 6 de outubro de 2015

História de Cafelândia, São Paulo – SP

Histórico do Município: Cafelândia, São Paulo – SP
Gentílico: cafelandense

O coronel Beraldo Arruda e José Zucchi, pretendendo colonizar as terras de sua propriedade, doaram glebas aos povoadores que aí chegassem. Surgiu, assim, um núcleo, sendo os primeiros moradores, além dos fundadores, Jacob Zucchi, coronel Maurício Moreira, Pedro Teodoro Raposo dos Santos e José Guedes. 

Em 1916, a Estrada de Ferro Noroeste do Brasil inaugurou a estação Afonso Pena, em terrenos doados pela firma J. Zucchi & irmãos e, como essa Estação ficasse distante do povoado, José Zucchi mandou edificar a povoação de Afonso Pena, à margem esquerda do córrego Saltinho. Na outra margem, em terras doadas por Beraldo Arruda, surgiu o povoado de Cafelândia, assim denominada, por ser grande a cafeicultura da região. 

A rivalidade entre as duas vilas, Pena e Cafelândia, propiciou o progresso de ambas.  Em 1919, com a criação do Distrito de Cafelândia houve a união dos dois núcleos. 
Vista da cidade de Cafelândia; ao centro, a Igreja de Santa Isabel : panorâmica (SP) - 1960.
Formação Administrativa

Distrito criado, com a denominação de Cafelândia, por Lei no 1663, de 27 de novembro de 1919, no Município de Pirajuí.
Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920, a vila de Cafelândia figura como Distrito do Município de Pirajuí.
Elevado à categoria de Município com a denominação de Cafelândia, por Lei Estadual no 2113, de 30 de julho de 1925, desmembrado de Parajuí. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 28 de fevereiro de 1926. 
Segundo a divisão administrativa referente ao ano de 1933, Cafelândia se compõe unicamente do Distrito deste nome. Lei no 2650, de 17 de janeiro de 1936, cria o Distrito de Vila Simões e incorpora ao Município de Cafelândia.
Nas divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, e no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o referido Município figura com o Distrito da Sede e o de Vila Simões.
Pelo Decreto Estadual n.º 9775, de 30 de novembro de 1938, que fixou o quadro territorial para vigorar no qüinqüênio 1939-1943, o Município de Cafelândia passou a abranger o novo Distrito de Mesquita, constituído com parte do território do Distrito sede. Assim, por força desse Decreto, o referido Município ficou composto pelos Distritos de Cafelândia, Mesquita e Simões (Ex-Vila Simões). 
De acordo com o Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro da divisão territorial administrativo-judiciária do Estado de São Paulo, em vigência no período 1945-1948, Cafelândia perdeu parte do território do Distrito da sede, anexada ao de Guarantã, do novo Município deste nome, e adquiriu os Distritos de Bacuriti e Cafesópolis; o primeiro formado com partes dos territórios dos Distritos de Simões e Sabino, respectivamente, dos Municípios de Cafelândia e Lins, e o segundo, criado com parte do território do Distrito de Inhema (ex-Mesquita), do Município de Cafelândia . 
Pelo citado Decreto, Cafelândia se compõe dos Distritos de Cafelândia, Bacuriti, Cafesópolis, Inhema (ex-Mesquita) e Simões. 
Lei Estadual no 233, de 24 de dezembro de 1948, desmembra do Município de Cafelândia o Distrito de Julio Mesquita (ex-Inhema). 
Assim permanece o quadro territorial para vigorar no período de 1949-1953. O Município de Cafelândia é constituído de 4 distritos. Cafelândia, Bacuriti, Cafesópolis e Simões (ex-Vila Simões). 
Em divisao territorial datada de 01-VII-1960, o Município de Cafelândia é constituído de 4 Distritos: Cafelândia, Bacuriti, Cafesópolis e Simões. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1997.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

Nenhum comentário: