sábado, 24 de outubro de 2015

Enem 2015: confira o que caiu no primeiro dia de prova

Feminismo e globalização marcam o primeiro dia de prova do Enem

O primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi marcado, como de costume, por temas relacionados ao cotidiano e interpretação do texto. A prova de ciências humanas trouxe uma questão sobre igualdade de gênero com uma citação da filósofa e escritora francesa Simone de Beauvoir e abordou a globalização, com perguntas sobre teias globais de produção e a mecanização da mão-de-obra com o advento das tecnologias no final do século XX e início do século XXI, promovendo uma enorme mudança no mercado de trabalho.
O egocentrismo e a selfie voltaram a figurar na prova, dessa vez com trecho de um texto do jornalista e sociólogo Muniz Sodré sobre o tema. O pensamento de Paulo Freire, questionado em várias manifestações contra o governo e a esquerda pelo país, também apareceu no teste.
O Estado Islâmico, a crise hídrica e a ciberespionagem figuraram entre os assuntos envolvendo atualidades no exame.

Como é de costume no Enem, várias perguntas exigiram análise de imagens. Dentre elas, uma charge do Ziraldo sobre os empréstimos internacionais feitos durante a ditadura militar e uma charge do Amarildo criticando o uso de agrotóxicos. 

Em história, confirmando a importância da Era Vargas, os candidatos precisaram responder sobre conquistas sociais e o Estado Novo.

Já sobre o período imperial, uma questão exibia imagens de Dom Pedro II após o golpe da maioridade para análise dos candidatos com base no contexto histórico, apontando se elas representavam: um monarca absolutista, um jovem imaturo, um imperador adulto, um líder guerreira.

 Dom Pedro II foi tema de uma das questões da prova de Ciências Humanas.
Creative Commons - CC BY 3.0 -
Os temas ambientais estiveram presentes em toda a prova, tanto em ciências humanas, com análise de charge e questões sobre geografia física, como em ciências da natureza, com perguntas sobre química verde, fontes renováveis de energia e recursos florestais.

Algumas questões ao estilo Enem, que buscavam relacionar os assuntos das disciplinas a situações do cotidiano se destacaram na prova: uma das questões perguntava por que não se deve comprar alimentos com lata amassada; outra por que a soda cáustica é sólida mas, geralmente, fica com aspecto meio derretido após exposta por algum tempo ao ar; por que é dificil abrir a porta da geladeira assim que a gente acaba de fechá-la. Também teve questão sobre primeiros socorros, circuitos elétricos, e uma comparação entre uma câmara escura e o olho humano.

Em biologia, uma pergunta desafiou os candidatos: por que existe vacina contra febre-amarela e ainda não tinha de dengue?

A poesia "A bomba", de Carlos Drummond de Andrade, foi utilizada para indagar aos participantes da prova qual a reação em cadeia da bomba atômica de urânio na prova de química.

Na prova de física, uma questão sobre o Titanic chamou os estudantes a responderem se a batida do navio em um iceberg poderia ter sido causado por um fenômeno ótico denominado “Fata Morgana” e qual princípio estaria envolvido no mesmo: se a ressonância, a refração, a reflexão, a difusão ou a difração.

O atleta Usain Bolt também apareceu em uma questão de física. A pergunta pedia para, a partir da entre o peso e a velocidade do velocista, calcular o trabalho total realizado por ele no momento de aceleração da prova de 100m livres.

Neste primeiro dia de realização das provas do Enem, os 7,7 milhões de inscritos tiveram 4 horas e 30 minutos para resolver as 90 questões de cências humanas e suas tecnologias (história, geografia, sociologia e filosofia) e ciências da natureza e suas tecnologias (química, física e biologia).

Amanhã (25), os candidatos terão 5 horas e 30 minutos para responder a 90 questões da prova de linguagens (língua portuguesa e língua estrangeira - inglês ou espanhol) e de matemática. Além disso, precisam fazer a prova de redação.

É importante lembrar que os portões abrem às 12h fecham às 13h, no horário de Brasília, e as provas terão início às 13h30. 

O gabarito oficial do Enem 2015 será divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) até quarta-feira (28).

Fonte: EBC.

Nenhum comentário: